Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Casa da Cultura de Canaã inaugura mostra sobre direitos de crianças e adolescentes

A mostra faz parte da programação especial do espaço neste mês em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado em 18 de maio.

Com intuito de estimular o engajamento contra a violação dos direitos de crianças e adolescentes, a Casa da Cultura de Canaã dos Carajás inaugura nesta semana a exposição ‘Territórios de Direitos’. A mostra faz parte da programação especial do espaço neste mês em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, lembrado em 18 de maio.

A exposição é resultado dos exercícios de formação das oficinas de Fotografia e Direitos Humanos do programa ‘Proteger é Preciso’, em Minas Gerais, e circulou entre outros espaços culturais da Vale. ‘Territórios de Direitos’ representa o primeiro intercâmbio de programação da Casa da Cultura com os demais ativos da empresa, já que também passou pelo Memorial Vale (MG) e o Museu Vale (ES), fortalecendo a atuação em rede.

Nesta quinta-feira, 18/5, a Casa da Cultura de Canaã promoverá oficinas sobre Direitos da Criança e do Adolescente para jovens da rede pública de ensino local, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos do CRAS e do Abrigo de Canaã dos Carajás. Para isso, a Fundação Vale convidou o especialista Carlos Humberto Filho para ministrar os workshops. As oficinas iniciaram nesta quarta, 17/5.

A Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, gerida pela Fundação Vale, compõe a rede de espaços culturais da Vale localizados em diferentes estados do país, que visa contribuir para ampliação do acesso à Cultura e para a preservação do patrimônio cultural brasileiro, por meio de ações integradas nos territórios de atuação da empresa.

A favor dos direitos das crianças e dos adolescentes

Zelar pela garantia dos direitos da criança e do adolescente e pelo respeito à sua condição peculiar de pessoas em desenvolvimento é dever de todos. A primeira atitude é não se omitir, lembrando que o problema existe, precisa ser enfrentado e denunciado ao Conselho Tutelar. Para denunciar, basta ligar para o Disque 100 de qualquer telefone.

Fonte: Assessoria de Imprensa Vale

Projeto Esporte Para Todos incentiva crianças e adolescentes a prática esportiva em diversas modalidades

Por Fábio Relvas

Projeto 2As manhãs de sábado para o Grupo Escoteiro Mata Verde, da cidade de Parauapebas, sudeste do Pará, serão diferentes. É que o projeto “Esporte Para Todos” na área de lazer pública do bairro Alvorá, vai incentivar crianças e adolescentes, entre 8 a 17 anos, a prática esportiva.

“Esse projeto é um projeto financiado pelo Fundo Municipal dos Direitos das Crianças e dos Adolescentes, através do Conselho Municipal de Assistência Social. É importante para criança conhecer melhor a importância das modalidades”, afirmou Gleidson Brito, coordenador do projeto.

Quem participar do projeto vai poder praticar: xadrez, basquete, voleibol, futebol de campo, futsal, tênis de mesa e arco e flecha. A garotada se diverte com as demandas oferecidas. São vários espaços para que eles sintam-se a vontade. Cristiano Pereira, conhecido como Gaúcho, levou sua filha para praticar alguma modalidade esportiva. “Ela tá querendo fazer xadrez. É uma área estratégica, uma área que trabalha muito raciocínio da criança, muito por sinal importante”, disse o empresário.

Projeto 3O projeto atinge os bairros Apoena, Amazonas, Ipiranga, Cidade Jardim e Dos Minérios e vai até dezembro de 2015, sempre nas manhãs de sábado. “Isso é o complemento na educação da criança. Estamos levando para as crianças verem a importância que o esporte tem na vida de cada um e isso vai contribuir para a educação deles para futuramente eles integrarem o mercado de trabalho e já ter sua experiência com a modalidade para ficar mais fácil para ele complementar a sua educação”, complementou Gleidson.

No campo de futebol a garotada bateu aquela bola e no projeto “Esporte Para Todos”, meninos e meninas disputam o mesmo espaço.  Destaques da equipe do projeto, Karine Alexandre e Marcelo Mendes, de 13 e 17 anos, respectivamente, mostraram que entendem do assunto. “É uma boa oportunidade para a gente tá praticando os esportes. Bom, só teve duas meninas no time e eu achei isso muito bacana pelo menos está tendo oportunidade da gente jogar, não só na escola para praticar a educação física. Gostei muito e meus pais apoiaram bastante”, declarou a entusiasmada zagueira Karine.

