Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Igreja

Assembleia de Deus vai presentear Belém com oração nos 401 anos

Belém completa amanhã (12) 401 anos de fundação

A Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, vai presentear a cidade com um grande abraço de oração e gratidão. A ação será no dia 12, no aniversário de Belém, data em que completa 401 anos. Aproximadamente 4 mil membros da igreja evangélica estarão unidos por amor à cidade.

De joelhos e de mãos dadas, e em orações, vão pedir a Deus  proteção para Belém e aos seus governantes.  Os evangélicos vão dar um abraço que vai alcançar a sede da prefeitura e a Praça Dom Pedro II,localizada em frente ao prédio do Executivo Municipal.

A programação está prevista para acontecer às 9h30, com encerramento às 9h45.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade.

De acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará,  o objetivo é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 106 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

Ainda dentro da programação, a igreja vai realizar culto de homenagens às 16h, no Templo Central, em Nazaré.

O prefeito Zenaldo Coutinho confirmou presença nos eventos da igreja.

Portos

Projeto “Belém Porto Futuro” será apresentado para a sociedade paraense

Para chegar a este resultado que será apresentado amanhã para a sociedade, diversas oficinas e audiências públicas foram realizadas durante o ano 2016, atendendo um pedido do ministro Helder Barbalho.

No próximo dia 12 de janeiro Belém completa 401 anos, e para presentear a população da cidade será apresentado amanhã (11), o Projeto Belém Porto Futuro, do governo Federal, que representará mais um importante passo para a renovação e recuperação do espaço portuário da capital.

O Projeto consiste diretamente na valorização de duas áreas. Uma é a antiga residência de Miramar, onde a população terá acesso ao Museu de Gastronomia Paraense, além de um Mirante Contemplativo, que apresentará uma nova imagem da cidade.

Já a outra área será a região portuária de Belém, que promoverá a integração do porto com a cidade a partir da criação de um novo pátio de contêineres e píeres para recepcionar moradores e visitantes. O local contará com a criação de um grande parque urbano banhado por um lago contemplativo, que vai abrigar uma praça infantil, área de convivência, área para animais de estimação, central de apoio, espaço saúde e praça de alimentação. A região terá ainda uma Feira Livre, Mercado Municipal, Centro Cultural Paraense, Museu de Arte Moderna, Museu do Círio, escritórios e um amplo estacionamento.

Projeto

O Projeto, que foi lançado em abril de 2016 pelo então ministro de Portos, Helder Barbalho – atual ministro da Integração Nacional-, pretende transformar uma área portuária de aproximadamente  2km em um polo de desenvolvimento da capital, por meio da recuperação da infraestrutura, atração de investimentos, oferta de serviços e geração de emprego e renda.

Para chegar a este resultado que será apresentado amanhã para a sociedade, diversas oficinas e audiências públicas foram realizadas durante o ano 2016, atendendo um pedido do ministro Helder feito no dia do lançamento do Projeto para que tudo fosse pensado e construído com participação direta de  empresários, órgãos públicos e sociedade.

Rotas

Azul ampliará oferta de voos no Pará na alta temporada e terá novo mercado temporário: Belém-São Paulo

Frequências extras serão operadas em dezembro e janeiro em Belém e Santarém, com proposta de atender acréscimo de demanda da estação

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras adicionará voos extras em Belém e Santarém em dezembro e janeiro, período de alta temporada de verão. Entre as novidades está o novo mercado temporário da companhia, que ligará a capital paraense a São Paulo (Viracopos) sem escalas. Ainda, a empresa terá frequências semanais extras para o Recife e São Luís, além de ligações adicionais entre Santarém e Manaus. Os voos também servirão aos Clientes da Azul Viagens, operadora de turismo da Azul.

“Fizemos um amplo estudo de malha para incluir os voos extras na cidade. Apostamos em mercados que naturalmente têm um acréscimo de demanda para o verão, e, desta forma, todos os Clientes da região poderão viajar de/para diversas regiões do país, sobretudo a lazer, que é o principal foco destas inclusões”, destaca Daniel Tkacz, diretor de Planejamento de Malha da Azul.

