Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Aviação Civil

Aeroporto Val-de-Cans (Belém) inaugura, no domingo (10), novo voo da Azul para Fort Lauderdale (USA)

Programação contará com batismo de aeronave, carimbó e comidas típicas do Pará e dos Estados Unidos

O Aeroporto Internacional de Belém (PA) inaugura, neste domingo (10), a partir das 11 horas, o novo voo da Azul para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Para comemorar a nova rota, o embarque dos passageiros será embalado pelo ritmo e dança de carimbó e contará com comidas típicas do Pará e dos Estados Unidos.

Na oportunidade, a aeronave A320, com capacidade para 174 passageiros irá receber as homenagens dos bombeiros da Seção de Combate a Incêndio (SCI) do aeroporto com o famoso batismo, que acontece um pouco antes da decolagem para Fort Lauderdale, às 13 horas.

Passageiros e autoridades também participarão de uma cerimônia em comemoração ao novo voo. O evento contará com a presença do secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, do superintendente do aeroporto, Fábio Rodrigues, do diretor Comercial da Azul, Antonio Camara Américo e do assessor da presidência da Azul, Ronaldo da Silva Veras.

Para o superintendente do Val-de-Cans, Fábio Rodrigues, “o novo voo da Azul demonstra a confiança da empresa na capacidade da infraestrutura do aeroporto para receber uma operação tão volumosa, além de acenar de forma muito eloquente à força de Belém como verdadeira potência turística”.

O vice-presidente de Receitas da Azul, Abhi Shah, celebra o início da nova rota da companhia, que permitirá aos clientes da empresa chegarem com mais rapidez e conforto aos Estados Unidos. “Com este voo, nossos clientes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste terão ainda mais facilidade no acesso à Flórida. Estamos muito entusiasmados com nossos novos planos internacionais e com o fortalecimento das operações domésticas em Belém”, ressalta.

A nova rota será oferecida às segundas, quartas, sextas e domingos, pousando às 4h20 e decolando às 13h30. Além dos Estados Unidos, o terminal belenense conta com voos para Portugal, Guiana Francesa e Suriname.

Serviço

Expansão Internacional: Azul deve lançar voo sem escalas entre Belém e Estados Unidos

Além do voo para Fort Lauderdale, a Azul deve fortalecer a malha doméstica para reduzir o tempo total de viagem de seus clientes que moram em cidades próximas

Belém está perto de receber mais um voo internacional! Desta vez, o próximo destino é Fort Lauderdale, no estado norte americano da Flórida, que será pela primeira vez conectado ao Norte do Brasil. A rota será operada pela Azul Linhas Aéreas, e ainda aguarda os trâmites burocráticos, mas em breve deverá estar disponível para venda através de todos os canais de venda da companhia.

Quem deverá ser diretamente impactada com o novo voo é a LATAM, que opera sozinha na rota para a Flórida desde 2014 e, até então, pelo seu monopólio, não tinha que se preocupar com a concorrência e a guerra tarifária, apesar das crescentes reclamações que surgiram após o downgrade de equipamento realizado pela empresa no voo entre o Pará e os Estados Unidos.

Além do voo para Fort Lauderdale, a Azul deve fortalecer a malha doméstica para reduzir o tempo total de viagem de seus clientes que moram em cidades próximas que, ao invés de irem até Campinas, farão conexão em Belém antes de seguir para os EUA. Entre as principais cidades atendidas com conexão rápida estarão Macapá, Fortaleza, Recife, São Luís, Manaus, Santarém e Goiânia.

Fort Lauderdale é uma cidade localizada na região metropolitana de Miami, a apenas meia hora de carro, onde os limites entre os dois municípios se confundem. A cidade é famosa pelas suas praias e por ser uma paraíso para compras, atraindo muitos turistas.

