Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Em Canaã, mulheres participam de palestra sobre prevenção ao câncer

No Dia Internacional da Mulher, parceria entre a Agência Canaã e o Hospital 5 de Outubro promove debate sobre a importância dos cuidados relativos à saúde feminina. Na ocasião, uma consulta ginecológica foi sorteada para as presentes

Várias comemorações e homenagens em alusão ao 8 de março, Dia Internacional da Mulher, aconteceram em Canaã. Em empresas particulares, órgãos públicos e redes sociais as homenagens, ao longo de todo o dia, foram comuns e diversas. Em parceria com o Hospital 5 de Outubro, a Agência Canaã promoveu um Dia da Mulher voltado à saúde feminina. No início da tarde desta quinta-feira (8), a Agência abriu suas portas e recebeu um bom número de mulheres interessadas em ouvir mais sobre a prevenção a alguns tipos de câncer.

Antes da palestra começar, quem esteve presente pôde aproveitar o momento ao som de uma boa música ao vivo. Uma dupla presenteou as homenageadas com algumas canções gospel e arrancou aplausos da animada plateia. De acordo com dados registrados no final de 2017, o Pará liderava os índices de câncer de colo do útero na região norte do Brasil. Uma pesquisa feita entre 2013 e 2015 pela médica Valéria Pontes analisou mais de 700 pacientes com este tipo de câncer. Segundo os números, 68% das mulheres diagnosticadas com a doença não tinham conhecimento sobre exames preventivos.

Palestrante da tarde, o médico especialista Ronaldo Urdangarin falou sobre o conteúdo da sua apresentação: “Hoje é o dia da mulher e nada melhor do que aproveitar essa data especial para poder passar algumas informações sobre alguns cuidados que algumas mulheres já têm e devem continuar tendo em relação ao câncer de colo e ao câncer de mama. Essa é uma oportunidade de se mostrar alguns novos dados e dados antigos que são importantes para que a gente possa traçar uma programação de exames de acordo com cada idade. O que vamos apresentar aqui hoje é basicamente algumas informações para aumentar um pouquinho o interesse em fazer os exames e a prevenção.”

O médico também explicou algumas características das mulheres e falou sobre os casos de câncer em Canaã: “As mulheres têm uma diferença em relação à nós, pois os homens geralmente não têm o costume de fazer a prevenção, procurar um médico. Já as mulheres têm o hábito de procurar o especialista e cuidar melhor da saúde. Atualmente atendo no Hospital 5 de Outubro e temos alguns casos já registrados. Eles são encaminhados para um tratamento maior em outras cidades como Belém e Marabá, já que essas cidades possuem um suporte médico melhor. Mas há casos sim e a prevenção precisa existir para evitar que isso aconteça.”

Graça Reis, diretora da Agência Canaã, falou sobre a palestra: “Esse evento foi um verdadeiro presente que as mulheres de Canaã ganharam do hospital. Eles queriam presentear o público feminino em comemoração ao seu dia e nos procuraram aqui na Agência. Nós fizemos a mobilização e é um total sucesso de público. Essa é uma palestra muito importante para a prevenção dessas doenças e é uma iniciativa realmente muito boa. Isso vai nos ajudar a fortalecer e emponderar as mulheres.”

Ao fim da palestra, um lanche foi servido às homenageadas. Vários presentes foram entregues e uma consulta ginecológica completa foi sorteada entre as presentes no local.

Marabá

Marabá: Hoje o dia foi delas na Câmara Municipal

Sessão Solene abriu as comemorações do Dia Internacional da Mulher, que transcorre nesta quinta-feira (8). Vinte e uma mulheres foram homenageadas

Em Sessão Solene na manhã desta quarta-feira (7), pelo Dia Internacional da Mulher, que transcorre amanhã (8), a Câmara Municipal de Marabá homenageou 21 mulheres que se destacaram ao longo dos anos em suas atividades, com a entrega do título de Cidadã Marabaense e ainda de Honra ao Mérito pelos serviços prestados ao município. As três vereadoras da Casa, Priscila Veloso (PTB), Irismar Melo (PR) e Cristina Mutran (MDB), também foram homenageadas pelos demais 18 colegas, com flores e discursos elogiosos.

