Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Governo destina R$ 6,5 milhões para asfalto, drenagem e calçamento em Canaã

O convênio foi assinado na sexta-feira (11), com a presença da titular da Semsu, Izabela Jatene; do presidente da Alepa, Márcio Miranda; e do prefeito Jeová Andrade

Canaã dos Carajás, a Terra Prometida, receberá, nos próximos meses, mais 10 quilômetros de asfalto, drenagem e calçamento de vias. O avanço na infraestrutura chega ao município por meio de convênio com a Semsu (Secretaria Extraordinária de Municípios Sustentáveis). À frente da pasta, Izabela Jatene esteve presente na cidade na tarde de sexta-feira (11) e assinou, junto com o prefeito Jeová Andrade e o presidente da Alepa (Assembleia Legislativa do Pará), deputado Márcio Miranda, o tratado que possibilitará o início das obras. O recurso é de R$ 6,5 milhões, oriundo do Programa Asfalto na Cidade, e atende a uma das principais demandas da prefeitura.

O evento aconteceu no auditório do Centro de Formação dos Profissionais da Educação, que esteve lotado para receber as autoridades. Além de Izabela, Márcio e Jeová, o senador Flexa Ribeiro, os deputados estaduais Celso Sabino e Miro Sanova, o secretário Regional de Governo, Jorge Bittencourt, e o prefeito de Água Azul do Norte, Renan Lopes Souto, também estiveram presentes na ocasião.

Segundo Izabela, os benefícios contribuirão para o bem-estar da população local: “Com as pessoas que moram aqui ficando mais felizes, Canaã será uma terra cada vez mais próspera. Acredito que
todos nós temos uma só bandeira, que é o Pará e o Brasil. Precisamos trabalhar cada vez mais para o bem-comum”.

Márcio Miranda, por sua vez, destacou o potencial que Canaã possui: “Canaã dos Carajás é um verdadeiro fenômeno. Nenhuma cidade no Brasil cresce nessa proporção. Por conta disso, parabenizo a gestão pelo esforço para lidar com esses problemas. Todos nós sabemos da importância do asfalto para o bem-estar da população e também para a saúde pública. Acredito que isso é um grande avanço para o município”.

Jeová Andrade lembrou que o município avançou bastante nos últimos anos com a expansão do Programa Asfalta Canaã e que o convênio é de grande valia para a cidade: “Essa parceria nossa com
o governo do Estado é bastante positiva. Fico muito feliz por isso e Canaã dos Carajás só tem a ganhar. Hoje são 10 quilômetros de asfalto, posteriormente será a nossa tão sonhada Transcarajás, que trará benefícios ao nosso povo”.

Transcarajás

O asfaltamento da estrada do Posto 70, que ligará Canaã dos Carajás, no Pará, a Araguaína, no Tocantins, também esteve na pauta da comitiva. Segundo o senador Flexa Ribeiro, a obra trará uma nova cara para toda a região: “Essa estrada é de grande importância para toda a população. Vai encurtar mais de 200 quilômetros no trajeto até o Tocantins. Isso será positivo para as pessoas e para os empresários que virão investir aqui. A economia local avançará com certeza”.

Jeová Andrade também destacou a importância da futura obra: “Essa estrada vai alavancar o nosso desenvolvimento e vai tirar a região sudeste do isolamento”.

Segurança Pública 

Márcio Miranda, presidente da Alepa, por seu turno falou sobre Segurança Pública. Comentou a respeito da necessidade de reforçar esse setor em todo o Estado e lembrou que esse é um problema que hoje afeta todo o País: “Precisamos nos unir para vencer essa guerra. Precisamos intensificar o combate às drogas nas fronteiras. Além disso, acredito no incentivo à Educação e aos pequenos negócios. Canaã está de parabéns por isso. Precisamos pregar a cultura de paz; sou do time que quer fazer a união”.

O deputado Celso Sabino destacou o fato de que Canaã receberá, a pedido do gestor municipal e de vereadores, um reforço na segurança: “Conseguimos, com o governo do Estado, que Canaã receba mais uma viatura para o patrulhamento de ruas. Além disso, o batalhão de Polícia Militar local será transformado em Companhia Independente, o que representará mais autonomia nas decisões e melhor cobertura policial para o município”, anunciou.

