Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Comunicação

Jornalista de Parauapebas participa de Conferência Nacional sobre Comunicação e Saúde

A ideia da conferência é reunir jornalistas, blogueiros, coletivos de comunicadores, estudantes, além de conselheiros nacionais, estaduais e municipais de saúde.

A jornalista Karine Gomes, de Parauapebas, integra o seleto grupo de 600 participantes que tiveram suas inscrições aceitas para a 1º Conferência Nacional de Comunicação e Saúde, promovida pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), em Brasília, entre os dias 18 e 20 de abril. O evento se realiza no Centro de Convenções Internacional do Brasil (CCIB) e tem como objetivo discutir a democratização do acesso da população às informações sobre saúde.

“Pra mim é uma grande oportunidade de conhecimento e compartilhamento de experiências. Entendo que nós, jornalistas, precisamos abordar os assuntos relacionados à saúde pública com um pouco mais de profundidade e conhecimento, também precisamos contribuir mais com a disseminação de informações sobre o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS), muitos usuários sofrem por falta de informação e acabam deixando de ser beneficiado com atendimentos que estão disponíveis na rede pública, é nosso papel contribuir neste sentido com a elaboração de matérias jornalísticas de cunho educativo”, relatou Karine Gomes.

A jornalista escreve para o Blog do Zé Dudu e também já atuou, por seis anos, na Assessoria de Comunicação (Ascom) da Prefeitura da cidade, sendo que os dois últimos anos de atuação foram dedicados ao atendimento das demandas de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

Sobre a Conferência

O tema da conferência é “Direito à informação, garantida de direito à saúde”. A ideia da conferência é reunir jornalistas, blogueiros, coletivos de comunicadores, estudantes, além de conselheiros nacionais, estaduais e municipais de saúde.

De acordo com a Resolução nº 540, do CNS, os principais objetivos do evento são: subsidiar as ações do controle social em Comunicação e Saúde; unificar o conceito de acesso à informação ao direito de acesso à saúde; estabelecer parâmetros de comunicação para comunicadores e militantes em Saúde, nas diversas plataformas de produção, edição e disseminação de informações.

A conferência também para servir para lançar as bases de um sistema comum de comunicação em rede, por todo o país, para compartilhamento de informações e experiências em saúde pública, e consolidar uma narrativa em defesa do SUS, a partir de estratégias de disseminação de conteúdo via redes próprias, em contraposição ao discurso negativo da mídia hegemônica.

Programação da Conferência

A abertura do evento foi nesta terça-feira (18), com a presença de vários ex-ministros de saúde, que participaram do ato político de relançamento da carta atualizada dos usuários do SUS. Na terça-feira (19) a programação segue com a formação de mesas em que os participantes debaterão os seguintes temas: desafios de comunicação em saúde; papel da comunicação na defesa da informação em saúde; o SUS na sala de aula; Novas Mídias e o SUS.

No último dia de programação, quinta-feira (20), os temas debatidos serão: informação em saúde como direito; experiência em coletivos de comunicação. Antes da consolidação dos debates realizados pelas mesas, a atriz Ana Petta, protagonista da série médica Unidade Básica, do Universal Channel, falará sobre a experiência do trabalho com o SUS. O encerramento do evento será com a palestra “O preconceito contra o SUS”, com a jornalista Tereza Cruvinel, ex-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Parauapebas

Nova sede da Rede TV Parauapebas é apresentada à imprensa local.

Nesta manhã, vários profissionais da imprensa  local estiveram presentes na nova sede da Rede TV canal 4, em Parauapebas, no Morro das Antenas, próximo à Praça da Bíblia, para um cooffe break com os funcionários da emissora.

O evento foi realizado para apresentar à imprensa local, representada por jornalistas, radialistas, fotógrafos, donos de sites, blogs e revistas, entre outros, a nova estrutura de produção e administrativa da Amazônia TV, afiliada da Rede TV.

Genésio Filho, diretor geral da empresa, falou desta nova etapa na Amazônia TV, que já atua há quase vinte anos em Parauapebas. “Somos uma TV dos filhos de Parauapebas, que agora começa do zero e vai atender a população e profissionais da região, abrindo oportunidades de emprego na emissora. É mais uma etapa que estamos cumprindo e trabalhando para melhorar a qualidade, tanto do sinal quanto da programação da localidade”, disse.

Rede TV

Para Genésio, os momentos de crise são momentos de oportunidade.  “E assim, conseguimos comprar esse canal e investir dentro da nossa condição econômica, construindo com o mínimo possível, e a experiência que temos, essa nossa estrutura com qualidade”.

Valdir silva, um dos pioneiros na área de comunicação no município, com mais de 30 anos de carreira, esteve presente na confraternização para acompanhar o lançamento da nova emissora do canal 4 em Parauapebas. “A população e nós profissionais de imprensa temos que parabenizar a postura do Genésio e equipe que vão levar a informação sincera para toda a sociedade”, disse.

A comemoração também teve a presença de Bariloche Silva, diretor geral do portal Pebinha de Açúcar. Para ele, a população só tem a ganhar com informação de qualidade e comprometida com a sociedade de Parauapebas. “Com a programação local da Amazônia TV, que não nasceu hoje, e está com essa nova etapa com a Rede TV, a população só tem a ganhar. Viemos aqui para parabenizar todos os funcionários e o Genésio pela ousadia. Enquanto muitas pessoas estão reclamando de crise, o empresário no ramo de comunicação, numa cidade que é no interior do estado do Pará, fez um investimento tão grandioso como esse”, comentou Bariloche.

A Rede TV canal 4 inaugurou esta semana em Parauapebas e transmite uma programação local diversificada, com jornalismo diário, programas religiosos, de humor, entretenimento e entrevistas. Muitas novidades ainda estão por vir, sempre objetivando mais qualidade e informação para a TV que é feita pelos filhos de Parauapebas e para Parauapebas.

