Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Agência do Banpará em Canaã é alvo de assaltantes

Quantia levada não foi divulgada. Em nota, a Assessoria de Comunicação do Banco informou que, no momento, apenas o autoatendimento está disponível aos clientes.
Continua depois da publicidade

A ação começou por volta das 21hs desta segunda-feira (2). Com uma arma de fogo, um homem aproveitou a hora avançada e a pouca movimentação nas redondezas para render o vigilante da agência do Banpará (Banco do Estado do Pará). Após fazer de refém o segurança, o assaltante esperou mais algumas horas e sinalizou para que outros dois comparsas também tivessem acesso ao prédio, localizado na Avenida Weyne Cavalcante, onde também concentram-se outras instituições financeiras. Para ter acesso ao banco, a quadrilha teria quebrado a parede dos fundos da agência.

Toda a ação durou aproximadamente três horas. Por volta da meia noite, os bandidos fugiram levando todo o dinheiro de um único cofre arrombado. Na manhã desta terça-feira (3), equipes da Polícia Militar e Polícia Civil de Canaã e Marabá estiveram no local fazendo os primeiros levantamentos. “Infelizmente, é mais uma agência bancária de Canaã dos Carajás que foi alvo da ação de bandidos. Após entrar pelos fundos da agência, os criminosos abordaram o vigilante e o fizeram de refém até concluírem o roubo”, disse o delegado de Polícia Civil, Thiago Carneiro.

Veja também:  Policias Militares do 23º BPM recebem atendimento multidisciplinar

A quantia levada não foi divulgada. O vigilante, que não sofreu nenhum ferimento, foi ouvido nesta manhã e caso já está sendo investigado. A polícia está solicitando imagens do circuito de segurança de estabelecimentos comerciais próximos à agência para tentar identificar os assaltantes. ”O inquérito policial foi instaurado, a investigação está se iniciando para identificar essa quadrilha e saber quanto eles roubaram. Vamos tentar coletar imagens de segurança da própria agência e também das redondezas para saber como se deu essa prática criminosa”, concluiu o delegado Carneiro

Em nota, a Assessoria de Comunicação do Banpará confirmou a ação e que afirma o banco está colaborando com as investigações. A nota diz ainda que os serviços de autoatendimento não foram prejudicados, já o atendimento ao público será normalizado após a recuperação da estrutura afetada pelos danos.

Deixe uma resposta