Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Marabá

Sindicato Rural de Marabá vai ajudar financeiramente músico baleado durante a 31ª Expoama

O tiro foi disparado por um policial militar

Por Eleutério Gomes – de Marabá

O Sindicato Rural de Marabá, por decisão da diretoria, decidiu ontem, terça-feira (18), que vai destinar ajuda financeira ao músico Johnny Lima da Silva, mais conhecido como “Johnny Balada”, durante seis meses. Ele foi ferido à bala na madrugada do último sábado (15), penúltimo dia da 31ª Expoama, na ocasião do show de lançamento de uma rádio FM na cidade, no Parque de Exposições.

O autor do tiro, cujo projétil atravessou as alças intestinais do músico, foi o policial militar Rodrigo Soares Cordeiro, que serve no 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e estava de folga. Segundo ele, o disparo foi acidental.

A confusão aconteceu por volta das 3h da madrugada quando, segundo o boletim de ocorrência registrado na 21ª Seccional Urbana de Marabá, três desconhecidos partiram para cima de Cordeiro na tentativa de tomar-lhe a arma. Um deles, inclusive, quebrou uma garrafa de cerveja no rosto do PM, atingindo o olho esquerdo do policial.

Ante a agressão e em desvantagem, ainda segundo seu depoimento, Cordeiro sacou a arma e aí aconteceu o disparo, não se sabe de proposital ou acidental, acertando o percussionista, que estava acompanhado da mulher dele, Delmaires Ferreira. No meio do tumulto formado, os agressores aproveitaram para fugir; o PM, que se entregou espontaneamente à Polícia Rodoviária Federal, foi levado ao Distrito Policial; e Johnny Lima da Silva transportado ao Hospital Municipal pelo SAMU, onde passou por uma operação de emergência para retirada da bala.

Autuado como autor de lesão corporal grave, o PM foi liberado após audiência de custódia e prometeu ajudar o músico dentro das suas possibilidades financeiras. Amigos de Johnny pediram ajuda para ele ontem, em redes sociais e, por fim, o Sindicato Rural solidarizou-se com o rapaz, que ficará algum tempo impossibilitado de trabalhar.

Outra versão

A versão que circulou no domingo (16), pela manhã, nas redes sociais, era de que o PM havia feito galanteios à mulher do músico e este o atacou com uma garrafa, tendo o policial atirado em seguida. Essa versão, entretanto, foi desmentida pelo advogado de Cordeiro, Odilon Vieira Neto, o qual afirmou que “os dois nem sequer se conheciam”.

Exposição

Presidente do Sindicato Rural de Marabá avalia que 31ª Expoama surpreendeu e superou as expectativas, apesar da crise no mercado do boi vivo

Nos oito leilões realizados durante a feira de agronegócios foram vendidas quase 11 mil reses e o comércio de carros, tratores e implementos agrícolas somou R$ 22 milhões em vendas

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Apesar da crise desencadeada a partir da Operação “Carne Fraca”, fazendo com que o mercado do boi vivo sofresse um forte abalo em todo o País, a 31ª Expoama (31ª Exposição Agropecuária de Marabá) superou as expectativas do Sindicato dos Produtores Rurais. Essa é a avaliação do presidente da entidade, o pecuarista Antônio Vieira Caetano, mais conhecido com Neném do Manelão, ao fazer o balanço da feira de agronegócios durante coletiva na manhã desta segunda-feira (17).

Segundo ele, nos oito leilões que ocorreram durante a exposição foram comercializadas 10.830 reses, totalizando a cifra de R$ 12 milhões. O volume de negócios, nos estandes de equipamentos agrícolas, tratores e veículos somou R$ 22 milhões, “superando as vendas de 2016”. E a média de público nos nove dias e noites de evento foi de 13 mil pessoas, contabilizando quase 120 mil visitantes.

