Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Religião

Alepa comemora os 106 anos de fundação da Assembleia de Deus

A Igreja Assembleia de Deus foi fundada por Daniel Berg e Gunnar Vingren no ano de 1911, em Belém do Pará, e conta hoje com mais de 66 milhões de membros.

Por Mara Barcellos –  de Belém

Os 106 anos de fundação da Assembleia de Deus em Belém foram celebrados no último dia 12, em Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). A solenidade é uma proposição do deputado Raimundo Santos, que é pastor da denominação religiosa e teve por objetivo também comemorar os 91 anos do Coral e os 81 anos da Orquestra Geral da Igreja. O evento contou com a participação de vários deputados como Lélio Costa, Olival Marques, Renato Ogawa, Soldado Tércio e Coronel Neil.

Presidida pelo deputado Soldado Tércio, autoridades eclesiásticas e políticas compuseram a mesa oficial, como o presidente da Assembleia de Deus em Belém, pastor Samuel Câmara; o Vice–Presidente da Igreja em Belém, Pastor Nelson Cardoso;  representando a Convenção Estadual de Ministros e Igrejas Evangélicas da Assembleia de Deus (Comieadepa) esteve o pastor José Rodrigues da Luz; e o Vice Governador do Estado do Pará, Zequinha  Marinho; a Conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Pará, Lourdes Lima;  e Vera Lúcia Albuquerque Amaral, da Secretaria de Segurança Pública.

A Orquestra da Assembleia de Deus e o Coral do Templo Central fizeram a abertura do evento com hinos e louvores evangélicos, e executaram outras canções durante a programação, proporcionando momentos de alegria aos centenas de membros da igreja que estiveram prestigiando a Sessão. Também foi exibido um vídeo institucional sobre a história da igreja e a programação dos 106 anos, que acontece de 17 a 19 de junho, no Centenário Centro de Convenções, em Ananindeua. Uma exposição itinerante do Museu Nacional da Assembleia de Deus também foi aberta durante o evento, no hall de entrada do Poder Legislativo. A mostra estará aberta ao público até esta terça – feira (13).

Para o autor da Sessão, o deputado Raimundo Santos, a homenagem foi de muita emoção e alegria. “Nossa gratidão a Deus, porque hoje não só estamos festejando o aniversário de 106 da nossa igreja, mas os  91 anos do Coral e 81 da Orquestra. Esta Casa faz uma homenagem justa e aqui, quero fazer um registro especial aos deputados que juntos aprovaram esse projeto e outras proposições que apresentei aqui em benefício da Assembleia de Deus”, destacou o parlamentar.

Emocionado, Raimundo Santos relembrou de quando foi integrante dos grupos musicais da igreja. “ Fico aqui em lágrimas e em sorrisos, por fazer parte desta história, pois ainda com 12 anos de idade fiz parte da Orquestra, tocando clarinete. Estou emocionado em estar aqui e participar desta história que só vem crescendo e aprimorando”, lembrou.

Em seu pronunciamento, o presidente da igreja em Belém, pastor Samuel Câmara, agradeceu as homenagens. “Nós já estamos habituados a ser chamados para estarmos aqui nesta Casa de Leis. Mas  a maior homenagem é à Deus. E não poderia ser diferente, porque são 106 anos de amor à Deus. Foi Deus que fez esse movimento, escolhendo o Norte do Brasil para fundar a igreja aqui em Belém. Esse agradecimento se estende a todos os assembleianos, porque são eles que fazem a nossa igreja”, enfatizou.

O Vice-Governador, Zequinha Marinho, que também é membro da igreja falou sobre a Sessão. “ É importante comemorar e agradecer a Deus pela semente plantada há 106 anos em Belém, no Pará e no Brasil para salvar vidas”, disse.

AÇÕES – A Congregação Assembleia de Deus em Belém é muito que uma instituição religiosa que evangeliza, leva mensagem de paz e esperança às pessoas. Ela tem como compromisso seguir o que diz às escrituras sagradas sobre a ajuda ao próximo. Em mais de um século de história, presta relevantes serviços de assistência social, educacional e de comunicação, como distribuição diária de cestas de alimentos aos mais necessitados; alfabetização de pessoas; realiza ações de construções de casas para proporcionar moradia digna às pessoas carentes; evangeliza e promove ações sociais em presídios, asilos, orfanatos, ruas, praças e em casas de recuperação de dependentes químicos.

