Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Esporte

Atacante Aleílson, com passagem pelo Flamengo é a esperança de gols do PFC na Segundinha do Parazão

O jogador deverá ser o homem de referência do ataque do Gigante de Aço que busca vaga na elite do Parazão.

Por Fábio Relvas

A diretoria do Parauapebas Futebol Clube a cada dia vem reforçando mais a equipe que vai disputar a Segundinha do Parazão 2017. O poder ofensivo do time vai ganhando boas referências para a difícil competição estadual.  O atacante Aleílson, de 32 anos, natural de Marabá, foi contratado para ser uma espécie de homem gol do Gigante de Aço. O atleta estava atuando no Aparecidense-GO nesta temporada, onde disputou a Série D do Campeonato Brasileiro.

Além do time Goiano, o atacante tem um vasto currículo no futebol brasileiro. Passou pelo Águia de Marabá-PA, onde teve um grande destaque nas temporadas de 2007 e 2008 e depois teve a oportunidade de ser contratado pelo Flamengo do Rio de Janeiro em 2009, quando atuou ao lado de Adriano “Imperador” e companhia. Também passou pelo Olaria-RJ, Bahia-BA, Noroeste-SP, Red Bull Brasil-SP, Gavião Kyikatejê-PA, Paragominas-PA, Paysandu-PA, Remo-PA e São Francisco.

“Fui bem recebido. Já tive outras propostas para vir para cá, mas não tinha vindo. Então agora deu certo de eu vir. Pretendo fazer um bom campeonato e ajudar o Parauapebas a pegar o acesso para essa primeira divisão do Campeonato Paraense. O elenco é muito bom, o trabalho está sendo bem feito. Cabe a nós está sempre trabalhando ao máximo, buscando sempre o nosso melhor para que a gente chegue no campeonato e não pecar em nada”, afirmou Aleílson.

A diretoria do PFC confirmou dois amistosos antes da bola rolar na Segundinha. O primeiro deles será contra a Seleção de Canaã dos Carajás no próximo dia 1º de outubro, no qual o jogo vai fazer parte dos festejos do aniversário da cidade de Canaã que completa mais um ano no dia 5 de outubro. Depois o Gigante de Aço encara o Gavião Kyikatejê, time que está na Chave A3 da Segundinha.

O técnico Everton Goiano comandou coletivo com a equipe no estádio Rosenão para poder entrosar o mais rápido possível a equipe que tem menos de um mês para enfrentar a Desportiva Paraense na estreia da Segundinha e também para deixar a equipe pronta para os jogos amistosos

“Fizemos um coletivo para a gente também poder observar alguns jogadores que estão fazendo teste, nós vamos fazer mais por isso e algumas peças que precisam trabalhar um pouco mais principalmente o aspecto físico. Não existe você fazer coletivo sem fazer posicionamento tático. Até sexta-feira vamos fazer dois coletivos assim e isso tem validade porque começamos a observar determinados jogadores se vão sentir e como vamos começar a armar essa equipe para o primeiro amistoso”, disse Everton Goiano.

Deixe uma resposta