Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Águia de Marabá completa hoje (22) seu 35º aniversário. Conheça um pouco mais da história do clube

A equipe azulina chegou a disputar a Série C do Campeonato Brasileiro de 2008 a 2015, mas atualmente participa da Série D e da Copa Verde.

Fundado em 1982, o Águia de Marabá comemora 35 anos neste domingo, 22 de janeiro. Clube de história recente, recebeu apoio de empresas locais e associou-se à Federação Paraense de Futebol em 1999, mesmo ano em que as torcidas Filhos e Amigos de Marabá e Torcida do Águia de Marabá se juntaram para dar origem a TOAM – Torcida Organizada do Águia de Marabá.

A equipe azulina chegou a disputar a Série C do Campeonato Brasileiro de 2008 a 2015 mas atualmente participa da Série D e da Copa Verde. Na galeria de conquistas do time paraense estão:

          – Campeonato do Interior (2000/01);

          – 1º turno da Taça Cidade de Belém (2008);

           – Taça Estado do Pará (2010).

No Ranking de Clubes CBF de 2017, o Águia de Marabá foi classificado na 61ª colocação.

História

O Águia de Marabá Futebol Clube foi fundado em 22 de janeiro de 1982, sob o nome de Águia Esporte Clube e teve como primeiro presidente, o desportista Emivaldo Milhomem, que contou com o apoio de Valtemir Pereira Lima, o Bezourão, para fundar a agremiação que foi criada para disputar o Campeonato Marabaense da Segunda Divisão daquele ano. O time era composto por jogadores amadores, sendo os mais destacados: Déca, Gamito e Keneddi. A equipe ganhou o título da Segunda Divisão em 1984, cuja conquista deu à equipe, o direito de disputar o Campeonato Marabaense da Primeira Divisão, no ano seguinte.

Primeiros anos e profissionalização

Nesta etapa de sua história o Águia teve como presidente José Atlas Pinheiro. Neste período o time conquistou três títulos municipais nos anos de 1989, 1992 e 1993, além de quatro vices campeonatos em 1988, 1994, 1996 e 1998. Quando do último vice-campeonato, o presidente já era Jorge Nery, que, procurado pelo vereador Sebastião Ferreira Neto, o Ferreirinha, no ano de 1999, concordou em profissionalizar a equipe. A proposta ganhou apoio do então presidente da Federação Paraense de Futebol (FPF), Antônio Carlos Nunes, da Companhia Vale e do empresariado local.

Em 2000, no ano seguinte como profissional, o Águia conquistou o título da Copa Ferreirinha, torneio criado para homenagear o idealizador da profissionalização do time, e disputado por equipes dos estados do Maranhão e Tocantins, além do time anfitrião, que no ano seguinte ficou em segundo lugar do torneio, tendo perdido a final para o Clube do Remo..

No Campeonato Paraense de Futebol de 1999 o time terminou entre os quatro melhores colocados, com um plantel forte, onde se destacavam: Marcos Garça, Damião, Berg, Paulinho Santarém, Gilberto Pereira, Maurinho e Corujito; este último marcou três gols na competição e sagrou-se artilheiro da equipe no campeonato.

Nos dois anos seguintes, o time sagrou-se campeão do interior, título dando a equipe interiorana melhor classificada no campeonato estadual, e justamente devido a este boa performance no torneio, a equipe marabaense garantiu direito de disputar a Série C do Campeonato Brasileiro, onde teve atuações discretas, porém, acima da expectativa da diretoria e torcida aguiana.

Década da consolidação: 2002 – 2012

Em 2002 o time não teve boa participação no certame estadual, e terminou a temporada sendo treinado pelo diretor de futebol João Galvão. No entanto sob o comando de Galvão a equipe realizou a uma grande façanha, que foi a conquista da Copa MaPaTo (conjunto de siglas para Maranhão, Pará e Tocantins), o título regional mais notório da equipe.

