Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Polícia

Em Parauapebas, prestadora de serviço da Celpa viola lacres do DAM e pode ser processada por desobediência

A Dínamo Engenharia deve cerca de R$100 mil ao município de Parauapebas. Desde 2011 ela não regulariza alvará de licença de funcionamento.

Ontem, 06, agentes do Departamento de Arrecadação Municipal – DAM – de Parauapebas foram até o escritório da Dínamo Engenharia, uma empresa estabelecida em Parauapebas desde 2011 e que tem por prioridade atender as demandas da Centrais Elétricas do Pará – Celpa – no município, para interditar o local. O motivo, desde 2011 a Dínamo trabalha irregularmente em Parauapebas. Mesmo sendo notificada várias vezes pelo órgão municipal, a direção da Dínamo nada fez para se regularizar. A ação Fiscal está sendo orientada diretamente pelo diretor do DAM, Olinto Campos Vieira.

Durante a ação de ontem, os fiscais do DAM lacraram salas e o portão da frente da empresa, impedindo o acesso dos funcionários e a retirados dos veículos. A determinação é de que a empresa permaneça fechada até que se regularize administrativamente junto ao município.

O município agiu corretamente, diga-se de passagem. Foi aberto um procedimento regular de fiscalização e a empresa notificada. Mesmo assim, não se regularizou, apesar das várias tentativas do órgão fiscalizador. Não é possível que qualquer empresa trabalhe de forma clandestina, assim como vinha fazendo a Dínamo em Parauapebas.

A Ação Fiscal movida pelo Município de Parauapebas contra a Dínamo tomou hoje uma proporção bem maior do que o que já ocorreu, isto porque funcionários da Dínamo, sabe-se lá orientado por quem, em atitude que ratifica a soberba e o desdém da empresa pela fiscalização municipal, quebraram as correntes e violaram todos lacres colocados pelos agentes do DAM. Esse tipo de atitude é tipificado no Código Penal Brasileiro em seu artigo 330 – Desobedecer a ordem legal de funcionário público: Pena – detenção, de quinze dias a seis meses, e multa.

Nesse caso, a desobediência ficou caraterizada pelo não atendimento de uma ordem legal emanada por funcionário público competente àquele que tem o dever jurídico de obedecê-la.

Hoje pela manhã, orientados pela diretoria do DAM, os fiscais estiveram na Delegacia de Polícia de Parauapebas para registrar um Boletim de Ocorrência contra a Dínamo. Foram atendidos pelo delegado José Aquino.

Agentes do Departamento de Arrecadação deverão retornar à empresa hoje a tarde para refazer a interdição e novamente lacrá-la, aplicando, também, uma nova multa, já que que até o momento, contrariando a nota da Celpa – que informou que a Dínamo já estava procurando se regularizar com o município – nada fez para reverter a situação. A desobediência deve render à empresa uma multa de 5.000 UFM, cerca de R$70 mil.

Outra ação prevista para hoje será a apreensão dos veículos da Dínamo que forem encontrados no município, já que a empresa os retirou do pátio de forma irregular e ilegal. O Departamento Municipal de Trânsito e Transporte – DMTT –  já foi notificado para fazê-lo.

A Dínamo deve ao município de Parauapebas algo em torno de R$100 mil em Alvarás atrasados. Segundo o Departamento de Arrecadação Municipal, boa parte dessa dívida pode ser negociada através do Refis que a prefeitura está oferecendo à população.

Trânsito

2017 registra uma queda no número de acidentes no trânsito de Parauapebas

Amanhã acontece a abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito em Parauapebas, com o tema “Minha escolha faz a diferença”

Nesta sexta-feira, 15, será realizada a abertura oficial da Semana Nacional de Trânsito, com o tema “Minha escolha faz a diferença”, no Centro Universitário de Parauapebas (CEUP), às 8h30. A campanha nas ruas busca sensibilizar os motoristas, condutores e pedestres da responsabilidade em seguir as normas de trânsito para evitar acidentes.

