Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Gastronomia

Festival Gastronômico de Parauapebas realiza workshop para empresários do setor

O evento foi uma oportunidade para os empresários da região melhorarem seus produtos e serviços nos restaurantes da cidade.

Empresários do ramo da gastronomia de Parauapebas participaram nesta terça-feira, 29, do Workshop “Montagem de Cardápio e Apresentação de Pratos”, que faz parte da programação do 1º Festival Gastronômico Sabores do Pará. A iniciativa é do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes de Parauapebas e Região (SEAHPAR), em parceria com a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Sebrae, Prefeitura Municipal e Partage Shopping.

A consultora do Sebrae, Odete Freitas, que ministrou o workshop, destacou o evento como uma oportunidade para os empresários da região melhorarem seus produtos e serviços nos restaurantes da cidade.

O Festival Sabores do Pará promove a divulgação da variedade da gastronomia local através do aplicativo “Sabores do Pará”.  Durante os meses de agosto e setembro são realizadas as capacitações com profissionais do segmento alimentício. Para o empresário, Jefferson Gonçalves, o festival é uma estratégia importante adotada pelo sindicato. “Esse evento busca o fortalecimento da gastronomia em Parauapebas”, conclui.

Segundo o presidente do SEAHPAR, Jânio Valadares Veras Júnior, 32 empresas participam do Festival Gastronômico. Depois do evento, o aplicativo “Sabores do Pará”, será transformado em um guia como referência dos melhores hotéis e das mais variadas opções gastronômicas de Parauapebas.

Turismo

Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) será em setembro com nova formatação

A FITA 2017 terá também a Mostra Gastronômica do Pará e a Oca do Conhecimento, com apresentação de iguarias e produtos gourmet presentes nos territórios de rotas de turismo e gastronomia.

Com um formato renovado e que promete maior interação com o público consumidor, a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) 2017 já tem data definida para ser realizado este ano. Entre os dias 21 e 24 de setembro, de 17 às 22 horas, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, a FITA reunirá a exposição de produtos e serviços de empresas de turismo e gastronomia, a Vitrine Cultural com produtos do arranjo produtivo local do programa Alimentação Fora do Lar e produção associada das rotas turísticas (Belém-Bragança, do Queijo do Marajó, do Cacau e Chocolate, do Vale do Xingu), espaço destinado ao Passaporte Pará para comercialização de destinos, rotas, roteiros e produtos turísticos do Estado, além de apresentações culturais de artistas dos seis polos de turismo paraense: Belém, Amazônia Atlântica, Araguaia Tocantins, Marajó, Tapajós e Xingu.

Entre as principais novidades pensadas e elaboradas pelo corpo técnico da Secretaria de Estado de Turismo, a fim de modernizar a feira e de colocar o evento em nova era e no mesmo patamar das mais importantes feiras de turismo nacionais, a renovada FITA terá também a Mostra Gastronômica do Pará e a Oca do Conhecimento. A Mostra terá apresentação de iguarias e produtos gourmet presentes nos territórios de rotas de turismo e gastronomia.

Já a Oca do Conhecimento promoverá eventos técnicos como seminários, fóruns, convenções, workshops e palestras, entre eles a Convenção dos Turismólogos, Seminário de Cooperação Pan-Amazônica para desenvolvimento do turismo e gastronomia, Oficina Culinária de Embutidos e Defumados, reunião do Fórum Técnico de Indicação Geográfica e Marcas Coletivas do Estado do Pará, workshop de inovação em Design Thinking, cases de sucesso da atividade turística, entre outros, envolvendo empresários do trade, profissionais do setor e gestores públicos, trocando experiências e conhecimentos para desenvolvimento da atividade turística paraense.

Ir até o consumidor final é o objetivo principal da nova FITA, fugindo dos modelos tradicionais para criar um ambiente atrativo e de interação entre público e quem vende, seja produtos, serviços ou conhecimento. “É o que pretendemos para a Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) em sua próxima e renovada versão. Mais do que conquistar, é preciso encantar o consumidor”, afirma o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.

Feiras tem a capacidade de mobilizar e promover uma grande circulação de pessoas e com isso gerar receita para praticamente todas as atividades transversais do turismo, como as redes de hotéis e restaurantes, agentes de viagens, transportadoras turísticas, companhias aéreas, centros de convenções, logística, etc. Um estudo do Sebrae, de 2013, o II Dimensionamento Econômico da Indústria de Eventos no Brasil revela que o setor movimentou R$ 209,2 bilhões, o que representa uma participação de 4,32% do PIB do Brasil.

