Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Canaã: Ambulantes serão remanejados da Avenida Weyne Cavalcante

A minuta de lei de ocupação do espaço ainda está em fase de elaboração. Depois vai para a análise do setor Jurídico e segue para a apreciação da Câmara
Continua depois da publicidade

Embora um pouco malcuidada, ela é conhecida por ser um dos cartões postais e principal via de acesso a Canaã dos Carajás. Nos fins de tarde, é comum encontrar crianças se divertindo em pula-pula, tobogã entre outros brinquedos, enquanto a praça de alimentação atrai casais, grupos de amigos e a família de modo geral. Esse cenário, porém, vai mudar. Em breve, a Avenida Weyne Cavalcante deve receber nova cara e ficar ainda mais bonita. É que, de acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Jurandir José dos Santos, a via passará por um processo de revitalização cujo objetivo é torna-la ainda mais atrativa aos usuários.

Com a revitalização, os vendedores ambulantes da avenida, cerca de 40, serão todos remanejados para os boxes construídos nas praças recém-inauguradas. “Nós entendemos que aquelas pessoas precisam de um local mais adequado para trabalhar e, como a avenida é uma área que tem que estar com livre acesso, não é pertinente que deixemos aquelas barracas no meio da praça. Até porque lá não é um  local adequado, foi um local provisório agora nós vamos remanejar essas pessoas para essas praças que são locais mais bonitos e mais adequados”, explicou.

Os comerciantes estão alocados de forma provisória na Weyne há pouco mais de quatro anos. Com a revitalização, a área deverá se transformada, em estacionamento. ”Antes, eles ficavam todos espalhados em torno da avenida, nós decidimos colocá-los em um único local para facilitar para o usuário naquele lugar provisório. Mas agora nós vamos fazer um filtro, ver realmente quem se enquadra nesses espaços que vão ser disponibilizados e a forma como serão disponibilizados”, reforçou Jurandir.

Veja também:  Geraldo Alckmin visita a região de Carajás neste sábado (07)

A minuta de lei ainda deve passar ainda por aprovação da Câmara Municipal. Será dada prioridade para aqueles ambulantes que estão devidamente legalizados. Eles passarão por uma lista classificatória e, na medida em que forem sendo construídos novos quiosques, serão chamados. “A minuta de lei de ocupação do espaço ainda está ficando pronta. A partir daí vai para a análise do setor Jurídico, depois segue para a Câmara para a aprovação e, aí sim, deve virar lei. E vamos realmente poder falar em cima daquilo que está proposto e aprovado por lei para a gente começar a executar. Nós acreditamos que colocar esses ambulantes nessas novas praças vai ser muito mais atraente para eles, mas isso também não descarta de o governo criar também um espaço, uma área de alimentação exclusiva”, concluiu o secretário.

Deixe uma resposta