Mais de 40 cidades brasileiras receberão voos extras da Azul durante o verão: São Paulo (Viracopos, Guarulhos e Congonhas), Belo Horizonte, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Porto Alegre, Recife, Curitiba, Salvador, Fortaleza, Natal, Goiânia, Cuiabá, Campo Grande, Maceió, Porto Velho, Florianópolis, Belém, Manaus, João Pessoa, Aracaju, São Luís, Navegantes, Teresina, Palmas, Fernando de Noronha, Ji-Paraná, Cacoal, Santarém, Petrolina, Juazeiro do Norte, Caldas Novas, Foz do Iguaçu, Passo Fundo, Chapecó, Cabo Frio, Ilhéus, Porto Seguro, Uberlândia, Ribeirão Preto, Bauru, Valença, Lençóis e Presidente Prudente. Entre os destinos internacionais, Fort Lauderdale/Miami, nos Estados Unidos, e Punta del Este e Montevidéu, no Uruguai, terão ligações complementares.

Em todo o país e no exterior, a Azul operará mais de três mil voos extras.

Azul Viagens – Assim como acontece todos os anos, a operadora de turismo da companhia terá assentos dedicados nos voos de alta temporada. A Azul Viagens conta com diversos pacotes (com múltiplas opções de roteiros e hospedagens, assim como datas de saída e aeroportos de origem) para todo o Brasil e também para o exterior, com pagamento em até dez parcelas ou por meio de pontos do TudoAzul, o programa de vantagens da Azul.

Passagens e pacotes – Os bilhetes para os voos extras – alguns ainda estão em aprovação na Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) – estão disponíveis por meio de todos os canais de venda Azul: website (www.voeazul.com.br), callcenter (4003 1118 para capitais e regiões metropolitanas e 0800 887 1118 para demais regiões), assim como nos balcões da companhia nos aeroportos onde está presente. Também por meio destes canais, os Clientes podem adquirir pacotes da Azul Viagens, assim como no site da operadora de turismo (www.azulviagens.com.br).

Belém recebe um dos maiores eventos do fisco do Brasil

Evento reunirá mais de mil auditores e fiscais das secretarias da Fazenda de todo o país. Entre os palestrantes estão nomes como o do historiador Leandro Karnal, do jornalista Luis Nassif e do diretor do BID, José Tostes Neto

Belém recebe, entre os dias 27 de novembro e 1º de dezembro, o 17º Congresso Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Conafisco), com o tema ‘Sonegação Fiscal é crime. Quem paga a conta é você’. Esse é o maior evento da categoria, promovido pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco) e pelo Sindicato dos Servidores do Fisco Estadual do Pará (Sindifisco-PA). A abertura será no dia 28, na sede da Assembleia Paraense, com a presença do doutor em História Social (USP), Leandro Karnal. Depois, a programação segue a partir do dia 29, no Hotel Princesa Louçã.

Os cinco dias do encontro incluem a realização de eventos esportivos, lançamento de livro, premiações e painéis de debate, com o objetivo de criar um espaço de diálogo, aprimorar a atuação dos profissionais do fisco e difundir a educação fiscal na sociedade. Para isso, foram chamadas personalidades de renome, como Karnal, que abre as atividades com a palestra Ética e Sonegação no Brasil atual; o jornalista Luis Nassif que irá abordar as Perspectivas Políticas Sociais e Econômicas do Brasil; o diretor do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), José Tostes, abordando o tema Sonegação Fiscal é Crime: suas modalidades e as medidas propostas para combatê-la; entre outros.

O Congresso Nacional do Fisco discutirá a relevância de se cumprir as leis fiscais e como elas são essenciais fontes de arrecadação e se transformam em investimentos em políticas públicas, e como a sonegação é, muitas vezes, desencadeadora de esquemas de corrupção no país. Portanto, o Congresso vem aprimorar a formação de auditores e de toda a categoria em prol de uma atuação ética. Além disso, traz temas como direito tributário, administração tributária, formação acadêmica e outras temáticas do fisco.

De acordo com o presidente da Fenafisco, Manoel Isidro dos Santos Neto, além de aperfeiçoar o trabalho dos profissionais da área, a importância do congresso reside em estimular que a categoria atue na educação fiscal da população, que haja o controle social sobre seus direitos e que estas temáticas sejam do entendimento de toda sociedade.

Na ocasião, ainda ocorrerá a premiação do concurso de monografias da Fenafisco que, pela primeira vez, foi conquistada por uma mulher, a paraense Líria Kédina Moraes, auditora fiscal de Receitas Estaduais do Pará,  com a tese de doutorado Dissonância da Autonomia Federativa Tributária: uma análise da tributação sobre a propriedade de embarcações e aeronaves. O encerramento também ocorre na Assembleia Paraense, com a posse da nova Diretoria e do Conselho Fiscal da Fenafisco.

