Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Perfil

Conheça a história de Elias Ferreira, o presidente da Câmara Municipal de Parauapebas

Elias Ferreira de Almeida Filho, o atual presidente da Câmara Municipal de Parauapebas é um maranhense que alcançou sucesso e grandes realizações em Parauapebas. Nascido e criado em Timbiras (MA), Elias saiu de sua cidade natal com 18 anos rumo à Parauapebas, motivado pelas notícias de que aqui se encontrava emprego fácil.

Dentre os vários desafios encontrados na viagem, um deles foi a falta de dinheiro. “Tive que trocar uma camisa de manga comprida em uma passagem pra conseguir chegar aqui”, disse sorridente Elias ao lembrar do ocorrido.

Ao chegar em Parauapebas, em 1989, trabalhou como ajudante na empresa Cimag, mas foi rápido, logo em seguida fichou em uma empresa que prestava serviço à Vale.

Três meses depois passou para a CSN, como ajudante, e em seguida passou para o cargo de almoxarife. “Naquela época escolhíamos o emprego. Eu trabalhava e ajudava minha família, no Maranhão”, disse Elias, que trabalhou até 1996 nesta empresa, de onde saiu para empreender. “Montamos uma empresa de pequenas reformas e venda de materiais de construção no Núcleo Urbano de Carajás. Na época contamos com o apoio da Vale”.

Mas só no ano 2000 a sua empresa, a Construforte, foi legalizada e começou a conquistar espaços no mercado em Parauapebas, aproveitando bem o boom do segmento de material de construção na cidade, durante esta época. Com o êxito do empresário, praticamente toda a família de Elias veio residir em Parauapebas. Hoje, apenas um irmão mora fora da cidade.

“Há uns cinco anos nossa empresa mudou o foco de atuação. Minha paixão é a área rural. Hoje fornecemos, em média, de cinco a seis mil quilos de peixe por semana em Parauapebas. Somos a maior empresa no seguimento no Estado do Pará. O maior público que atendo são os peixeiros de Parauapebas. De 18 à 19 peixeiros, em média. A empresa conta com laboratório, onde produzimos alevinos e estamos fazendo a fábrica de ração, mas temos a meta de construir um frigorífico no ano que vem, fechando assim toda a cadeia”, compartilhou Elias, informando que seu empreendimento hoje gera cerca de 160 empregos diretos e inúmeros indiretos no município.

Ao ser questionado sobre o porquê de entrar no campo político, já que alcançou êxito no segmento empresarial, Elias disse que tomou essa decisão motivado em contribuir com o município. “Eu estava vendo a cidade indo de mal a pior e decidi entrar na política para tentar ajudar Parauapebas. Acredito que ainda há tempo para resgatar nossa cidade e buscar novas matrizes econômicas para o município”.

Sobre os desafios de atuar como vereador, Elias destacou a diferença do modelo de gestão do setor privado para o público e elencou os trabalhos realizados até então como presidente da Câmara Municipal.

“Em cinco meses conseguimos reduzir R$ 4,4 milhões as despesas da CMP, ação iniciada pelo antigo gestor da Câmara, o vereador Braz. Como vereador já resgatei o Projeto Gerar, elaborado pelo prefeito anterior, que vai criar bolsas de empregos e qualificar duas mil pessoas; cobrei a situação das irregularidades praticadas pela Celpa, no encontro de contas e repasses de valores da taxa de iluminação pública e o resultado é que foi implantado, pelo Executivo, um comitê específico para tratar do assunto; sugeri, também, à secretaria de saúde a criação do Projeto Corujão, para zerar a fila de espera por exames; estamos estudando o desenvolvimento de um projeto para destinar 20% dos recursos dos royalties para o desenvolvimento de novas matrizes econômicas do nosso município”.

Integrante da base aliada do governo, quando perguntado sobre o porquê de um posicionamento questionador da gestão do Executivo, em algumas áreas, como a da saúde, Elias respondeu: “não sou vereador nem da oposição e nem da situação. Quando eu perceber que o Executivo está trabalhando pelo bem da população, vou apoiar. Onde eu ver que está errado eu vou falar. Vim pra fazer a diferença. Meu aliado é o povo”, afirmou o vereador.

Elias, filiado ao PSB, tem 44 anos de idade, é casado e pai de quatro filhos. Ele foi o quarto vereador mais bem votado no último pleito, com 2.186 votos. Quando perguntado sobre seus projetos políticos futuros, Elias diz  que “ainda é cedo para falar”.

Deixe uma resposta