Por Silvia Lopes – Correspondente em Canaã dos Carajás – Fotos: Jefferson Almeida Ascom/PMCC

Curionópolis

Convênio para a iluminação da PA-275 é assinado nos 30 anos de Curionópolis

Centro Técnico e Esportivo de Curionópolis e a Praça da Juventude ainda foram inauguradas pelo prefeito Adonei e autoridades estaduais

O aniversário do município de Curionópolis, nesta quinta-feira, 10 de maio, foi comemorado com shows, inaugurações e assinatura de convênio com o Governo do Pará para a implantação da iluminação do trecho urbano da PA-275. A obra tem investimento estadual de R$2.705.099,00 (dois milhões, setecentos e cinco mil e noventa e nove Reais). A secretária de Municípios Sustentáveis, Izabela Jatene, representou o governador Simão Jatene na cerimônia.

A programação iniciou com a inauguração de obras municipais, como o Centro Técnico e Esportivo de Curionópolis e a Praça da Juventude. Um bolo de 30 metros e os parabéns entoados pela população deram o tom da comemoração. Na sede da prefeitura municipal foi assinado o convênio entre o Governo do Pará e a Prefeitura de Curionópolis para a iluminação de quatro quilômetros da PA-275.

“Essa obra é muito mais do que uma obra de iluminação de uma rodovia, pois ela vai interligar dois bairros do município ao centro da cidade. As pessoas vão ter como se locomover com segurança e acessibilidade”, afirmou o prefeito de Curionópolis, Adonei Sousa Aguiar, que também destacou a parceria com a Secretaria Estadual de Municípios Sustentáveis (Semsu).

“Todos os municípios deveriam aderir ao programa (Municípios Sustentáveis), porque só temos a ganhar com isso. Não apenas na questão de investimentos, mas na gestão municipal, de fazer as contas andarem em dia”, destacou Adonei Aguiar.

Participaram da cerimônia de assinatura do convênio o senador Flexa Ribeiro; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), Márcio Miranda; o secretário Regional de Governo do Sudeste do Pará, Jorge Bittencourt; e o deputado estadual Eliel Faustino. Todos foram homenageados com uma placa comemorativa pelos 30 anos da cidade.

Curionópolis foi a quinta cidade a ser visitada pela titular da Semsu, Izabela Jatene, que está na região sul e sudeste do Pará cumprindo uma extensa agenda com os municípios que integram o programa. Ela lembrou as obras que estão sendo realizadas em Serra Pelada, distrito de Curionópolis, como a conclusão da reforma da Escola Estadual Joaquina Diamantina e a pavimentação de vias. “São obras importantes para Serra Pelada, município com o qual temos uma dívida histórica. Em nossa última visita nós conversamos com os jovens que têm um importante braço empreendedor e estão conscientes do seu papel na mudança que precisa ser feita”, recordou.

Sobre as obras inauguradas, Izabela parabenizou a iniciativa de gerar mais espaço para os jovens, na área do lazer, esporte, cultura e educação. “Isso é a base do desenvolvimento. A educação é formação, a cultura trabalha com os talentos, então se você potencializa isso numa sociedade, você gera pertencimento da população para que, cada vez mais, ela tenha amor pela cidade em que vive”, afirmou a secretária, que acredita poder firmar novas parcerias com o município na área da capacitação profissional. “Por meio do Pará Profissional e da Fundação Pro Paz a gente tem a possibilidade de fortalecer ainda mais essa ação do município na oferta de apoio aos jovens daqui. Essa é a nossa missão, contribuir para que o município seja cada vez mais sustentável, começando por sua gente”, destacou.

A Semsu está na região desde a quarta-feira, 9, e passou pelos municípios de Palestina do Pará, Brejo Grande do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Eldorado dos Carajás e Curionópolis. A agenda segue nesta sexta-feira, 11, nos municípios de Marabá e Canaã dos Carajás.

Por Dani Filgueiras

Pará

Com a presença de Jatene, governo firma convênios para obras e serviços no sul e sudeste do Pará

Serão formalizados convênios com as prefeituras de Itupiranga, Pau D’Arco, São Félix do Xingu, Santa Maria das Barreiras, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Rio Maria, Bannach e Xinguara.

