Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Parauapebas sedia regional dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps)

Os Jeps, que acontecem entre os dias 23 e 27 deste mês, serão disputados nas modalidades de futsal, handebol, voleibol e basquetebol, masculino e feminino.

Parauapebas se prepara para receber um dos maiores eventos estudantis do Pará. A cidade sediará a etapa regional dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps) entre os dias 23 e 27 deste mês, no Ginásio Poliesportivo. A competição tem como o principal objetivo estimular a prática do esporte educacional e contribuir na formação de cidadãos.

Realizada pelo Núcleo de Esporte e Lazer da Secretaria de Estado de Educação (NEL/Seduc), em parceria com a Prefeitura de Parauapebas, a competição reunirá atletas de vários municípios paraenses. As delegações de Marabá, Rondo do Pará, Jacundá, Canaã dos Carajás, Pacajá, Nova Ipixuna, São Geraldo e Brejo Grande, além da anfitriã, já confirmaram a participação.

Os alunos disputarão as modalidades de futsal, handebol, voleibol e basquetebol, masculino e feminino nas categorias A (alunos de 12 a 14 anos) e B (alunos de 15 a 17 anos). As etapas regionais dos Jeps são seletivas para a etapa estadual. Todos os atletas passaram por torneios municipais e os campeões das etapas regionais irão disputar a fase estadual, em Belém, no mês de junho. (APN)

Serviço

Assunto: Abertura oficial da etapa regional dos Jeps

 Dia: 23 de maio de 2018

 Local: Ginásio Poliesportivo

 Horário: 18 horas

Curionópolis

Mais de 150 pilotos participaram do Motocross de Curionópolis

A competição faz parte da programação de aniversário de Curionópolis

Adrenalina, emoção, velocidade. Tudo isso o público sentiu ao prestigiar a aventura radical do GP de Motocross, em Curionópolis, realizado no sábado (12) e domingo (13), como parte da programação de aniversário dos 30 anos de Curionópolis. O evento, que já é tradição, atraiu cerca de dez mil pessoas.

“Eu sou de Parauapebas e vim prestigiar o motocross por que gosto do esporte e também por que o meu primo vai competir, nossa família veio em peso, somos mais de 50 aqui”, informou a auxiliar administrativo Mayara Raiza. O prefeito Adonei Aguiar participou da entrega dos troféus e acompanhou o evento durante todo o domingo.

“Mais um GP Motocross, comemorando dessa vez o 30º aniversário de Curionópolis, e a cada ano a prefeitura vem dando mais apoio em pista, organização e estrutura para que todos os pilotos do Estado do Pará, do Norte do país, do Centro-Oeste, venham para cá fazer uma grande corrida como foi essa”, destacou o prefeito.

Wesley Rodrigues Magalhães, responsável técnico pela corrida, informou que foram quase 200 pilotos distribuídos nas 14 categorias disputadas, entre adulto e infantil, durante os dois dias de evento. Ele destacou o que atrai o grande número de pilotos: “Como é uma prova de bastante referência, a gente tem pilotos do país inteiro aqui, atraídos pela tradição do evento. A premiação também é boa, um total de R$ 40 mil em premiação. Tem piloto que pode chegar a ganhar até sete mil reais”.

Outra destaque importante do evento para a cidade é o aquecimento da economia, “todo piloto vem com três, quatro pessoas a mais, a gente tem um aumento de 500, 600 pessoas na cidade, isso com certeza deve ajudar na economia, além de trazer o espetáculo gera renda para cidade, com a lotação de hotéis e restaurante, aumento na venda de postos de combustíveis, entre outros” observou Wesley Rodrigues.