Em 2008, quando a equipe conquistou acesso ao Brasileirão – Série C, o Águia teve seu período de maior regularidade, somando oito participações consecutivas. Em 2008 a equipe passou muito perto de ascender á Série B, ficando em quinto lugar geral (somente quatro subiam).

Neste mesmo ano, 2008, a equipe ganhou a “Taça Cidade de Belém”, equivalente ao primeiro turno do estadual, ficando com o vice-campeonato após disputa com o Remo. Em 2010 o time conquistou a “Taca Estado do Pará”, título do segundo turno do certame estadual. Contudo ao disputar a final como Paysandu, perdeu a disputa pela “Taça Açaí”, o título do Parazão 2010.

Declínio e rebaixamento: 2013 – 2015

No Parazão de 2013 a pífia atuação do time rendeu-lhe o rebaixamento para a divisão de acesso do campeonato (primeira fase da primeira divisão estadual). Pelo Parazão 2013/2014 esteve disputando a “Taça ACLEP”, entretanto em mais uma atuação inglória, não conseguiu acesso a divisão principal, terminando o certame em terceiro colocado (somente as duas melhores equipes são classificadas).

Na disputa da Série C de 2014, passou muito perto de ser rebaixado, safando-se somente na última rodada. Neste mesmo ano, em sua pior campanha desde então, foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Paraense.

Porém, na Série C de 2015, depois de perder para o Fortaleza por 4×1, o Águia foi rebaixado para a Série D do Brasileirão de 2016.

Parazão Série B

No ano de 2015, conseguiu, numa campanha invicta (pouco depois de sua queda à série D do Brasileirão), o título de campeão da Segunda Divisão do Parazão, vencendo São Raimundo por 1×0 no Zinho Oliveira.

Torcidas

Em 1999 foi organizado na Casa do Estudante Marabaense (CEMAB) em Belém, sob os auspícios dos estudantes e desportistas Denner e Donner, e mais dois amigos, Sidney Jr. e Jorge, a “Torcida dos Filhos e Amigos de Marabá”, que no ano seguinte se uniu à “Torcida do Águia de Marabá”, para realizarem a fusão que resultou na “Torcida Organizada do Águia de Marabá” (TOAM), que a partir daquele ano, passou a acompanhar o time durante as disputas oficiais e amistosas; a TOAM é a maior das organizadas do Águia.

Além da TOAM, destacam-se mais duas organizadas: Revolução Azul e Fiel da Folha 28

Igreja

Assembleia de Deus vai presentear Belém com oração nos 401 anos

Belém completa amanhã (12) 401 anos de fundação

A Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, vai presentear a cidade com um grande abraço de oração e gratidão. A ação será no dia 12, no aniversário de Belém, data em que completa 401 anos. Aproximadamente 4 mil membros da igreja evangélica estarão unidos por amor à cidade.

De joelhos e de mãos dadas, e em orações, vão pedir a Deus  proteção para Belém e aos seus governantes.  Os evangélicos vão dar um abraço que vai alcançar a sede da prefeitura e a Praça Dom Pedro II,localizada em frente ao prédio do Executivo Municipal.

A programação está prevista para acontecer às 9h30, com encerramento às 9h45.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade.

De acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará,  o objetivo é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 106 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

Ainda dentro da programação, a igreja vai realizar culto de homenagens às 16h, no Templo Central, em Nazaré.

O prefeito Zenaldo Coutinho confirmou presença nos eventos da igreja.

Eventos

Aniversariante do dia

O Blog cumprimenta e deseja felicidades a todos os aniversariantes da semana. E o faz na pessoa do caro amigo radialista Elson Brito (foto), que há dois anos e meio apresenta o Programa Alerta 96, da Rádio Arara Azul FM, em Parauapebas, líder de audiência no horário.

Elson Brito, 41 anos, está em Parauapebas há 13 anos e é mais um que, entre tantos, ajudam a construir uma Parauapebas melhor para se viver.

Parabéns, Elson Brito, e que Deus o abençoe e guarde sempre !