HISTÓRIA – De acordo com relatos sobre a história da Assembleia de Deus no Brasil, no início do século XX, os suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, receberam em profecia a ordem de que tinham que pregar o evangelho num lugar chamado Pará. Sem dinheiro e sem entenderem o idioma português, partiram de Nova York rumo a capital paraense. Eles desembarcaram em Belém, no dia 19 de novembro de 1910. Aqui conheceram o casal Henrique e Celina Albuquerque, que cederam sua casa para as reuniões pentecostais. Depois de muitos encontros, finalmente, no dia 18 de junho de 1911, os dois suecos fundaram em Belém a Missão da Fé Apostólica, que sete anos depois foi registrada como Assembleia de Deus.

ALEPA – Por iniciativa do deputado Raimundo Santos, doze proposições foram aprovadas por unanimidade no Parlamento Estadual, nos últimos anos. Dentre eles, o que institui o Dia das Assembleias de Deus no Estado do Pará; o que considera o Museu Nacional da Assembleia de Deus como Patrimônio Cultural e Imaterial do Pará e o que determina a realização de Sessão Solene no período de aniversário de fundação da igreja, estabelecido anualmente no dia 18 de junho, data do surgimento da denominação religiosa pentecostal no Pará e no Brasil.  A proposta também instituiu  a Medalha do Mérito  Evangélico Daniel Berg e Gunnar Vingren, nomes dos fundadores da Assembleia de Deus.

Na ocasião, várias pessoas foram agraciadas com a Medalha Evangélico por desenvolverem serviços relevantes na área de evangelização e social da igreja.

Religião

Cantata de Páscoa da Assembleia de Deus em Belém encanta e emociona o público

Cada nota a ser tocada e as cenas teatrais representadas foram planejadas e ensaiadas durante dois meses para refletir a mensagem da Páscoa com amor e tocar o coração das pessoas.

Por Mara Barcellos – de Belém

Com o tema “Cantata Pra Viver e Pra servir”, o Templo Central da Assembleia de Deus em Belém do Pará realizou na Semana Santa um grande espetáculo de Páscoa, que incluiu apresentação teatral e musical, acompanhada pela Orquestra Sinfônica da Igreja.

O evento é tradição na igreja e tem como objetivo apresentar em forma de canto e teatro a mensagem da morte e ressurreição de Jesus Cristo, retratando a maior história de amor do universo. O evento aconteceu nos dias 14 e 16 deste mês.

“Estamos aqui celebrando um ser que foi morto, crucificado e que vive entre nós. Ele perdoou nossos pecados num gesto sublime, demonstrando o seu amor por nós. E esse momento que estamos fazendo hoje é a expressão da nossa gratidão por tudo que Deus representa na nossa vida”, destacou o Pastor Samuel Câmara, presidente da Assembleia de Deus em Belém.

A Cantata deste ano teve a participação de mais de 80 coristas e mais de 60 músicos na Orquestra. No repertório, sete hinos foram escolhidos e executados para representar musicalmente o tema do evento.

“ O critério de escolha das canções é feito de acordo com o tema. O hino “Consumado” que foi tema da abertura do espetáculo representou que o plano de Deus foi consumado. E dessa forma, acredito que conseguimos emocionar o público, porque essa história nos ensina e nos emociona”, enfatizou, Marcos Matos, maestro.

Cada nota a ser tocada e as cenas teatrais representadas foram planejadas e ensaiadas durante dois meses para refletir a mensagem da Páscoa com amor e tocar o coração das pessoas.

Para o ator Elrik Lima, que interpretou Jesus na encenação, a experiência faz compreender o sentimento de servir. “ Um dos maiores aprendizados nessa mensagem é que Jesus nos ensina a servir e amar ao próximo com humildade. E nessa hora, o Espírito Santo nos faz entender o que é o amor verdadeiro”, destacou.

Mais de três mil pessoas estiveram presentes nas noites do espetáculo. Windson Marechal Junior é um dos espectadores que aprecia a Cantata de Páscoa da Assembleia de Deus há alguns anos e sempre se encanta com a apresentação. “ Este ano o espetáculo está mais bonito e mais organizado e todos estão de parabéns. As canções foram escolhidas para emocionar e elas tocaram o meu coração”, ressaltou. “Sempre participo da Cantata e esse ano está ainda mais linda. É um convite à reflexão da mensagem e dos ensinamentos que Jesus deixou para a humanidade”, disse, Mônica Neves de Oliveira.

Organizado pelas Missões com Adultos, Jovens, Adolescentes e Surdos, ao todo, 250 pessoas estiveram envolvidas na organização e apresentação do evento.

Religião

Líder da Assembleia de Deus em Belém concorre à presidência nacional da CGADB neste domingo

Processo eleitoral vai eleger os novos dirigentes da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), a maior instituição da denominação religiosa.

