Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

418 jovens formados em Canaã são contratados no S11D

A turma de capacitação começou há dois anos e fez parte dos programas ofertados pela Vale voltados para a formação de mão de obra local para atividades na mina, usina e manutenção.

O total de 418 jovens capacitados em Canaã pelo programa de trainees de nível médio e técnico acaba de ser efetivado pela Vale para trabalhar no Complexo S11D Eliezer Batista. Entre eles, Romildo Queiroz da Silva, 20 anos, morador da Vila Planalto, zona rural da cidade, é uma das mais novas contratações da unidade de mineração de ferro, que entrou em operação no município em dezembro do ano passado.

A turma de capacitação começou há dois anos e fez parte dos programas ofertados pela Vale voltados para a formação de mão de obra local para atividades na mina, usina e manutenção. A oportunidade de contratação veio com a abertura de vagas e após avaliação da competência demonstrada pelos alunos nas fases teórica e prática.

Entrevistado ainda na primeira aula da turma, Romildo disse que iria se empenhar e que para o futuro desejava fazer o curso e crescer junto com a empresa. O esforço valeu a pena. Após cerca de dois anos de treinamento, ele foi contratado como laboratorista e comemora a contratação. “Para mim representa um desafio vencido, me dediquei, sinto felicidade e meus pais também de ver seu filho crescer na vida na região”, revela Romildo.

Além dos programas de formação profissional, um conjunto de iniciativas foi executado pela Vale, por meio do Complexo S11D em Canaã, em apoio ao desenvolvimento do município, como construção de escolas.  “Esta ação demonstra mais uma vez nosso compromisso com o crescimento da cidade, por meio das obras realizadas e da nossa contribuição na capacitação de profissionais para iniciarem suas atividades com maior competividade, na geração de trabalho e renda e no aumento na arrecadação municipal”, conclui o Diretor de Operações Ferros Serra Sul, Josimar Pires.

Portas de Entrada

A Vale desenvolve programas chamados Porta de Entrada. O objetivo é desenvolver  mão de obra qualificada por meio do acesso ao ensino. O Programa de Formação Profissional (PFP trainees) é um dos principais, para preenchimento das posições operacionais e técnicas da Vale e é voltado para a formação de jovens, com no mínimo 18 anos, moradores de comunidades próximas às áreas onde a Vale atua.

Na formação teórica, o trainee tem vínculo com a instituição de ensino, no caso o parceiro é o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Na prática, cuja duração máxima é um ano, ele possuí um contrato com a empresa.  A preparação poder ser operacional ou técnica, para jovens com  ensino médio completo ou ensino técnico completo, respectivamente.

Parauapebas

Senai já formou mais de 7 mil pessoas em Parauapebas em 2015

Por W. Costa – Da Redação

Apesar de uma grande queda na quantidade de pessoas formadas pelo Senai – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – em relação ao ano passado, em 2015 o órgão já atendeu 7. 562 pessoas, que receberam capacitação e formação em Parauapebas. A queda, que é quase metade com relação ao ano passado, segundo os relatórios do Senai, é resultado da crise econômica que se instalou em todo o país e naturalmente atinge a cidade que tem a mineração como principal matriz econômica.

Essa queda no atendimento, apesar de suas proporções, não é motivo de grande preocupação se considerarmos que o Senai de Parauapebas continua sendo o que mais forma pessoas para o mercado de trabalho em todo o Estado do Pará. A diminuição da procura é reflexo da redução considerável de contratações nas empresas do município, que está diretamente ligada à queda do preço do minério de ferro, carro chefe da economia do município.

O Senai trabalha hoje com cinco modalidades de formação, sendo nas áreas de Aperfeiçoamento, voltado para profissionais que buscam melhorar e ampliar seus conhecimentos em diversas áreas; aprendizagem, para quem está iniciando a vida profissional; qualificação profissional, e formação técnica. Este último é a principal modalidade, com cursos voltados principalmente pro setor mineral.

