Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Em Parauapebas mulher é presa acusada de arrastão no bairro Novo Horizonte

Bruna Marques Pereira foi autuada em flagrante por roubo qualificado. Seu parceiro, conhecido como Dinho, está foragido
Continua depois da publicidade

A Polícia Militar de Parauapebas prendeu, nesta sexta-feira (22), Bruna Marques Pereira (21 anos). Ela foi autuada em flagrante por roubo qualificado, após ser identificada por realizar, na quinta-feira (21), arrastão em um salão de beleza.

Ao ser acionada para atender ocorrência de assalto, a PM deslocou uma guarnição até o bairro Novo Horizonte, de onde a vítima rastreou o celular roubado e levou os policiais à autora do assalto, Bruna Marques, que estava escondida em Palmares I. No local, foram encontrados três celulares roubados e uma faca, utilizada por ela durante o crime.

Além de Bruna, estava na casa Josenir Lima Nunes, que não foi reconhecido pelas vítimas, mas foi apresentado na delegacia, para averiguação, por ter diversas passagens pelo Art.157 (“subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa…”). O cúmplice de Bruna no arrastão, conhecido pela alcunha de Dinho, está foragido. Ele está com a moto Titan preta, placa JVG 4182.

Polícia

Dupla que fazia arrastão em Parauapebas teve uma baixa em confronto com a PM

Um morreu e outro foi preso, após terem sido localizados por meio do GPS de um celular roubado
Continua depois da publicidade

Por Caetano Silva

Elismar Ribeiro Brandão dos Santos, 20 anos, morreu baleado e Álvaro Freitas Santana foi preso. Esse foi o saldo de uma operação policial realizada por volta das 13h20 deste sábado (17), no Bairro Primavera, em Parauapebas, durante a qual um dos criminosos reagiu, atirando contra uma guarnição da Polícia Militar. A PM chegou até a dupla, que estava cometendo assaltos na modalidade arrastão pela cidade, por meio do GPS de um celular roubado pela manhã.

De acordo com o Cabo S. Barros, a guarnição da Ronda Ostensiva com o Apoio de Motos (Rocam) da qual ele faz parte recebeu um chamado via Centro de Controle Operacional (CCO), minutos antes, para dar apoio a outra guarnição que atendeu a uma ocorrência de assalto em que a vítima localizou, por meio de aplicativo, um celular roubado.

Com base nas informações, a polícia chegou ao endereço indicado, na margem do Rio Parauapebas. Álvaro foi preso
imediatamente, enquanto Elismar, armado de revólver, furou o cerco policial e fugiu pulando cercas e atravessando quintais, levando uma sacola com vários celulares roubados.

Em seguida, ainda segundo o Cabo Barros, o fugitivo passou a airar nos policiais que o perseguiam, os quais responderam à altura o ataque, tendo Elismar levado a pior no confronto. A sacola com os celulares, porém, não foi encontrada com ele ou no local em volta, o qual foi vasculhado pelos PMs.

No mesmo endereço também foi encontrada a motocicleta Honda Bros branca, de placa QDS-9573/Parauapebas- PA, que havia sido roubada por volta das 21h do dia 7 deste mês, no bairro Jardim Canadá.

Após os procedimentos de praxe, o corpo de Elismar dos Santos foi liberado para necropsia no Centro de Perícia Médica “Renato Chaves” de Parauapebas. Junto com ele, as armas, tanto do morto quanto as dos PMs, foram encaminhadas para exame de perícia.

Depois de ter sido ouvido em depoimento na manhã de domingo (18), Álvaro Santana, contra o qual já constam cinco passagens pela polícia, foi conduzido para a Carceragem do Rio Verde, onde se encontra à disposição da Justiça.

Curiosidade

O dono da moto Honda Bros, recuperada pela PM, contou para a Reportagem que, desde o dia do assalto, toda a família se mobilizou com o objetivo de encontrar o veículo, procurando até nas Vilas Palmares I e II.

E, durante uma dessas buscas, na manhã de sábado, passou em frente a uma casa e viu Elismar – reconhecido depois, por foto – mexendo em uma moto, mas não suspeitou que ali estava a pessoa que roubou seu veículo.

Este slideshow necessita de JavaScript.