O pastor Samuel Câmara, líder da Igreja Assembleia de Deus em Belém, concorre neste domingo (09), à presidência nacional da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), com sede em São Paulo.  A eleição será por meio de sistema online, onde os inscritos do Brasil e do exterior poderão votar.

Entre suas principais propostas estão à alternância de presidentes, criação da rede nacional da TV e rádio Boas Novas e a produção de materiais evangelísticos a preços populares.

Ele concorre com outros dois candidatos de São Paulo e Paraná.

A CGADB é uma instituição formada por pastores das Assembleias de Deus, com espaço para discussão de temas relevantes sobre a denominação religiosa.

Igreja

Assembleia de Deus vai presentear Belém com oração nos 401 anos

Belém completa amanhã (12) 401 anos de fundação

A Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, vai presentear a cidade com um grande abraço de oração e gratidão. A ação será no dia 12, no aniversário de Belém, data em que completa 401 anos. Aproximadamente 4 mil membros da igreja evangélica estarão unidos por amor à cidade.

De joelhos e de mãos dadas, e em orações, vão pedir a Deus  proteção para Belém e aos seus governantes.  Os evangélicos vão dar um abraço que vai alcançar a sede da prefeitura e a Praça Dom Pedro II,localizada em frente ao prédio do Executivo Municipal.

A programação está prevista para acontecer às 9h30, com encerramento às 9h45.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade.

De acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará,  o objetivo é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 106 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

Ainda dentro da programação, a igreja vai realizar culto de homenagens às 16h, no Templo Central, em Nazaré.

O prefeito Zenaldo Coutinho confirmou presença nos eventos da igreja.

Eventos

Começa a festa de 105 anos da Assembleia de Deus em Belém

Muito louvor, apresentações de cantores evangélicos, inauguração de novos templos na capital paraense, são algumas das atrações  programadas para celebrar a comemoração dos 105 anos de fundação, pelos missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, da Igreja Assembleia de Deus no Brasil, que nasceu em Belém do Pará.  A programação oficial da festa que teve início nesta sexta – feira (17), com encerramento neste sábado (18),  contará com a presença de líderes da Igreja Assembleia de Deus no Pará e de outros estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul,  Amazonas, entre outros, que estarão no Centenário Centro de Convenções, na rodovia Augusto Montenegro, região metropolitana de Belém.

Um dos destaques, será  a reconstituição que acontece neste sábado às 9:00h, com  saída próximo à escadinha (Estação das Docas), no porto de Belém, onde o Líder da Igreja, Pastor Samuel Câmara  vai recepcionar aproximadamente de 40 a 50 mil pessoas vindas de navios e todas vestidas em trajes da época, do século XX, com passagem pela presidente Vargas em direção a Praça da República, local a onde os missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, sentaram – se para descansar. O evento já é uma tradição e será aberto a todos os interessados em conhecer a história da igreja.

Ainda no mesmo dia, às 10h, será inaugurado o Templo do Ver – o – Peso, que  terá funcionamento diferenciado: da meia – noite às 6h, com o objetivo de levar a mensagem de esperança aos milhares de trabalhadores, aos visitantes e àquelas  pessoas viciadas em drogas e alcoolismo que circulam no local durante a madrugada.

Esse será o primeiro templo evangélico no Complexo do Mercado do Ver – o – Peso.

À noite, às 19h, será realizado o culto de encerramento das celebrações, no Centenário Centro de Convenções.  O evento deve reunir cerca de 100 mil pessoas durante os dois dias. A igreja possui mais de 700 mil membros no Pará e 22 milhões no Brasil. No mundo todo são 50 milhões de adeptos.

A Congregação Assembleia de Deus em Belém, é muito mais além do que uma instituição religiosa que evangeliza, leva mensagem de paz e esperança às pessoas,  tem como compromisso seguir o que diz às escrituras sagradas sobre a ajuda ao próximo.  Presta relevantes serviços de assistência social, educacional e de comunicação, como distribuição diária de cestas de alimentos aos mais necessitados, alfabetização de pessoas, ajuda à creche Cordeirinho de Deus em Belém e o programa Desafio Jovem que trabalha a recuperação de dependentes químicos, dentre outras ações. Também é a fundadora da TV e Rádio Boas Novas e de instituição de ensino superior.

HISTÓRIA – No início do século XX, os suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, receberam em profecia a ordem de que tinham que pregar o evangelho num lugar chamado Pará. Ao pesquisarem num mapa, descobriram que era um local distante, localizado na Amazônia. Sem dinheiro e sem entenderem o idioma português, partiram de Nova York rumo a capital paraense. Eles desembarcaram em Belém, no dia 19 de novembro de 1910. Aqui conheceram o casal Henrique e Celina Albuquerque, que cederam sua casa para as reuniões pentecostais.

