Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Aviação Civil

Aeroporto Val-de-Cans (Belém) inaugura, no domingo (10), novo voo da Azul para Fort Lauderdale (USA)

Programação contará com batismo de aeronave, carimbó e comidas típicas do Pará e dos Estados Unidos

O Aeroporto Internacional de Belém (PA) inaugura, neste domingo (10), a partir das 11 horas, o novo voo da Azul para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Para comemorar a nova rota, o embarque dos passageiros será embalado pelo ritmo e dança de carimbó e contará com comidas típicas do Pará e dos Estados Unidos.

Na oportunidade, a aeronave A320, com capacidade para 174 passageiros irá receber as homenagens dos bombeiros da Seção de Combate a Incêndio (SCI) do aeroporto com o famoso batismo, que acontece um pouco antes da decolagem para Fort Lauderdale, às 13 horas.

Passageiros e autoridades também participarão de uma cerimônia em comemoração ao novo voo. O evento contará com a presença do secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, do superintendente do aeroporto, Fábio Rodrigues, do diretor Comercial da Azul, Antonio Camara Américo e do assessor da presidência da Azul, Ronaldo da Silva Veras.

Para o superintendente do Val-de-Cans, Fábio Rodrigues, “o novo voo da Azul demonstra a confiança da empresa na capacidade da infraestrutura do aeroporto para receber uma operação tão volumosa, além de acenar de forma muito eloquente à força de Belém como verdadeira potência turística”.

O vice-presidente de Receitas da Azul, Abhi Shah, celebra o início da nova rota da companhia, que permitirá aos clientes da empresa chegarem com mais rapidez e conforto aos Estados Unidos. “Com este voo, nossos clientes das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste terão ainda mais facilidade no acesso à Flórida. Estamos muito entusiasmados com nossos novos planos internacionais e com o fortalecimento das operações domésticas em Belém”, ressalta.

A nova rota será oferecida às segundas, quartas, sextas e domingos, pousando às 4h20 e decolando às 13h30. Além dos Estados Unidos, o terminal belenense conta com voos para Portugal, Guiana Francesa e Suriname.

Inauguração

Senai inaugura nova sede em Redenção na sexta-feira (8)

Senac atende cerca de 30 mil pessoas por ano no Pará, com ações de educação para o trabalho no setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo

Na próxima sexta-feira, 08 de dezembro, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) inaugurará as novas instalações no município de Redenção, localizado na Avenida Santa Tereza, s/n., lote 09, quadra 75, no bairro Vila Paulista.

O Núcleo de Educação Profissional no município será inaugurado com a presença do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado Pará (Fecomércio/PA), Sebastião Campos, que também preside o Conselho Regional do Senac.

O novo núcleo possui ambientes pedagógicos bem equipados, contando com salas de aula convencionais, laboratório de informática, sala multifuncional e com estrutura adequada às normas nacionais e de acessibilidade, ampliando a capacidade de atendimento do Senac no município de Redenção.

A nova unidade vai ofertar cursos de formação inicial e continuada, com programação diversificada em segmentos de mercado como: Gestão, Comércio, Informática, Comunicação, Design, Educacional, Social e Artes, nas modalidades de educação presencial e a distância. O Senac também irá realizar o Programa de Aprendizagem Profissional Comercial, para atender empresas do município.

Desde 2010 o Senac está presente em Redenção, por meio de parceria com o Sindicato Patronal do Comércio (Sindicomércio-PA). Mediante a abertura do novo Núcleo, a instituição firma suas bases no município, oferecendo educação profissional de qualidade, a fim de contribuir com o desenvolvimento da região através da formação de pessoas com perfil profissional de competência.

Com mais de sete décadas de existência no Brasil e atuação em todos os estados e no Distrito Federal, o Senac atende cerca de 30 mil pessoas por ano no Pará, com ações de educação para o trabalho no setor do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, transformando vidas e histórias com o conhecimento.

INSS

Moradores de Rondon do Pará e Dom Eliseu ganham novas agências do INSS

As unidades foram inauguradas pelo ministro Helder barbalho, que no ato representou o governo federal

Na última sexta-feira (24), os moradores das cidades de Rondon do Pará e Dom Eliseu, no sudeste paraense, foram beneficiados com a inauguração de novas agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As unidades foram inauguradas pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que no ato representou o governo federal. Ele esteve acompanhado pelo vice-governador do estado, Zequinha Marinho; os deputados federais, José Priante, Elcione Barbalho e Zé Geraldo; o deputado estadual, José Scaf; os prefeitos de Rondon do Pará, Arnaldo Rocha, e de Dom Eliseu, Gaston Siviero, além vereadores e demais lideranças da região.

