Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Chamon pede apoio para duplicação de rodovia

BR-222: obra prevê duplicação da rodovia desde a ponte rodoferroviária até o distrito industrial.

Uma obra há muito ambicionada e que pode ajudar bastante a resolver problemas do trânsito urbano em Marabá, ganha novo fôlego. Trata-se da duplicação da BR-222, desde a ponte rodoferroviária, até o trevo no Km 6 e deste mesmo ponto até o Distrito Industrial (DIM), já na BR-155. Sempre preocupado com o tema, o deputado estadual João Chamon esteve em Brasília, reunido com o ministro Helder Barbalho, da Integração Nacional, e levou pedido do prefeito Tião Miranda, para que o projeto do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) saia do papel.

O encontro de João Chamon com Helder foi no Gabinete do Ministério da Integração Nacional na terça-feira (25). O deputado, que já vinha apresentando demandas quanto a essa duplicação (Eixo BR-222), falou de conversa que teve com o prefeito Tião e que o mesmo vê como fundamental a execução desta obra para a qual há projeto e orçamento, assim como previsão de recursos dentro do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC).

Como deputado estadual, Chamon vê a duplicação como solução para várias demandas relacionadas a órgãos estaduais e do município. Um exemplo seria a pacificação do acesso ao Hospital Regional do Sudeste do Pará “Geraldo Veloso” e a outra o acesso ao futuro Centro de Convenções do Estado. “De outro lado, resolveremos dois gargalos históricos, que são os acessos ao Distrito Industrial de Marabá e ao Parque de Exposição Francisco Diamantino”, destaca o deputado, lembrando que a Exposição Agropecuária de Marabá é hoje um dos principais eventos do Pará, reunindo grande público.

João Chamon apresentou mapas ao ministro Helder, que davam dimensão do tamanho e magnitude da obra e do seu impacto. Os 10 km a serem duplicados na BR-222 estão orçados em R$ 53 milhões, até o trevo com a BR-155. Estima-se que o trecho de 4 km, até o DIM custe outros R$ 20 milhões. No mesmo sentido, o prefeito Tião Miranda disse ao CORREIO ontem que a concretização desse sonho mudaria bastante a realidade do principal eixo de entrada na cidade.

Helder Barbalho concordou que a obra é muito importante para Marabá. Ele acionou o diretor-geral do Departamento Nacional de infraestrutura de Transportes, Valter Casimiro Silveira, que ficou de avaliar de imediato o que é necessário para que o projeto tenha seguimento.

Por Patrick Roberto, CT Online

Deixe uma resposta