Esporte

25ª edição do Zonal Norte e Nordeste de Karatê Interestilos em Parauapebas

O Ginásio Poliesportivo vai receber os caratecas de 12 estados até domingo para grandes duelos

A cidade de Parauapebas, no sudeste do estado do Pará, está respirando o Karatê. É que na manhã deste sábado (28) foi realizada a cerimônia de abertura do Zonal Norte e Nordeste de Karatê Interestilos, no Ginásio Poliesportivo. O evento contou com autoridades do município, como o prefeito da cidade, Darci Lermen, os vereadores Rafael Ribeiro e Marcelo Parcerinho, e o secretário municipal de assistência social, Jorge Guerreiro.

“Estamos muito felizes pela realização do evento de tão importância para o esporte do nosso município, em especial ao Karatê e não só na importância como competição, mais da importância de incentivar as nossas crianças e jovens a praticar o esporte, na importância da inclusão social através do esporte. No mais dar nossas boas vindas a todos às delegações de outros estados e municípios vizinhos e desejar a todos uma ótima competição”, afirmou Kledson Caetano, Secretário Adjunto da Semel.

Um bom público compareceu no reformado Ginásio Poliesportivo para acompanhar a abertura. No inicio da cerimônia, homens do exército brasileiro carregaram as bandeiras do Brasil, do estado do Pará e da cidade de Parauapebas, além da bandeira da Confederação Brasileira de Karatê Interestilos (CBKI), que foi carregada pelos presidentes das federações dos estados presentes na competição e a bandeira da International Karate Federation (IKF).

O evento vai reunir até o próximo domingo (29), cerca de 200 atletas de 12 estados brasileiros e é considerado um dos maiores campeonatos do país. A 25ª edição do Zonal Norte e Nordeste de Karatê Interestilos, conta com o total apoio da Prefeitura Municipal de Parauapebas, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), que juntos com a Confederação Brasileira de Karatê Interestilos (CBKI) estão promovendo a competição, ajudando a promover o esporte e deixando a cidade como destaque na arte marcial do Karatê.

A programação para os amantes da arte começou deste a última quarta-feira (25), quando ocorreu no próprio Ginásio Poliesportivo, um seminário com os participantes, além de um treino especial com os karatekas da cidade. Foi um pontapé inicial visando os grandes duelos que irão acontecer durante a competição. A expectativa é muito grande quanto aos atletas da cidade de Parauapebas.

Os karatecas dos 12 estados participantes irão competir em todas as faixas de graduação do Karatê: amarela, vermelha, laranja, verde, roxa, marrom e preta, além de toda a faixa etária de idade. A competição promete ser acirrada, já que os atletas estão buscando vagas para o Campeonato Brasileiro e logo em seguida, para o tão aguardado Campeonato Mundial de Karatê.

“Agradecer o nosso governo, em especial ao nosso prefeito, a oportunidade e o apoio nos dado no desenvolvimento e crescimento do esporte. Agradecer e parabenizar a todas as entidades esportivas do nosso município, pelo empenho e organização desse evento e parabenizar também pelo trabalho que vem desenvolvendo em parceria com a Secretaria de Esporte e Lazer, não só na formação de atletas e na formação de campeões, mais também na formação de cidadãos de bem e verdadeiros campeões da vida”, disse Kledson Caetano.

Por Fábio Relvas

Pará

Thiego Marques, atleta de judô paralímpico, conquistou o Troféu Rômulo Maiorana

O jovem parauapebense conquistou o prêmio na categoria com deficiência e seguiu viagem para a disputa na Turquia

Thiego Marques, judoca paralímpico da cidade de Parauapebas, foi contemplado na noite da última terça-feira (17), com o Troféu Rômulo Maiorana, uma das maiores premiações do segmento esportivo da região norte do Brasil. A noite de gala ocorreu no teatro Maria Sylvia Nunes, que é um teatro governamental, localizado no complexo cultural Estação das Docas, em Belém.

Pela primeira vez, o judô de Parauapebas e região foi o grande vencedor de uma premiação de tamanha importância. O evento que chegou em sua 24ª edição, trouxe 19 categorias neste ano, entre modalidades convencionais e especiais. Thiego Marques já havia sido indicado em outras duas ocasiões, mas sem receber a premiação. A sua boa performance na temporada passada, ajudou o judoca a conquistar o troféu tão desejado.