“Ter uma agência do INSS perto de casa é muito mais do que comodidade. É desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda. Com uma agência na sua cidade, o aposentado pode pegar seu benefício e gastar o dinheiro na própria cidade. Gerando renda e desenvolvimento local. E agora quem vive em Rondon do Pará e Dom Eliseu não vai ter que se deslocar por horas pra isso”, disse o ministro Helder Barbalho.

Na avaliação do ministro, a iniciativa é mais uma obrigação que o governo federal cumpre no estado do Pará. “Grande satisfação estar presente na inauguração de obras tão importantes que chegam para retribuir a colaboração proporcionada por cada morador dessas cidades, garantindo  a cima de tudo mais desenvolvimento à região”, concluiu.

Os locais possuem consultórios para perícia médica, posições de atendimento, e vão ofertar serviços como requerimentos de aposentadorias, pensão, salário-maternidade, pecúlio, auxílio-doença , auxílio-reclusão, CTC, benefícios assistenciais, avaliação social, atualização do tempo de contribuição, atualização de dados cadastrais,  além das orientações, informações e manutenção de benefícios.

Segundo o deputado federal, José Priante, as obras são fruto do resultado do trabalho da bancada de deputados federais e senadores do estado. “É importante ressaltarmos isso. Nós nos juntamos e decidimos alocar o recurso para a construção das unidades, resgatando o nosso compromisso da bancada com o povo do Pará”, afirmou.

“Precisamos do reforço da Previdência em nosso estado. São políticas importantes que nos mobiliza, nos anima, e a nossa bancada federal tem um compromisso e responsabilidade de sempre conseguir mais recursos para o Pará”, destacou o deputado federal, Zé Geraldo.

“Este é mais um ganho que o governo federal está levando para a coletividade e nosso papel será continuar acompanhando e cobrando para que as demais unidades que já estão em processo de finalização também sejam inauguradas o mais rápido possível e entregues à população”, disse a deputada federal, Elcione Barbalho.

Na ocasião, o vice-governador do estado, Zequinha Marinho, parabenizou o trabalho de parceria da bancada. “Eu quero chamar a atenção de todos para que se valorize cada vez mais o esforço da bancada federal, assim como já valorizamos a estadual. Parabéns aos moradores e a todos os envolvidos em mais essas duas grandes conquistas para o estado”.

A construção das duas unidades está ligada ao Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX), que visa instalar agências do INSS nos municípios com mais de 20 mil habitantes sem unidades fixas do Instituto. Com a expansão da rede, o objetivo é garantir maior comodidade, chegando mais perto do cidadão brasileiro.

RESULTADOS

Ainda em Rondon do Pará, o ministro Helder visitou diversas ruas que, em 2012, sofreram erosão, onde 9 crateras foram abertas. A pior delas, com cerca de 25 metros de largura e 15 de profundidade, ficava situada na rua Bahia, uma das principais vias da cidade.

Em setembro de 2015, o então ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, e ministro Helder Barbalho, que na época estava no Ministério da Pesca e Aquicultura, junto com a deputada federal Elcione Barbalho e o deputado estadual João Chamon estiveram na cidade, para assinar o convênio, no valor de R$ 4,5 milhões, para a recuperação de ruas afetadas pela erosão.

“Sem dúvida é muito importante ver de perto a obra finalizada, trazendo mais dignidade a estes moradores que por muito tempo sofreram com este problema. Fico muito feliz também por ser mais uma obra do Ministério da Integração Nacional, em Rondon do Pará”, comemorou o ministro Helder.

BENEVIDES

Já na noite da última sexta-feira (24), o ministro esteve ainda em Benevides, na Região Metropolitana de Belém, inauguração de ruas no bairro Jardim das Jurutis. No total, foram cerca de 6 km de asfalto.

Helder esteve acompanhado da deputada federal, Elcione Barbalho; os deputados estaduais Eraldo Pimenta; Iran Lima e Chicão; os vereadores de Belém Joaquim Campos e John Wayne; o prefeito da cidade, Ronie Silva, e demais lideranças. “O jeito de fazer um Pará maior e mais forte é o trabalho. Para Benevides, já destinamos também cerca de R$7 milhões para importantes obras no município”, finalizou o ministro.

Inauguração

TRT: Vara do Trabalho da Comarca de São Félix do Xingu será inaugurada no dia 20 de setembro

O Município de São Félix do Xingu é uma das localidades do Brasil com maior ocorrência de trabalho escravo e da exploração do trabalhador em condições sub-humanas

Por Pedro Ribeiro de Souza

O Pará figura entre os estados brasileiros com maior existência de trabalho escravo, com os dados apontando para quase 10 mil pessoas resgatadas de condições análogas às de escravo no seu território, somente nos últimos 14 anos, segundo dados do Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil, mantido pelo Ministério Púbico do Trabalho, em parceria com a Organização Internacional do Trabalho.

