Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
São Domingos do Araguaia

BR-153 é mais uma a sofrer interrupção de tráfego por chuvas

Cratera na pista impede trânsito de veículos entre São Domingos do Araguaia e São Geraldo

Pelo menos sete trechos de rodovias federais e estaduais cederam na região sudeste do Pará nos últimos dias. E a mais nova interrupção se confirmou na manhã desta quinta-feira, 12, no km 45 da BR-153, que liga São Domingos do Araguaia a São Geraldo do Araguaia. O que chama atenção é que todas as situações ocorreram em menos de uma semana, deixando tanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) quanto a Secretaria de Estado de Transportes em alerta.

Geismário Santos, leitor do blog, enviou fotos e vídeo para divulgar e alertar outros condutores que precisam passar por aquele perímetro da rodovia federal. Ele disse que a água das chuvas que se acumulava em uma represa acabou rompendo a canalização e parte do aterro da pista se rompeu, restando uma camada fina de asfalto. Mesmo assim, disse, alguns motoristas de veículos pequenos se arriscaram a passar. “O DNIT, Polícia Rodoviária Federal deveriam já estar aqui para impedir a passagem de carros e motos, porque há relatos de que o rompimento iniciou durante a noite”, disse Geismário.

Outra ocorrência foi registrada na quarta-feira (11), quando um pedaço da estrada que liga Eldorado dos Carajás ao município de Xinguara, na BR-155, foi levado pelas águas, cortando o tráfego da rodovia. O trecho em questão fica em Sapucaia, na altura da Fazenda Santa Elisa.

A força da enxurrada foi tão grande que acabou arrastando um caminhão que passava pelo local, na hora da abertura de uma cratera. Conforme o Dnit, a previsão é que a pista seja recuperada nesta quinta-feira (12), uma vez que o nível das águas estava muito alto, impossibilitando intervenções das equipes do departamento no momento da ocorrência.

Também ontem, quarta, metade da Rodovia Transamazônica (BR-230), entre a Nova Marabá e os loteamentos Cidade Jardim, Delta Park e Residencial Totalville, foi interditada. Parte da pista, que desde o início da semana estava perdendo sustentação, acabou cedendo com as últimas chuvas. O local, próximo à Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB), foi coberto por uma lona pela empresa contratada para fazer a manutenção, e apenas um trecho da pista estava aberto ao trânsito.

Na última sexta-feira (6), um trecho da PA-275 foi interrompido, na via de acesso a Serra Pelada, em Curionópolis. O dano foi causado pelo transbordamento de um dos córregos que corta a região. Posteriormente, na segunda-feira (9), a mesma rodovia voltou a ser interditada devido a um desmoronamento de terra próximo à Britamil Mineração, localizada à altura do Km 11. O problema foi resolvido pelas equipes da Setran, seis horas após o ocorrido.

O que chama atenção é que todas as situações ocorreram em menos de uma semana, deixando tanto o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) quanto a Secretaria de Estado de Transportes em alerta.

O telefone de Jairo Rabelo, engenheiro e analista de Infraestrutura do Dnit em Marabá, dava na caixa de mensagens agora pela manhã e ele não foi encontrado para falar sobre a BR-153. Possivelmente, está em deslocamento para um dos locais onde estão sendo realizadas obras para liberar o trânsito.

Comentários ( 2 )

Deixe uma resposta