Questionado acerca da cobrança de estacionamento, pela primeira vez, no Parque de Exposições, Neném disse que foi justamente o temor de que os negócios não decolassem que fez com que este ano houvesse cobrança. “Naquela ocasião [antes da Expoama], o sindicato não disponibilizava de recursos. Hoje, segunda-feira, nós temos de pagar R$ 400 mil para as mais de 150 pessoas que prestaram serviços no parque e não tínhamos previsão de caixa”, explicou o presidente do Sindicato Rural. Porém, ainda segundo ele, quem pagou os R$ 20 pelo estacionamento teve a garantia de que seu veículo estava bem guardado, com segurança. “A empresa que estava no estacionamento tem seguro e tudo mais. Então, na hipótese de algum veículo ser roubado, o proprietário teria outro de volta”, justificou.

Sobre a avaliação do que a Expoama representa para a cidade, Neném do Manelão disse que é um evento que movimenta o comércio, a rede hoteleira e faz circular mais dinheiro que o Natal e o Ano Novo.

Reeleição

Com dois anos e meio à frente do Sindicato Rural de Marabá, Neném promoveu mudanças importantes: reformou totalmente a estrutura física do Parque de Exposições “José Francisco Diamantino”, num investimento de R$ 12 milhões, construiu o estacionamento, trabalhou em benefício dos sindicalizados, conseguiu suspender a cobrança do Funrural atrasado, trabalhou e conseguiu baixar a pauta do boi para fora do Estado e a alíquota, a partir de 1º de agosto, terá importante redução, conforme ficou acertado há 60 dias em reunião com o Governo do Estado.

Indagado se, diante dessas realizações, pretende de candidatar à reeleição, em outubro deste ano, ele disse que está amadurecendo a ideia, mas tem a sensação do dever cumprido.

Marabá

Justiça proíbe venda de ingressos tipo “passaporte” para a 31ª Expoama e MP adverte quanto a trabalho infantil e venda de álcool para menores

Quem comprou o pacote de ingressos concorreria a oito motos em um carro sorteados em bingo, considerado pelo Judiciário jogo de azar

Por Eleutério Gomes – de Marabá

A Justiça Estadual proibiu a venda de ingressos para a 31ª Expoama (Exposição Agropecuária de Marabá) na modalidade “passaporte”, em que o interessado compra um pacote com entradas para as nove noites do evento e ganha uma cartela de bingo para cada noite. Nas oito primeiras noites de feira agropecuária, 0 visitante concorreria a uma motocicleta e, na última, a um carro. Segundo o Judiciário, bingo é jogo de azar, portanto, proibido no País.

Na manhã desta terça-feira (4), o Sindicato Rural de Marabá, promotor do evento, que acontece de 8 a 16 próximos, expediu nota ao público orientando que quem comprou o “passaporte” dirija-se ao posto de venda onde adquiriu o pacote para ser reembolsado do valor pago.

A 31ª Expoama abre na manhã de sábado (8), com a já tradicional Cavalgada que começa na Rodovia Transamazônica, à altura do aeroporto, e segue até o Parque de Exposições. Segundo o Sindicato Rural, cerca de 30 comitivas confirmaram participação, reunindo aproximadamente dois mil cavaleiros e amazonas.

Ainda na noite de sábado, acontece o show de abertura com a cantora Márcia Filipe. Na nota, o Sindicato afirma que a programação da Expoama não sofreu alterações.

Ministério Público

Ontem, segunda-feira (3), as promotoras de Justiça Alexssandra Muniz Mardegan e Ana Luiza Noronha Lima se reuniram com organizadores e comerciantes que vão trabalhar na 31ª Expoama para fazer duas advertências: a primeira quanto à proibição de venda de bebidas alcoólicas para menores; e a outra quanto à exploração do trabalho de menores durante a feira.

Alexssandra Mardegan disse que a venda de álcool a menores é infração penal e, diante disse, também advertiu os comerciantes quanto a adolescentes que tentarem usarem documentos falsificados em bares e restaurantes, fingindo serem maiores de idade. A promotora orientou que, detectada essa situação, a polícia deve ser avisada imediatamente.

Ela advertiu ainda que portaria do Judiciário estabelece a idade mínima de 15 anos para permanência nos shows e assim mesmo acompanhados por pais ou responsáveis. Quem insistir em permanecer no show com o filho menor de 15 anos será encaminhado ao Conselho Tutelar.

Os comerciantes também foram advertidos a não contratarem mão de obra menor de idade nem a levarem seus filhos para ajudar nas tarefas do estabelecimento uma vez que isso caracteriza trabalho infantil.