Assinatura de convênios, inaugurações e entregas de veículos integram a agenda de trabalho do governador Simão Jatene nesta sexta-feira (6), nos municípios de Rio Maria e Marabá, no sudeste paraense. A programação iniciou às 9h, no Parque de Exposições Valeu Boi, em Rio Maria, onde o governador atenderá demandas de nove municípios atingidos pelas enchentes.

Nesta primeira etapa serão formalizados convênios com as prefeituras de Itupiranga, Pau D’Arco, São Félix do Xingu, Santa Maria das Barreiras, Eldorado do Carajás, Água Azul do Norte, Rio Maria, Bannach e Xinguara.

Individualmente, com a Prefeitura de Pau D’Arco, o governador também assinará um convênio para reforma e ampliação do Hospital Municipal, um investimento de R$ 1,3 milhão. A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) já investiu R$ 312 mil na compra dos equipamentos para o hospital.

Marabá

À tarde, Simão Jatene desembarca em Marabá para iniciar a operação da primeira etapa da Estação de Tratamento de Esgoto de Marabá (ETE), na Rua das Cacimbas, no Bairro Amapá. A ETE de Marabá custou mais de R$ 117 milhões, incluindo recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), por meio de empréstimo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), no valor de R$ 78,20 milhões, e mais R$ 38,97 milhões do Tesouro do Estado. O projeto foi gerenciado pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa).

A Estação tem capacidade para atender 86 mil habitantes, com uma estrutura de 368,75 m² de área construída. Na primeira etapa, foram instalados 35,85 quilômetros de rede coletora, com previsão de 1.958 ligações intradomiciliares de esgoto, que devem atender 8.662 habitantes.

A obra já está pronta e a fase, agora, é de implantação das ligações intradomiciliares. Alguns bairros beneficiados são Amapá, Novo Horizonte e todo o núcleo da Nova Marabá, o que representa a maior cobertura de esgoto em todo o Estado. “É uma obra moderna, que traz no seu bojo toda uma concepção sustentável”, informou Cláudio Conde, presidente da Cosanpa.

Agentes sociais da Cosanpa estão visitando as residências para fazer a adesão do consumidor de água ao serviço de coleta de esgoto. Após esse procedimento, profissionais de uma empresa contratada pela Companhia farão as ligações. “As primeiras 1.958 instalações de esgoto sanitário dentro das residências, chamadas intradomiciliares, serão gratuitas para os clientes”, destacou Fernando Martins, diretor de Expansão e Tecnologia da Cosanpa.

Educação

Após a visita às instalações da ETE, o governador seguirá ao campus da Universidade do Estado do Pará (Uepa) para inauguração do Bloco de Saúde. As novas instalações compreendem piscina, laboratórios e miniauditório, além de salas de aula e administrativas. O investimento é superior a R$ 15 milhões, incluindo a aquisição de equipamentos. O bloco de três pavimentos foi construído em um terreno de 1.600 m² e possui 12 salas de aulas gerais e mais seis para tutoria e videoconferência.

Com o novo bloco, o espaço físico foi duplicado, beneficiando 776 alunos, de 37 turmas dos cursos de graduação em Biomedicina, Engenharia Ambiental, Engenharia de Produção, Engenharia Florestal, Licenciaturas em Ciências Naturais – Biologia, Física e Química, Letras Libras, Licenciatura Intercultural Indígena, Medicina e Tecnologia de Alimentos, além dos 33 alunos da pós-graduação em Especialização em Educação Escolar Indígena.

Há ainda espaço para Assessoria Pedagógica, Comitê de Ética em Pesquisa e Centro de Registro e Controle Acadêmico, além de novos ambientes para as coordenações dos cursos, professores, sala de reuniões e informática.

As novas instalações incluem também laboratórios de Habilidades Médicas; Bioquímica, Toxicologia e Mutagênese; Neurofarmacologia e Biofísica; Genética, Biologia Molecular e Bioinformática; Bacteriologia e Neuropatologia; Morfofuncional; Medidas Antropomédicas, Pediatria e Puericultura; Biologia Celular, Citogenética e Citogenômica; Fisiologia do Exercício e Teste Cardiopulmonar; Simulação e Anatomia, que darão suporte aos acadêmicos da área da saúde.

