Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Futebol

Isael da Silva, assistente de Parauapebas, está na escala da 4ª rodada da Segundinha do Paraense

O profissional escreveu seu nome na história da arbitragem parauapebense sendo o primeiro a ser escalado em mais de 100 anos de competição

Por Fábio Relvas

A Comissão de Arbitragem da Federação Paraense de Futebol (CA/FPF) realizou na tarde desta terça-feira (31/10), o sorteio de escala dos profissionais do apito para os jogos válidos pela 4ª rodada do Campeonato Paraense Seel da 2ª divisão, a Segundinha, tudo sob o comando de
Fernando Sérgio Castro dos Santos, atual presidente da CA/FPF. O encontro foi realizado na própria sede da Federação Paraense de Futebol, na capital Belém.

A cidade de Parauapebas conta com dois representantes, Jânio Balzac como árbitro principal e Isael da Silva como assistente, ambos foram aprovados no FIFA teste e prova teórica da FPF, e entraram no quadro de escalas dos jogos da Segundinha. A dupla atuou junto na partida da 1ª rodada entre Gavião Kykatejê e Paraense, no estádio Zinho Oliveira, em Marabá. Balzac foi escalado como quarto-árbitro e Isael da Silva foi o assistente da partida que terminou no empate em 1 a 1.

Quem vai voltar a atuar nesta 4ª rodada da Segundinha, é o assistente Isael da Silva, que saiu na escala com os demais profissionais para trabalhar na partida entre Gavião Kykatejê e Santa Rosa, no estádio Zinho Oliveira, em Marabá, marcada para às 16h, do próximo sábado (04/11). O árbitro principal será Djonaltan Costa Araújo, sendo auxiliado por Robson João dos Reis e Isael da Silva. O quarto-árbitro fica por conta de Antônio Eliude da Silva Costa.

Isael da Silva é natural de Parauapebas, tem 32 anos, 15 de profissão, e escreveu seu nome na história da arbitragem parauapebense, pois foi o primeiro da cidade a ser escalado no Campeonato Paraense, após mais de 100 anos de competição estadual, na ocasião trabalhou na Segundinha do Parazão 2016.“Queria dividir esta imensa alegria que estou passando. Obrigado a todos que acreditaram em mim, a todos que me incentivaram. Obrigado também a todos que disseram que eu não iria conseguir, pois só me deram mais força pra lutar e mostrar que todos são capazes de conseguir seus objetivos, basta querer”, afirmou Isael da Silva, em tom de desabafo.

A rodada segue com mais dois jogos no sábado. Izabelense e Desportiva se enfrentam, às 15h30, no estádio Edilson Abreu, o Abreuzão, em Santa Izabel do Pará. O apito é de Joel Alberto Teixeira Rezende, tendo como assistentes Bárbara Roberta Costa Loiola e Milton Rogério Gama de Souza. Na suplência como quarto-árbitro, Wallace Patrick Correa Pereira. Na partida entre Tapajós e Paraense, às 15h30, no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém, quem apita é Melck Muller Soares de Almeida e será auxiliado por Luís Diego Nascimento Lopes e José Maria Pereira Barbosa Júnior, enquanto que Jackeline Ribeiro Portilho será a quarta-árbitra.

A bola volta a rolar no domingo (05/11) para o complemento da rodada. A partida entre Vênus e Tuna Luso está marcada para às 16h, no estádio Humberto Parente, em Abaetetuba. No apito Wasley do Couto Leão, que será auxiliado por Márcio Gleidson Correia Dias e Renato Gomes da Silva. O quarto-árbitro será Raymar Klemer Rezende Ferreira. Parauapebas e Carajás se enfrentam às 16h, no estádio José  Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, em Parauapebas. O árbitro principal fica por conta de Olivaldo José Alves Moraes com as assistências de Ivaldo de Oliveira dos Santos e Antônio Alves Teixeira Filho, tendo ainda Elerson Fernandes da Silva como quarto-árbitro.