Marabá

Marabá completa 103 anos com perspectivas de crescimento

Os mais de 262 mil habitantes de Marabá estão em festa pelo aniversário de 103 anos da cidade, comemorado nesta terça-feira.Com forte participação na economia paraense, Marabá apresentou o quarto maior Produto Interno Bruto (PIB) em 2014 e vem recebendo muitos investimentos por parte do Governo do Estado.

No final do ano, Marabá estará recebendo o maior e mais moderno Centro de Convenções da região e o segundo maior do Estado. Com capacidade para atender a mais de 15 mil pessoas, o centro poderá sediar vários eventos simultâneos como shows, peças de teatro, feiras e palestras. O Centro de Convenções fica localizado na rodovia Transamazônica, no bairro Nova Marabá, em um terreno de 35 mil metros quadrados, dos quais 13.200 são de área construída. O valor da obra é de R$29.640.489,30.

“Temos agora a possibilidade real de introduzir Marabá no circuito do turismo de eventos. O Centro de Convenções foi uma obra planejada. Foi projetado por um arquiteto de lá, justamente para atender as peculiaridades da região. O piso da área de exposições, por exemplo, vai permitir o tráfego de tratores e grandes máquinas nas exposições agropecuárias que acontecem com freqüência em Marabá”, disse a Secretária de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas ( Sedop), Noêmia Jacob.

Outras obras previstas para conclusão nos próximos meses é a reforma e ampliação do Centro de Integração do Adolescente Masculino, a construção do Batalhão do Grupo de Operações Especiais da Polícia Militar e a do Bloco de Saúde no Campus VIII da Universidade do Estado do Pará. O valor da obra é de R$5.503.606,60 Outra obra importante que está sendo feita em Marabá é a drenagem e pavimentação de vias urbanas em cinco quilômetros nos bairros Nova Marabá e Laranjeira. Foram mais de três milhões de investimentos só nessa obra.

 Na área de saúde, destaca-se o Hospital Regional do Sudeste do Pará- Dr. Geraldo Veloso. Funcionando em Marabá, o hospital é referência no atendimento em traumato-ortopedia para 22 municípios da região e beneficia mais de um milhão de pessoas. A criação do Hospital Regional possibilitou à população atendimento em média e alta complexidade em especialidades como buco maxilo-facial, cardiologia, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica reparadora  e urologia, entre outras.

Desde 2014, Marabá tem a mais moderna Estação de Tratamento de Água (ETA). O município de Marabá é atendido pela Companhia de Saneamento do Pará- Cosanpa, por meio da Unidade de Negócios do Interior. Mais de 182, 388 clientes são atendidos pela companhia no município. A Estação, que integrou a primeira etapa de ampliação do sistema de abastecimento de água do município, foi um investimento de 99,92 milhões de reais, dos quais 43,42 milhões vieram de recursos estaduais. Com a ampliação, o sistema levou água tratada às residências de quase 27 mil famílias em Marabá.

No setor de financiamentos, o escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará ( EMATER) emitiu 86 projetos de crédito rural no âmbito do PRONAF totalizando R$ 2.755,553,38. Foram feitas mais de mil visitas à agricultores e familiares, desde 2015. Durante o mesmo período, houve a emissão de 1.118 cadastros ambientais rurais e 153 declarações de aptidão ao PRONAF.

Por meio da Secretaria de Administração (Sead), o Governo do Pará criou dois novos serviços : o da Junta Comercial do Pará ( Jucepa) e o da Agência Estadual de Defesa Agropecuária ( Adepará) Os dois serviços fazem parte da Estação Cidadania de Marabá.

Outro novo serviço da Estação Cidadania de Marabá é o da Adepará, que tem por finalidade executar a política de defesa agropecuária no Estado. (APN)

Material Publicitário

Parauapebas parabeniza Marcelo Catalão

Entidades de classes religiosas e comunitárias realizam homenagens à Marcelo Catalão pelo seu aniversário.