A obra foi acompanhada por uma comissão formada por alunos, técnicos e professores, para atender as demandas da comunidade acadêmica. “É um avanço para o campus. O espaço físico dobrou. O bloco atende à demanda de todos os cursos, por isso servidores, professores e alunos estão felizes e colaborando com a organização dos ambientes, para atender não apenas o público interno, como a comunidade externa. Abrem-se oportunidades de elaborarmos projetos de pesquisa e extensão para melhor servir à sociedade”, ressaltou Danielle Monteiro, coordenadora do campus de Marabá. Ainda está em andamento o concurso público para admissão de 42 professores.

Convênios

A agenda de Marabá contempla ainda a assinatura de uma série de convênios na área da saúde. Para tanto, a programação terá continuidade a partir das 15h30, no Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará, onde o governador formalizará convênios, por meio da Sespa, com as prefeituras de São Geraldo do Araguaia e Palestina do Pará, objetivando a reforma e ampliação dos hospitais municipais dos dois municípios, e com a Prefeitura de Marabá para aquisição de equipamentos destinados à unidade de saúde local.

Para o município de Xinguara, por meio da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), serão atendidas demandas em convênio emergencial, para realização de ações imediatas que devolverão a trafegabilidade às vicinais prejudicadas pelas fortes chuvas. A intervenção foi viabilizada pela parceria entre Setran, Centro Regional de Governo do Sudeste do Pará e Defesa Civil.

Além disso, Marabá e municípios da região receberão 65 veículos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que serão usados pelas tropas das unidades militares. Marabá receberá, ainda, 13 caminhões coletores de resíduos sólidos, repassados pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedop), em dezembro de 2017, totalizando um investimento de R$ 4,19 milhões. São dois conjuntos de caminhões poliguindastes, nove conjuntos de caminhões de 23 toneladas, tração 6×4, com coletor e compactador de resíduo sólido, e dois conjuntos de caminhões de 13 toneladas (tanque limpa fossa).

Crédito

A agenda de trabalho será encerrada pelo governador com a entrega de linha de crédito do Programa CredCidadão, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster). Ele assinará ainda um Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura para realização das atividades específicas de Supervisão Militar na Escola Municipal de Ensino Fundamental Rio Tocantins.

Na área da saúde, recentemente o governo do Estado fez um termo aditivo para aquisição de equipamentos de hemodiálise para o Hospital Regional do Sudeste do Pará Dr. Geraldo Veloso (HRSP), que passou a atender pacientes renais crônicos. A nova estrutura de hemodiálise tem capacidade para até 120 pacientes ao mês, em três turnos, fazendo em média 1.450 sessões de hemodiálise.

Por Fabíola Batista

Parauapebas

Comissão de vereadores vai cobrar da UEPA agilidade na implantação dos cursos universitários em Parauapebas

As obras do campus da universidade em Parauapebas deverão ser entregues no final de 2019 e o início dos cursos está previsto apenas para 2020.

Uma Comissão formada pelos vereadores Elias da Construforte, Luiz Castilho, Joelma Leite, Eliene Sores, Francisca Cisa, Kelen Adriana e Joel do Sindicato, e que contará ainda com o secretário de educação de Parauapebas, Raimundo Neto, estará amanhã (21) na Universidade Estadual do Pará – UEPA, em Belém.

O objetivo é cobrar da reitoria da UEPA agilidade na implantação dos cursos que serão ofertados em Parauapebas. As obras do campus da universidade em Parauapebas deverão ser entregues no final de 2019 e o início dos cursos está previsto apenas para 2020.

Os vereadores e a administração Darci Lermen acreditam que alguns cursos podem ter início já em janeiro de 2019, já que o município se propõe em disponibilizar algumas salas do Centro Universitário de Parauapebas – CEUP – para agilizar tais cursos.

Na imagem, a reunião do prefeito Darci Lermen com o reitor da UEPA, no dia 6 de dezembro, em Belém, quando foi oficializado o convênio entre a universidade e o município de Parauapebas para a construção do campus em Parauapebas.