Seminários Regionais – Para promover a FITA e mobilizar os atores envolvidos com a cadeia produtiva da atividade turística, a Setur está realizando Seminários Regionais para a apresentação do projeto FITA 2017 nos seis polos de turismo do Estado, com a parceria da Faciapa e associações comerciais locais. O primeiro seminário foi no último dia 13 deste mês, em Soure, no polo Marajó. Nesta segunda-feira (19), ocorre o segundo em Salinópolis, no Hotel Solar, cidade do polo Amazônia Atlântica. Já na próxima quarta-feira (21) quem recebe o evento de mobilização é o Tapajós, no auditório da Associação Comercial de Santarém.

“Todo esse trabalho que vem sendo desenvolvido pelas gestões públicas, quer do Estado quer seja dos municípios, e pelo empresariado, será mostrado muito brevemente na FITA. É importante que os polos turísticos possam se preparar para participar deste evento, estão todos sendo convidados, para que o Pará possa ver na realidade de uma forma bem objetiva tudo que é oferecido na economia do turismo”, conclui Adenauer Góes.

Parauapebas

Evento discute qualidade dos serviços de hospedagem em Parauapebas

image

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) e o Sindicato das Empresas de Hospitalidade de Parauapebas e Região (SEAHPAR) promovem a 22ª edição do Encontro FBHA em Parauapebas. O evento irá discutir a excelência na qualidade em serviços para os segmentos de hospedagem e será realizado na próxima quarta-feira, 9, no auditório do Hotel Vale da Serra, Cidade Jardim.

A programação, que inclui um workshop gastronômico com aula show, conta ainda com palestras sobre questões jurídicas que impactam a competitividade das empresas, eficiência energética e redução de custos com energia elétrica. O público alvo do evento é formado por empresários, gerentes, gestores, cozinheiros e chefs de cozinha.

As vagas são limitadas e as inscrições terminam nesta segunda-feira, 7. As empresas associadas têm direito a enviar dois participantes gratuitamente. Quem não for associado e quiser participar deverá pagar uma taxa de R$ 100,00.

Parauapebas

FBHA e SEAHPAR promovem encontro voltado para qualidade dos serviços de hospedagem e alimentação

Encontro SEAHPARNo dia 24 de fevereiro, no auditório do Hotel Vale da Serra, em Parauapebas, acontece o “Encontro FBHA – Excelência na Qualidade em Serviços para Hospedagem e Alimentação”. O evento, promovido pela Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), será organizado pelo Sindicato das Empresas de Alimentação e Hospitalidade de Parauapebas e Região (SEAHPAR), entidade que representa a classe no município.

De acordo com o presidente do SEAHPAR, Janio Valadares, durante o período da manhã acontecerão palestras e debates referentes às áreas de hospedagem e alimentação. “À tarde, teremos uma oficina gastronômica para funcionários de cozinha com a presença de um chefe de cozinha de São Paulo”, explica. Janio diz ainda que o encontro será gratuito para os cerca de 70 associados do sindicato, mas que vagas serão disponibilizadas para quem não faz parte do grupo. Esses últimos deverão pagar uma taxa para participar do evento.

Segundo o FBHA, o encontro é uma ótima oportunidade de negócios para prospecção de informações, em um cenário que favorece a prática entre os participantes.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (94) 98122-7625 ou pelo e-mail: seahpar@hotmail.com

Pará

Hotelaria: Rede Vivence inaugura em dezembro nova unidade no Pará

A Rede Vivence Hotéis, referência em administradora hoteleira do Centro-Oeste, acaba de anunciar mais um novo empreendimento em Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará. Trata-se do Vivence Express Hotel, já em fase final de construção e com inauguração prevista para dezembro de 2014.

O município irá sediar o Projeto Ferro Carajás S11D, o maior da indústria mundial de minério de ferro. Com isso, o empreendimento receberá a bandeira do grupo e atenderá os profissionais atualmente locados na região em função do projeto S11D, uma iniciativa da mineradora Vale. Canaã dos Carajás ainda sedia a Mina do Sossego, empreendimento que também pertence a Vale e que explora cobre na região.

“É uma área com um incrível potencial de desenvolvimento, que deve se acentuar a partir de 2016, ano previsto para o início da operação do S11D”, analisa Vanessa Pires Morales, diretora da Rede Vivence.

O Vivence Express Hotel disponibilizará 103 apartamentos divididos nas categorias Standard, Premium e Master, restaurante, sala para a realização de eventos, área de lazer com sauna, piscina e fitness center. A nova unidade consumirá R$ 10 milhões.