Futebol

Tiradentes vence a Desportiva no Mamazão pela Chave A2 da Segundinha do Parazão

O gol único foi assinalado pelo atacante Giovanni e deixou o Tigre com chance de classificação

Por Fábio Relvas

A bola rolou pela terceira rodada da Segundinha do Parazão na manhã deste domingo (29/10), no estádio Luiz Omar Pinheiro, o Mamazão, em Outeiro. Desportiva Paraense e Tiradentes se enfrentaram pela Chave A2 da competição. As duas equipes precisavam pontuar para seguir com chance de classificação para a segunda fase. Até os dez minutos da primeira etapa, o jogo seguiu equilibrado com os dois times tentando inaugurar o marcador.

Quem conseguiu abrir o placar foi o Tigre. Depois do lançamento em profundidade, o atacante Giovanni entrou sozinho e fuzilou para o fundo da meta do goleiro Paulo Henrique da equipe de Marituba, 1 a 0 Tiradentes, aos 25 minutos do primeiro tempo. O gol fez com que a Desportiva saísse mais para tentar chegar ao empate no jogo, mas não conseguiu seu objetivo, pelo grande primeiro tempo que fez o Tiradentes.

Na segunda etapa, o Tiradentes seguiu bem no jogo, com destaque para o meia-atacante Marcos Júnior, que estava impossível com a camisa do Tigre. Fazendo grandes jogadas individuais e dando passes precisos para seus companheiros. A Desportiva realizou algumas mudanças no intervalo para tentar equilibrar a partida. O time de Marituba cresceu no jogo, mas não conseguiu furar o bloqueio adversário. Quem levava mais perigo era o Tiradentes em jogadas rápidas e em contra-ataques, mas ninguém marcou e o jogo terminou em 1 a 0 para o Tigre.

Com a vitória, o Tiradentes somou seus três primeiros pontos na Segundinha do Parazão e está na quarta colocação na Chave A2 da competição estadual, tendo apenas um jogo para realizar, mas com chance de classificação. Já a Desportiva segue sem pontuar, perdendo as duas partidas em que realizou. O time de Marituba tem dois jogos para fazer na primeira fase para tentar reagir na competição.

O Parauapebas segue como líder da Chave A2 com sete pontos, seguido pelo Izabelense em segundo lugar somando quatro pontos, o Carajás aparece em terceiro com três pontos, assim como o Tiradentes em quarto com os mesmos três pontos e na lanterna da chave a Desportiva com zero ponto em quinto lugar. Os dois primeiros de cada grupo e mais os dois melhores terceiros avançam para a segunda fase da Segundinha.

Resultados da Segundinha

Chave A1
Bragantino 1 x 1 Sport Belém

Chave A2
Desportiva 0 x 1 Tiradentes

Chave A3
Santa Rosa 1 x 2 Vila Rica

Futebol

Parauapebas vence o Tiradentes no Mangueirão e dispara na liderança da Chave A2 da Segundinha

Com gols de Gilberto e Aleílson, o PFC não teve dificuldades e venceu mais uma partida na competição estadual

Por Fábio Relvas

O Parauapebas Futebol Clube chegou a sua segunda vitória em dois jogos pela Segundinha do Parazão. O Gigante de Aço derrotou o Tiradentes, por 2 a 0, na tarde deste sábado (21/10), no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém. Os gols foram assinalados pelo volante Gilberto, aos 36 minutos do 1º tempo e pelo atacante Aleílson, aos 19 minutos do 2º tempo. Com triunfo, o PFC disparou na liderança da Chave A2 da competição com seis pontos e 100% de aproveitamento.

O próximo jogo do time do Parauapebas será contra o Izabelense nesta terça-feira (24/10), às 15h30, no estádio Edilson Abreu, em Santa Izabel .

A partida: Tiradentes 0 x 2 Parauapebas

Apesar de jogar longe de casa, o Parauapebas Futebol Clube (PFC), não sentiu pressão de torcida, já que o público da partida foi muito pequeno no estádio. Além disso, o gramado do Mangueirão ofereceu grandes condições de jogo. A partida começou com o Tiradentes tentando tomar a iniciativa pelo fato de ter perdido na estreia e a necessidade de pontuar. O PFC esperava mais para poder surpreender o adversário em saídas rápidas. O Gigante de Aço perdeu duas chances, com os dois atacantes Monga, que acertou a trave e Aleílson, após duas jogadas trabalhadas. Depois dos lances, as equipes esbarravam nas defesas adversárias. Até que veio uma cobrança de escanteio, o atacante Monga desviou no primeiro pau e o volante Gilberto completou de cabeça para o fundo do gol de Thiago Henrique, aos 36 minutos da primeira etapa, 1 a 0 PFC.