Irismar Melo e Priscila Veloso dirigiram a Sessão Solene e falaram sobre as lutas e as conquistas das mulheres nos últimos anos, lamentaram que ainda haja muita violência contra as representantes do sexo feminino, mas disseram que a luta não para em busca da conquista de um futuro melhor.

A ex-vereadora Júlia Maria Ferreira Rosa Veloso, hoje titular da Coordenadoria da Mulher em Marabá, também elogiou o trabalho de mulheres marabaenses ou não que aqui fundaram instituições que mantém trabalhos em favor das mulheres.

Citou números assustadores da violência contra a mulher e lamentou que o País ainda esteja distante de diminuir esses índices, ressaltando, entretanto, que juntas, mulheres e entidades, aos poucos vão conseguindo vencer a luta contra esse estado de coisas e contra a discriminação que ainda existe em vários setores da sociedade.

Homenagens

Cada um dos 21 vereadores indicou uma mulher para ser homenageada pela Câmara. As homenageadas foram: Adriana Brito de Oliveira, Alcinara Bernardino de Souza Jadão, Ana Ferreira Miranda, Ângela Maria Pereira de Souza, Claudecy Silva Costa, Dilvani dos Santos Silva Tomaz; Gercina Batista Rodrigues, Maria Aparecida do Nascimento, Maria Raimunda Souza dos Reis, Raimunda de Jesus Miranda, Zulma Patrocìnio Oliveira, Ana Delice Santos Feitosa, Claudia Maria Gomes Chini, Djacy Maciel da Silva, Jennifer Viana dos Santos, Maria do Rosário de Fátima Nunes Almeida Vale, Maria Inez Sales Machado, Marineide Vitor dos Santos, Vilma de Souza Gomes e Viviane Pereira de Oliveira.

Também receberam Comenda de Honra ao Mérito entidades que desenvolvem reconhecido trabalho em prol da garantia de direitos das mulheres no município: Associação da Mulher de Marabá (AMMA); Fórum Permanente de Mulheres de Marabá; Grupo de Apoio Esperança; Grupo de Mulheres Arco-Íris da Justiça; Ministério da Mulher da Igreja Adventista do Sétimo Dia; e União Brasileira de Mulheres.

Por Eleutério Gomes – Correspondente em Marabá (Com informações da Ascom/ CMM)
Direitos

Polícia Civil promove palestras sobre direitos da mulher em Parauapebas

Delegada Ana Carolina Abreu, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) foi quem ministrou as palestras

A Polícia Civil esteve presente em duas palestras realizadas neste final de semana em Parauapebas, em decorrência das comemorações pela semana alusiva ao Dia Internacional da Mulher. Com as temáticas sobre violência doméstica e aplicação da Lei Maria da Penha, a delegada Ana Carolina Abreu, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) do município prestou informações e esclarecimentos ao público em geral, em especial estudantes, presentes na Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e no Instituto Federal do Pará (IFPA), campus de Parauapebas.

O tema da palestra foi “Os Direitos da Mulher”. A DEAM de Parauapebas está presidindo uma extensa programação alusiva à Semana da Mulher desde o dia 3 deste mês, por meio de rodas de conversas com o tema “Coisa de Gênero”, voltadas às mulheres da comunidade e universitários.

No último dia 8, data do Dia Internacional da Mulher, a delegada coordenou um bate-papo com mulheres, na sede da DEAM para esclarecer dúvidas sobre a Lei Maria da Penha. Em outra palestra, realizada na sede da Faculdade Metropolitana, em Parauapebas, a titular da DEAM do município palestrou sobre violência de gênero, para alunos de Direito e Engenharia.