A licitação para as obras já está em andamento. Segundo informado, a Vale já disponibilizou parte dos recursos para as obras. O valor total do convênio para a construção do campus – que deverão ser disponibilizados pela Vale em contrapartida pelos impactos da mineração no município – é na ordem de R$23 milhões.

Canaã dos Carajás

Assinado convênio para construção de campo de futebol na Vila Planalto

A intenção da administração é que todas as vilas da zona rural do município contem, no futuro, com um campo de futebol.

A prefeitura de Canaã dos Carajás assinou, no último sábado (11), um convênio com o governo do Estado para a construção do Campo Municipal de Futebol “Narcísio Brandão”, na Vila Planalto, a cerca de 15 km da zona urbana do município. No local já existe um campo de futebol, mas ainda sem a estrutura adequada para a prática esportiva. O novo campo será gramado e cercado, propiciando mais conforto e segurança para as atividades.

O assinatura do convênio contou com a presença do deputado estadual Dirceu Ten Caten, que destinou o recurso financeiro por meio de emenda parlamentar ao Orçamento Estadual, do prefeito interino, Alexandre Pereira, do presidente da Fundação de Cultura, Esporte e Lazer (Funcel), Jander Fonteles, do vereador João Batista, que representou o legislativo municipal, além de atletas da região. A destinação da primeira parte do recurso, na ordem de R$ 283 mil, já foi publicada no Diário Oficial do Estado.

A construção do campo tem o objetivo, segundo o prefeito interino, de garantir “mais um espaço de lazer à comunidade da região”, que já conta com uma quadra de esportes coberta, dentro da Escola Municipal Adelaide Molinari. A intenção da administração é que todas as vilas da zona rural do município contem, no futuro, com um campo de futebol.

Política

Deputado Gesmar Costa viabiliza celeridade em convênios da Segurança Pública para Parauapebas

"Tenho certeza que agora vamos conseguir firmar os convênios que estavam paralisados, convênios esses que são importantes para a política de segurança avançar no município”, destacou Wanterlor Bandeira.

Nesta semana o deputado Gesmar Costa recebeu em seu gabinete o novo titular da Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi) de Parauapebas, Wanterlor Bandeira. Com o objetivo de ajudar a destravar alguns processos de convênio da pasta junto ao governo do Estado, o deputado viabilizou três importantes reuniões com setores do governo estadual.

Na reunião com o Detran, com a presença da diretora Andreya Yared de Oliveira Hass, foi pedido agilidade em solicitações feitas anteriormente:

 – instalação de um sítio de impressão gráficas de CNH na agência do CIRETRAN, em Parauapebas;

 – contratação de mais pessoal para ajudar no atendimento;

 – instalação de mais um ponto de internet;

 – agilidade na conclusão dos convênios de Delegação Recíproca de Competências de Fiscalização e de Delegação Parcial de Competência de Processamento;

 – início do processo de convênio para sinalização das PA’s 275 e 160, no perímetro urbano.

Dentre os encaminhamentos da reunião com o Detran ficou acertado de que até segunda-feira (6), o órgão enviará para a Prefeitura de Parauapebas o Plano de Trabalho, a Minuta do Contrato e a Lista de Documentos que devem ser preenchidos e a partir de então será retomado o andamento do convênio de fiscalização de trânsito.

Outras duas importantes reuniões também foram realizadas. Uma com o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPRC), com o diretor José Edmilson Lobato Júnior, e a outra com a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Pará (ARCON), na pessoa do diretor geral Bruno Henrique Reis Guedes. Por intermédio do deputado Gesmar Costa, foi assinado no gabinete da Assembleia Legislativa do Pará (ALEPA) o Plano de Trabalho para realização do convênio entre o CPRC e a Prefeitura de Parauapebas.

“O apoio do deputado Gesmar Costa fez toda a diferença. Tivemos avanços importantes em diversas parcerias com o governo do Estado. Tenho certeza que agora vamos conseguir firmar os convênios que estavam paralisados, convênios esses que são importantes para a política de segurança avançar no município”, destacou Wanterlor Bandeira.

“Conheço os desafios da Semsi, já fui gestor da pasta. Farei o que tiver ao meu alcance para contribuir com essa área tão importante para o município de Parauapebas, a segurança pública”, afirmou Gesmar Costa.

