Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Encontro

Jornalistas do sul e sudeste do Pará se mobilizam pela regulamentação da categoria

A mobilização começou há cerca de um mês, com a formação de um grupo de WhatsApp denominado Jornalistas SUL PA, que foi crescendo aos poucos e hoje conta com cerca de 80 profissionais de Comunicação de Marabá, Parauapebas e Redenção entre outros municípios da região.

Encontro em Marabá, no dia 5 de maio, debaterá temas de interesse da classe com a presença do Sinjor Pará Jornalistas do sul e sudeste do Estado estarão reunidos no próximo dia 5 de maio, em Marabá, no auditório da Unidade Regional do Tribunal de Contas do Estado. Na ocasião, membros da diretoria do Sinjor (Sindicato dos Jornalistas do Pará) falarão aos colegas sobre formação, sindicalização e regulamentação da categoria.

Também serão debatidos temas como o Pará e o contexto da rotina de trabalho; e a violência que acomete os profissionais de Imprensa.

O evento terá ainda a presença de jornalistas que representam a Associação Brasileira de Jornalistas do Turismo (Abrajet-Pará), que vão falar sobre a entidade e a Imprensa que atua no segmento do Turismo.

O evento acontece em dois turnos, das 8h30 às 18h, e será a oportunidade para aprofundar o debate sobre a representação do Sinjor Pará em Marabá, por meio da instalação de uma Diretoria Regional.

A mobilização começou há cerca de um mês, com a formação de um grupo de WhatsApp denominado Jornalistas SUL PA, que foi crescendo aos poucos e hoje conta com cerca de 80 profissionais de Comunicação de Marabá, Parauapebas e Redenção entre outros municípios da região.

Prefeitos

Famep lança a 1º Marcha a Belém em defesa dos municípios paraenses

Infraestrutura dará a tônica do encontro entre autoridades municipais e estaduais

As demandas dos municípios paraenses ganharam mais um espaço de discussão. Elas serão tratadas na 1° Marcha a Belém em defesa dos Municípios Paraenses. O evento será realizado no dia 15 de maio, no Hotel Regente, às 8h. A iniciativa vai envolver prefeitos, vice-prefeitos, senadores, deputados federais, deputados estaduais, secretários de estado, vereadores, secretários e técnicos municipais.

“A ideia da primeira Marcha a Belém surgiu da reunião do Conselho Político da Famep, junto com o Conselho Político da CNM. A proposta é que ela seja contínua, todos os anos, e será paralela a Marcha à Brasília, acompanhando o clima que é gerado pela mobilização nacional”, explica o presidente da Famep, Xarão Leão.

A Marcha na versão paraense, quanto a Marcha nacional, são espaços de lutas para definir e alertar autoridades do executivo, legislativo e judiciário sobre temas que permitam aos municípios serem de fato autônomos, além de mostrar ao cidadão os caminhos que os gestores municipais defendem como solução para enfrentar e vencer a crise que a todos atinge.

“O objetivo é poder discutir os problemas que se referem basicamente aos municípios do Pará e as propostas paraenses a serem apresentadas a bancada do estado e do governo para tentar encontrar soluções a essas demandas”, destacou Leão.

Segundo o presidente da Famep, a tônica da Marcha a Belém será a infraestrutura. “Nós precisamos pautar a nossa Marcha principalmente em infraestrutura. Temos rodovias importantes que precisam de investimentos como a BR155 e a BR163. Precisamos da conclusão da Transamazônica, que já está toda licitada, porém precisamos garantir que todos os trechos sejam concluídos. Temos ainda várias estradas estaduais, em regiões como a Calha Norte, que em estão em situação precária”, afirmou.

Além da infraestrutura, serão destacadas as necessidades de avanço nos índices de educação, como o IDEB, e de regularização dos repasses do Governo do Estado para a área da saúde. “Estamos discutindo nossas propostas com as associações e consórcios municipais e construindo as pautas a partir das demandas das microrregiões para que a nossa Marcha reflita as demandas reais de todo o Pará”, concluiu.

Inscrições – As inscrições para a 1ª Marcha a Belém em Defesa dos Municípios Paraenses pode ser feita pelo www.famep.org.br. A iniciativa é realizada pela Famep, Associações e Consórcios municipais e pela Confederação Nacional dos Municípios.

Marcha à Brasília – A 1º Marcha à Belém está em consonância com a 20ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, programada para o período de 15 a 18 de maio de 2017. Esta, por sua vez, é o auge do movimento cujo objetivo principal é lutar em prol dos interesses dos serviços prestados ao cidadão brasileiro no local onde ele reside.

Turismo

Vereadores de Marabá cobram do Executivo ações voltadas para o Turismo

Tudo parado: até hoje o governo municipal não definiu o destino do importante setor para a geração de emprego e renda

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Marabá vai abrigar, no próximo dia 21, o Encontro Regional do Polo Turístico da Região do Araguaia-Tocantins, que terá lugar no auditório do Senai, na Nova Marabá. A pauta principal do evento será o planejamento de ações estruturantes na área do turismo para o município. Adenauer Góes, secretário de Estado Turismo estará entre os palestrantes.

