Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
saúde

Câncer de próstata: lançada em Marabá a Campanha Novembro Azul

Campanha segue por todo o mês em todas as Unidades Básicas de Saúde, empresas, shopping e zona rural
Por Eleutério Gomes – de Marabá

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lançou na manhã desta segunda-feira (6), no plenário menor da Câmara Municipal de Marabá, a Campanha Novembro Azul, que visa estimular os homens a se submeterem a exame a fim de prevenir o câncer de próstata. A doença, se diagnosticada na sua fase iniciam, tem chance de cura em nove entre 10 casos. Mas, diagnosticado tardiamente, pode ter metástase a outros órgãos, sobretudo os ossos, e levar o portador à morte.

Participaram do evento a coordenadora da Saúde do Homem, Kelly Cortez; a coordenadora de Atenção Básica, Camila Lopes; a coordenadora de Média e Alta Complexidade, Dármina Duarte e o secretário de Saúde, Marcone Nunes Leite.

Todos os discursos alertaram para a prevenção e quanto ao tabu em relação ao exame de toque retal, ao qual a grande maioria dos homens é resistente. Porém na opinião da vereadora Cristina Mutran (PMDB), que é médica e participou da solenidade, isso “não mexe com a masculinidade” de ninguém, além de ser muito rápido, com duração entre três e cinco segundos.

O vereador Alécio Stringari (PSB), também presente, deu o testemunho de quem já se submeteu ao toque há oito anos em Araguaína (TO) e disse que, de lá para cá, anualmente faz o exame de PSA (antígeno prostático específico), usado principalmente para pesquisar câncer de próstata em homens assintomáticos.

Kelly Cortez disse que a programação montada para este mês começa amanhã (7) das 7, às 17 horas no Centro de Saúde Pedro Cavalcante, na Cidade Nova, que, com o “corujão” que segue até as 22 horas, com atendimento aos homens. Esse atendimento se repete nas demais Unidades de Saúde durante este mês. A SMS também levará palestras a empresas e fará atendimento no Pátio Shopping, além da Zona Rural.

Ao final o enfermeiro Elton Aguiar proferiu palestra sobre o câncer de próstata, durante a qual afirmou que a OMS (Organização Mundial de Saúde) recomenda que sejam realizados simultaneamente o exame de toque e o PSA.

Ouvida pela Blog sobre os números do câncer de próstata em Marabá, a coordenadora de Média e Alta Complexidade da SMS, Dármina Duarte, disse que ainda não é possível dizer com exatidão porque, para fechar as estatísticas, alguns dados estão sendo resgatados.

“Mas, eu posso dizer que o número é bem alto, bem expressivo. Hoje, no Brasil e no mundo o câncer que mais mata é o de próstata em Marabá não é diferente. Ao final da campanha vamos poder dar os números mais expressivos”, disse ela, adiantando que todas as Unidades de Saúde do município vão ter o Dia “D” para a prevenção do câncer de próstata e, durante todo o mês, dando prioridade à saúde do homem.

Ela afirma que, em verdade, a campanha serve para dar um enfoque maior, mas o “trabalho tem deve ser contínuo para que daqui a um ano se possa ter um reflexo do que acontece atualmente”.

Participaram ainda da solenidade os vereadores Gilson Dias Cardoso (PCdoB), Pedro Correa Lima (PTB), presidente da Câmara Municipal, e Priscilla Veloso (PTB).

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!