Eventos

Marabá: Concurso Rainha Expoama 2017 tem cinco candidatas

O baile acontece no próximo dia 3 de junho, antecedendo a feira de agronegócios, que ocorre de 8 a 16 de julho

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Antecedendo a 31ª Expoama (Exposição Agropecuária de Marabá), que ocorre de 8 a 16 de julho próximo, o Prorural (Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá) promove no próximo dia 3 de junho o concurso Rainha Expoama 2017, que este ano reúne cinco concorrentes, em baile no Parque de Exposições “José Francisco Diamantino”. O título será disputado pelas candidatas: Jaqueline Nascimento, Lynda Sousa, Gabriela Rodrigues, Jaqueliane Rosa e Wynne Costa, que representam empresas comercais de Marabá.

Cinco jurados, sorteados na hora do concurso de beleza, escolherão a vencedora, segundo a organizadora do evento,Thays Caetano. “Resolvemos não fazer votação pela Internet para não expor demais as candidatas e, depois, para não haver nenhum tipo de insatisfação”, afirma ela, explicando que, de repente, os internautas escolhem uma candidata e o júri escolhe outra e isso pode gerar protestos. As candidatas farão apresentações de dança em grupo, dança individual e desfile de gala.

Expoama

Quando à 31ª Expoama, a pouco mais de dois meses para a realização da feira de agronegócios, a organização já está com praticamente tudo pronto para o evento.

De acordo com Arlindo Odice Neto, coordenador-geral, da Expoama, este ano a exposição terá 180 estandes, entre expositores de vários segmentos e praça de alimentação, 10 leilões de gado de elite, rodeio, concursos, cursos ministrados pelo pessoal do Senai e palestras sobre agronegócios e produção rural.

Este ano as atrações da Expoama serão Márcia Felipe, dia 8; Som e Louvor, dia 11; Jorge e Mateus, dia 12; DJ Jesus Luz, dia 13; Pablo do Arrocha, dia 14; Otávio Vip Sacode, dia 15; e Show Infantil Nacional, dia16. Nos dias 9 e 10 haverá shows com atrações regionais.

“Como o nosso ramo, o da agropecuária, é um dos poucos que não vem sendo muito atingido pela crise, este ano esperamos fechar aproximadamente R$ 35 milhões em negócios”, antecipa Arlindo Neto, que anunciou uma novidade para os frequentadores da 31ª Epoama: quem adquirir o passaporte para os nove dias de exposição, a cada dia receberá uma cartela de bingo para concorrer a uma motocicleta. “Serão sorteadas oito motos e um carro”, concluiu ele.

Marabá

Contagem regressiva para Expoama 2015. As duplas Zezé Di Camargo & Luciano e Edson & Hudson serão as principais atrações

Quem gosta de festa boa já começou a contagem regressiva para Expoama 2015, a maior festa agropecuária do Pará. A 29ª edição da Expoama começará no dia 4 de julho e encerrará dia 12. O Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá promete que essa edição será uma das melhores dos últimos tempos e, por isso, já fechou a programação do evento que contará com a Grande Cavalgada, shows de cantores nacionais, leilões, rodeios e diversas atrações que animarão os dias e as noites do público no mês de julho.

A previsão é de que este ano, a Expoama reúna 150 expositores dos segmentos do agronegócio, comércio, indústria, entretenimento e setores produtivos. Com apoio da iniciativa privada e do poder público, a feira realizada em Marabá está tornando-se referência no estado do Pará ao difundir tecnologias e serviços. A expectativa é de que cerca de 20 mil pessoas visitem o parque diariamente durante os 9 dias de festa.

expoama 2015

Segundo Antônio Caetano, Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá, “a Expoama 2015 já começou a aquecer o mercado. Será uma excelente oportunidade para as empresas fazerem novos negócios e divulgarem suas marcas”. Ele ressalta ainda que dado o alto volume de negócios efetuados durante o período de realização da feira, o evento tem se destacado na macroeconomia regional e no segmento do agronegócio brasileiro.

Quem for ao Parque de Exposição José Francisco Diamantino poderá visitar os stands de máquinas e de implementos agrícolas de última geração, de concessionárias de veículos, distribuidoras de combustíveis,  além de participar de shows sertanejos, leilões, rodeios, cursos e palestras. 