O estado do Pará lidera o ranking nacional com maior número de resgates e o Município de São Félix do Xingu, na chamada “Terra do Meio”, é uma das localidades do Brasil com maior ocorrência de trabalho escravo e da exploração do trabalhador em condições sub-humanas, com mais de 800 resgates ocorridos. Mesmo diante da atual situação de déficit orçamentário e financeiro pelo qual passa a Justiça do Trabalho, a instalação da Vara do Trabalho de São Félix do Xingu foi priorizada pela atual presidente do TRT da 8ª Região, desembargadora Suzy Koury. A Vara do Trabalho terá o objetivo de marcar a presença do Estado na região e buscar diminuir os sucessivos casos de assassinatos de trabalhadores.

Por essas razões, o Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região realizará, quarta-feira, dia 20 de setembro, às 11 horas, a inauguração das instalações da Vara do Trabalho de São Felix do Xingu, com a crença de que essa Vara será indutora do respeito aos direitos sociais e humanos. O prédio da Vara do Trabalho de São Félix do Xingu ficará localizado na Avenida 22 de Março, Nº 868/870, Quadra 23, Lote 24, Setor 1, Centro, São Félix do Xingu-PA. Estamos torcendo para a justiça fazer valer o direito desses trabalhadores explorados.

Comércio

Líder Magazan Marabá tem inauguração marcada para 5 de julho. Será o 19º hipermercado do grupo

Em 12 mil metros quadrados, o hipermercado conta com Magazan, Farmalíder, Ótica Líder e Home Center

Está marcada para o próximo dia 5 de julho, a partir das 7 horas, a inauguração do Líder Magazan Marabá, localizado na Rodovia Transamazônica, cuja perspectiva é atender não só os marabaenses quantos moradores de municípios vizinhos, “para que possam conhecer e trazer para o seu dia a dia todo o conforto e a modernidade da maior rede de varejo do Norte do País”, conforme a Assessoria de Marketing do grupo.

O primeiro grande supermercado da região é um centro de compras completo que, além do supermercado, conta com Magazan, Farmalíder, Ótica Líder e Home Center. Tudo em 12 mil metros quadrados “dedicados ao prazer de comprar com mais qualidade e variedade, conceitos sinônimos da marca”.

O Líder Marabá é o 19º hipermercado de um dos mais sólidos grupos empresariais do Norte-Nordeste do país. São nove empresas integradas que garantem a verticalização dos processos produtivos e operacionais do Grupo, consolidando sua liderança em todas as pesquisas de opinião, há mais de 20 anos consecutivos.

“É o maior Market Share da região, conquistado graças à qualidade presente nas instalações e manutenção de suas lojas, na tecnologia e automação, na qualificação de seus colaboradores e, claro, extrema qualidade em cada um de seus produtos”, afirma a assessoria. (Com informações da Assessoria de Marketing do Grupo Líder)

Comércio

Inauguração do Atacadão em Marabá atrai multidão de consumidores

O novo empreendimento gera 300 empregos diretos e 200 indiretos na cidade, que é a quinta no Pará a receber o distribuidor

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Uma multidão de consumidores, que aguardava desde as 7h30 da manhã desta quinta-feira (25), no estacionamento, tomou as dependências do Atacadão às 9h, quando foram abertas as portas do mais novo empreendimento comercial de Marabá. Pertencente ao Grupo Carrefour, o misto de distribuidora e supermercado passa a gerar 300 empregos diretos e 200 indiretos na cidade e é o quinto no Estado do Pará.

Localizado na Nova Marabá, na marginal da Rodovia Transamazônica, no sentido Velha Marabá—Km Seis, o estabelecimento, o 138º da rede, tem 6.300 metros quadrados, estacionamento para 449 carros, 40 motocicletas e 44 bicicletas, 26 check-outs (caixas) e mais de 10 mil opções de produtos para atender a bares, mercadinhos, pizzarias e demais consumidores finais. Minutos antes da abertura ao público, aconteceu breve cerimônia durante a qual diretores, autoridades, convidados e funcionários do primeiro escalão fizeram breves discursos de boas-vindas agradecimentos, estímulo e votos de sucesso. As funcionárias executaram coreografia aos convidados, deram o grito de guerra e dispararam tiros de confete, encerrando a cerimônia.