O segundo tempo começou com chegadas mais fortes entre os adversários. O volante Francesco do PFC, que já tinha cartão amarelo, acabou cometendo mais uma falta e levou o segundo cartão e consequentemente o vermelho, sendo expulso logo aos cinco minutos pelo árbitro Andrey da Silva e Silva. Com isso, o técnico Everton Goiano foi obrigado a mudar o time, substituindo o atacante Monga pelo volante Everton Luiz.

Apesar de um jogador a menos, o Parauapebas era muito melhor em campo. O atacante Aleílson recebeu, avançou, invadiu a área e mandou um chutaço, marcando um golaço no Mangueirão, aos 19 minutos do segundo tempo, 2 a 0 PFC. O time do Tigre tentava chegar, mas sem muita força no ataque. O comandante Everton Goiano do Gigante de Aço, colocou em campo o atacante Everson Bilau no posto do meia Thiago Potiguar.

O PFC começou a tocar a bola e fazer o time adversário correr atrás dela. O árbitro Andrey da Silva e Silva acrescentou mais três minutos, e restou ao Gigante de Aço gastar o tempo e esperar o apito final, que aconteceu aos 48 minutos com mais uma boa vitória do PFC. Placar final: Tiradentes 0 x 2 Parauapebas. A vitória deixou o time parauapebense na liderança isolada da Chave A2 com seis pontos.

FICHA TÉCNICA

TIRADENTES: Thiago Henrique; Erison, Augusto, Ronaldo e Lucas; Rodrigo, Remvson, Edvando e Alan; Giovanni e Joni. Técnico: João Paulo Santos

PARAUAPEBAS: Cleriston; Wanderson, Cris, Wanderlan e Neilson; Francesco, Gilberto, Felipe Baiano e Thiago Potiguar (Everson Bilau); Monga (Everton Luiz) e Aleílson. Técnico: Everton
Goiano

Árbitro: Andrey da Silva e Silva

Assistentes: Luís Diego Nascimento Lopes e Jhonathan Leone Lopes

Quarto árbitro: Fábio Ferreira Amaral

Cartão amarelo: Francesco (Parauapebas)

Cartão vermelho: Francesco (Parauapebas)

Gols: Gilberto aos 36 minutos do 1º tempo e Everton Luiz aos 19 minutos do 2º tempo para o Parauapebas

Local: Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém

Resultados da Segundinha

Chave A1
Bragantino 4 x 1 Vênus

Chave A2
Tiradentes 0 x 2 Parauapebas
Carajás 0 x 2 Izabelense

Chave A3
Vila Rica 0 x 0 Gavião Kyikatejê

Futebol

Parauapebas goleia a Desportiva no Rosenão na estreia da Segundinha do Parazão

O PFC venceu o time de Marituba, por 3 a 0, e lidera a Chave A2 com três pontos

Por Fábio Relvas

O Parauapebas Futebol Clube (PFC) estreou na Segundinha do Parazão na tarde deste domingo (15/10), no estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão. O PFC não decepcionou a sua torcida e em casa se impôs na partida e derrotou a Desportiva Paraense da cidade de Marituba por 3 a 0. Os gols do Gigante de Aço foram assinalados por Felipe Baiano duas vezes e Aleílson.

O PFC somou os três primeiros pontos na Chave A2 da competição e já lidera devido ao saldo de gol. O PFC volta a campo contra o Tiradentes no próximo sábado (21/10), às 15h30, provavelmente no estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém.

O jogo: 3 a 0 PFC

A partida começou com os times na correria em busca do gol. O Parauapebas tinha mais posse de bola, enquanto que a Desportiva esperava para surpreender em contra-ataque. O PFC chegou primeiro, quando Thiago Potiguar cobrou falta da direita e o atacante Monga cabeceou firme para marcar, a zaga afastou em cima da linha. O time de Marituba quase abriu o marcador em uma jogada rápida, Ivan driblou e tocou para Ronaldo, que acertou a trave e na volta, a bola sobrou e espirrou na zaga voltando para o atacante da Desportiva, que disparou para a defesa de Cleriston.