IMG-20151028-WA0026. [downloaded with 1stBrowser] (1)

Em conversa com o Blog, o diretor da instituição Luiz Alberto Teixeira Pinto Junior garantiu que apesar da queda na procura por cursos este ano, o Senai de Parauapebas ainda está acima da média no Estado e já é um dos polos que mais forma em toda a região norte. “Nós estamos com uma queda considerável na procura por formação desde o início do ano, mas nossa média ainda é alta e acreditamos que deve se manter nesse nível. O Senai trabalha hoje com investimentos na melhoria do nosso atendimento e em tecnologia. Acreditamos que voltaremos a atender nos níveis de anos anteriores em breve”, garante

O Senai tem hoje, em Parauapebas, mais de 300 tipos de treinamento em capacitação e formação de profissionais, nas mais diversas áreas, como alimentação e bebidas, automação automotiva, construção civil, couro e calçados, educação, eletroeletrônica, eletromecânica, energia gestão, madeira e mobiliaria, metal mecânica, mineração, segurança no trabalho, refrigeração e climatização, tecnologia da informação, têxtil e vestuário, transporte, meio ambiente e processos industriais.

Toda essa grade de cursos está à disposição da comunidade de Parauapebas e região, e, segundo o diretor, o Senai está trabalhando para ampliar ainda mais, e os investimentos futuros serão principalmente no setor tecnológico. “Precisamos olhar para o futuro e o Senai tem clareza que precisamos acompanhar a tendência mundial que é o investimento em tecnologias. Nós acreditamos fortemente no desenvolvimento dessa região e o mercado tecnológico irá impulsionar isso. É com esta visão que estamos fazendo investimentos voltados para formar e capacitar profissionais para atender esse mercado”, disse Luiz Alberto

Este ano o Senai completa dez anos de fundação em Parauapebas, tendo formado milhares de profissionais. Adriana Silva, que foi aluna do curso de técnico em segurança do trabalho, disse que depois que se formou jamais ficou desempregada e que as portas do mercado de trabalho se abriram. “Depois que fiz o curso no Senai minha vida mudou muito, estou empregada deste que terminei e as oportunidades que tenho hoje são cada vez melhores” afirma.

Há hoje no Senai Parauapebas, segundo nos informou o diretor, uma grande quantidade de cursos e treinamentos gratuitos à disposição da comunidade, mas a procura tem sido pouca. “Temos aqui inúmeros cursos que são gratuitos e, talvez por falta de informação, nós temos muita dificuldade pra fechar essas turmas por falta de interessados.”

S11D

Vale prepara mais 600 jovens para o S11D

Aula inaugural reuniu 627 participantes do Programa de Formação Profissional

Um total de 627 jovens, residentes no município de Canaã dos Carajás, formam a primeira turma de trainees técnicos-operacionais para o Projeto Ferro Carajás S11D.  Por meio do Programa Formação Profissional (PFP), eles serão preparados para atuar futuramente nas operações de mina, usina e manutenção do S11D. O projeto está previsto para iniciar operação em 2016.

Segundo o diretor de Operações Ferrosos Serra Sul, Alexandre Campanha, o interesse da Vale é absorver o máximo possível de mão de obra local. “O nosso desejo hoje é ver esses jovens empregados em nossas operações. Com esta iniciativa, mais uma vez demonstramos o nosso compromisso com o desenvolvimento regional, gerando ensino, emprego e renda simultaneamente”, destaca Campanha.

O Programa de Formação Profissional é dividido em duas etapas. A primeira teórica terá duração de três a cinco meses, com capacitação em horário integral, realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai). Nesta fase, os participantes recebem bolsa incentivo no valor de R$ 600, para profissionais de nível operacional e R$ 900, para nível técnico. A fase prática será exercida durante um ano dentro das áreas de atuação na própria Vale. Nesta etapa, eles serão contratados e também usufruem de todos os benefícios oferecidos pela empresa.

