Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
polícia

Acusado de estupro de vulnerável é preso em Tucuruí

Edilson de Souza Dias e acusado de violentar sexualmente duas crianças em Cametá

A Polícia Civil prendeu, nesta quinta-feira, 27, em Tucuruí, por meio de mandado de prisão preventiva, o acusado Edilson de Souza Dias, apontado como responsável em violentar sexualmente duas crianças, em Cametá, na região do Baixo-Tocantins, nordeste paraense. A prisão dele foi realizada por policiais civis da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Tucuruí. “Na ocasião da denúncia dos crimes, o acusado chegou a se apresentar na Delegacia de Cametá e logo em seguida fugiu da cidade”, explica a delegada Marizol Vasconcelos, titular da DEAM de Tucuruí.

Os policiais civis de Cametá passaram a monitorar o acusado e o localizaram em Tucuruí. Diante disso, a delegada passou a investigar o paradeiro do preso que foi localizado em uma casa onde ele se escondia. “Edilson de Souza não reagiu à prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Tucuruí”, ressalta a delegada.

O acusado será transferido para Cametá, onde responderá pelo crime de estupro de vulnerável. A ação contou com o apoio do delegado Gilandeson Negreiros Caldas, da Delegacia de Cametá, e dos investigadores Sérgio Pompeu, Liana Sousa, Márcio Brito, escrivã Juliana Fontes e apoio de policiais civis da Seccional de Tucuruí , sob comando dos delegados Marizol Vasconcelos e Geraldo Pimenta.

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!