“Agregar a região norte ao nosso portfólio é muito significativo para o crescimento da marca em todo o Brasil”, acrescenta Vanessa. (Turismo & Negócios)

Parauapebas

Allia Hotels lançará unidade em Parauapebas esta semana. Outras seis cidades do Pará receberão unidades da Allia nos próximos anos.

img1407245517A Allia Hotels vai anunciar, na próxima quinta-feira (7), o próximo empreendimento da rede. O hotel será construído em Parauapebas, no Pará, e deverá ficar pronto em 2016. O lançamento do Bristol Parauapebas será realizado a grupos de investidores e interessados, que contará com 144 apartamentos standard, 70 apartamentos para long stay, seis suítes de luxo, duas suítes super luxo, centro de convenções com foyer, três auditórios e duas salas de reunião.

Durante as obras, o hotel deve gerar mais de 400 oportunidades de empregos diretos/indiretos. Segundo o Diretor de Marketing da rede, Luiz Fantin, o hotel de categoria Midscale deve alcançar diferentes demandas. “Além de receber diariamente um alto número de turistas de negócios, existe uma grande necessidade na cidade de espaços para eventos coorporativos. É uma aquisição interessante para aqueles que desejam investir em uma unidade habitacional hoteleira, com resultados acima de um imóvel residencial”, avalia.

A escolha de Parauapebas para a implantação do hotel deu-se pelo seu potencial de consumo, e suas minas de ferro, que atrai grupos empresariais do mundo inteiro, de acordo com Marcello Medeiros, Diretor de Desenvolvimento da rede. Entre outras cidades do Pará que devem receber empreendimentos da Allia Hotels estão: Belém, Ananindeua, Santarém, Paragominas, Marabá e Redenção.

Parauapebas

Allia Hotels anuncia Bristol Parauapebas para 2016

Projeção do Bristol Parauapebas (PA), hotel da rede Allia, previsto para 2016 (foto divulgação)

Projeção do Bristol Parauapebas, hotel da rede Allia, previsto para 2016 (foto divulgação)

A rede hoteleira Allia Hotels estreia no Pará com um empreendimento de categoria midscale com 246 apartamentos, área de eventos e restaurante. O Bristol Parauapebas, que deverá gerar na região 400 oportunidades de empregos entre diretos e indiretos durante sua construção, tem previsão de abertura para fevereiro de 2016.

Segundo o diretor de Desenvolvimento da rede, Marcelo Medeiros, já estão nos planos da rede hotéis em outras cidades dos Estado como Belém, Ananindeua, Santarém, Paragominas, Marabá e Redenção.

“Além de seu enorme potencial de consumo, Parauapebas destaca-se por suas minas de ferro, que atraem grupos empresariais de todo o mundo”, avalia Medeiros.

Notícias

FBHA lança amanhã o Projeto “Encontro” na Região Norte

Alexandre Sampaio, da FBHA

Alexandre Sampaio, presidente da FBHA

A Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) lança amanhã (28/11), na região Norte, o projeto “Encontro – Excelência na qualidade e serviços para os segmentos de hospedagem e gastronomia”.  O evento acontece em Belém (PA) em dois locais, na Fecomércio e no Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Pará.  O projeto tem como objetivo levar informações e soluções que possam ajudar na tomada de decisões e a equacionar os atuais gargalos do setor de turismo na região para empresários do setor.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o Pará tem 673 estabelecimentos de hospedagem – são hotéis, pousadas, albergues, resorts, spas, pensões e motéis que empregam formalmente 8 mil pessoas. O setor de alimentação fora do lar reúne 1.550 bares, restaurantes e similares, onde trabalham 15 mil pessoas com carteira assinada. Os dois setores têm grande potencial para o emprego.

De acordo com o presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação, Alexandre Sampaio, o objetivo do ‘Encontro’ da FBHA é apresentar aos empresários soluções práticas que gerem excelência nos serviços e nos produtos oferecidos aos turistas. O propósito é atrair mais visitantes ao Pará e aumentar os resultados financeiros dos estabelecimentos, fortalecendo estes dois setores econômicos.

“A FBHA trabalha pelo pleno desenvolvimento dos setores de hotelaria e alimentação fora do lar. Atuamos junto aos poderes públicos para promover o crescimento turístico de todo o Brasil. O Pará é maravilhoso, exuberante por natureza, e tem o turismo como uma das bases de sua economia. Sem contar a magia do folclore. É uma riqueza que o mundo todo tem que conhecer. Temos que nos profissionalizar permanentemente para oferecer serviços qualificados e atrair mais turistas”, analisa Sampaio.

No Pará, o ‘Encontro – Excelência na qualidade e serviços para os segmentos de hospedagem e gastronomia’ tem parceria com Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado do Pará e conta com os apoios da Fecomércio do Pará e Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Veja programação completa dos eventos

Fonte: Mercado & Eventos