Após uma semana de programação voltada para a comemoração de seu aniversário, Marcelo Catalão foi homenageado pelo SIPRODUZ (Sindicato dos Produtores Rurais de Parauapebas), entidade que preside. O evento aconteceu no dia 27, sábado, no Parque de Exposições Agropecuária de Parauapebas com a presença de mais de 2 mil pessoas que foram e conversaram de perto com Marcelo Catalão. 

“Não se trata apenas de trocar de idade, mas de comemorar vitórias que tive, vivi e presenciei neste município”, conclui Catalão, se dizendo satisfeito com as homenagens das quais ele diz trabalhar para continuar sendo merecedor.

O encontro contou ainda com a presença de várias lideranças comunitárias, religiosas e políticas, além de presidentes de diversos partidos políticos, amigos e familiares.

Marcelo iniciou a semana em um encontro com a imprensa de Parauapebas, na segunda-feira, 22, que felicitaram o aniversariante.

Marcelo Catalão é homenageado pela passagem de seu aniversário

O dia 24 foi movimentado, começando com um café da manhã com a comunidade evangélica, onde se ouviu mais agradecimentos ao aniversariante, em virtude da importância dada a eles dentro da programação da FAP/2015.

Seguindo a programação de aniversário, Marcelo Catalão participou de um grande almoço com amigos das igrejas católicas, padres e lideranças comunitárias.

Encerrando a programação do dia, aconteceu, às 19h, um encontro com amigos da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), empresários e lojistas, que ofereceram um coquetel ao aniversariante.

Durante a confraternização foi inevitável não conversar sobre a realidade que vive o comércio de Parauapebas, que por sinal é bastante preocupante e requer estratégia e colaboração de todos na busca pela solução”, explicou Marcelo Catalão.

No dia 25, quinta-feira, a população do bairro Nova Vitória homenageou o aniversariante com bolo pela manhã. Marcelo Catalão recebeu os parabéns de inúmeros moradores do bairro. À tarde foi a vez da população do bairro Tropical fazer sua homenagem.

Agradeço imensamente às comunidades pelo carinho . Eles não fazem ideia do quanto isso significa para mim”, disse visivelmente emocionado, Marcelo Catalão.

No mesmo dia, diversos sindicatos se reuniram no SINTCLEPEMP (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Leve e Pesada e Mobiliários de Parauapebas), onde também parabenizaram o ilustre aniversariante.

Encerrando o dia a homenagem veio do DEM Jovem, cujo presidente é Felipe Borges.

Temos um exemplo a seguir em Marcelo Catalão, que, por ter vivido aqui toda sua juventude, conhece as dificuldades”, disse Felipe Borges, presidente do DEM Jovem.

Liderança – As manifestações do aniversário de Marcelo Catalão reforçam sua força e a credibilidade em todos os segmentos da sociedade. Uma demonstração de que Marcelo Catalão provou seu prestígio na comunidade. E é exatamente por seu jeito simples e ausência de vaidades que ele tem conquistado e expandido seu espaço no meio político e social. “É juntos que nos fortalecemos. Todos, independentemente de credo religioso, raça, condição financeira ou orientação sexual”, concluiu Marcelo Catalão.

Pará

PT Pará festeja os 36 anos de fundação do Partido

36 anos PTO Diretório Estadual do PT Pará, realizou uma festa para comemorar os 36 anos de fundação do Partido dos Trabalhadores.  O evento aconteceu na última sexta – feira (19), no Sindicato dos Bancários, na capital paraense e contou com a presença de  muitos políticos da legenda partidária e outras lideranças.

Para o presidente do PT Pará, Milton Zimmer, o momento é de festejar as conquistas que o PT trouxe aos brasileiros. “Essa festa é a festa do PT, é a festa do povo, porque nenhum outro partido político nesse país representa os anseios da população como o Partido dos Trabalhadores.  São 36 anos de lutas e 13 anos de conquistas distribuídos pelo Pará e pelo Brasil”, destacou.