A expectativa dos organizadores do evento é de que sejam comercializados mais de R$ 25 milhões em negócios. A Expoama também aquece diretamente o mercado de trabalho. Mais de 1.500 empregos diretos e indiretos serão gerados. Aproximadamente 600 pessoas estarão envolvidas na realização da festa, entre organizadores das atrações e prestadores de serviços.

Grande Cavalgada

Este ano, a tradicional Cavalgada da Expoama acontecerá no dia 4 de julho. Os participantes se reunirão próximo ao Aeroporto de Marabá, às 8 da manhã. Já está confirmada a participação de 60 comitivas de fazendas de Marabá e região. Na 16ª edição do evento, o número previsto de participantes é de 2.500 pessoas entre cavaleiros e amazonas. Haverá premiação para seis categorias: Melhor Comitiva; Melhor Cavaleiro; Melhor Amazona; Melhor Cavaleiro Mirim, Melhor Cavaleiro Idoso e Melhor Carroça.  

Shows e Entretenimento

Diversão e alegria não vão faltar na Expoama 2015. Uma ampla programação foi preparada para atender vários segmentos do público.  Este ano, as atrações são:

  • No dia 4 de julho, Zezé Di Camargo & Luciano.
  • Dia 7, Noite Gospel na Expoama com repertório voltado para os estilos sertanejo e forro.
  • No dia 9, Wesley Safadão & Garota Safada.
  • Dia 10, o público assistirá Diego Ferrari.
  • Dia 11, fechando as apresentações dos cantores nacionais, Edson & Hudson.

Linhas de Crédito

Na Expoama 2015 serão disponibilizadas linhas de crédito diferenciadas que facilitarão a aquisição de máquinas e implementos agrícolas. A parceria entre o Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá e as instituições financeiras aproximarão os compradores do bem desejado, sem burocracia, já que os processos de aquisição serão facilitados, e, por isso, os preços estarão abaixo dos praticados no comércio.

Cursos e Palestras

A Expoama 2015 oferecerá também opções que agregarão conhecimentos na área do agronegócio e segmentos associados. Os cursos e palestras serão oferecidos pelo Senar – Serviço Nacional de Aprendizado Rural. Os participantes farão intercâmbios com técnicos e terão uma oportunidade a mais para se capacitar e trocar experiências, vivências e aprendizados.

Leilões

No Tatersal do parque serão realizados os tradicionais leilões da Expoama que reúnem os melhores plantéis de criadores renomados. Os leilões se destacam como força geradora de grandes negócios, garantindo rentabilidade aos produtores. Já estão confirmados quatro leilões:

  • Dia 5, acontecerão os leilões da JC Leilões e da RR Agropecuária.
  • Dia 6, será a vez da ASA Agropecuária apresentar o seu plantel.
  • Dia 8,  haverá a apresentação dos animais da ABS Pecplan & Revemar.

Marabá

Marabá: Expoama abre com público menor que o esperado

Paulo Costa – de Marabá

O público não foi o esperado para a noite de abertura da 27ª Expoama (Exposição Agropecuária de Marabá), que acontece no Parque de Exposição de Marabá. Ontem, sábado, 6, menos de 15 mil pessoas estiveram no evento, que geralmente reúne 30 mil na primeira noite.

O show de abertura também não agradou a maioria do público. O cantor sertanejo Lucas Lucco, segundo Laysa Miranda, cantou poucas canções dele mesmo e acabou desagradando muitos fãs como ela, que acabaram indo embora para casa mais cedo. “Cobraram 40 reais pra gente assistir a um show de baixa qualidade. É uma pena, porque a Expoama já foi um ótimo evento, mas agora está saturado”, avaliou a jovem, que é servidora pública estadual.

Os estandes também não tinham o público de outras edições da Feira Agropecuária considerada uma das maiores do Norte. O número de expositores também não está sendo tão expressivo como em anos anteriores, assim como as fazendas que realizam os leilões. Tanto que o Grupo Revemar está tendo de realizar leilões em dois dias para não ficar descoberto.

