Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Religião

13º Círio de Parauapebas, no próximo domingo, deve reunir mais de 30 mil pessoas

Assim como no ano passado, a procissão será realizada pela manhã.
Por Dayse Gomes

No próximo domingo, dia 22, com o tema “Mãe da Esperança e da Fé – Todos me Chamarão de Bem Aventurada”, será realizada a 13º Edição do Círio de Parauapebas, a maior festa religiosa católica da cidade e região. São esperados mais de 30 mil romeiros, numa procissão que inicia às 6h30 horas, no bairro Rio Verde.

Permanecerá a mudança do horário da procissão que, assim como no ano passado, será realizada pela manhã. Nos anos anteriores, o Círio iniciava a tarde e encerrava a noite. Para a organização da festa, a mudança é para que se mantenha a tradição católica que é a reunião da família com o almoço do Círio, como acontece em Belém.

O padre da Paróquia Cristo Rei, Udson Rodrigues da Silva, da coordenação do Círio de Parauapebas, disse que a cada ano aumenta o número de devotos de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira dos paraenses. “No ano passado, segundo os órgãos de segurança, cerca de 30 mil fiéis participaram da romaria. A gente acredita que esse ano, teremos mais devotos participando. A vinda de moradores de cidades vizinhas tem crescido a cada edição. A gente tem também uma grande participação de todas as paróquias da cidade, com o envolvimento de toda a família”, disse o padre.

A berlinda que está sendo preparada para receber a imagem da santa, durante a procissão é protegida pela corda de 250 metros de extensão, carregada por milhares de romeiros. “A corda se tornou um símbolo sagrado de devoção de quem busca agradecer uma graça alcançada ou mesmo pedir a intercessão da Virgem Maria. Tocar a corda é como se tivesse tocando a berlinda”, destacou padre Udson. Ele também explicou que, diferente do Círio da capital, não é costume dos romeiros de Parauapebas cortar a corda, que é sempre recolhida no fim da procissão para ser usada na edição seguinte.

Neste sábado, dia 21, como já é tradição nas cidades que realizam a festa religiosa, será feita a troca do manto usado pela imagem de Nossa senhora de Nazaré, durante a celebração da missa, que começa às 18hs, na Igreja Bom Jesus, no bairro da Paz. Logo depois será feita a transladação da imagem até a Igreja São Francisco, no bairro Rio Verde, de onde sairá no domingo com a procissão.

Domingo de Círio
A celebração começa com a oração do terço, às 6 horas da manhã, na Igreja São Francisco, no bairro Rio Verde. Em seguida é iniciada a procissão do Círio de Parauapebas pela rua JK. A  caminhada segue pelos bairros da Paz, Beira Rio até o Parque dos Carajás, local onde será construída o Santuário de Nossa Senhora de Nazaré. A missa campal será celebrada pelo bispo diocesano Dom Vital Corbelinni que encerra a romaria.

A programação do Círio, que teve início no dia 8 de outubro, com o envio das berlindas pelas paróquias, encerra no dia 28, com o show católico na Praça de Eventos.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!