Apesar dos ataques sofridos contra a legenda partidária, o Partido dos Trabalhadores cresceu com a adesão de  48,8 mil novos filiados em 2015. Isso representa em média 131 novas adesões ao dia. As informações são do Sistema de Filiados, disponibilizados pela Secretaria Nacional de Organização do PT. 

“ A elite não se conforma, porque nunca um partido popular ocupou o poder durante muito tempo no país”  Enfatizou o senador Paulo Rocha, em discurso durante o evento. Rocha ainda fez um breve relato da história do surgimento do PT, das conquistas e transformações sociais e criticou os ataques promovidos pela direita e grande imprensa direcionados ao Partido.

“A direita utiliza um processo sofisticado para tentar nos criminalizar”, explicou e, completou dizendo que as conquistas são motivos de orgulho pelas mudanças que o PT realizou na vida de milhões de brasileiros.

Os deputados federais e estaduais da legenda que prestigiaram as comemorações, falaram sobre conjuntura política, conquistas e os desafios. O tom que prevaleceu foi de otimismo.

Para o deputado federal Beto Faro,  o PT surgiu com a proposta de mudar o Brasil e vai continuar mudando.

“Foi com as políticas do governo Lula e Dilma que as pessoas passaram a ter acesso aos bens de consumo. Acreditamos que o PT vai continuar crescendo para fazer do Brasil um grande de país”, concluiu.   

A pré – candidata do PT à prefeitura de Belém, Regina Barata,  também compareceu à festa e em seu discurso defendeu o legado do Partido. “Temos que nos apropriar das conquistas.  O PT tem histórias e não podemos esquecer disso. Não temos que ter medo dos ataques, mas enfrentá – los com a cabeça erguida mostrando as conquistas. Essa é história e a trajetória que devemos seguir em frente”, conclamou.

Representando o PCdoB, esteve Rodrigo Moraes. “O PCdoB parabeniza o PT porque é um Partido que fez história em prol do povo e juntos vamos  continuar esse projeto”, ressaltou.      

O evento reuniu centenas de filiados e filiadas, além do Secretário Executivo do Ministério do Trabalho e Previdência, Claudio Puty; o Superintendente Regional do Trabalho no Pará (SRTE/PA), Esmerino Neri Batista Filho (Miriquinho); os deputados  Zé Geraldo (federal), Airton Faleiro (estadual); o Líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa do Pará, deputado Dirceu Ten Caten;  a ex – governadora Ana Júlia Carepa; vereadores de várias regiões do Pará; presidente do Diretório do PT Belém, Apolônio Brasileiro; presidentes de associações e sindicatos; representantes de movimentos sociais e sindicais; secretários municipais; prefeitos de Cametá, Mãe do Rio, Pau D’Arco, Jacundá, Tomé Açu, Curralinho e entre outros.  

História do PT

O PT surgiu sob a ditadura militar. Fundado no dia 10 de fevereiro de 1980, em São Paulo, surgiu da necessidade de transformar a vida dos trabalhadores brasileiros. Em um momento histórico marcado por muitas  mobilizações, Luiz Inácio Lula da Silva, líder sindical, e principal fundador do PT, foi também o protagonista contra as injustiças sociais da época.   Desde sua fundação, o Partido disputa as eleições. Apesar de algumas derrotas iniciais, Lula e o PT não desistiram e desse empenho alcançou a  primeira vitória em 2002. De lá para cá, são 13 anos de governo do PT.  Com Lula e Dilma, o PT mostrou o modo petista de governar, criando políticas públicas de inclusão social para combater a fome e as desigualdades gritantes no país.  Atualmente mais 40 milhões de pessoas saíram da pobreza. É o PT fazendo história na vida de todos!