Atraídos pelos preços baixos, os consumidores invadiram o estabelecimento e logo começaram a percorrer todos os setores em busca dos mais diversos tipos de produtos.

“Serra Pelada”

Um dos setores que mais atraiu consumidores, assim que o estabelecimento abriu, foi o de bebidas, onde a latinha de cerveja estava sendo vendida a R$ 1,29 e que se tornou imediatamente a “Serra Pelada” dos pequenos comerciantes, ambulantes e donos de bares, que, apesar da grande quantidade disponível do produto, disputavam cada pacote quase a cotoveladas. Dezenas deles saíam com vários carrinhos carregados de caixas de cerveja e também levavam no colo, no ombro, na cabeça e onde mais fosse possível carregar.

Presença

Segundo a Assessoria de Imprensa, o Atacadão hoje está presente em todos os Estados do País e, além das 138 unidades, conta com 22 centrais de atacado. Já o Grupo Carrefour conta com mais de 570 pontos de vendas e emprega cerca de 80 mil colaboradores, com faturamento de R$ 49,1 bilhões em 2016.

Shell

Com investimento de R$100 milhões, Raízen inaugura Terminal de Distribuição de Combustíveis em Marabá

Base, que teve obra de 600 dias para conclusão, tem localização estratégica e vai abastecer aos 38 municípios do sul e sudeste do Estado

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Resultado de um investimento de 100 milhões de reais e 600 dias consumidos nas obras de instalação, foi inaugurado na manhã desta terça-feira (11), no Distrito Industrial de Marabá, o Terminal de Distribuição de Combustíveis da Raízen. A empresa é distribuidora da marca Shell e tem perspectiva de atender aos 38 municípios do sul e sudeste do Estado, até a fronteira com o Maranhão.

A base movimentará cerca de 500 milhões de litros de combustíveis por ano, e tem capacidade para armazenar e distribuir gasolina Shell V-Power, Shell V-Power Etanol, Shell Evolux Diesel S10, Shell Evolux Diesel S500, etanol anidro e hidratado, biodiesel B100, além de aditivos.

Nilton Gabardo, diretor de Infraestrutura e Novos Negócios da Raízen, afirma que a conexão entre o Porto de Itaqui, em São Luís (MA) e o terminal de Marabá, possibilitada pela Estrada de Ferro Carajás, “permite que a clientela seja mais bem atendida”, com nível de serviço e competitividade de preço.

“Temos aqui um sistema ferroviário que torna a distribuição mais eficiente do que buscar [o produto] de caminhão em Belém e cria um diferencial para os nossos revendedores em respeito ao nosso cliente aqui da região”, afirma Nilton. Indagado sobre o número de empregos gerados pelo empreendimento, ele não citou quantitativo, lembrou que na implantação foram gerados 200 postos de trabalho e disse que, por questão de segurança, o sistema é quase todo automatizado, porém falou dos empregos indiretos que o terminal pode gerar, com a contratação de motoristas, por exemplo, e outros profissionais.

Frederico Santos, diretor Comercial da Raízen, informa que a rede de postos da bandeira Shell na sudeste do Pará é de 67 estabelecimentos, mais de 30 deles no município de Marabá. “Faz parte do plano da empresa expandir essa rede, alcançando Parauapebas, Canaã dos Carajás, Redenção, etc. Nós investimos há muitos anos aqui no Pará e acreditamos demais no Estado e na região”, anuncia ele.

Sobre que estratégias de competitividade que a Raízen vai empregar para enfrentar os concorrentes na região, Frederico não respondeu o que todos esperavam. Não falou na diminuição do preço dos combustíveis oferecidos, apenas disse que preço é “uma parte” do todo e falou em cadeia de valor: “Temos uma oferta que passa muito por produtos de confiança, de qualidade, de treinamento dos nossos funcionários e uma série de outras coisas para poder fazer com que o consumidor, na hora em que chegar ao posto, seja atendido de forma diferente”.

Marinoel Manolo, diretor de Estratégias e Relações Institucionais da Codec (Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado do Pará), afirma que no Governo do Estado existe um trabalho forte de atração de investimentos entendendo que o Estado tem riquezas e oportunidades e pode oferecer isso. “A consequência é diminuir as desigualdades existentes”, disse ele, acrescentando que empreendimentos como a Raízen chegam para gerar emprego e renda.

Em sua fala, o presidente da Raízen, Luís Henrique Guimarães, afirmou acreditar no potencial de Marabá como um polo de desenvolvimento, comemorou o fato de, nos 600 dias em que durou a implantação do terminal, não ter havido um acidente de trabalho sequer e disse: “Ainda é possível construir empreendimentos honestos no Brasil”.