Confira os detalhes da nova operação da Azul em Belém, lembrando que poderão ocorrer mudanças nos horários e dias de acordo com autorização das frequências.
Início Previsto: 10/12/2017

Equipamento: Airbus A320neo

Voo AD 8726 – Terças, Quintas, Sábados e Domingos
Horário de Decolagem de Belém: 13h30
Horário de Pouso em Fort Lauderdale: 17:30

Voo AD 8727 – Terças, Quintas, Sábados e Domingos
Horário de Decolagem de Fort Lauderdale: 20h15
Horário de Pouso em Belém: 04h10 do dia seguinte (Quartas, Sextas, Domingos e Segundas)

Aviação comercial

Azul terá voo diário entre Parauapebas e Marabá

A aeronave decolará de Carajás sempre às 12h10, com chegada a Marabá às 12h45. O trecho inverso terá saída às 16h25, com pouso às 17 horas.

As cidades de Parauapebas e Marabá passarão a ser ligadas de forma direta pela Azul Linhas Aéreas Brasileiras a partir de 13 de março. A companhia operará um voo diário em sua mais nova rota, criada para, além de atender a demanda local, viabilizar conexões entre Marabá e Belo Horizonte por meio de Carajás e atender à demanda de cargas. A intenção da Azul de ofertar a linha passa por aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A aeronave decolará de Parauapebas (Aeroporto de Carajás) sempre às 12h10, com chegada a Marabá (Aeroporto João Correa da Rocha) às 12h45. O trecho inverso terá saída às 16h25, com pouso às 17h00.

Esta iniciativa é importante para conectar ainda mais o Pará às demais regiões do Brasil. Sem dúvida vamos atender a uma demanda alta, principalmente de negócios, e fortalecer a economia local”, comentou Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

“No âmbito de cargas, a Azul Cargo Express será uma ótima opção para o envio de encomendas ou carga mais pesadas entre as cidades de forma muito rápida e eficiente. Nossas lojas nessas localidades já estão à disposição de nossos clientes”, comentou Izabel Reis, gerente-geral da Azul Cargo Express.

Com a ligação facilitada para Belo Horizonte, a Azul garante que ainda mais clientes de Marabá e Parauapebas possam acessar diversas regiões do Brasil em conexões rápidas, uma vez que a capital mineira é um dos centros de distribuição de voos da companhia.

Rotas

Azul ampliará oferta de voos no Pará na alta temporada e terá novo mercado temporário: Belém-São Paulo

Frequências extras serão operadas em dezembro e janeiro em Belém e Santarém, com proposta de atender acréscimo de demanda da estação

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras adicionará voos extras em Belém e Santarém em dezembro e janeiro, período de alta temporada de verão. Entre as novidades está o novo mercado temporário da companhia, que ligará a capital paraense a São Paulo (Viracopos) sem escalas. Ainda, a empresa terá frequências semanais extras para o Recife e São Luís, além de ligações adicionais entre Santarém e Manaus. Os voos também servirão aos Clientes da Azul Viagens, operadora de turismo da Azul.

“Fizemos um amplo estudo de malha para incluir os voos extras na cidade. Apostamos em mercados que naturalmente têm um acréscimo de demanda para o verão, e, desta forma, todos os Clientes da região poderão viajar de/para diversas regiões do país, sobretudo a lazer, que é o principal foco destas inclusões”, destaca Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

Mais de 40 cidades brasileiras receberão voos extras da Azul durante o verão: São Paulo (Viracopos, Guarulhos e Congonhas), Belo Horizonte, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Porto Alegre, Recife, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Natal, Goiânia, Cuiabá, Campo Grande, Maceió, Porto Velho, Florianópolis, Belém, Manaus, João Pessoa, Aracaju, São Luís, Navegantes, Teresina, Palmas, Fernando de Noronha, Ji-Paraná, Cacoal, Santarém, Petrolina, Juazeiro do Norte, Caldas Novas, Foz do Iguaçu, Passo Fundo, Chapecó, Cabo Frio, Ilhéus, Porto Seguro, Uberlândia, Ribeirão Preto, Bauru, Valença, Lençóis e Presidente Prudente. Entre os destinos internacionais, Fort Lauderdale/Miami, nos Estados Unidos, e Punta del Este e Montevidéu, no Uruguai, terão ligações complementares.