Projeto 4

O treinador Clisten Silva foi só elogios a zagueira Karine de 13 anos. “Foram dois alunos que tive hoje, que completamente eu observei e são dois dedicados ao esporte mesmo, jogam muito futebol, principalmente a Karine que foi uma menina que me surpreendeu, apesar que ela jogou no meio de meninos, coisa que não é comum, por estatísticas de forças e até de habilidade, mas ela se deu muito bem no meio dos meninos”, finalizou Clisten, professor do projeto. 

Serviço:

O projeto “Esporte Para Todos” do Grupo Escoteiro Mata Verde, funciona todos os sábados das 7h30 às 12h na área de lazer pública do bairro Alvorá (atrás do Partage Shopping). Maiores informações: (94) 98145-8352.

Brasil

Jovens de Canaã dos Carajás ganham vez e voz em evento internacional

O engajamento dos jovens de Canaã dos Carajás na busca por melhorias na qualidade de vida da comunidade, por meio do projeto Ser Criança, da Fundação Vale em parceria com o Centro de Promoção à Saúde, está ganhando visibilidade. Maria Caroline Ramos e Mailson Cruz, ambos de 18 anos, foram selecionados para ir à Brasília e participar do II Fórum Pan-Americano da Criança e do Adolescente, onde apresentaram o trabalho que desenvolvem em Canaã para as autoridades reunidas no XXI Congresso Pan-Americano da Criança e do Adolescente e para os outros jovens participantes.

II_Fórum_Pan-Americano_da_Criança_e_do_Adolescente_1

A dupla faz parte do grupo Jovens Promotores de Saúde Nova Geração, formado por 30 integrantes. Eles circulam pela cidade com a Tenda Ser Criança promovendo atividades lúdicas para conscientizar a comunidade sobre questões como hábitos saudáveis, sexualidade e vacinação. Todas as ações são acompanhadas por técnicos das Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

Maria_Caroline_e_Mailson_1Durante o Fórum, Maria Caroline e Mailson também participaram de discussões sobre medidas socioeducativas, exploração sexual, violência, participação em conselhos municipais e direito a voz.

Sobre o Programa Ser Criança

O Ser Criança busca criar uma rede social que promova soluções locais simples, mas eficazes para a melhoria da qualidade de vida das comunidades tendo como eixo principal o protagonismo dos jovens na promoção da saúde da criança em Canaã dos Carajás.

O programa se baseia em uma mobilização social que inclui poder público, escolas e família, com o intuito de fortalecer capacidades de pessoas e organizações como multiplicadores para o cuidado com a saúde infantil.

Pará

Adolescente levado por falso olheiro é encontrado em Castanhal, no PA

Jovem de 15 anos presta depoimento nesta terça-feira, 28, em Belém. João Cruz estava desaparecido há cerca de um ano. Polícia investiga se jovem foi obrigado a participar de crimes.

Olheiro Redenção Jovem Desaparecido Paysandu (Foto: Reprodução/TV Liberal)

O adolescente de 15 anos que foi levado do município de Redenção, no sul do Pará, por um falso olheiro de futebol, foi localizado na última segunda-feira (27), em Castanhal, município da região metropolitana de Belém.

João Cruz se apresentou na delegacia de Castanhal e foi conduzido até a Divisão de Atendimento ao Adolescente (DATA), em Belém, onde está sendo ouvido pelo delegado Marcos Fabiano Amazonas, nesta terça-feira (28). Ele teria contado que conseguiu fugir da localidade de Caratuama, no estado do Maranhão, até o município da Grande Belém para pedir socorro. Ele estava desaparecido há cerca de um ano.

De acordo com o delegado, o jovem será submetido ainda a exames médicos e psicológicos para avaliar suas condições físicas e emocionais. O inquérito está sendo conduzido pela Polícia Civil de Redenção, que investiga o caso.

“Na análise que a gente faz existem várias hipóteses, desde sequestro até alienação do adolescente, assim como a possibilidade do adolescente ter participação de outros eventos, que pode ter sido forçada ou não. Dependendo da análise, vamos ter um painel melhor”, pontua Amazonas.