Um levantamento feito pelo Departamento Municipal de Trânsito apontou que de janeiro a julho de 2017 foram registrados 381 acidentes no trânsito da cidade, enquanto que em 2016, no mesmo período, foram 547 ocorrências. Uma redução de 30,34% no registro dos boletins de ocorrência.

O acidente envolvendo as motocicletas também diminuiu de 222, em 2016, para 179 ocorrências em 2017. Embora os dados indiquem uma queda nos acidentes com motos, um dado chamou atenção e preocupa: em 2016, as ocorrências com motos correspondiam a 40,6% do total de acidentes. Já este ano, correspondem a 47% do total de ocorrências registradas. Esse aumento sinaliza que há mais motos envolvidas em ocorrência no trânsito do que os automóveis.

A queda no número de acidentes com carros foi significativa, de 325 em 2016 para 202 acidentes em 2017. Sobre os atropelamentos de pedestres, o departamento registrou 3 em 2017, enquanto que no ano passado foram quatro vítimas.

Campanha de Conscientização

Para manter a queda dos índices de acidentes, o Departamento Municipal de Trânsito, através do Núcleo de Educação para o Trânsito, começa na próxima segunda-feira, e segue até o dia 25 de setembro, a programação com blitzes educativas, panfletagens e palestras nas escolas. A proposta é chamar a atenção para a humanização no trânsito, principalmente porque a cidade registrou um aumento na frota de carros e motos. Dados do Detran mostram que em 2016, foram 80.324 veículos registrados na cidade, sendo que há 28.650 motocicletas e 21.594 carros, fora os outros veículos com quem o pedestre disputa espaço na hora de circular por Parauapebas.

Parauapebas

Parauapebas: trânsito sofre alterações no entorno do viaduto

Foto - Irisvelton SilvaDesde ontem, terça-feira (16), os motoristas de Parauapebas enfrentam mudanças no trânsito no entorno do viaduto localizado entre as PAs 160 e 275. Conforme o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), as alterações estão sendo realizadas devido ao grande número de acidentes registrados no local.

“O avanço de sinal é uma das principais imprudências na área. Quando abria o semáforo da Avenida Liberdade, os motoristas faziam fila dupla e convergiam para a esquerda imprudentemente, travando o trânsito e provocando acidentes”, explica Edimar Pereira, do Setor de Engenharia do DMTT.

Com a retirada do semáforo e as mudanças, para o condutor acessar o centro da cidade vindo de Canaã dos Carajás, precisa agora passar por cima do viaduto e pegar o retorno que fica próximo ao Hotel Onix. Já quem vem da PA 160 terá que acessar a via por baixo ou por cima do viaduto e pegar o retorno mais próximo, neste caso, nas proximidades da empresa Rip, sentido Canaã ou na rotatória perto ao antigo boliche.  

Viaduto

Para quem costuma passar pelo local todos os dias, estranhou a mudança, como foi o caso de Jéssica do Carmo, moradora do bairro Nova Carajás. Para ela, a mudança pode gerar dor de cabeça a quem transita por ali, já que alguns condutores estão acessando a pista contrária entre as barreiras instaladas.

“Presenciei uma grande confusão no local, tive que reduzir bem a velocidade para uma caçamba acessar a pista entre as barreiras. Tem que ter muita paciência, porque os motoristas, grande parte deles, não contribuem com a melhoria”, opina.

Os semáforos retirados do local serão implantados na Avenida dos Ipês, no bairro Cidade Jardim.

Fotos: Irisvelton Silva

Parauapebas

Cai número de acidentes automobilísticos em Parauapebas

Secretaria de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão – Semsi – fez um balanço que apontou uma redução de 34% nos índices gerais de acidentes atendidos pelo DMTT em 2015, em relação a 2014.

2015 foi um ano de muito trabalho para o Departamento Municipal de Trânsito e Transportes de Parauapebas. O setor passou por uma reestruturação em seu corpo técnico, e, em seu modus operandi, ao colocar em prática novas estratégias de operações conjuntas com outros órgãos de segurança, garantindo assim, mais informação e segurança aos usuários do trânsito em Parauapebas.