Texto: Mara Barcellos – Assessoria de imprensa

Sem categoria

Belém, capital do Pará, comemora 400 anos de fundação


A cidade de Belém comemora, nesta terça-feira (12), 400 anos, mas desde segunda-feira (11) os moradores da capital do Pará, fundada em 12 de janeiro de 1616, estão em festa. Mais de 60 mil pessoas foram à orla, onde participaram do show de artistas locais, entre eles Fafá de Belém, Israel Novaes, Dona Onete e a banda Gang do Eletro. Uma queima de fogos deixou o clima ainda mais animado.

 “Estar presente no aniversário de 400 anos de Belém é um presente. Estou aqui, acompanhando cada um dos músicos que se apresentam e vejo a emoção do público, que nos presenteia com esse carinho”, disse Fafá de Belém.

Belém surgiu da povoação que se formou em volta da foz do Rio Amazonas, inicialmente chamada de Feliz Lusitânia, depois Santa Maria do Grão Pará, Santa Maria de Belém do Grão Pará e, finalmente, Belém.

Com o ciclo da borracha, a cidade passou por grande desenvolvimento. O seu apogeu foi entre os anos 1890 e 1920, período em que foram construídos o Cinema Olympia, o Theatro da Paz, inspirado no Teatro Scala de Milão, na Itália, e o Mercado Ver o Peso, atualmente a maior feira livre da América Latina, onde a pessoa pode encontrar as frutas da região, como o cupuaçu e o açaí, e apreciar a culinária local.

Belém tem também uma das festas religiosas mais importantes do calendário da Igreja Católica no mundo. O Círio de Nazaré, que ocorre no mês de outubro, chega a reunir mais de 2 milhões de fiéis pelas ruas da capital paraense, atraindo turistas brasileiros e estrangeiros.

Para homenagear os 400 anos de Belém, os Correios lançam hoje, às 19h, em cerimônia no Hangar do Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, oito modelos de selos da série Maravilhas de Belém do Pará, que destacam, com mangueiras compondo a imagem de fundo, a marca especial para a data e as sete maravilhas do município: a Estação das Docas, o Mercado Ver o Peso, o Theatro da Paz, o Forte do Castelo, a dança carimbó, o Círio de Nazaré e o açaí.

Fonte Ebc

Assembleia de Deus vai presentar Belém com oração e música nos 400 anos

A Igreja Assembleia de Deus (Igreja Mãe) vai dar de presente no aniversário de Belém, um grande abraço de oração e gratidão. Aproximadamente 7.000 membros da congregação evangélica estarão unidos na fé e no amor a Belém no próximo dia 12 de janeiro, quando a capital paraense completa 400 anos.

De mãos dadas, todos estarão unidos e de joelhos para realizarem orações e cantarem hinos em homenagem à cidade, além de dar um grande abraço, alcançando mais de 20 logradouros e um total de 4km, entre ruas e avenidas do centro comercial e histórico da capital, incluindo o Ver– o – Peso, Presidente Vargas e a Prefeitura Municipal. A programação será iniciada às 11:00h, com o encerramento às 11:03h.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade. Cada templo foi mobilizado para junto com seus membros a orarem por uma cidade melhor. Toda a igreja passou a dedicar orações observando as principais necessidades de sua área de abrangência e localização. Temas como segurança, investimentos na saúde, limpeza das ruas e melhor gestão das autoridades municipais, dentre outros foram os que mais se destacaram.

A intenção de acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará, é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 105 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

“ Será um momento de gratidão à cidade pela acolhida e o nosso amor a Deus por ter nos escolhidos para evangelizar e levar a mensagem de paz e esperança ”, ressaltou.

Ainda durante as comemorações, acontecerá a Alvorada a partir das 7 horas em vários bairros da cidade. Mais de 70 orquestras e bandas de músicas da Assembleia de Deus vão se posicionar para tocar em diversos locais e, juntamente com outras apresentações musicais, distribuídas em pontos diferentes, estarão despertando a população com homenagens.

O pastor Samuel Câmara informou que o evento será aberto a todas as pessoas, igrejas e congregações que tenham interesse em participar.