“Pela 3ª vez indicado, dessa vez fui contemplado. Agradeço a todos que acreditam nesse sonho, meu Sensei, Antônio Sérgio – associação AEPA – Associação Esportiva e Paradesportiva do Sul e Sudeste do Pará. A tia Ana Cecília Moreira por receber o prêmio em meu nome. Agradeço a todos que tiraram um tempinho para votar, pois foi através de vocês, que pude trazer tal conquista para o judô de Parauapebas”, declarou Thiego, em uma de suas redes sociais.

O judoca nem teve muito tempo para comemorar e já que embarcou nesta quarta-feira (18) para São Paulo, onde vai se juntar a Seleção Brasileira de judô paralímpico para a disputa da Copa do Mundo. A seleção conta com medalhistas como Lúcia Araújo, Antônio Tenório da Silva, Alana Maldonado , Wilians Araújo e da jovem atleta Rebeca Souza. A delegação conta também com os técnicos Alexandre Garcia e Jaime Bragança. A seleção foi formada em São Paulo para depois seguir viagem já na madrugada de quinta-feira (19), para a cidade de Antalya na Turquia, onde acontecerá a Copa do Mundo de judô paralímpico. No dia 22, a disputa será no individual, e no dia 23 por equipes. Nos dias seguintes 24 e 25, os atletas da seleção participarão de treinos com judocas de outros países e no dia 26 retornam para o Brasil.

A competição na Turquia vale pontuação no ranking mundial. O judoca Thiego Marques está de olho no pódio para pontuar bem e sonhar em sua participação nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em 2020.

Confira a lista completa de vencedores do TRM 2018

Categorias principais

Atletismo: Oane Nazaré Pantoja, da Associação Desportiva Cori.
Combates Esportivos: Krom Shimizu Cunha, do Cunha Jiu-Jitsu Team.
Desportos Aquáticos: André Luiz Cartagenes de Oliveira, da Tuna Luso Brasileira.
Esporte Escolar: André Luiz Cartagenes de Oliveira, da Tuna Luso Brasileira.
Esporte Universitário: Milton Rafael Ribeiro, do Instituto Federal do Pará (IFPA).
Futebol de base: Irley Maria Granhem Lopes, do Osasco Audax.
Ginástica: Mário Antônio Júnior, do Centro de Ginástica do Pará.
Handebol: Silvestre Neto, do Carajás Handebol Clube.
Modalidades em desenvolvimento: José Rafael Brito, da Federação Paraense de Surf.
Remo: Victória Azevedo, do Paysandu.
Tênis de Mesa: Sérgio Luiz Rodrigues, do Cabana Clube.
Voleibol: Adriano Assunção, do Clube do Remo.

Categorias especiais

Atleta com deficiência: Thiego Marques, do Judô Paralímpico.
Árbitro do ano: Célia Maria Santos, da ginástica.
Treinador do ano: Wilson Flávio Caju, do All Star Rodas.
Esporte Responsa: Instituto Rosa dos Ventos, de Abaetetuba.
Federação do ano: Federação Paraense de Futebol Americano.
Personalidade Esportiva: Fernando Oliveira (in memorian).
Atleta do ano: Krom Shimizu Cunha, do Cunha Jiu-Jitsu Team.

Parauapebas

Esporte: fundada em Parauapebas a ACOPER – Associação de Corredores de Parauapebas e Região

A entidade, sem fins lucrativos, tem como objetivo a fomentação e o desenvolvimento do esporte de corrida na região.

Ontem, 24, foi fundada em Parauapebas a Associação de Corredores de Parauapebas e Região – ACOPER. A entidade, sem fins lucrativos, tem como objetivo a fomentação e o desenvolvimento do esporte de corrida na região.

