Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Religião

Círio de Carajás, em Parauapebas, reúne cerca de 1.500 pessoas

Católicos homenagearam Nossa Senhora de Nazaré com orações e cânticos pelas ruas do Núcleo Urbano.

Foram quase quatro horas de devoção e fé à padroeira dos paraenses, a Nossa Senhora de Nazaré, durante a realização da sexta edição do Círio de Carajás, a 25 km de Parauapebas  no último domingo, 3.

As homenagens começaram, às 17 horas, durante a missa na Concha Acústica celebrada pelo Bispo Diocesano, Dom Vital Coberlini e pelo pároco da igreja matriz, Allison Lima de Castro. Os fiéis puderam ver de perto os cinco mantos usados pela imagem da Santa, nas edições anteriores do Círio, que foram colocados em exposição.

Cerca de 1.500 fiéis, entre crianças, adultos, idosos e doentes, lotaram a área destinada aos romeiros. No fim da missa, a imagem foi levada por Dom Coberlini até a Berlinda, que estava ornamentada com cerca de seis mil flores. Muitas pessoas aproveitaram para registrar o momento, em que a imagem de Nossa Senhora de Nazaré foi colocada dentro da Berlinda por um dos 31 guardas do Círio que organizaram o início da procissão.

No começo da romaria estavam os coroinhas vestidos de branco, enfileirados. Em seguida, vinha o carro das crianças vestidas de anjinhos e na frente da Berlinda, mais de cem pessoas puxavam a corda dos “promesseiros”. Muitos pedidos se repetiam entre os fiéis: a saúde de parentes, a busca pelo emprego, a casa própria. Também havia aqueles que agradeciam pela graça alcançada. “Nossa senhora nos abençoou com a recuperação da minha filha que estava doente”, falou a dona de casa, Maria da Guia que mora em Parauapebas, mas sempre vem à Serra para acompanhar o Círio.

Durante todo o trajeto as músicas em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré eram intercaladas com a oração do terço. Nas portas das casas, a imagem da Santa foi colocada pelos moradores que aguardavam a passagem da Berlinda. Os fogos de artifício anunciavam a chegada da Imagem de Maria que recebia muitos aplausos. “São 224 anos de celebração do Círio de Nazaré na capital paraense e nós temos a alegria de celebramos, aqui em Carajás, o sexto ano do Círio de Nazaré. Maria também nos escolheu para testemunharmos a nossa fé, àquela que foi escolhida por Deus, para ser a mãe do Salvador. Maria é a nossa advogada. Obrigada Jesus, por nos ter dado a nossa mãe porque sem ela, a cruz que todos os dias carregamos, seria mais pesada”, falou emocionado, o pároco.

Depois de 4 quilômetros percorridos, a procissão retornou a Concha Acústica, onde foi dada a bênção final da Virgem Maria, a todos que participaram do Círio de Carajás.

Deixe uma resposta