Diretor da Vale, Alexandre Campanha destaca compromisso com a região na aula inaugural

Segundo a gerente de Educação, Magda Damasceno, o índice de efetivação fruto do programa de Formação Profissional para trainees técnico-operacionais chega a ser superior a 80%. “São três pontos principais que asseguram esse grande percentual de absorção. Primeiro: a participação e o desempenho do aluno na fase teórica; segundo: a assiduidade; e terceiro: o comportamento tanto na instituição de ensino quanto na empresa, demonstrando iniciativa, capacidade de trabalho em equipe e o interesse em aprender, fazer carreira e atuar na empresa”, destaca Magda. 

Oportunidade

Presente à aula inaugural, o prefeito Jeová Andrade destacou que o projeto é uma grande oportunidade para os jovens de Canaã. “É mais uma iniciativa que vem valorizar as pessoas de nossa cidade”, declarou o prefeito.  O programa mobilizou ainda jovens residentes em vilas próximas ao empreendimento, como Ouro Verde, Feitosa, Planalto e Bom Jesus.

Romildo Queiroz, da Vila Planalto, município de Canaã, vibra com a seleção para trainee

O jovem de 19 anos, morador da Vila Planalto, Romildo Queiroz da Silva diz se sentir um vitorioso. “Hoje moro quase na porta da empresa, e surgiu esta oportunidade. Me sinto praticamente um vitorioso, foram muitas pessoas inscritas e agora eu estou aqui. Só a Vale mesmo para abrir tantas oportunidade para ensinar a pessoa a estudar, empregar a pessoa. Para o futuro, quero fazer esse curso e outros e crescer junto com a empresa”, conclui.

Além do Programa de Formação Profissional, a Vale vem promovendo treinamentos para inserção de mão de obra local no Projeto Ferro Carajás S11D. Somente, no período de 2011 a 2014, mais de 2.500 pessoas já foram capacitadas, por meio do Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho (PPMT), voltado para a promoção de cursos de curta duração. As informações são da Assessoria de Imprensa da Vale.

Vale

Vale abre 100 vagas para jovens de Canaã dos Carajás

A Vale receberá inscrições online para o Programa Formação Profissional (PFP), entre os dias 24 e 28 de fevereiro, pelo site www.vale.com/oportunidades. São 100 vagas operacionais para mecânico, soldador e caldeireiro.

O objetivo do programa é formar mão de obra nas comunidades em que a Vale está presente, com a qualificação técnica, e promover o desenvolvimento local, por meio do acesso à educação, ao emprego e à renda. Os candidatos precisam ser maiores de 18 anos, ter concluído o Ensino Médio e residir em Canaã dos Carajás.

O programa é dividido em duas etapas. Na formação teórica, com duração de três a cinco meses, os jovens estudarão em tempo integral em instituição de ensino parceira da Vale, participando de um curso de qualificação técnica. Já na formação prática, durante seis a 12 meses, os aprovados darão continuidade ao seu desenvolvimento por meio de experiência profissional na mina do Sossego, localizada em Canaã dos Carajás.

Os participantes receberão bolsa-auxílio de R$ 600 na fase de formação teórica. Já na fase prática do treinamento, que será realizada na mina do Sossego, a bolsa é de R$ 1.250, com direito a benefícios como assistência médica e odontológica, transporte, alimentação e seguro de vida.

Processo seletivo

Após a inscrição, os candidatos passarão por outras etapas eliminatórias: prova online de Português e Matemática; entrevista coletiva; avaliação psicológica; dinâmica de grupo ou entrevista técnica com gestor; e exames médicos.

Serviço:

Inscrições online para Programa Formação Profissional – Canaã dos Carajás

Quando: de 24 a 28 de fevereiro.