Até mesmo o número de shows da Expoama este ano está sendo bem menor, com apenas três artistas nacionais. O próximo será na quinta-feira, dia 11, na abertura do Rodeio, com a dupla Zé Ricardo e Tiago; e no sábado (13), Paula Fernandes se apresenta para o público. O governador Simão Jatene, que estava sendo aguardado na abertura do evento, acabou não comparecendo, frustrando a diretoria do Prorural, que promove a feira agropecuária.

De acordo com James Sena Simpson, o Jimmy, diretor do Prorural, a Expoama, nesta edição, inicia um novo ciclo. “Faremos uma reformulação tanto no sindicato quanto na Expoama. Brevemente a barreira do Tocantins será extinta, o Pará passa a ser zona livre de aftosa e isso vai enriquecer muito as exposições aqui do sul e sudeste paraense, que estavam prejudicadas porque o gado do Nordeste não podia vir para cá. Agora já pode participar”, comemora Jimmy.

A pretensão do Prorural, em médio prazo, segundo ele, é transformar a Expoama num evento internacional. “No Brasil, hoje só existem três feiras internacionais. Outra feira que tem total condição de se tornar internacional seria a nossa, porque o estado do Pará é exportador de gado, carne, minério etc”, explica.

Menos atrações

Sobre a menor quantidade de shows, Jimmy esclarece que a direção do Prorural, por respeitar a condição financeira do povo de Marabá, resolveu optar pelas atrações contratadas. “Não adianta querermos trazer show todo dia porque as pessoas não dão conta de ir ao parque”, opina Jimmy, acrescentando que o objetivo é continuar com a tradição para a população carente poder participar da Expoama.

Em relação ao volume de negócios a serem fechados ao longo dos nove dias de Expoama, o Prorural estima que deverá ser na ordem de R$ 25 milhões, incluindo os negócios através de financiamentos em bancos. “Mas a feira é também uma vitrine de bons negócios para o futuro”, contemporiza.

Serão realizados oito leilões ao longo da 27ª Expoama, além de outros três ocorridos na véspera do evento.

Marabá

Marabá: negócios na 27ª Expoama devem girar em torno de R$ 25 milhões

Por Paulo Costa – de Marabá

Ainda nem começou e a direção do Prorural (Sindicato dos Produtores Rurais de Marabá) já projeta o volume de negócios na 27ª EXPOAMA (Exposição Agropecuária de Marabá). A expectativa é que sejam realizados negócios na ordem de R$ 25 milhões, sendo R$ 10 milhões através de financiamentos do Banco da Amazônia. A Expoama 2013 vai acontecer no período de 6 a 14 de julho, no Parque de Exposições de Marabá.

O presidente do Prorural, Antônio Miranda Sobrinho, o Mirandinha, observa que o evento já consolidado tem como foco a difusão de tecnologias nas áreas de atuação, especialmente do agronegócio, comércio, indústria, serviços e entretenimento. “Será uma grande oportunidade para geração de negócios, através do lançamento de produtos e serviços, exposição de animais de alto valor genético, alternativas para a agroindústria, além da prospecção de novos clientes e parceiros. A feria também exerce uma forte atuação macro econômica regional, além de ser a maior vitrine do agronegócio do nosso estado”, avalia Mirandinha.

Ele ressalta ainda, que o grande diferencial para o crescimento do evento é sem dúvida a cidade de Marabá, onde o expositor encontra um ambiente ideal para expor os seus produtos, e ao mesmo tempo uma cidade com diferentes características para recepção dos visitantes.

Shows, rodeio e entretenimento também são característicos da Expoama. Conhecida por apresentar atrações de qualidade, a feira conta com uma agenda de shows com artistas de renome, atraindo um público potencial. Também apresenta um interativo parque de diversões para alegrar e divertir os mais variados públicos, além de um rodeio bastante competitivo.

No dia 6, a grande atração musical é o canto Lucas Lucco; na abertura do rodeio, dia 11, o show fica por conta da dupla sertaneja Zé Ricardo e Thiago. No dia 13, a grande estrela do espetáculo será a cantora Paula Fernandes. Onze leilões deverão movimentar a feira, do dia 7 a 14 de julho.

error: Conteúdo protegido contra cópia!