Só a equipe de Educação para o Trânsito – NET, através das campanhas educativas elaboradas pela Semsi, abordaram diretamente quase 22 mil pessoas. Os resultados dessas abordagens, dos patrulhões noturnos, das blitz’s de finais de semana, instalação da fiscalização eletrônica e mais recentemente, da fiscalização pelo videomonitoramento, vem garantido a redução do número de acidentes.

“Um dos compromissos do Governo Valmir Mariano ao criar a Secretaria de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão, no ano passado, certamente foi garantir mais segurança aos munícipes dessa cidade, e, consequentemente, salvar vidas. Para nós é gratificante fechar o ano e constatarmos que conseguimos com essa união de esforços reduzir em 34% o número de acidentes atendidos pelo DMTT em 2015. Só o índice de acidentes com vítimas lesionadas ou com vítimas fatais de 22,04% caiu para 10%. Entendemos que a educação no trânsito é fundamental para essa redução, e que o mais importante é a consciência do usuário do trânsito, pois sabemos que apesar de todas as ações de fiscalização e/ou educação, o trânsito só muda quando o usuário decide mudar o seu modo de agir e pensar suas atitudes, seja como pedestre ou condutor. E vamos continuar trabalhando para reduzir ainda mas esses números” diz Eliesio Miranda, Secretário de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão.

image

Acidentes atendidos pela equipe do DMTT nos anos 2014 e 2015, conforme elaborado em Boletim de Ocorrência de Acidente de Trânsito – BOAT no período de Janeiro a Novembro, informando o total dos mesmos com danos materiais e severidade de vítimas.

Observa-se no gráfico acima que os acidentes com danos materiais no ano de 2015 em comparação com o ano de 2014 no período de janeiro a novembro, tiveram uma redução de 39,43%.

Já com relação a acidentes com vítimas lesionadas houve redução de 22,04% e os com vítimas fatais a redução foi 10% .

Verifica-se ainda, que o número de acidentes na sua totalidade no ano de 2015 no período de janeiro a novembro, comparado ao ano de 2014, houve redução de 34%.

A estimativa de pessoas abordadas diretamente em 2015 (2.400 em fevereiro, 600 em março, 1.840 em abril, 4.800 em maio, 2.600 em junho, 2.600 em julho, 1.050 em agosto, 2.950 em setembro, 900 em outubro, 2.174 em novembro, 2.000 em dezembro) pelo NET em campanhas educativas pela cidade é considerada satisfatória, afirmou o gestor da Secretaria de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão – Semsi, Eliesio Miranda.

Parauapebas

Agentes do DMTT participam de capacitação sobre socorro a vítimas de acidentes no trânsito

Começa nesta segunda-feira (23), às 14 horas, na sala de treinamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), uma capacitação voltada aos agentes do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT).

Dentre os conteúdos que serão abordados estão: suporte básico de vida, primeiros socorros no trânsito, quando acionar o SAMU e o Corpo de Bombeiros. A capacitação, que encerra no sábado (28), foi programada para 60 agentes de trânsito que serão distribuídos em três turmas. 

Serviço: Capacitação para agentes de trânsito

Data: 23/11/15

Horário: A partir das 14h

Locais: Sala de Treinamentos do SAMU

Parauapebas

Infrações de trânsito caem em Parauapebas, mas índices ainda são altos

Por W. Costa – Da Redação

A cidade de Parauapebas sempre foi conhecida pelos autos índices de acidentes de trânsito, pela quantidade exagerada de infrações e número altíssimo de mortes no trânsito,  se comparados com outros municípios da região. Os campeões desse índice triste são as vítimas de acidentes envolvendo condutores de motocicletas, segundo dados dos setores de segurança pública e saúde.

transitoRecentemente a Prefeitura Municipal fez um investimento em aparelhos de monitoramento e radares, a fim de diminuir esses índices, já que o excesso de velocidade sempre foi grande contribuinte para essa triste realidade. Os resultados deste investimento já começam a surgir e os índices, depois de muitos anos, começam a diminui. Com relação ao ano passado, a redução no número de infrações de modo geral é bem menor e os resultados são animadores.

