Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Polícia

Belém: Advogado interventor na Associação dos Praças da Polícia Militar do Estado do Pará é baleado cinco vezes

Dr. Arnaldo trabalhou na defesa do Capitão PM Dercílio Júlio, de Parauapebas, preso por participação da morte do advogado Dácio Cunha, em 2013.

O advogado Arnaldo Lopes de Paula foi vítima de uma tentativa de homicídio na noite desta segunda-feira (18). Ele foi baleado pelo menos cinco vezes na rua onde mora, no bairro do Jurunas, em Belém. Arnaldo foi socorrido, mas segundo amigos e familiares, seu estado de saúde é grave.

O caso foi por volta de 19h30 da noite. O advogado estava na passagem Vitória, próximo à avenida Roberto Camelier. Ainda não há detalhes de como o ataque aconteceu, mas testemunhas contam que dois homens chegaram em um carro e dispararam nove vezes. Cinco deles atingiram o advogado, que estava na frente de sua casa.

O advogado foi levado às pressas para um hospital particular no bairro de Fátima. Segundo boletim médico, o estado de Arnaldo é grave, mas estável.

Ameaças

Arnaldo Lopes de Paula é interventor na Associação dos Praças da Polícia Militar do Estado do Pará (ASPRA-PM). Ele assumiu o cargo em outubro, por ordem judicial, após o afastamento do presidente anterior, afastado durante uma investigação pela acusação de estelionato.

Ainda não há qualquer informação sobre o motivo do atentado de hoje, mas segundo relatos de amigos de Arnaldo, o advogado vinha sofrendo ameaças há algum tempo e já tinha registrado ocorrência, pedindo proteção para a Polícia Militar.

Dr. Arnaldo trabalhou na defesa do Capitão PM Dercílio Júlio, de Parauapebas, preso por participação da morte do advogado Dácio Cunha, em 2013.

Deixe uma resposta