Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Comércio

No Pará, venda de caminhões tem o maior índice de crescimento entre os veículos novos

Os dados foram divulgados pelo Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP)

 

O Pará registrou 7.839 emplacamentos de veículos no mês de julho, segundo dados divulgados pelo Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP). O balanço divulgado contempla vendas de automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros.

O melhor resultado foi verificado na venda de caminhões, que apresenta crescimento no último trimestre. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, o segmento registra crescimento de 21,74% neste mês de julho. Já os emplacamentos de automóveis e comerciais leves somaram 3.075 unidades no mês passado, registrando crescimento de 0,16%% em relação a julho do ano passado, quando foram emplacados 3.070 veículos no Pará.

Para o presidente do Sincodiv PA/AP, Leonardo Pontes, os resultados mostram uma previsão positiva para o mercado. “Vamos experimentar um crescimento contínuo. O mercado está crescendo ainda de forma tímida, mas vislumbramos um crescimento melhor para este ano e para os próximos”, pontua.

VENDAS POR CATEGORIA DE VEÍCULOS

– Automóveis: 2.372

– Motos: 4.452

– Caminhões: 112

– Ônibus: 25

– Veículos comerciais leves: 703

– Implementos rodoviários: 25

– Outros: 150

Comércio

Venda de veículos no Pará registra crescimento no mês de junho

Emplacamento de ônibus e caminhões teve o melhor resultado, com índice de crescimento superior ao nacional

As vendas de veículos novos no Estado do Pará no mês de junho cresceram 7,25% em relação a maio. Foram 8.192 emplacamentos de veículos no sexto mês do ano enquanto maio registrou 7.638 veículos emplacados. Os dados divulgados pelo Sindicato das Concessionárias e Distribuidoras de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP) contemplam automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros e indicam a retomada de aquecimento do setor.

O melhor resultado foi registrado no segmento de ônibus e caminhões, que cresceu 25,71% no estado, o que sugere bom desempenho econômico de negócios que utilizam esse tipo de veículo para fins comerciais. Os números do Pará nessa categoria superam os dados nacionais, que indicam que as vendas em junho cresceram 5,63% em relação ao mês de maio.

Os emplacamentos de automóveis e comerciais leves somaram 3.252 unidades no mês passado, registrando crescimento de 5,79% em relação ao mês anterior. No comparativo entre junho de 2017 e o mesmo período do ano anterior, quando foram emplacados 2.789 veículos no Pará, o crescimento foi de 16,6%.

Marabá

Pará registra alta de 11,69% nos emplacamentos de veículos

imagesxdddddddddddddddA indústria automotiva paraense teve alta de 11,69%, em julho. De acordo com o Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP) foram emplacadas 13.538 unidades, em julho, contra 12.121, em junho, representando mais de 1.400 veículos novos no estado. Foram contabilizados no balanço os emplacamentos de todos os segmentos, como automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários.

Os segmentos de automóveis e comerciais leves tiveram alta de 24,25% sobre junho. Foram emplacadas 5.236 unidades contra 4.214 no mês anterior. O setor de caminhões tem alcançado resultados bastante positivos nos últimos meses. Em julho, por exemplo, o segmento registrou crescimento de 31,19%. O setor de motocicletas também demonstrou bom desempenho, registrando alta de 4,15%.

O presidente do Sincodiv PA/AP, Leonardo Pontes, avalia que o mês de julho superou as expectativas. “Apesar dos últimos meses terem apresentado queda nas vendas, o mês de julho foi positivo para todos os segmentos, inclusive para o segmento de automóveis e comerciais leves, pois tivemos 22 dias úteis contra 18 dias no mês anterior. Isso, mesmo considerando os dias de jogos da Copa”, ressaltou Pontes.

Ainda, segundo o presidente do Sincodiv PA/AP, a recuperação da indústria automotiva, no segundo semestre, já havia sido prevista pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), que estimou aumento médio de 5% ao mês até o final deste ano.

Desempenho – No mês de julho, Belém foi o município que mais emplacou veículos, no Pará. No setor de automóveis, a capital teve participação de 45,1% nas vendas, seguida de Ananindeua, com 9,1% e Marabá, com 6%. No segmento de caminhões, Belém alcançou 17,1% de participação. Parauapebas e Marabá tiveram bons desempenhos, marcando, respectivamente, 9,8% e 7% de presença nos emplacamentos. No segmento de motocicletas, a capital alcançou 12,3% de participação, seguida de Marabá, que obteve 5,9% e Parauapebas, que alcançou 5,3% das vendas.

Fonte : Sincodiv PA/AP

Pará

Sincodiv divulga balanço de emplacamentos no Pará

Foram emplacados, em abril, 12.165 veículos no Pará. Alguns segmentos apresentaram desempenho superior a março, a exemplo do setor de caminhões, que após quedas consecutivas, teve alta de 58,33%

imagesApós balanço positivo no primeiro trimestre, a indústria automotiva paraense teve ligeira retração no mês de abril, apresentando queda de 1,39% em relação a março. Em comparação ao mesmo período do ano passado, o saldo também é negativo, com decréscimo de 18,44%. Segundo dados do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos do Pará e Amapá (Sincodiv PA/AP), foram emplacados, no mês passado, 12.165 veículos contra 12.336, em março, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Apesar da retração em abril, alguns segmentos apresentaram desempenho superior a março. O segmento de automóveis e comerciais leves teve alta de 1,83%, com 4.173 emplacamentos, contra 4.098, no mês anterior. O setor de caminhões, que amargou quedas consecutivas nos primeiros três meses do ano, ganhou fôlego, apresentando crescimento de 58,33%. O segmento de ônibus também teve aumento de 96,55% frente a março e crescimento de 22,58% em relação a abril de 2013.

Já o setor de motocicletas, que geralmente figura com saldo positivo no ranking, apresentou a primeira queda do ano, com retração de 5,14%. Foram emplacadas 7.462 motos, em abril, contra 7.866, em março.

Municípios – Entre os municípios paraenses, Belém continua tendo a maior participação no volume de vendas. No setor de automóveis, a capital respondeu por 41,5% dos emplacamentos, seguida do município de Ananindeua, com 8,1% das vendas. Na parte de caminhões, a capital paraense teve 20,1% de participação nas vendas, sendo seguida pelas cidades de Ananindeua, que obteve 14,8%, e Parauapebas, que apresentou 7,2% do volume de vendas. Belém também liderou na venda de motocicletas, com 12,3% dos emplacamentos, seguida de Parauapebas, com 6,3% das vendas.