De janeiro a setembro de 2014 foram registrados um total de 21.900 (vinte e uma mil e novecentas) infrações pelo DMTT – Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas – enquanto que no mesmo período de 2015 foram registradas 16.270 (dezesseis mil duzentas e setenta) ocorrências.

O sistema de monitoramento eletrônico, que começou a funcionar no início deste ano, já registrou um total de 53.190 (cinquenta e três mil cento e noventa) infrações. Esse número vem diminuindo com o passar dos meses de funcionamento. Em março de 2015 o total de infrações registradas foi de 6.855 (seis mil oitocentos e cinquenta e cinco), já em setembro último foram 2.008 (dois mil e oito), registros, segundo relatório da Secretaria de Segurança e Defesa do Cidadão, que coordena o Departamento Municipal de Trânsito.

Esse total de infrações está distribuído em diversas ações por parte dos condutores. As campeãs de ocorrências são a condução de motocicleta, motoneta e ciclomotor com condutores ou passageiros sem capacete, item fundamental de segurança, seguido dos motoristas que não usam o cinto de segurança.

As ações de fiscalização dos órgãos de trânsito, aliadas ao auxílio dos novos equipamentos, já diminuíram os índices alarmantes de infração e acidentes nas ruas de Parauapebas. Contudo, a realidade ainda é preocupante. Nos pontos da cidade onde estão instalados os radares e as câmeras de vídeo-monitoramento, o número de ocorrências reduziu significativamente, enquanto que nos demais setores os problemas persistem e ainda são motivos de preocupação, tanto para os setores de segurança, quanto pra rede pública de saúde, que diariamente recebe as vítimas de acidentes que tão comuns nas ruas da cidade.

Parauapebas

Peça teatral conscientiza estudantes sobre os cuidados no trânsito em Parauapebas

Os olhos e ouvidos dos mais de 200 alunos do Colégio Bethel estavam atentos à peça dos Três Porquinhos. A nova versão, adaptada pelo Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (DMTT), foi apresentada aos estudantes com idades entre 4 a 12 anos durante à tarde da quinta-feira, 3.

Para a diretora do colégio, Maria Auxiliadora Silva, a história encenada pelos servidores do Núcleo de Educação para o Trânsito (NET), consegue passar todo o conhecimento necessário de uma forma lúdica e adequada para idade dos alunos.

“Estamos muito satisfeitos com a dinâmica dessa peça. A apresentação conseguiu prender a atenção dos alunos e dos professores, além de propor que eles pudessem interagir de acordo com o desenvolvimento das cenas. O governo está de parabéns por pensar em um projeto de educação no trânsito voltado as crianças”, disse Maria Auxiliadora.

Segundo a aluna do 4ª ano, Beatriz Fernandes, de 9 anos, pode aprender a forma correta que deve se portar no trânsito. “O lobo e os três porquinhos nos ensinaram que devemos sempre olhar para os dois lados antes de atravessar a rua, precisamos estar acompanhados de adultos e procurar a faixa de pedestre mais próxima”, descreveu.

De acordo com o coordenador do NET, Milton Lima, a proposta da apresentação é que as crianças multipliquem a mensagem em casa. “Os estudantes aprendem algumas normas de como se portar no dia a dia no trânsito, se conscientizam e orientam os pais, conhecidos e familiares. A cada apresentação vivemos uma nova emoção”, explicou.

O DMTT é um órgão ligado à Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi) e por meio do NET tem realizado diversas apresentações em escolas da rede pública e privada de Parauapebas.

Para prévio agendamento, as escolas devem enviar memorando ou ofício para o DMTT, direcionado à coordenação do NET, que fica localizado na Rua Rio Dourado, s/n, Bairro Beira Rio, mais informações (94) 3356-0611.

error: Conteúdo protegido contra cópia!