Sobre tema, vários vereadores assumiram nesta terça-feira (14) a Tribuna da Câmara Municipal para cobrar da administração ações que venham a incentivar a atividade turística na cidade, a fim de promover a geração de emprego e renda.

Outra cobrança foi o destino da Secretaria de Turismo, extinta no governo passado e que até agora não se sabe se será reativada, se será anexada à Cultura, nem quem será o secretário, caso ressuscite.

De acordo com eles, o fortalecimento do turismo beneficia vários setores como rede hoteleira, restaurantes, bares, centro comercial, artesanato, barqueiros, rabeteiros, taxistas e barraqueiros, entre outros, beneficiando centenas de trabalhadores e pequenos empreendedores.

Outro assunto em pauta, ainda no tema, foi a paralisação das obras do Centro de Convenções, considerado de vital importância para a atração do turismo de negócios para a cidade, por oferecer estrutura para abrigar seminários, cursos, exposições de grande porte e espetáculos culturais, entre outros eventos.

Eventos

TCM: Encontro reunirá prefeitos e vereadores do Pará para uma transição responsável

Cerca de 1600 pessoas, entre gestores municipais com mandato e eleitos em 2016, participarão do evento nos dias 03 e 04 de novembro, em Belém.

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM-PA), o Ministério Público de Contas dos Municípios e a Escola de Contas Públicas “Conselheiro Irawaldyr Rocha” vão realizar, nos próximos dias 3 e 4 de novembro, o Encontro de Prefeitos e Vereadores – Transição Responsável Para uma Gestão de Qualidade. O objetivo é capacitar gestores para a adequação da gestão dos recursos públicos municipais nos anos de 2017 a 2020. Durante o encontro, que conta com a parceria da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) e do Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE-PA), também serão dadas orientações técnicas quanto ao processo de transição governamental no âmbito municipal.

O Encontro será realizado no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, no horário das 8h às 18h, e reunirá cerca de 1600 pessoas, entre prefeitos que estão encerrando mandato, novos gestores do executivo municipal e presidentes de Câmaras de Vereadores de todo o Pará.

Este evento ocorre a cada quatro anos, próximo ao início de uma nova gestão. Nesta edição, terão palestrantes e painelistas regionais e nacionais de instituições que lidam diretamente com questões municipalistas. Entre eles, os Tribunais de Contas do Município, do Estado e da União, da Controladoria Geral da União, Ministério Público e outros.

O tema deste ano reforça a necessidade de garantir um processo de transição de mandatos transparente e correta em todas as regiões do Pará, evitando problemas como a perda de informações e bens públicos. Entre as irregularidades em transições governamentais elencadas pelo TCM-PA, está a falta do repasse de informações da gestão em exercício para os prefeitos e presidentes de Câmaras Municipais eleitos. Destacam-se os casos quando os ordenadores de despesa atuais não fazem o balanço da gestão e o desvio do patrimônio público, como o sumiço de computadores, documentos e outros itens.

O Encontro de Prefeitos e Vereadores está em consonância com outras ações estratégicas do TCM-PA, que buscam a transparência das gestões públicas municipais. No último dia 06, o plenário do Tribunal de Contas dos Municípios aprovou a Instrução Normativa 01/2016, que dispõe sobre procedimentos para garantir a transição de governos nos municípios paraenses. De acordo com o documento, serão realizados orientações e regramentos técnicos junto aos poderes executivo e legislativo municipais de todo o estado para que a transmissão dos cargos ocorra de forma correta sem perda de informações e bens públicos. Segundo o presidente do TCM-PA, conselheiro Cezar Colares, “o Tribunal fará o acompanhamento junto os municípios para que haja uma transição republicana, independente de questões políticas. Acima de tudo, o processo de transição é uma responsabilidade de todos”.

Para informações, podem ser usados os seguintes 91) 3210-7518 / 3244-4700 e o e-mailescoladecontas.tcmpa@gmail.com.br

Imagem inline 1

Parauapebas

Evento discute qualidade dos serviços de hospedagem em Parauapebas

image

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e o Sindicato das Empresas de Hospitalidade de Parauapebas e Região (SEAHPAR) promovem a 22ª edição do Encontro FBHA em Parauapebas. O evento irá discutir a excelência na qualidade em serviços para os segmentos de hospedagem e será realizado na próxima quarta-feira, 9, no auditório do Hotel Vale da Serra, Cidade Jardim.

A programação, que inclui um workshop gastronômico com aula show, conta ainda com palestras sobre questões jurídicas que impactam a competitividade das empresas, eficiência energética e redução de custos com energia elétrica. O público alvo do evento é formado por empresários, gerentes, gestores, cozinheiros e chefs de cozinha.