Quando chegou novamente, o Gigante de Aço teve a chance de marcar. O árbitro Raimundo Gilson Gonçalves de Brito assinalou pênalti, após a bola tocar na mão do zagueiro da Desportiva dentro da área. Monga cobrou forte rasteiro, mas o goleiro Alan defendeu bem e salvou a equipe de Marituba. No lance seguinte não teve jeito. Thiago Potiguar cobrou falta da direita na cabeça de Felipe Baiano, que testou forte para o fundo do gol, festa no Rosenão, 1 a 0 PFC.

A torcida começou a apoiar e o Parauapebas foi no embalo dentro de campo. Em uma boa jogada trabalhada envolvendo toques pelo meio, a bola chegou até o lateral-direito Wanderson, que levantou na medida para o atacante Aleílson, que subiu sozinho no meio da zaga e de cabeça mandou para o fundo do gol adversário para explodir de vez o estádio Rosenão de alegria, 2 a 0, Gigante de Aço.

No segundo tempo, a dinâmica do jogo seguiu como na primeira etapa, com o PFC atacando e a Desportiva se defendendo, mas saindo um pouco mais para o campo de ataque. O Gigante de Aço chegou com Aleílson, que recebeu lançamento, tirou da marcação e bateu em cima do goleiro Alan. Em mais uma grande jogada do time da casa, Thiago Potiguar ganhou na velocidade e cruzou da direita, o goleiro Alan afastou o perigo e na sobra Felipe Baiano acertou um chutaço de primeira marcando um golaço no jogo, 3 a 0 Parauapebas.

Depois do terceiro gol, o PFC começou a tocar a bola e fazer o tempo passar devido a boa vantagem no placar. Quando chegou foi novamente com perigo. Danúbio recebeu livre no meio e mandou um chute forte parando na defesa do goleiro Alan. Os visitantes tentaram diminuir com Andrey, que pegou uma sobra de bola e mandou um chute perigoso passando perto da meta de Cleriston. Na segunda tentativa, Ronaldo mandou um chutaço e a bola caprichosamente explodiu na trave do PFC. Placar final: Parauapebas 3 x 0 Desportiva. “Dentro da proporção e na condição que nos deram, eu acredito que foi bom. É lógico que a equipe deles trabalha junto tem três meses e com um padrão de jogo melhor. Foi bom pelo resultado e vamos ver mais os defeitos que a equipe apresentou para a gente procurar corrigir e para buscar esses pontos agora fora de casa, porque é bom começar ganhando e a gente tem que esquecer isso e trabalhar agora para o jogo de sábado (contra o Tiradentes)”, afirmou Everton Goiano, técnico do Parauapebas.

A Desportiva teve dificuldades para a partida contra o PFC em termo de escalação. A equipe de Marituba atuou com um time mesclado devido à participação em dois campeonatos simultâneos: o Campeonato Paraense sub-20 e a Segundinha do Parazão. Ao mesmo tempo que estava atuando contra o Parauapebas no Rosenão pela a competição estadual, a outra equipe atuou contra o Clube do Remo, valendo pelas quartas de final do sub-20 e acabou perdendo para o Leão Azul, por 3 a 2, em Belém.

“No início tivemos uma jogada que poderíamos ter finalizado e ter feito o gol e depois uma bola na trave, que também poderíamos ter feito o gol, aí o time deles com uma boa qualidade técnica, o individual muito forte foi lá e decidiu em dois lances no primeiro tempo. No segundo tempo 2 a 0 fica um placar praticamente para eles mais confortável, mais tranquilo e em uma bola, em um contra-ataque, eles fizeram um gol também quando a gente tinha que sair um pouco mais. Tivemos que distribuir o time no sub-20 e aqui, e ainda com os jogadores que não caíram no BID. Então para o próximo jogo a tendência que estejamos com um individual forte também”, analisou Walter Lima, técnico da Desportiva.