Serviço
Programação completa:  http://www.conafisco.org.br/programacao/

17º Congresso Nacional do Fisco Estadual e Distrital

Data: de 27 de novembro a 1º de dezembro

Local: Hotel Princesa Louçã (Programação normal) e Assembleia Paraense (abertura e encerramento)

Horário: consultar a programação

Principais Palestrantes

Leandro Karnal

Doutor em História Social pela USP. É escritor e tem publicações sobre o ensino de História, História da América e História das Religiões. É comentarista do Jornal Cultura (TV Cultura, SP).

Luis Nassif 

Jornalista, formado pela Escola de Comunicação e Artes da USP. Diretor da Agência Dinheiro Vivo e comentarista econômico.  Autor dos livros: O Plano CruzadoO Jornalismo dos anos 90,Os Cabeças de Planilhas, entre outros.

José Tostes 

Graduado em Administração, é consultor do Fundo Monetário Internacional. Especialista Líder em Gestão Fiscal e Municipal do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Auditor Fiscal da Receita Federal e mestre em Fazenda Pública e Administração Tributária.

Senador Paulo Paim

Sindicalista. Atualmente, é Senador da República.

Seleção brasileira de handebol feminino chega nesta quinta-feira em Belém

 

O evento vai abrir oficialmente o calendário da seleção brasileira após os Jogos Olímpicos Rio 2016. Após chegar até as quartas de final nas Olimpíadas, o Brasil se renovou com jogadoras que atuam em países como França, Hungria, Alemanha e Polônia, além de atletas de São Paulo e Santa Catarina. O técnico Morten Souback vai testar a nova formação do time neste II Torneio Quatro Nações.

A secretária da Seel, Renilce Nicodemos, pede por um grande envolvimento de estudantes no evento. Para ela, o handebol é uma modalidade de natureza escolar e de fácil adaptação por parte dos alunos. “Queremos mostrar para os nossos estudantes que por meio do esporte é possível construir um novo momento em suas vidas. As jogadoras brasileiras serão as porta-vozes desse momento. O Brasil vive um momento muito importante, de renovação da equipe depois dos jogos olímpicos do Rio, por isso, nós queremos fazer uma festa linda, com muito carinho e hospitalidade”, disse a titular da Seel.

A arena Guilherme Paraense está recebendo os preparativos para o torneio. O piso especial já foi montado e os assentos estão sendo numerados. Os serviços de limpeza e manutenção seguem normalmente, conforme informações da diretora Cláudia Moura, que também está finalizando os preparativos de transporte, segurança, hospedagem e acomodações especiais às Seleções do Brasil e do exterior. “A marca paraense é da alegria, da hospitalidade, então, vamos receber a seleção com muito carinho”, disse.

Para o técnico da seleção brasileira, Morten Soubak, o torneio e o período de treino em Belém, a partir do dia 24 de novembro, serão bem aproveitados para a preparação do grupo, renovado após as Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016: “O nosso trabalho será um recomeço. Temos que renovar em vários aspectos, não somente porque várias atletas de alto nível não estão mais disponíveis para a Seleção. Temos que pensar no estilo que estávamos jogando e nos aprofundarmos nas novas regras que foram implantadas para os Jogos do Rio e que devem permanecer”, disse o treinador ao site da CBHb. Ele pretende avaliar os novos rumos da equipe: “Vamos dar chance para algumas atletas jovens e outras que fizeram parte do trabalho, mas que não ficaram na equipe para as Olimpíadas. Vamos pensar muito nas características de cada uma e, possivelmente, criar outro jeito de jogar, de acordo com esse perfil, pois o anterior era muito baseado nas atletas que estavam”, afirmou Morten.

Exclusivo

Coordenador de Portos e Aeroportos da Sefa do Pará é preso durante segunda fase da Operação Quinta Parte

Operação é coordenada pela Polícia Civil do Pará e MPPA

A Polícia Civil do Pará acaba de deflagar a segunda fase da “Operação Quinta Parte“, que investiga desvios na Secretaria de Fazenda do Pará. Durante essa segunda fase foi preso Raimundo Afonso Moura Lima, que é o coordenador de Portos e aeroportos do Estado.

A prisão de Raimundo foi pedida na semana passada pela Polícia Civil do Pará após a oitiva dos réus presos na primeira fase. Ele é suspeito de receber propina do esquema criminoso para facilitar as ações dos demais acusados.