Além do presidente, estiveram presentes à inauguração, o vice-presidente Executivo de Logística, Distribuição e Trading, Ricardo Mussa; o vice-presidente Executivo Comercial, Leonardo Pontes; o presidente da IB Sabbá (sócia do empreendimento), Moisés Gonçalves Sabbá; o presidente da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marabá), Ítalo Ipojucan Costa; e secretário municipal de Comércio, Indústria, Ciência, Tecnologia e Mineração, Ricardo Pugliese, representando o prefeito Sebastião Miranda Filho, que se encontrava em um compromisso inadiável, agendado anteriormente, tratando de outros assuntos, também do interesse do município. Porém, por meio de sua Ascom (Assessoria de Comunicação), o prefeito se manifestou desejando sucesso ao novo empreendimento e afirmando que a “Administração Municipal sempre estará aberta e apoia tudo o que vier trazer desenvolvimento ao município e benefícios aos seus cidadãos”.

Inauguração

Canaã dos Carajás ganha uma das feiras mais modernas do Pará

O prédio, construído em parceria com a mineradora Vale, que destinou R$ 3,9 milhões em recursos, conta com 160 boxes

Os produtores e comerciantes de Canaã dos Carajás podem comemorar, pois poderão comercializar seus produtos em um dos prédios mais modernos do Estado do Pará para esse fim, com a inauguração da Feira do Produtor e Mercado Municipal, no último sábado (17).

A entrega da obra contou com as presenças do deputado federal Beto Salame, deputados estaduais João Chamon, Ozório Juvenil, Soldado Tércio, Sidney Rosa e Eraldo Pimenta, além de prefeitos eleitos da região, como os de Eldorado, Água Azul, Tucumã, Piçarra e Pau D’Arco.

O prédio, construído em parceria com a mineradora Vale, que destinou R$ 3,9 milhões em recursos, conta com 160 boxes, sendo 84 destinados à Feira do Produtor, que hoje ocorre no centro do município e comercializa produtos da agricultura familiar, e outros 74 destinados ao Mercado Municipal, que serão ocupados com atividades como açougue e peixaria. A estrutura também inclui um amplo estacionamento, Restaurante Popular com refeitório e cozinha industrial, e área administrativa, onde já funciona atualmente a sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec).

A estrutura do local foi elogiada por todos os presentes. O deputado estadual João Chamon, por exemplo, afirmou não ser novidade “a qualidade das obras entregues em Canaã”. “Isso vai dar uma injeção fantástica no comércio do município e prova que Canaã está no caminho certo”, comentou. Já o deputado federal Beto Salame destacou que, mais do que a qualidade do prédio, é preciso festejar “que o trabalhador tenha dignidade para ganhar sua própria renda”. O prefeito Wagne Machado, de Piçarra, que representou os prefeitos presentes, afirmou que a inauguração de obras como essa “resgata a esperança de que é possível transformar e governar sem se corromper”.

Sonho da população

As autoridades municipais presentes fizeram questão de reforçar que a construção de uma feira digna para o produtor canaense era um sonho antigo no município. O secretário de Obras, Zito Augusto, definiu a construção como um “esforço extraordinário”. “Desejo que toda a população possa usufruir dessa obra tão sonhada”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Jurandir José dos Santos, também endossou que a nova feira representa um sonho da comunidade, “que a administração conseguiu trazer para a prática”.

Representando a empresa Vale, o gerente executivo de Relações com Comunidade, João Coral, disse que a obra vai de encontro à “política social da empresa, pois beneficia o pequeno produtor, gera trabalho, renda e deixa legado”.

Homenagem

A Feira do Produtor e Mercado Municipal foi batizada com o nome de Clarindo Moraes da Silva. Um dos pioneiros de Canaã dos Carajás, ele chegou ao município em 1986, quando a região ainda era conhecida como CEDERE 2, e se instalou na vicinal da VP 12, na zona rural, onde trabalhou como lavrador, até decidir empreender e se destacar no ramo de fabricação de manilhas. O filho dele, João Elias, que discursou em nome dos familiares, lembrou a luta do pai para o crescimento e desenvolvimento do município. “Onde eu vou aqui, não sou o João Elias, mas o filho do ‘Seu Clarindo’. Tenho certeza que meu pai, onde estiver, está feliz com essa homenagem”.

Clarindo Moraes da Silva, que era natural de Rubiataba, morreu em um acidente automobilístico na BR-153, em 2009, durante viagem para visitar parentes no Estado de Goiás.

Fonte: ASCOM PMCC

error: Conteúdo protegido contra cópia!