As vagas são limitadas e as inscrições terminam nesta segunda-feira, 7. As empresas associadas têm direito a enviar dois participantes gratuitamente. Quem não for associado e quiser participar deverá pagar uma taxa de R$ 100,00.

Marabá

Diálogo com extrativistas produzirá plano para inclusão sócio-produtiva

Lideranças extrativistas de Andiroba, borracha extrativa, Açaí e Babaçu, do Pará e áreas próximas, debaterão com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e outros órgãos dos governos federal e estadual sobre políticas e ações de inclusão sócio-produtiva na região. A chamada Mesa de Diálogo reúne na próxima quarta-feira (17), em Marabá, o Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), movimentos sociais como o Movimento Interestadual de Quebradeiras de Coco Babaçu (MIQCB), cooperativas e associações.

O evento contará com a presença do diretor de Política Agrícola e Informações da Companhia, João Marcelo Intini, representantes dos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA) e do Meio Ambiente (MMA), secretarias de estado, entre outros órgãos. O objetivo é criar um plano de ação para ampliar a inclusão sócio-produtiva de extrativistas e fortalecer o diálogo entre a sociedade civil e o poder público de maneira integrada com o compromisso socioambiental. Para isso, será estabelecida uma agenda de atribuições compartilhada entre governo federal, estadual, CNS, MIQCB, cooperativas, associações e sociedade civil.

Também estará em pauta a execução do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), como uma das principais políticas de apoio à comercialização da produção familiar.

A reunião é desenvolvida em parceria com o MDA e integra o Painel de Desafios para a Implementação da Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio). Ao mesmo tempo, a agenda é um desdobramento da Instalação da Mesa de Diálogos do Ministério do Meio Ambiente (MMA) com as Quebradeiras de Coco Babaçu, ocorrida em Brasília no final do ano passado.

A PGPM-Bio é uma subvenção do governo federal a 15 produtos do extrativismo. Os extrativistas individuais ou organizados em associações e/ou cooperativas recebem um bônus na venda do produto coletado nas florestas, desde que o negócio tenha sido realizado por um preço inferior ao mínimo fixado pelo governo federal.

Nos últimos sete anos foram aplicados mais de R$ 27 milhões no Programa, que visa o fortalecimento e o desenvolvimento socioeconômico das populações tradicionais, a permanência do homem na floresta e a garantia de renda, assim como a conservação, a preservação e o uso sustentável dos recursos naturais.

Serviço: Desafios para Implantação da Política de Garantia de Preços Mínimos para Produtos da Sociobiodiversidade
Local: Hotel Del Príncipe, Bairro Amapá, Marabá/PA (Rua Marechal Rondon, 95)
Horário: 8h Data: 17/02/2016.

Parauapebas

FBHA e SEAHPAR promovem encontro voltado para qualidade dos serviços de hospedagem e alimentação

Encontro SEAHPARNo dia 24 de fevereiro, no auditório do Hotel Vale da Serra, em Parauapebas, acontece o “Encontro FBHA – Excelência na Qualidade em Serviços para Hospedagem e Alimentação”. O evento, promovido pela Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), será organizado pelo Sindicato das Empresas de Alimentação e Hospitalidade de Parauapebas e Região (SEAHPAR), entidade que representa a classe no município.

De acordo com o presidente do SEAHPAR, Janio Valadares, durante o período da manhã acontecerão palestras e debates referentes às áreas de hospedagem e alimentação. “À tarde, teremos uma oficina gastronômica para funcionários de cozinha com a presença de um chefe de cozinha de São Paulo”, explica. Janio diz ainda que o encontro será gratuito para os cerca de 70 associados do sindicato, mas que vagas serão disponibilizadas para quem não faz parte do grupo. Esses últimos deverão pagar uma taxa para participar do evento.

Segundo o FBHA, o encontro é uma ótima oportunidade de negócios para prospecção de informações, em um cenário que favorece a prática entre os participantes.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (94) 98122-7625 ou pelo e-mail: seahpar@hotmail.com

Parauapebas

Igreja Assembleia de Deus realiza 3ª edição do “Encontro com Deus”

De 20 a 22 de novembro a Assembleia de Deus – Igreja Mãe, em parceria com a comunidade Gerando Vidas, realizará o terceiro “Encontro com Deus”. Dessa vez, o evento irá disponibilizar 50 vagas para homens a partir dos 13 anos.

Encontro com Deus

De acordo com o pastor Junior Romão, um dos coordenadores do encontro, o retiro de fim de semana tem o propósito de levar conhecimento, por meio de palestras, do plano de Deus às pessoas, evangélicas ou não. “O intuito do encontro é promover conhecimento para que o participante possa tomar decisões conscientes e se comprometer com Cristo”, explica o pastor.

Os participantes se deslocarão para o Rancho Peniel, localizado a 22 km de Parauapebas. A saída acontecerá na sexta-feira (20), às 19h, na Assembleia de Deus – Igreja Mãe, Bairro Cidade Jardim.