Em todo o país e no exterior, a Azul operará mais de três mil voos extras.

Azul Viagens – Assim como acontece todos os anos, a operadora de turismo da companhia terá assentos dedicados nos voos de alta temporada. A Azul Viagens conta com diversos pacotes (com múltiplas opções de roteiros e hospedagens, assim como datas de saída e aeroportos de origem) para todo o Brasil e também para o exterior, com pagamento em até dez parcelas ou por meio de pontos do TudoAzul, o programa de vantagens da Azul.

Passagens e pacotes – Os bilhetes para os voos extras – alguns ainda estão em aprovação na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) – estão disponíveis por meio de todos os canais de venda Azul: website (www.voeazul.com.br), callcenter (4003 1118 para capitais e regiões metropolitanas e 0800 887 1118 para demais regiões), assim como nos balcões da companhia nos aeroportos onde está presente. Também por meio destes canais, os Clientes podem adquirir pacotes da Azul Viagens, assim como no site da operadora de turismo (www.azulviagens.com.br).

Carajás

Voo Carajás-Belo Horizonte atrasa por falta de jantar dos pilotos

Na tarde de ontem, 17, o voo 5027, da Azul Linhas Aéreas, partiu do Aeroporto de Carajás com destino a Belo Horizonte com mais de uma hora de atraso. O motivo, inusitado, não foi mau tempo nem algum problema com a aeronave, mas a falta de comida para os pilotos. Eles abandonaram o avião porque o jantar não estava a bordo e só retornaram quando a situação foi resolvida. O voo sairia às 18h55 de Carajás, mas a viagem só foi iniciada após as 19h.

IMG-20150818-WA0001“Fomos percebendo o atraso e a atendente da Azul tentando amenizar… Mas me parece que chegou a um ponto em que ela também se irritou. Ela se irritou, pegou o microfone e disse: ‘olha, gente, é o seguinte, está atrasado porque os pilotos não vão autorizar o voo enquanto não tiver o jantar deles bordo’”, lembra o empresário João Aguiar, que estava retornando a Campinas-SP, com escala em Belo Horizonte.

A partir daí começou um atrito interno entre o pessoal de solo e pilotos. Os atendentes começaram a distribuir cartilhas de orientações com direitos e deveres do passageiro e as pessoas começaram a ficar nervosas. “Ficou muito dramático e o pessoal de solo, ao invés de tentar acalmar, começou a jogar gasolina na fogueira. Pra piorar a situação, os pilotos desceram da aeronave e ficaram esfregando na cara das pessoas que eles estavam ali sem fazer nada, esperando o jantar”, disse João. Os passageiros chegaram a colher assinaturas para uma possível ação coletiva contra a companhia aérea.

IMG-20150818-WA0028Após o desconforto, o jantar dos pilotos chegou e o voo partiu normalmente. Da cabine, o comandante tentou explicar a situação aos passageiros: “Nós passamos o dia todo dentro da aeronave e a empresa é obrigada a fornecer refeições em certos horários. Esse atraso poderia ser evitado pela empresa, já que a mesma foi avisada às 3 horas da tarde, porém só tomou providências bem próximo ao embarque”.

Todos os passageiros em conexão perderam os voos que partiriam de Belo Horizonte na noite de ontem. “Quando chegamos em Belo Horizonte, havia um único ônibus para levar todas os passageiros, as pessoas se espremendo, e quando chegou na sala de embarque, outro caos. Disseram que não teria mais voo”, conta João Aguiar. A Azul pagou hotel, uma refeição, duas bebidas não alcoólicas e o transporte de volta ao aeroporto para os passageiros que precisaram embarcar hoje.

Os funcionários da Azul não quiseram comentar o caso. O gerente da companhia no Aeroporto de Carajás não havia atendido o telefone nem retornado as ligações até a finalização desta matéria. A companhia não se pronunciou oficialmente sobre o assunto, nem se retratou com os passageiros.