O delegado não descarta ainda a hipótese do jovem ter envolvimento em fraudes que foram cometidas pelo aliciador em várias localidades por onde passou. “Ele pode ter sido obrigado a participar de fraudes”, ressalta.

Desparecimento
A mãe de João denunciou à polícia de Redenção que um homem que se apresentou como empresário e olheiro do Paysandu, levou o adolescente após prometer à família que iria investir na carreira do filho como jogador de futebol. Marcilon Lobo disse que traria João para jogar em Belém, mas após levá-lo do município do sul do Pará, não entrou mais em contato.

Ao sair da cidade, o jovem teria teria passado pelos estados do Maranhão, Piauí e Goiás. O caso estava sendo acompanhado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que considerou a hipótese de tráfico humano, pelas características do crime. (G1-PA)

Educação

Escolas municipais realizam ações voltadas para prevenção da gravidez na adolescência

Cinco escolas municipais do ensino fundamental realizam nesta quinta-feira (26) a culminância do Projeto Saúde e Prevenção nas Escolas, com o tema “Prevenção da gravidez na adolescência”.

O projeto, que tem por objetivo estimular a conscientização de adolescentes para a importância do planejamento familiar, aumentando o conhecimento sobre os métodos contraceptivos, além de sensibilizar os jovens para a tomada de decisões de forma consciente e segura, é realizado através de parceria entre as secretarias municipais de Saúde e de Educação (Semed).

As escolas municipais de ensino fundamental Domingos Cardoso, Eunice Moreira, Chico Mendes, Benedito Monteiro e Faruk Salmen escolheram esta quinta-feira, 26 de setembro, para a realização do evento, justamente por ser o Dia Mundial de Prevenção de Gravidez na Adolescência.

Durante a culminância, serão realizadas exposições de trabalhos desenvolvidos pelos alunos em sala de aula, mostras de vídeos de campanhas preventivas, apresentações de paródia, teatro, entre outras atividades, além de panfletagem informativa e aferição de pressão arterial.

Horários

EMEF Domingos Cardoso: 15 horas

EMEF Eunice Moreira: 15 horas

EMEF Chico Mendes: 11 às 15 horas

EMEF Benedito Monteiro: 16 horas

EMEF Faruk Salmen: 17 às 18 horas

No sábado (27), as escolas Primavera II, às 15 horas; e Carlos Henrique, de 11 às 15 horas, também realizarão suas culminâncias.

Fonte: ASCOM PMP

Ministério Público

Denúncias de abusos contra crianças serão passadas online para os MPs

As denúncias feitas ao telefone Disque 100 sobre violência contra crianças e adolescentes vão ganhar mais agilidade. Um convênio assinado nesta sexta-feria, 17, entre a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e todas as unidades dos MPs do país vai permitir que as denúncias feitas ao serviço telefônico do governo Federal sejam repassadas, na mesma hora, aos diversos MPs, por meio de um sistema de computador com acesso comum.

O convênio faz parte da criação da Rede Protege-Disque Direitos Humanos (Disque 100) e foi assinado pela ministra dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, e representantes dos MPs, reunidos durante o 1º Congresso Internacional do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG).

Este termo de cooperação faz com que quando uma pessoa telefone de qualquer lugar do Brasil, a qualquer hora, esta ligação seja transcrita e, via online, apareça na tela do Ministério Público de cada um dos estados brasileiros. Desta forma, nós vamos encaminhar a denúncia diretamente para conselhos tutelares, para toda a rede de apoio e para delegacias, e o Ministério Público já estará ajudando a cobrar e a atender essa denúncia para proteger a criança“, explicou Maria do Rosário.

Ela destacou que o objetivo também é fortalecer a rede de proteção a crianças e adolescentes. Atualmente apenas 12 municípios no país não têm conselhos tutelares, mas o desafio é qualificar esses órgãos.

O ouvidor nacional dos Direitos Humanos, Bruno Renato Teixeira, disse que 80% das denúncias ao Disque 100 são referentes à violência contra crianças e adolescentes. “Apenas neste primeiro semestre, já recebemos mais de 20 mil denúncias relacionadas a violações aos direitos humanos“, disse Teixeira.

O Disque 100 também pode ser usado para denúncias de violência contra idosos, deficientes físicos, tortura, violência policial e homofobia. O serviço é gratuito, anônimo e funciona 24 horas todos os dias da semana.

Fonte: Migalhas