Endereço eletrônico: www.vale.com/oportunidades

Educação

Primeira turma do Programa Formação Profissional inicia treinamento teórico em Curionópolis

aula_teórica_PFP_4_1As aulas teóricas dos cursos de operação de mina, operação de usina, solda, vulcanização, eletroeletrônica e mecânica começaram para os 100 novos participantes do Programa Formação Profissional (PFP) da Vale, que vão atuar nas operações do Serra Leste, em Curionópolis. A formação teórica terá a duração de dois meses, sendo seguida pela etapa prática nas áreas operacionais da Vale.

A partir do dia 3 de fevereiro estarão abertas as inscrições para 108 novas vagas nas áreas de mecânica,  eletromecânica, eletroeletrônica,  eletrotécnica, elétrica e mineração.

Vale

Vale abre 108 vagas para jovens de Curionópolis e Vila de Serra Pelada

A Vale receberá inscrições presenciais para o Programa Formação Profissional (PFP) em Curionópolis e Vila de Serra Pelada nos dias 3 e 4 de fevereiro. São 108 vagas técnicas para as áreas de Mecânica, Eletromecânica, Eletroeletrônica, Eletrotécnica, Elétrica e Mineração. Os interessados podem comparecer pessoalmente à Casa do Professor, na Avenida Nova República s/n, na Vila de Serra Pelada, ou à Escola Juscelino Kubistchek, na Rua Tucupi nº 28, em Curionópolis. Também é possível fazer a inscrição online de 30 de janeiro a 4 de fevereiro pelo site www.vale.com/oportunidades.

O objetivo do programa é formar mão de obra nas comunidades em que a Vale está presente, com a qualificação técnica, e promover o desenvolvimento local, por meio do acesso à educação, ao emprego e à renda. Para todos os postos ofertados, é necessário apresentar certificado de conclusão de Curso Técnico, RG e CPF, mas não é exigida experiência prévia.

O programa é dividido em duas etapas. Na formação teórica, com duração de três a cinco meses, os jovens estudam em tempo integral em instituição de ensino parceira da Vale, participando de um curso de qualificação técnica. Já na formação prática, durante seis a 12 meses, os aprovados dão continuidade ao seu desenvolvimento por meio de experiência profissional em uma das áreas da empresa.

Os participantes receberão bolsa-auxílio de R$ 900 na fase de formação teórica. Já na fase prática do treinamento, a bolsa é de R$ 1.477, com direito a benefícios como assistência médica e odontológica, transporte, alimentação e seguro de vida.

Processo seletivo

Após a inscrição, os candidatos passarão por outras etapas eliminatórias: provas de Português e Matemática; entrevista coletiva; avaliação psicológica; dinâmica de grupo ou entrevista técnica com gestor; e exames médicos.

Serviço

Inscrições presenciais para Programa Formação Profissional

Quando: 3 e 4 de fevereiro

Onde:

Casa do Professor – Av. Nova República, S/N, Vila de Serra Pelada 

Escola Juscelino Kubistchek – Rua Tucupi, 28, Curionópolis

Inscrições online: www.vale.com/oportunidades

Quando: 30 de janeiro a 4 de fevereiro

Vale

Vale forma 133 moradores de Parauapebas para o mercado de trabalho

Alunos comemoram o recebimento dos certificados de conclusão de curso - Crédito da foto Salviano Machado

Em evento realizado na sexta-feira (9), no Hotel Vale dos Carajás, 133 moradores de Parauapebas, sendo 44 deles da região de Palmares Sul, receberam certificados de conclusão de cursos do Programa de Preparação para o Mercado de Trabalho (PPMT).

A parceria da empresa, por meio do Projeto Ramal Ferroviário Sudeste do Pará, com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Integral Edu, formou pedreiros, carpinteiros, ajudantes de produção, cozinheiros industriais e operadores de caixa.

Com os cursos, a Vale proporciona acesso à qualificação mínima necessária para as oportunidades de emprego geradas com a implantação do Ramal Ferroviário no Sudeste do Pará. A iniciativa também atende às solicitações da comunidade de investimentos em capacitação, feitas durante as Reuniões Prévias e Audiência Pública do Projeto em 2011.           

Foto: Salviano Machado