Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Câmara concederá título de ‘Cidadão Honorário’ a juiz e profissionais de comunicação

Cidadão honorário é um título entregue a uma pessoa por prestar favores que ajudem no desenvolvimento social local. A pessoa homenageada passa a ser conterrânea da terra natal

Sessão para entrega dos títulos será no dia 13 de novembro, no Plenário da Câmara Municipal de Parauapebas

Quatro projetos de decretos, concedendo o título de “Cidadão Honorário”, foram aprovados pelos vereadores na sessão ordinária da Câmara Municipal na última terça-feira (29). A honraria será dada ao juiz de direito Líbio Araujo Moura, Waldyr Silva, Zé Dudu e ao pastor Wilton Vicente.

Líbio Araújo Moura

Por meio do Projeto de Decreto Legislativo nº 006/2016, os vereadores Ivanaldo Braz (PSDB), Euzébio Rodrigues e Israel Miquinha, ambos do PT, propuseram a concessão do título ao juiz de direito Líbio Araujo Moura.

O referido juiz formou-se em 2001 na Universidade da Amazônia e em 2002, após passar em concurso público, ingressou na magistratura no Estado do Pará.

Líbio Moura já atuou nas comarcas de Marabá, Jacundá, Itupiranga, São João do Araguaia, Santana do Araguaia e Redenção. Em 2010, assumiu a vara criminal de Parauapebas.

Na justificativa da proposição, os vereadores ressaltaram a atuação firme e corajosa de Líbio, no combate ao crime em Parauapebas e na área social.

A desocupação da área do “Pé Inchado”, que permitiu o retorno da Praça dos Metais; a apreensão de dinheiro durante as eleições de 2012, a reativação do Conselho da Comunidade, a atuação como professor no curso de Direito da Universidade Federal do Pará (UFPA) e a promoção de maior integração entre o Judiciário e as policias são exemplos de ações que beneficiaram a comunidade e tiveram a participação fundamental do juiz Líbio Moura”, diz trecho da justificativa.

Profissionais da comunicação

Os outros três projetos de Decreto Legislativo são de autoria do vereador Marcelo Parcerinho (PSC), números 7/2016, 8/2016/2016, concedendo títulos de “Cidadão Honorário” respectivamente para os profissionais da área de comunicação: Waldyr Silva, Zé Dudu e pastor Wilton Vicente, pelos relevantes serviços prestados para informar a população.

Waldyr Silva

Graduado em Letras e Artes pela UFPA, com especialização em Língua Portuguesa, e pós-graduado em Jornalismo Ambiental pela Fundação Getúlio Vargas, Waldyr Pereira Silva milita na imprensa desde 1985. Trabalhou nos jornais Correio do Tocantins, Opinião, O Liberal e Diário do Pará. Atuou também em diversos jornais, sites e blogs de Parauapebas, onde reside desde 2001.

Foi presidente da Associação de Imprensa e Comunicação de Parauapebas (Aicop), nas gestões de 2007/2009 e 2010/2011; eleito jornalista do ano em 2009 e é membro fundador da Academia Parauapebense de Letras (APL).

Waldyr Silva prestou serviços de repórter, redator e revisor de textos na Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Parauapebas nos períodos de 2005 a 2010 e de 2013 a 2014, e atualmente é chefe da Assessoria de Comunicação Legislativa da Câmara.

Zé Dudu

José Eduardo Ferreira do Vale, popularmente conhecido como Zé Dudu, nasceu em Ceres (GO), mas reside em Parauapebas desde 1984.

Quando chegou ao município atuou na área comercial. Montou com o pai a empresa Comercial JR Ltda, em seguida teve uma casa veterinária e posteriormente criou uma empresa no ramo madeireiro. Também trabalhou no Tribunal de Justiça do Pará como oficial de justiça.

Em 2008, criou o Blog do Zé Dudu, página bastante conhecida na região, que já participou de três finais do Prêmio Sistema Fiepa de Jornalismo e ganhou quatro troféus do Prêmio Mérito Lojista, concedido pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Parauapebas.

Wilton Marques Vicente

Veio para Parauapebas em 1989, com apenas 13 anos. Estudou na Escola Municipal Chico Mendes e em 1995 ingressou como funcionário efetivo na então Companhia Vale do Rio Doce (CVRD). Na mesma época se converteu e passou a ser membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Missão.

No ano 2000, foi consagrado a pastor pela Convenção Interestadual de Ministros e Igrejas Assembleia de Deus no Pará. Em 2004, deixou o trabalho na Vale para ser pastor em tempo integral.

Em 2005, formou-se Bacharel em Teologia. No mesmo ano, junto com outros companheiros, fundou a Associação Rádio Difusora Comunitária de Parauapebas (Arcop) e pleiteou a concessão de uma rádio junto ao Ministério das Comunicações.

Após cinco anos, a fundação da emissora foi autorizada e criaram a Fonte de Vida FM. Wilton Vicente assumiu a direção da rádio e formou uma equipe de profissionais, que trabalhou na formatação de uma programação com o objetivo de entreter, informar e realizar ações sociais que duram até hoje.

Texto: Nayara Cristina / Revisão: Waldyr Silva / Foto: Orion Lima e Coletivo 2.8 / Ascomleg

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!