Texto: Samara Batista

Parauapebas

MC Lobato tem nova empreitada na Arara Azul FM

IMG-20150805-WA0048MC Lobato assumiu hoje (05) a direção artística e promocional da Rádio Arara Azul FM, de Parauapebas. Lobato, que é bastante popular e um dos profissionais mais admirados e respeitados da região, que tem em seu curriculum o grande sucesso do City Park Tênis Clube, a famosa Quarta Night, e é conhecido por transformar ambientes festivos, inovando como nas noites de sábado na Boate Pirâmide Music.

O radialista e comunicador, que é chamado de “Dono da Noite”, teve uma linda passagem pelo Centro de Desenvolvimento Cultural – CDC  – contribuindo para o desenvolvimento cultural de Parauapebas. 

Torço aqui para que Lobato, que é dono de uma inteligência fantástica e brilhante faça o sucesso de sempre, alegrando e transformando a comunicação em Parauapebas com seu modo espontâneo de interagir com os ouvintes.

Comunicar é preciso!

Gamma Comunicação e Ivo Amaral venceram a licitação e serão as agências de publicidade que servirão ao município de Parauapebas no próximo ano. A Ascom, chefiada por Walmor Costa (foto), até aqui até que tentou mostrar o que o governo Valmir Mariano executou nesse primeiro ano. Faltou-lhe recursos e até um pouco da ousadia, tão peculiar ao atual gestor daquela assessoria.

imageMuita gente pode se perguntar se a publicidade do governo é conduzida pelas agências contratadas ou pela Ascom. A resposta é simples: as agências cumprem um plano de comunicação deliberado pela Ascom. Nunca antes nesse município isso aconteceu. As agências que por aqui passaram ao longo desses 25 anos, eficientes ou não, pouco se preocuparam em “vender” a imagem dos governos, limitando-se  e preocupando-se apenas no BV ( Bônus de Veiculação) de 20% do custo do valor material veiculado. Tudo isso aconteceu com a plena conivência dos gestores da assessoria.

Walmor Costa já demostrou sua eficiência em Marabá durante a gestão Tião Miranda, isso ninguém pode negar. Chegou a hora de mostrar essa eficiência aqui em Parauapebas, planejando as ações de marketing institucional e, fundamentalmente, dando subsídios as ações de comunicação que serão desenvolvidas paralelamente pelas agências licitadas.

Mas do veicular mídia institucional, caberá ao publicitário Walmor passar o sentimento imbuído nas informações veiculadas, ou seja, mudar o conceito eternamente usado por essas bandas, o de que uma mentira veiculada várias vezes se tornará verdade.

O lema da campanha do então candidato Valmir Mariano foi “A mudança chegou”. Esse tema foi tão forte que trouxe a grande maioria da sofrida população parauapebense para o lado de Valmir, pois tocou nos sentimentos da população. Hoje, passados 12 meses, o sentimento por mudança ainda persiste no eleitor. Que essa mudança proposta durante a campanha possa realmente acontecer e ser mostrada. O povo precisa disso!

Atividade solar pode interferir com comunicações na Terra até 2012, dizem cientistas

A atividade na superfície do Sol vem se intensificando e poderá provocar interferências nas redes de comunicação da Terra nos próximos dois anos, segundo adverte um grupo de cientistas em antecipação ao lançamento de um novo observatório solar da NASA, a agência espacial americana.

Novas fotos feitas por telescópios espaciais mostram um aumento significativo das chamadas labaredas solares e de regiões de poderosos campos magnéticos conhecidos como pontos solares após um período com a mais baixa atividade solar em quase um século.

A atividade solar intensa pode prejudicar o campo de proteção magnética da Terra, provocando sérios problemas nos sistemas de comunicação e até mesmo nos sistemas de distribuição de energia elétrica.

Segundo os cientistas, o pico da atividade solar poderá ocorrer em meados de 2012, elevando o risco de problemas com transmissões de televisão e redes de internet e o risco de apagões durante os Jogos Olímpicos de Londres.

‘Maluco’

"Nos últimos três anos, a superfície do Sol havia se acalmado bastante por um tempo. A cada 11 anos as labaredas reaparecem, e de repente vemos a retomada dessa atividade", afirma a astrônoma Heather Couper, ex-presidente da Associação Britânica de Astronomia.

"O Sol é uma grande massa magnética, e se há qualquer interrupção nos campos magnéticos, o Sol fica meio maluco, então temos essas incríveis explosões e labaredas e coisas que provocam fenômenos como as auroras boreais", explica Couper.

"Quando o Sol tem uma labareda, isso pode realmente afetar as conexões elétricas no nosso planeta. Isso já provocou até mesmo no passado a interrupção dos negócios nas bolsas de valores de Tóquio e no Canadá", diz a astrônoma.

Sem explicações

Apesar de os cientistas conhecerem bem as consequências do aumento da atividade solar, eles ainda não têm muitas explicações para a origem do fenômeno, muito menos condições de prever sua ocorrência.

Os pesquisadores esperam que o lançamento do Observatório de Dinâmica Solar da NASA, nesta semana, os ajude a coletar dados que os ajudem a dar avisos antecipados da ocorrência de labaredas solares e de tormentas magnéticas.

Segundo eles, as consequências podem ser minimizadas com o desligamento de circuitos eletrônicos sensíveis antes das tormentas magnéticas, reduzindo o risco de danos a satélites de transmissão.

A sonda da NASA, que deverá ser lançada no sábado, ficará na órbita da Terra por cinco anos para investigar as causas da atividade solar intensa.

Fonte: BBC Brasil