FICHA TÉCNICA

PARAUAPEBAS: Cleriston; Wanderson, Cris, Wanderlan e Neílson; Francesco (Danúbio), Gilberto (Everton Luís), Felipe Baiano e Thiago Potiguar; Monga (Tozim) e Aleílson. Técnico: Everton Goiano

DESPORTIVA: Alan, Andrey, Douglas, Renan e Felipe; Guilherme, Ivan (Leandro), Juninho e Samuel; Ronaldo e Matheus (Bruno). Técnico: Walter Lima

Árbitro: Raimundo Gilson Gonçalves de Brito
Assistentes: Emanuel Ferreira do Amaral Júnior e Antônio Alves Teixeira Filho
Quarto árbitro: André Michel Petri Galina
Cartões amarelos: Neílson, Francesco, Everton Luís e Aleílson (Parauapebas); Matheus (Desportiva)
Local: Estádio José Raimundo Roseno Araújo, o Rosenão, em Parauapebas

Resultados da Segundinha

Chave A2
Carajás 1 x 0 Tiradentes
Parauapebas 3 x 0 Desportiva

Chave A3
Gavião Kyikatejê 1 x 1 Paraense

Com a desistência do Pedreira de Mosqueiro, todos os jogos da Chave A1 foram adiados

Futebol

Parauapebas Futebol Clube inicia a terceira semana de preparação visando a Segundinha

Antes do estadual, o PFC encara a Seleção de Canaã dos Carajás no próximo dia 1º, fora de casa, em um jogo amistoso

Por Fábio Relvas – de Parauapebas

O Parauapebas Futebol Clube iniciou mais uma semana de preparação para a disputa da Segundinha do Parazão. Antes do primeiro desafio pela competição estadual, que será dia (15/10), contra a Desportiva Paraense no estádio Rosenão, o Gigante de Aço treina visando o amistoso contra a Seleção de Canaã dos Carajás no próximo dia 1º de outubro na cada do adversário.

Essa é a terceira semana de treinamentos pesados da equipe, que vai aprimorando a parte física e técnica, o que vem agradando ao técnico Everton Goiano. O treinador já realizou alguns treinos coletivos com a equipe no estádio Rosenão para deixar o grupo mais solto e ir entrosando ao máximo até chegar o início da competição. Até o momento, a preparação do Gigante de Aço está sendo satisfatória para o técnico.

“Eu acredito que tem evoluído, principalmente o aspecto físico. O campo aqui é muito pesado, a rapaziada tem sofrido bastante, justamente porque faz parte dessa adaptação para esses atletas que vieram de fora, estão sentindo um pouco mais. Tá sendo importante. A gente ainda não definiu a equipe titular. Estamos dando uma olhada, fazendo algumas experiências, observando principalmente esses jogadores mais novos que se sobressaíram durante a peneirada, o que eu acredito que está sendo importante”, disse Everton Goiano.

Segundo a diretoria do PFC, o grupo ainda não está fechado para o inicio da Segundinha e outras contratações podem ser feitas ainda essa semana. É o que espera o treinador do Gigante de Aço, que pretende saber com quantos jogadores vai poder contar para o restante do trabalho.

“O que nos preocupa mais é apenas a apresentação de alguns jogadores que estão tardando a chegar um pouco mais. A gente espera que esses jogadores apresentem o mais rápido possível para poder fechar o grupo e trabalhar com todos que vão participar com certeza da competição. A gente vai trabalhar intenso até sexta-feira e deixar para descansar apenas no sábado para fazer esse amistoso, porque a gente não pode parar já que a prioridade é a competição e a estreia do dia 15”, conclui Everton.

O jogador que está sendo mais aguardado pela diretoria, é o meio-campo Flamel, que ainda não resolveu suas pendências financeiras com o Clube do Remo. O próprio atleta já confirmou o interesse do time do PFC e o mesmo quer fechar o mais rápido possível. “Só estou aguardando meu acerto com o Clube do Remo que pode acontecer essa semana. Está tudo encaminhado e minha previsão de chegada é no próximo final de semana”, afirmou Flamel.

error: Conteúdo protegido contra cópia!