Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Comércio

Parauapebas: ACIP e Vale fazem balanço da parceria em 2017

Mesmo em ano de crise, a parceria movimentou três bilhões de Reais no Sudeste do Pará

Cerca de cinquenta empresas filiadas à Associação Comercial e Industrial de Parauapebas – ACIP – foram indicadas para prestar serviços para a Mineradora Vale em 2017. Esse levantamento foi divulgado durante reunião na última terça-feira (05) na sede da ACIP com representantes da área de suprimentos da Mineradora. “Esse encontro teve como objetivo fazer um apanhado dos avanços do relacionamento com a Vale, como nossas solicitações à empresa, da quantidade de contratações no município, do volume financeiro que gerou na região”, disse o presidente da ACIP, Humberto de Araújo Costa.

O presidente reforçou o quanto o relacionamento com a Vale fortaleceu nos últimos anos. “Praticamente em todas as contratações eles pedem indicações de fornecedores para ACIP. Neste ano muitas empresas foram contratadas utilizando este critério, inclusive contratação realizada pela área de suprimentos do Rio de Janeiro. Isso é bom porque conseguimos dar visibilidade para as empresas da nossa região”.

E a Mineradora confirma a importância desse relacionamento. “A ACIP tem sido uma importante parceira da Vale. Ao longo do tempo podemos observar o fortalecimento e o desenvolvimento dos fornecedores da região como um dos resultados positivos da atuação da Associação”, declarou Igor Póvoa, da área de suprimentos da Vale.

Nessa reunião também foi divulgado o movimento financeiro gerado no Sudeste do Pará: “Três bilhões de Reais foi o volume financeiro injetado em nossa economia até outubro deste ano, considerando todas as empresas com CNPJ que atuam em Marabá, Parauapebas, Canaã e Curionópolis. E a Vale, juntamente com a ACIP, se comprometem a fomentar ainda mais negócios visando aumentar esses números, pois nossa região tem potencial. Com isso, os impostos ficam aqui, as contratações ficam em nossa região e os salários vão girar em nosso comércio, e esse é um dos objetivos do trabalho da ACIP”, relatou Humberto Costa.

Associado há 11 anos na ACIP, Luciano Lima, empresário no ramo de supressão vegetais confirmou que 2017 foi um ano de excelente relacionamento com a Vale. “Minha demanda manteve a mesma do ano passado. Graças a prestação de serviço com a Mineradora não precisei demitir funcionários, mas pela crise financeira do país, eu tive que reduzir o preço do meu produto para continuar ativo no mercado”, comemora os bons resultados do ano o empresário.

Conquista da ACIP em 2017

De acordo com o presidente, outro ponto positivo abordado na reunião é o acompanhamento, em tempo real, das inadimplências de prestadoras de serviço da Vale, por meio do SAF – Sistema de Acompanhamento de Fornecedor. “Conseguimos recuperar 3 milhões de Reais neste ano, ou seja, sem a ajuda e envolvimento da Vale não seria possível. Esse sistema é um importante comunicador com a Vale e garante a transparência nas prestações dos serviços e pagamentos”, relatou o presidente.

Meta da ACIP para 2018

A Associação chegou a ter em seu quadro em torno de 850 empresas associadas. Porém, atualmente tem 650 filiadas e 370 ativas. “Nossa meta é reativar as empresas que estão inativas e associar as empresas que desfiliaram. Elas são importantes para nós, assim como somos para os empresários. Somos mais fortes juntos do que separados”, enfatizou.

Humberto explicou que essa união faz parte dos números apresentados para a Vale. “Muitas vezes quem não é associado pode ter a maior competência no segmento que atua, mas a Associação não consegue indicar por não tê-los em nossos registros. Nosso portfólio de consulta são os cadastrados de acordo com o segmento de cada um”, explica o presidente.

Muito além das indicações, a filiação é importante como fortalecimento das empresas e empresários da nossa região. “O Associativismo fortalece. Os pontos a desenvolver dos associados são levantados, e com atuação frequente da ACIP, são apresentados treinamentos, cursos e palestras com vistas à capacitação dos associados. Convênios, acordos comerciais intermediados pela Associação também são importantes para contribuir nas relações de trabalho do dia a dia das empresas associadas, bem como, o bom relacionamento com os poderes políticos na elaboração e cumprimento de leis que beneficiem as empresas locais”.

Capacitação Solidária:

A ACIP investe em capacitações para os associados e o presidente informou que é uma das prioridades da Associação. “Tivemos muitas mudanças como a nova Lei Trabalhista, E-Social, tudo é novo e a Associação prevê esses treinamentos. Buscamos, inclusive, palestrantes de fora a partir da demanda do nosso associado. Temos, semanalmente, consultoria contábil na sede, onde são abordados assuntos contábeis e fiscais, também conforme demanda do associado”, explica.

E hoje quinta-feira (07) tem a palestra solidária sobre “Gestão de Processos Organizacionais” com a presença de Flávio Oliveira, administrador e com MBA’s em Gestão de Pessoas, Marketing e Gestão de Conhecimento, às 18h30, na sede da ACIP: Rua 24 de Março, 02, Rio Verde. A inscrição é feita através da doação de cesta básica para ser destinada à famílias carentes nesse Natal.  A ACIP conta com a participação de todos os associados.

error: Conteúdo protegido contra cópia!