Depois de muitos encontros, finalmente, no dia 18 de junho de 1911, os dois suecos fundaram em Belém a Missão da Fé Apostólica, que sete anos depois foi registrada como Assembleia de Deus. “Eu diria que ninguém que planejasse algo tão grande escolheria uma cidade tão pequena e tão escondida da Amazônia, a não ser Deus. Isso demonstra o quanto essa cidade é amada por Ele e deve ser amada por todos nós”, ressalta o pastor da Assembleia de Deus em Belém, Samuel Câmara.

Assembleia de Deus vai presentar Belém com oração e música nos 400 anos

A Igreja Assembleia de Deus (Igreja Mãe) vai dar de presente no aniversário de Belém, um grande abraço de oração e gratidão. Aproximadamente 7.000 membros da congregação evangélica estarão unidos na fé e no amor a Belém no próximo dia 12 de janeiro, quando a capital paraense completa 400 anos.

De mãos dadas, todos estarão unidos e de joelhos para realizarem orações e cantarem hinos em homenagem à cidade, além de dar um grande abraço, alcançando mais de 20 logradouros e um total de 4km, entre ruas e avenidas do centro comercial e histórico da capital, incluindo o Ver– o – Peso, Presidente Vargas e a Prefeitura Municipal. A programação será iniciada às 11:00h, com o encerramento às 11:03h.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade. Cada templo foi mobilizado para junto com seus membros a orarem por uma cidade melhor. Toda a igreja passou a dedicar orações observando as principais necessidades de sua área de abrangência e localização. Temas como segurança, investimentos na saúde, limpeza das ruas e melhor gestão das autoridades municipais, dentre outros foram os que mais se destacaram.

A intenção de acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará, é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 105 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

“ Será um momento de gratidão à cidade pela acolhida e o nosso amor a Deus por ter nos escolhidos para evangelizar e levar a mensagem de paz e esperança ”, ressaltou.

Ainda durante as comemorações, acontecerá a Alvorada a partir das 7 horas em vários bairros da cidade. Mais de 70 orquestras e bandas de músicas da Assembleia de Deus vão se posicionar para tocar em diversos locais e, juntamente com outras apresentações musicais, distribuídas em pontos diferentes, estarão despertando a população com homenagens.

O pastor Samuel Câmara informou que o evento será aberto a todas as pessoas, igrejas e congregações que tenham interesse em participar.

Vereadores

Sessão Solene na Câmara de Vereadores marca os 30 anos da Assembleia de Deus em Parauapebas

“Mudança se faz de dentro para fora. A pessoa pode ter roupa nova, emprego, casa, mas isso não é capaz de alcançar o coração. Somente a igreja é capaz de levar o ser humano a Deus e, assim, mudar a cara desta nação”. Foram essas as palavras do pastor Fenelon Lima Sobrinho, presidente da Assembleia de Deus Ministério Missão em Parauapebas, antes de receber a placa de homenagem concedida pela Câmara Municipal de Parauapebas pelos 30 anos da igreja na cidade.

04

A Sessão Solene em homenagem a Assembleia de Deus foi solicitada pelo vereador Maridé Gomes da Silva (PSC) por meio do requerimento 079/2013 apresentado em Sessão Ordinária no dia 02 de setembro. Na ocasião o vereador explicou que a igreja contribuiu para formação religiosa, social e histórica de nossa sociedade, já que foi fundada em Parauapebas antes mesmo da emancipação municipal. O requerimento foi aprovado por unanimidade pelos vereadores da Casa.

Na manhã do último sábado, 28, a Sessão Solene marcou as comemorações do trigésimo aniversário da igreja. Emoção e alegria tomaram conta da solenidade do início ao fim. Membros da igreja lotaram o Plenário da Câmara, que também recebeu o prefeito Valmir Mariano Queiroz, o deputado federal Zequinha Marinho, Gilberto Marques – presidente das Assembleia de Deus no Pará, Gerard Melo – presidente do Comep (Conselho de Ministros Evangélicos de Parauapebas), vereadores de Marabá e Pau D’arco, além de secretários municipais.

Os vereadores de Parauapebas aproveitaram a Sessão Solene para ressaltar a importância da instituição em nossa cidade. A primeira a discursar foi a vereadora Irmã Luzinete (PV) que na oportunidade leu o versículo de Romanos 1.16 que diz: Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê. “O Senhor nos manda pregar o Evangelho a toda a criatura e quando o Senhor manda, só temos que obedecer. Eu gostaria de agradecer a cada homem de Deus que tem se esforçado para levar a palavra do Evangelho pelo nosso município”.

