Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Igreja

Missa da quarta-feira (13) dá início às celebrações do 37º Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marabá

A romaria, que segundo o bispo diocesano, já leva 240 mil fiéis aos 6 km de percurso, acontece em 15 de outubro próximo

 

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Missa na próxima quarta-feira (13), a partir das 19h30, no Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, na Folha 16, Nova Marabá, marca o início oficial das celebrações do 37º Círio de Nazaré marabaense. Este ano, o tema da grande romaria de 6 km, que acontece no terceiro domingo de outubro é “Ó Maria ajudai-nos a viver a fé, esperança e caridade”. De acordo com o bispo diocesano de Marabá, Dom Vital Corbellini, 57 anos, quase cinco dos quais na Diocese local, o tema está relacionado ao Ano Mariano, pelos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida, considerada a Rainha do Brasil.

Ele diz que, além de colocar a importância da vivência das virtudes teologais cristãs católicas, que vêm da tradição, e evangélicas, porque se refere à fé, todos pedem a Maria que lhes dê a graça da fé, que aumente essa fé. “Depois, vem a esperança. Maria foi uma pessoa de esperança, acreditava na vinda do Messias. Então, que sejamos pessoas de esperança neste mundo, muitas vezes desacreditado, com problemas sociais, mas em que devemos colocar o valor da esperança”, explica o bispo.

Por último – continua Dom Vital – vem a caridade que, coroa todas as virtudes, é o amor a Deus, o amor ao próximo e o amor a si mesmo. “ Então, pedimos a Maria que nos dê essas graças e que nos leve a Jesus por meio dessas virtudes e assim também testemunhando Jesus no mundo de hoje, no qual Maria também é uma força na caminhada”.

Indagado acerca de como estão os preparativos para o 13º Círio, o bispo diocesano informa que, na semana passada, aconteceu uma das últimas reuniões, de toda a equipe das diretorias e os trabalhos estão bem encaminhadas. “Já temos os cartazes e os livrinhos logo estarão nas paróquias, nas comunidades. Na quarta-feira, 13, daremos abertura, com a missa no Santuário. Depois, nos dias seguintes, a imagem percorrerá a Paróquia de Nossa Senhora de Nazaré”, detalha o religioso.

Em seguida, ainda segundo ele, a imagem de Nossa Senhora vai ao interior e, na volta, passa por todas as paróquias da cidade.

Dom Vital lembra que este ano, acontece pela terceira vez consecutiva o Círio Missionário, criado por ele. “A imagem vai estar junto e vamos fazer missão. Este ano ela se alonga a outras paróquias da cidade. Até 2016 era mais nas paróquias de Nossa Senhora da Conceição, Sagrada Família e São Francisco. Agora não, teremos então Círio Missionário em Nossa Senhora de Fátima, Sagrado Coração, Nossa Senhora de Nazaré, Bom Pastor e São José Operário”, afirma.

Para isso, conforme o bispo, aconteceu a formação dos novos missionários leigos, seminaristas, postulantes e sacerdotes. “Eu também, na medida do possível, vou acompanhar esse Círio Missionário, que ajuda a pessoa a ter a referência para os dias 14 e 15 de outubro”, explica.

Sobre a participação do povo católico no Círio de Marabá, Dom Vital Corbellini afirma que é sempre crescente, “com o povo de Deus indo para as ruas, louvando Nossa Senhora, louvando a Cristo”. “Então é uma participação bem popular, a alegria de ter esse Círio porque dá um novo fervor, uma nova alegria ao povo. Afinal de contas é uma manifestação pública na fé cristã católica na imagem de Nossa Senhora”, descreve ele, acrescentando que hoje cerca de 240 mil pessoas acompanham a romaria.

“Nós não adoramos Nossa Senhora, mas, por meio dela, queremos chegar mais perto de Jesus. É uma participação sempre melhor e maior no sentido de que as pessoas participam sempre vivenciam a fé”, afirma o bispo, que tem sob sua responsabilidade 29 paróquias e 600 comunidades de 16 municípios que totalizam cerca de 700 mil habitantes.

error: Conteúdo protegido contra cópia!