Legislativo

Vereador Elias da Construforte cobra implantação da UEPA em Parauapebas

"O município tem um convênio na ordem de R$20 milhões assinado com a Vale desde 2012 para a implantação de um Campus Universitário, mas este ainda não saiu do papel", disse Elias.

Na sessão ordinária desta terça-feira (19), da Câmara Municipal de Parauapebas (CMP), o presidente, vereador, Elias da Construforte (PSB) cobrou empenho do governo municipal para a implantação do campus 21 da Universidade Estadual do Pará (UEPA) no município. De acordo com o parlamentar, o diretor administrativo da CMP, Edson Martins e ele, se reuniram com diretores da mineradora Vale em busca de maiores informações sobre os convênios com a cidade.

Na ocasião foram informados de que existem R$20 milhões liberados desde 2012 para a implantação de um campus universitário, faltando apenas que a UEPA disponibilize o projeto e a prefeitura entre com a contrapartida da doação de um terreno em metragem pré-definida.

“Em um momento em que vivemos a maior crise da nossa história é inadmissível que esse recurso permaneça parado e se desvalorizando, enquanto poderia gerar centenas de postos de trabalho, aquecer nossa economia e beneficiar muitos estudantes”, disse Elias, explicando que já conversou com o secretário Municipal de Planejamento, João Corrêa, e que ele afirmou que a UEPA já disponibilizou o projeto.

Em tom de desabafo, o vereador cobrou que o Executivo Municipal se empenhe para cumprir com sua parte antes que haja uma nova reformulação estratégica da universidade e Parauapebas perca o campus 21 para outra cidade por falta de comprometimento político.

Convênio

Projeto Tutoria é lançado em Parauapebas com foco na melhoria da educação

Parceria do Ministério Público e Vale viabiliza primeiros passos da iniciativa inédita no Pará

Foi assinado na terça-feira, 22/11, em Parauapebas, o Termo de Cooperação Técnica para a realização do projeto “Tutoria”, voltado à formação e à melhoria da educação pública. A iniciativa do Ministério Público do Estado do Pará (MPE), Ministério Público do Trabalho (MPT), Secretaria de Educação do Estado e Prefeitura de Parauapebas e conta com o apoio da Vale.

Por meio do projeto, 20 estudantes do ensino médio serão selecionados, a partir do desempenho em sala de aula, e contratados como menores aprendizes da Vale. Esses alunos atuarão com tutoria a estudantes do ensino fundamental da rede municipal que cursem o 7ª, 8ª ou 9ª ano, que apresentem dificuldade com as disciplinas de Português e Matemática.

O procurador Geral de Justiça do Pará, Marcos Antonio Ferreira Neves, ressaltou a importância da parceria com a Vale e a contribuição do projeto para impulsionar a educação pública. “Esse é um grande passo para tentar melhorar a qualidade de ensino. Qualquer cidadão poderia adotar, mas a Vale foi além e acreditamos que o projeto despertará o interesse dos alunos”.

Para o diretor de Operações Ferrosos Norte da Vale, Paulo Horta, o projeto tem grande potencial multiplicador e chance de êxito. “A nossa participação no desenvolvimento socioeconômico dos municípios onde atuamos é um fato e faz parte da responsabilidade que temos como empresa”, disse. Segundo Horta, é uma satisfação para a Vale participar de um projeto do Ministério Público que dá oportunidade de desenvolvimento aos jovens.

Escolas municipais

As escolas Paulo Fonteles de Lima, no bairro Rio Verde, e Chico Mendes, na Cidade Nova, serão as primeiras a receber os menores tutores do projeto. A diretora pedagógica da Secretaria de Educação de Parauapebas, Maria Arnete Damasceno, disse que, nesse primeiro momento com a atuação dos 20 tutores, a previsão é beneficiar 120 alunos, do 7º ao 9º ano, em cada um desses estabelecimentos de ensino. “Um coordenador pedagógico irá acompanhar os tutores e alunos orientados e sistematizar o processo de avaliação de ambos”, informou.

O Projeto Tutoria é executado pela Coordenação do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude do Ministério Público. São parceiros o Ministério Público do Trabalho, a Prefeitura de Parauapebas, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e a Secretaria de Educação do Estado do Pará, Vale e Senai.