É a primeira associação em Parauapebas criada para estes fins e é fruto do trabalho de conscientização feito pelo grupo de Corrida Corredores de Rua de Parauapebas, bastante conhecido na cidade. A ACOPER visa integração de todos os atletas de corrida, independentemente se amadores ou profissionais e busca garantir o engrandecimento do esporte na cidade e região, incentivando eventos esportivos e apoiando seus associados.

A primeira diretoria eleita, para o biênio 2018/2019, foi composta por Robervaldo Vieira de Freitas (presidente), Dagma Rodrigues Trevisan (Vice-Presidente), Natália Penha Lopes Guterres (Secretária), Raquel Tardelli Pavan (Tesoureira ), Osvaldo Silva Junior  (Diretor Social e de Eventos), Bruno Rafael Costa Cunha (Diretor de Comunicação), Giuvan Pantaleão de Sousa Albuquerque (Diretor Técnico e Esportivo), e Jorge Nelson Ribeiro da Costa Júnior (Diretor Jurídico ).

Também foi eleito os membros do Conselho Fiscal: Erika Fabiane de Carvalho, Gedi Fialho dos Santos, e Thalys Cordeiro Silva. E Membros Suplentes, Pedro Saraiva da Costa, Fernando Hericles Silva Araújo, e José Raimundo Rodrigues Sampaio.

A Assembleia Geral de fundação da ACOPER contou com a participação de vários atletas e interessados, que após a finalização dos trabalhos de instalação da associação comemoraram o nascimento da instituição com um suculento coquetel.

Eldorado do Carajás

Prefeito Célio Boiadeiro assina convênio pelo incentivo do esporte e lazer da população

Recursos foram alocados para a construção de uma quadra poliesportiva, academia ao ar livre e pista de caminhada na cidade

Ocorreu, na manhã desta quarta-feira (21), no município de Eldorado do Carajás, a assinatura de um convênio com a Caixa Econômica Federal, por parte do governo municipal, para a construção de projetos que deverão incentivar a prática de esporte e o lazer na cidade.

O prefeito de Eldorado, Célio Boiadeiro, explicou a gratidão pelo deputado federal José Priante (PMDB), que, segundo ele, foi o responsável pela disponibilização de recursos para as obras. “Somos muito gratos ao deputado por esta ajuda. Este é mais um fruto do trabalho e da parceria do governo de Eldorado do Carajás, junto ao deputado,” conclui.

O convênio foi firmado para a construção de três projetos: uma quadra poliesportiva, uma academia ao ar livre e uma pista de caminhada. Entre estes, apenas a quadra já possui local escolhido para a construção, no km 2, próximo ao Posto Radar 2, em frente ao hospital.

Parauapebas

Paragominas perde três pontos e recebe multa de R$ 100 pela irregularidade do atacante Fidélis

Apesar da punição do Jacaré do Norte, o Parauapebas foi mesmo rebaixado para a Segundinha do Parazão

Por Fábio Relvas

Na semana passada, antes da bola rolar para a décima e última rodada da 1ª fase do Campeonato Paraense de 2018, o Parauapebas Futebol Clube, através de seu departamento jurídico, entrou com uma ação na Federação Paraense de Futebol (FPF), contra o Paragominas Futebol Clube, alegando que o Jacaré do Norte escalou de forma irregular, o atacante Fidélis, na partida entre Independente e Paragominas, no Estádio Navegantão, em Tucuruí, válida pela primeira rodada da competição estadual.

A denúncia do Parauapebas, que brigava diretamente com o Paragominas na luta contra o rebaixamento para a Segundinha, foi protocolada na sede da FPF, na capital Belém, e analisada pelo presidente do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PA), Dilson José Bastos de Lemos. O resultado saiu na tarde desta quarta-feira (21), com o Paragominas sendo punido com a perda de três pontos e mais uma multa de R$ 100.

