Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Agronegócio

​Santander inaugura amanhã (11) loja direcionada ao agronegócio no Pará

"Inaugurar uma loja Agro em Paragominas é o reconhecimento dos esforços do município em ter atividades agrícolas e pecuárias sustentáveis", disse Carlos Aguiar, superintendente executivo de Agronegócios do Santander.

O Santander inaugurará amanhã (11) uma loja totalmente voltada ao agronegócio no Pará. A partir dessa data, o produtor rural da região de Paragominas, nordeste do Estado, receberá atendimento exclusivo e especializado. O espaço de negócios fica na Praça Célio Miranda, 294, Loja 03, Centro. A inauguração será às 9h, com a presença de autoridades locais políticas e do agronegócio.

“O Pará é um Estado de relevância no agronegócio nacional. Inaugurar uma loja Agro em Paragominas é o reconhecimento dos esforços do município em ter atividades agrícolas e pecuárias sustentáveis. Apoiaremos sempre os produtores que precisarem de financiamento para seus negócios prosperarem”, afirma Carlos Aguiar, superintendente executivo de Agronegócios do Santander.

O espaço de negócio na cidade paraense é o primeiro no Estado e o sexto a ser inaugurado no País. Faltarão apenas duas lojas – em Balsas (MA) e em Primavera do Leste (MT) – para o Banco cumprir seu cronograma de inaugurações para o primeiro semestre. Desde janeiro até o momento, foram inaugurados estabelecimentos em Cristalina (GO), Naviraí (MS), Posse (GO), Campo Novo do Parecis (MT) e Canarana (MT). Todas essas unidades se somam às 300 agências vocacionadas ao setor distribuídas por todo o País.

As lojas fazem parte da estratégia do Santander em estar em localidades onde ainda não está presente. A estrutura de atendimento, em horários pré-agendados, será composta por um gerente geral, dois gerentes comerciais e um gerente de atendimento, sem a presença de caixas. O atendimento não relacionado ao agronegócio continuará a ser feito na agência mais próxima da loja. No caso dos clientes de Paragominas, será a do município de Ananindeua.

O plano de expansão do Banco segue a visão otimista para o setor: projeções do Departamento Econômico do Santander apontam elevação de 0,7% da economia do País neste ano, enquanto o PIB do Agronegócio deve ter aumento de mais de 2%. “O Agronegócio é o único setor que tem sido resiliente à crise e que está contribuindo para a retomada do crescimento da economia brasileira. O financiamento ao produtor rural não pode se limitar apenas ao crédito rural subsidiado”, destaca o executivo.

Em 2016, o total da carteira de crédito ao setor do Santander somou quase R$ 40 bilhões, sendo R$ 9 bilhões de linhas de repasse e o restante de recursos livres. Também no ano passado, o Banco contratou mais de 40 agrônomos para atuar nas fronteiras agrícolas.

Deixe uma resposta