Carajás

Mais de 150 mil passageiros passaram pelo aeroporto de Parauapebas, em Carajás, em 2014

O Aeroporto de Parauapebas, em Carajás, foi construído pela então Companhia Vale do Rio Doce – CVRD em 1981, homologado pela Portaria nº. 164/SOP, de 23 de setembro de 1982, transferido para o Ministério da Aeronáutica (Comando da Aeronáutica), conforme processo do MAer 25.01/R – 036/84, de 12 de março de 1985, e absorvido pela Infraero, conforme Portaria nº. 191/GM5, 05 de março de 1985, que assumiu a jurisdição técnica, administrativa, comercial, operacional e navegação aérea.

Carajas

Opera voos domésticos diariamente das 07h15 às 18h30 local, com uma concentração de atividades entre 11h às 15h horas e 16h às 18h. Na atividade da Aviação Civil, o aeroporto é um elo entre as cidades regionais e capitais do País, contribuindo para alavancar a economia do Estado do Pará. Caracteriza-se pela predominância das operações da aviação comercial regional e geral, onde as atividades da Aviação Militar são efetuadas em menor escala.

Com um pátio de aeronaves de 16.900 m², um terminal de passageiros de 833,45 m², e uma pista de 2.000 metros x 45 metros, nos últimos seis anos o aeroporto tem recebido um aumento significativo no número de pousos e decolagens (4.035 em 2009; 5370 em 2010; 6233 em 2011; 6742 em 2012; 5542 em 2013; e 4901 em 2014), graças a volta de grandes empresas como Gol e Azul, que hoje operam com voos regulares no aeroporto.

Aeroporto-de-Carajas_thumb

Em relação ao movimento de passageiros, houve um grande aumento. Nos últimos sete anos nada menos que 613 mil passageiros passaram pelo aeroporto de Parauapebas (28.006 em 2007; 38.046 em 2008; 45.685 em 2009; 78.685 em 2010; 107.204 em 2011; 164.311 em 2012; .384 em 2013; e 156.294 em 2014.

Com o aumento da demanda é necessário que o estacionamento, que atualmente tem capacidade para apenas 75 veículos, receba uma expansão, assim como seria necessário uma melhoria nas condições de trafegabilidade, pois hoje o aeroporto opera com parâmetros mínimos de pouso e decolagem, sem o ISL, que é um sistema de aproximação por instrumentos. Devido ao mal tempo, nessa época do ano, vários voos foram cancelados ou transferidos para Marabá.

Voos no aeroporto de Parauapebas:

image

A empresa Gol vai operar em breve com voos diretos Carajás / São Luiz. A data do início da nova operação ainda não foi informada.

A empresa TAM já solicitou à ANAC uma rota para o aeroporto de Parauapebas, mas esta ainda não foi atendida.

Carajás

Aeroporto de Parauapebas, em Carajás, pode ter novos voos

Logo após o anúncio de que a Gol voltaria a operar no aeroporto de Carajás, em Parauapebas, a Azul anunciou que terá outro voo para Confins. Tomara que toda essa concorrência traga algum ganho para os passageiros com a diminuição dos preços. Confira como ficará os voos que passam por Carajás:

image

Os novos voos da Azul aguardam deliberação do órgão deliberador.

Parauapebas

A partir de hoje Azul terá linha aérea diária entre Parauapebas e Belém

image

Teve início hoje (23) a nova linha da Azul Linhas Aéreas no trecho Belém/Parauapebas/Belém. A empresa disponibiliza  vagas de segunda a sexta-feira em um Turbo-Hélice ATR (foto) ao preço médio de R$190,00 (cento e noventa reais), sujeito a alteração.

A Azul Linhas Aéreas é a terceira maior companhia aérea brasileira, tendo sido considerada pela ANAC uma das empresas que mais cresceu em 2010. Hoje a Azul oferece voos diários em 40 destinos de norte a sul do Brasil.

Horário

Voo Origem Destino Saída Chegada
5400 Belém Parauapebas 8:35 10:15
5401 Parauapebas Belém 10:40 12:20

error: Conteúdo protegido contra cópia!