Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Sistema Prisional

Agentes da Susipe encontram túnel cavado por presos na Carceragem do Rio Verde, em Parauapebas

Durante a vistoria na cela, os agentes desconfiaram da quantidade de terra no local e após varredura, o túnel foi localizado.

Na tarde desta terça-feira (05/12), presos do Sistema Carcerário de Parauapebas planejavam fugir da Carceragem do bairro Rio Verde através de um túnel cavado por eles, mas foram impedidos pelos agentes do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (SUSIPE). O túnel cavado pelos presos que ocupavam a cela 03 do Sistema prisional foi descoberto durante uma vistoria de rotina dentro da casa penal.

Durante a vistoria na cela, os agentes desconfiaram da quantidade de terra no local e após varredura, o túnel foi localizado. A direção do Sistema Carcerário acionou o Grupamento Tático Operacional (GTO) da polícia militar, que garantiu a segurança dos agentes. Os militares deram suporte realizando a retirada dos presos da cela e dando o encaminhamento os procedimentos cabíveis. As informações são da Susipe.

fuga

Parauapebas: PM e Susipe descobrem túnel cavado por presos na carceragem do Rio Verde e impedem fuga em massa

A fuga estava prevista para a madrugada de terça-feira. Confira as imagens do túnel,

Agentes da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) encontraram um túnel que estava sendo cavado na carceragem do Rio Verde, em Parauapebas, durante a tarde desta segunda-feira (06). Segundo a Susipe, o túnel, que tinha início em uma das celas, já estava praticamente concluído, com a saída na calçada.

Imediatamente o Grupo Tática da PM foi chamado e invadiu o local, impedindo uma fuga em massa.

A Susipe, com a ajuda da Secretaria de Obras de Parauapebas, pretende fechar o túnel ainda hoje. Amanhã pela manhã pelo 10 presos devem ser transferidos para Marabá.

Rebelião

Presos se amotinam em Parauapebas

Apesar de comportar apenas 60 presos, a Carceragem do Rio Verde conta com quase 160 presos

A PM, Corpo de Bombeiros, representantes do Ministério Público, da OAB, da Defensoria Pública do Estado e do Tribunal de Justiça do Estado do Pará estão neste momento na Carceragem do bairro Rio Verde, em Parauapebas, tentando acalmar os quase cem presos que estão alojados naquele local aguardando audiências.

Devido a superpopulação nas celas, ele abriram um buraco na parede na tentativa de passar de uma cela pra outra e amenizar o sofrimento que deve ser 50 pessoas estarem em um local onde mal cabem 10.

Segundo informações, a carceragem conta hoje com 168 presos, mas apenas 117 se rebelaram e foram contidos pela Tropa do 52º Batalhão da Polícia Militar.

O tumulto foi controlado com facilidade pela PM. Os presos reclamam muito na demora para as audiências e querem a transferência de vários presos para ao presídio em Marabá.

error: Conteúdo protegido contra cópia!