O coordenador da Sefa foi preso em sua residência e encaminhado à Delegacia Geral da capital para prestar depoimento e depois será levado para o Centro de Recuperação Especial Coronel Anastácio das Neves (Crecan), no Complexo Penitenciário de Santa Isabel, em Belém.

Sebrae

Belém sedia a maior feira do empreendedorismo da Amazônia

Feira do Empreendedor, que será realizada pelo Sebrae no Pará entre os dias 16 e 19 de novembro, no Hangar.

Neste mês, Belém torna-se oficialmente a capital do empreendedorismo. De 16 a 19, o Sebrae no Pará realiza a oitava edição da Feira do Empreendedor, no Hangar Centro de Convenções da Amazônia. A grande novidade deste ano é que o empreendedor, além de ter acesso a estudos inéditos na área de mercado, poderá formalizar a sua empresa. Esse atendimento será prestado no estande Redesimples.

No total de 3.500m2 de área de exposição, a Feira será dividida em três espaços: Atendimento, Oportunidades de Negócios e Modelos de Negócios. Serão montadas Lojas modelo nos segmentos de Beleza, Alimentação Fora do Lar, Moda e Minimercado. Os espaços de modelos de negócios pretendem disponibilizar aos visitantes informações e conhecimentos que direcionem a melhor forma para abrir, melhorar e ampliar negócios em diversos segmentos.

O evento também terá a Arena do Conhecimento, onde empresários paraenses relatarão suas experiências de sucesso. Serão compartilhados cases nos segmentos de alimentação e bebida, economia criativa, empreendedorismo feminino, marketing digital, entre outros temas.

Na parte de tecnologia e inovação, a Feira do Empreendedor linka suas ferramentas a um ambiente totalmente digital. Serão utilizados Beacons – aparelhos de proximidade que emitem informações, por meio da tecnologia bluetooth, diretamente aos smartphones cadastrados. Um visitante que chegar próximo a um determinado estande, por exemplo, se tiver baixado o aplicativo, receberá as informações da programação e de todas as ferramentas que o estande oferece.

Também como destaques, a Feira oferecerá a Cozinha Show, um espaço onde chefs ministrarão aulas sobre massas, panificação, confeitaria, gelados e comestíveis, mostrando as dicas para se ter um produto com qualidade, além de levar informações sobre rendimento, custos, inovação e sustentabilidade.  Entre os temas que serão abordados na Cozinha Show, estão “Lucrando com pães integrais”, “Alimentação Fora do Lar” e a “Arte de criar sobremesas com soluções práticas e criativas”.

E para falar de empreendedorismo de uma forma divertida e interativa, o Sebrae no Pará promoverá o “Cine Sebrae”, com a exibição de filmes que fazem alusão ao comportamento e dia a dia do empresário, entre eles “O homem que mudou o jogo”, “Missão Impossível – Nação secreta”, “Mãos talentosas” e “Zootopia”.

A Feira do Empreendedor disponibilizará, ainda, 15 salas e  quatro auditórios no piso superior do Hangar, que serão dedicados à educação e orientação coletiva, por meio de palestras, seminários, workshops, encontros de negócios, rodadas e oficinas. Serão cerca de 300 eventos de capacitação e momentos para troca de experiências, que irão abordar mais de cem temas diferentes. Mais de 20 mil vagas. Tudo gratuito.

Belém

Índios invadem Núcleo do Ministério da Saúde no Pará e colocam funcionários para fora

Indígenas são contra a municipalização da saúde

Funcionários do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde no Pará tiveram que deixar às pressas o prédio da autarquia localizado na Rua Conselheiro Furtado, no bairro da Cremação, em Belém, na manhã desta terça-feira (08). É que dezenas de indígenas, revoltados com a decisão do governo de municipalizar a saúde indígena, invadiram a agência ao som de cânticos e danças da etnia.

Segundo as lideranças que participam do movimento, a publicação das Portarias 1.907 e 2.141/16 pelo Ministro da Saúde, Ricardo Barros, nos últimos dias 17 e 24 de outubro de 2016, violam de forma absurda o direito à consultas médicas, conforme garantido na Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), graças à luta coletiva dos povos indígenas do Brasil e retrocede a conquista na saúde indígena desde a criação dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs) até a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), há mais de dez anos.

Os indígenas reivindicam a continuidade da assistência de saúde às comunidades indígenas, com qualidade, autonomia e respeito às deliberações dos povos indígenas em todo o país.

Com a manifestação, todos os funcionários e usuários que estavam no Núcleo foram obrigados a deixar o prédio.