Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Pará

Copa do Brasil: Paysandu vence o Operário-PR e está na terceira fase

Paysandu e Operário-PR decidiram ontem (06) a vaga na próxima fase da Copa do Brasil 50 dias após o jogo de ida, disputado no dia 17 de maio no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, quando o Operário-PR levou a melhor e venceu por 1 a 0, gol de Washington. Precisando marcar, o Papão não seu sopa para o azar e fez 2 a 0 logo no primeiro tempo.

Já em Belém, na Curuzu, em noite de artilheiro, o zagueiro Gilvan garantiu o Paysandu na próxima fase da Copa do Brasil. Em desvantagem após perder por 1 a 0 no jogo de ida, o Papão precisava vencer por dois gols para garantir a vaga na próxima fase. Com dificuldades para finalizar, as chances vieram na bola parada. Primeiro, aos 37 minutos, Rafael Costa mandou a bola na área, Fernando Lombardi desviou e o zagueiro Gilvan aproveitou para abrir o placar. Depois, aos 43, nova cobrança de Rafael Costa para Gilvan, mais uma vez, balançar as redes. No segundo tempo, o Papão administrou o placar, enquanto o Fantasma foi para cima em busca de um gol da classificação, mas ficou no quase. Juba balançou o travessão em chute de fora da área, William Lira mandou de cabeça e a bola passou perto. Melhor para o Paysandu, que contou com a força da defesa para garantir o placar e avançar na competição.

1º Tempo – Como esperado, o Paysandu tentou pressionar desde o início em busca do gol. Porém, a primeira boa chance foi do Operário-PR, em chute de Washington, por cima. Depois, só deu Papão. O Fantasma abusou das faltas perto da área e pagou o preço. Primeiro, aos 37 minutos, Rafael Costa mandou a bola na área, Fernando Lombardi desviou e Gilvan aproveitou para abrir o placar. Depois, aos 43, nova cobrança de Rafael Costa para Gilvan, mais uma vez, balançar as redes.

2º Tempo – Em vantagem, o Paysandu voltou do intervalo tentando administrar o placar obtido na primeira etapa. As melhores chances desta vez foram do Operário-PR. Aos 14, Lucas cobrou falta e a bola passou perto. Enquanto o Papão apostava nas bolas paradas, o Fantasma pressionava. Aos 39 minutos, Juba chutou da entrada da área e a bola explodiu no travessão. Três minutos depois, William Lira recebeu cruzamento e mandou de cabeça, com a bola passando ao lado da trave. No fim, melhor para o Paysandu, que garantiu a vitória e a vaga.

O nome do jogo – O Paysandu não marcava há três jogos. Se o ataque não vem resolvendo, coube ao zagueiro Gilvan o papel de artilheiro para garantir a classificação do Papão na Copa do Brasil. Foram dele os dois gols na vitória sobre o Operário-PR. Primeiro, ele aproveitou o desvio do companheiro de zaga Fernando Lombardi para abrir o placar. Depois, marcou de cabeça após cobrança de falta de Rafael Costa. Foi o terceiro gol de Gilvan na Copa do Brasil (ele tinha marcado um contra o Independente-PA, na primeira fase).

Próxima fase – O Paysandu encara o Juventude na terceira fase da Copa do Brasil. O jogo de ida será no dia 20 de julho, uma quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. A partida de volta será no dia 27 de julho, também uma quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio da Curuzu, em Belém. Já pela Série C, o Paysandu joga no sábado, às 21h (de Brasília), contra o Londrina, no estádio da Curuzu, pela 15ª rodada da Série B do Brasileiro. (Com informações do GE)

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido contra cópia!