Sendo assim, apesar da punição do Jacaré do Norte, o Parauapebas Futebol Clube vai mesmo disputar a Segundinha do Parazão em outubro de 2019. O time do Gigante de Aço teria chance se no caso tivesse empatado com o Bragantino na última rodada e o Paragominas perdesse para o Paysandu, mas nenhum resultado que poderia salvar a equipe da capital do minério aconteceu. O PFC caiu para o Tubarão, por 2 a 1, e o Jacaré conseguiu arrancar um empate diante do Papão em 1 a 1.

Com menos três pontos na tabela, o Paragominas que tinha 11, acabou com 8 pontos na classificação geral do Parazão 2018. A mesma pontuação que o Parauapebas, mas o detalhe da permanência do Jacaré do Norte na elite do futebol paraense é pelo fato de ter conquistado duas vitórias, contra apenas uma do Gigante de Aço. O critério de vitórias, segundo regulamento, é o primeiro para desempate.

“Mesmo com a perda dos três pontos do Paragominas não muda mais a história, o PFC já está na segunda divisão. Essa causa era praticamente ganha, mas não reverte mais em nada a situação e ontem praticamente já estava definido que o Paragominas iria perder três pontos. Mas estamos esperando o veredito hoje que ficou de sair às 17h e estamos aguardando o retorno do advogado”, afirmou Pedro Neto, vice-presidente do Parauapebas.

O Blog do Zé Dudu procurou a Federação Paraense de Futebol e o Paragominas Futebol Clube, mas ambos não se pronunciaram sobre o caso.

Canaã dos Carajás

Esporte: De Canaã dos Carajás, Luan Castro é destaque internacional

Canaense Luan é atleta de jiu-jitsu, tem apenas 9 anos e já é campeão mundial de sua categoria

Luan Castro tem apenas nove anos de idade e um currículo invejável no esporte. Atual campeão mundial de jiu-jitsu na sua categoria, Luan mantém uma rigorosa rotina de treinamentos diários. O garoto já é considerado por muitos um dos maiores atletas da história do município. Tudo isso por conta dos inquestionáveis resultados. Em três anos como profissional, Luan se tornou bicampeão brasileiro, bicampeão maranhense, sul-americano e mundial. Tanto talento assim já chama a atenção dos moradores da cidade onde nasceu.

No último dia 10 de março, Luan foi condecorado com a honra de atleta destaque no prêmio Mais-Mais promovido pelo Record TV de Canaã dos Carajás. Após pesquisa popular, o nome do jovem foi apontado como o atleta destaque de 2017. O reconhecimento, no entanto, parece não mexer com o ego do jovem lutador. Bom atleta, bom aluno e bom filho, de acordo com o pai Junior Castro, o garoto coleciona boas notas na escola e um bom comportamento dentro de casa.

Em entrevista, o jovem afirmou que o esporte mudou a sua vida: “Muita coisa mudou em mim graças ao esporte. Aprendi a ter mais disciplina, mesmo já tendo antes, aprendi a ter mais. As minhas notas melhoraram, tenho mais foco nos meus objetivos.”

Luan também falou sobre os planos para o futuro: “O meu sonho é chegar até a faixa vermelha, que é a última do jiu-jitsu. Depois disso, penso em mudar de esporte, mas só vou fazer isso depois que terminar todas as etapas desse. Também sonho em disputar um dia as Olimpíadas.”

Sobre o cotidiano de treinos, o atleta explicou que se levanta todos os dias às 06 da manhã para a aula que começa às 7. Duas vezes por semana treina à tarde no projeto NIES, da FUNCEL, e treina todos os dias à noite com a Equipe Vilhena, no CT do mestre Gleisson Melo.

Já em 2018, no mês de fevereiro, em uma competição no Maranhão, com atletas de toda a região, Luan foi campeão lutando com atletas de 11 e 12 anos. Ao todo, em sua carreira já são 42 títulos acumulados em competições por todo o Brasil. Luan já se prepara para defender nos próximos meses o título de campeão mundial, sul-americano, pan-americano e brasileiro. Com tanta garra e disposição, quem pode duvidar que esse garoto pode chegar longe no esporte?