Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Redenção

Apenas 5% da população de Redenção é formada por doadores de sangue

Quando não há campanha de doação esse percentual cai para 3%, informou o Hemopa.

O Núcleo de Hemoterapia de Redenção, Sul do Estado, iniciou o mês de maio com o estoque de sangue em baixa. A Assistente Social Eliana Áurea Barros Rodrigues, através do Blog, pediu para que os doadores que estiverem aptos a doar procurem a Central do Núcleo. “Pedimos, para os nossos doadores que já estiverem aptos a doar, nos procurem e aqueles que nunca doaram sangue que passe a doar, para ajudar salvar vidas” , clamou.

O HEMOPA de Redenção é responsável pelo abastecimento dos 15 municípios da região Sul do Pará. Para Eliana, a demanda é grande e os doadores poucos. Em todo o município apenas 5% da população redencense é doadora de sangue. “Infelizmente estamos em uma cidade de quase 100 mil habitantes, porém, somente 5% é doadora. Nosso estoque fica sempre abaixo do nível necessário”.

Áurea informou que na última semana do mês de abril foi preciso o HEMOPA ligar para seus doadores para manter o abastecimento de sangue. “Tivemos que ligar para nossos doadores pedindo que procurassem a unidade, pois, em virtude do feriado prolongado, estávamos preocupados com o número de acidentes. Daí aumenta a demanda de sangue para os hospitais”, informou a Assistente Social.

Eliana Áurea acredita que se tivesse mais mobilização dos outros municípios em fazer campanhas em prol de doação de sangue o HENOPA não passaria por baixa no estoque de sangue. “Se cada município fizesse sua parte, hoje estaríamos tranquilos. Nossos bacos de sangue estariam sempre em alta, mas, infelizmente, somente  Redenção abastece”.

Na manhã desta sexta-feira (4) a recepção da unidade em Redenção estava praticamente vazia. Na sala de coleta apenas uma pessoas estava fazendo seu gesto de
solidariedade. “Quando anunciaram que o banco de sangue do HEMOPA estava em baixa fui logo fazer minha parte. Eu sou doadora e gosto de saber que meu sangue pode salvar vidas”, comentou Priscila Martins, a doadora.

O Núcleo de Hemoterapia de Redenção funciona das 07h00 as 14h00 e está localizado na Avenida Santa Tereza, no centro da cidade, no Centro da cidade de Redenção.

Seja o primeiro a escrever um comentário

  1. Cidade com menos 100.000 habitantes e tem hemopar, enquanto Parauapebas com mas de 200.000 moradores, pessoas solidarias que quando vem uma campanha que vem uma ou duas por ano passam o día todo para ajudar.
    Falta de respeito do Estado

Deixe uma resposta