Para o vereador Pavão (PTB), o crescimento da Assembleia de Deus em nosso município não aconteceu em vão; é a resposta de uma promessa bíblica. “Em Atos 9.31 o Senhor fala que: ‘Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galileia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo’. A igreja crescia e vai continuar crescendo por causa da presença do Espírito Santo. O povo de Deus tem um brilho diferente, e nós precisamos apenas do poder de Deus em nossas vidas”. O vereador continuou contando um trecho de seu testemunho. “Eu já me separei do meu Deus e quando eu achava que a minha vida tinha acabado eu me encontrei com Ele novamente. O meu lugar definitivamente não era lá fora, era nos pés de Jesus. Hoje é motivo de muita alegria estar aqui e dizer que não tem coisa melhor nesta vida que andar na presença de Deus”, explicou Pavão.

Ao discursar o vereador Ivanaldo Braz (PDT) lembrou que quando conhecemos a Deus somos verdadeiramente livres. “Hoje nós comemoramos os 30 anos de libertação nesta cidade, pois já são três décadas que a Assembleia vem resgatando almas em Parauapebas”. Em seguida o vereador Israel Pereira Barros, o Miquinha (PT), falou aos presentes. “Ai deste país se não fossem as igrejas evangélicas. Cotidianamente encontramos violência, drogas, criminalidade e brigas no trânsito. Quando uma alma é ganha para o reino de Deus, ela deixa de ficar a mercê das coisas deste mundo e passa a ter uma nova vida, mais tranquila.”

Para Bruno Soares (PP) “nós conhecemos a árvore pelos frutos. Apenas um se encarrega de plantar, mas vários colhem e se beneficiam dos frutos. E hoje temos visto muitos sendo resgatados através do trabalho evangelístico da Assembleia de Deus”.

A vereadora Eliene Soares (PT) disse que tem a satisfação de dizer que é serva do Senhor. “É um orgulho fazer parte da Assembleia de Deus e seguir os caminhos de Jesus. Irmãos intercedam por mim, porque muito poder tem a oração de um justo e eu reconheço que preciso de oração e de sabedoria para conduzir bem o meu mandato e legislar a favor do povo de Deus”, pediu a parlamentar.

O vereador José Arenes (PT) também salientou a importância da instituição em Parauapebas. “Nós temos que ser ousados para mudar o cenário do nosso município e a igreja tem um papel importante para nos ajudar a construir uma sociedade justa. A igreja tem um papel de destaque ao recuperar jovens das drogas e da prostituição”.

Ao se pronunciar o prefeito de Parauapebas, Valmir Queiroz Mariano, disse que com mais de 25 mil membros a instituição tem um papel expressivo para a manutenção da paz em nossa cidade. “A transformação de nossa sociedade tem acontecido por causa dos evangélicos. E os cuidados da igreja não se limitam aos espirituais, ela também acolhe ao necessitado e ainda ensina e repassa ética e respeito. Quero agradecer aos evangélicos que em suas orações tem nos ajudado na condução deste município”, finalizou.

Após os pronunciamentos cada autoridade recebeu uma Bíblia, símbolo das orações da igreja pela cidade. Quando leu um poema contando a trajetória da Assembleia em Parauapebas, a irmã Rosângela emocionou a todos os presentes. Cada luta e dificuldade lembrada no poema mostrou que os olhos de Deus estão voltados para essa obra. (Josiane Quintino/ ASCOM CMP)

 

Após 3 semanas empresa não se manifesta sobre estrutura metálica de templo que caiu em Parauapebas

AcidenteIgreja 027A empresa G.Alves, responsável pela construção da estrutura metálica do gigantesco Templo que a Igreja Assembleia de Deus está construindo em Parauapebas que caiu há 3 semanas devido a erros no projeto, não tem engenheiro habilitado no CREA em Parauapebas, como manda a lei.

A empresa, que prometeu emitir nota explicando o desmoronamento ainda não se manifestou. A direção da igreja também nada disse até o momento. O responsável técnico pela obra, que deveria explicar os motivos que levaram a enorme estrutura metálica a cair é de Belém e também não se pronunciou.

Não houve abertura de inquérito policial para apurar a causa da queda, mesmo que o acidente tenha provocado danos em três funcionários. O referido templo que a Assembleia de Deus está construindo promete ser o maior Templo Evangélico do Brasil, com cerca de 45 mil lugares para abrigar os fieis, estrutura para receber fieis de outros municípios  e espaços para reuniões e ainda uma boa estrutura de lazer.

error: Conteúdo protegido contra cópia!