Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Vale

Programa Jovem Aprendiz inicia hoje (30) inscrições para Parauapebas e Canaã

São 154 vagas para áreas administrativas e operacionais, incluindo pessoas com deficiência, para as Minas de Carajás, Salobo e S11D.

A Mineradora Vale começa a partir de hoje (30) as inscrições para selecionar 154 jovens no Programa Jovem Aprendiz de Parauapebas e Canaã dos Carajás. As oportunidades são para área administrativa e funções operacionais das Minas de Carajás, Salobo e S11D.

Podem participar jovens entre 18 e 21 anos com Ensino Médio completo e residentes de Parauapebas ou Canaã. Para as vagas destinadas às pessoas com deficiência (somente para Parauapebas), o critério é ter mais de 18 anos.

A jovem, Amanda Martins, estava ansiosa para tentar o processo novamente. No ano passado, ela foi desclassificada na segunda etapa porque terminava uma disciplina do Ensino Médio. “Vejo o Programa Jovem Aprendiz como uma oportunidade única para me ingressar ao mercado de trabalho numa empresa sólida como a Vale. Minha primeira tentativa em participar do programa foi em 2016, mas fui eliminada porque cursava uma dependência na escola. E agora estou mais otimista em concluir o processo já que não existe nenhuma pendência na minha documentação e me sinto mais madura com a experiência do ano passado”, explicou Amanda.

Assim como em 2016, o processo seletivo será dividido em seis etapas e todas eliminatórias. As fases incluem análise de documentos, prova online, entrevista coletiva, dinâmica de grupo, avaliação psicológica e exames médicos. E os inscritos precisam acompanhar no site as etapas do processo.

E a assistente administrativa no Complexo S11D Eliezer Batista, em Canaã, Letícia Sousa, conhece bem a sensação de comemorar cada etapa que passava no processo seletivo. “Eu sonhava em completar 18 anos só para participar do programa Jovem Aprendiz da Vale. Cada etapa eu vivia uma ansiedade para saber o resultado e eu e minha família comemoramos muito cada vitória. Passei seis meses no Senai e em fevereiro iniciei a parte prática no S11D. E desde de julho vivo a felicidade de ter sido efetivada”, contou a jovem, que nasceu em Parauapebas e mudou para Canaã quando tinha 2 anos.

Quem aproveitou o Programa Jovem Aprendiz como porta de entrada para a Vale é Zuila Timóteo, que nasceu em Curionópolis e há 12 anos está na empresa. Atualmente na área de planejamento na Gerência de Eletricidade de Carajás, ela lembra da concorrência que enfrentou no processo em 2005. “Eram 100 candidatos por vaga e lembro que ainda cursava o ensino médio. Nem tinha muita expectativa de passar, mas fiquei super feliz de ter sido uma das 106 selecionadas na época”. E completa o quanto se desenvolveu profissionalmente na empresa: “Aprendi e cresci bastante dentro da empresa passando por vários setores. Todo o conhecimento e currículo que tenho foi desenvolvido pela Vale. Inclusive com o incentivo financeiro, a empresa arcou com 90% dos custos do meu curso técnico de eletromecânica que fiz. Agora o desejo é concluir meu curso superior”, relatou a técnica especializada.

Os selecionados no Programa terão direito a bolsa-auxílio, assistência médica, seguro de vida e transporte. Além disso, o programa oferece vale-alimentação na fase prática. E são esses benefícios que fazem diferença na vida de Letícia, que antes de entrar na empresa não tinha plano de saúde. “Depois que tenho plano, eu já fiz duas consultas e estou encantada com a minha nova vida, ela mudou 100% depois que comecei a trabalhar”, relatou a jovem que já tem planos para quando concluir o curso técnico em logística de entrar para a faculdade de Administração.

E para quem tem mais de uma década na empresa, agora tem a missão é apadrinhar os jovens que chegam pelo Programa e sempre dá conselhos de como eles devem valorizar a oportunidade: “Sempre alerto de que eles precisam saber o que querem, buscarem conhecimento, precisam ter humildade para passar por vários lugares e experiências diferentes e, principalmente, terem o sonho de crescer na empresa”, explicou a técnica que ainda relatou a felicidade de começar como jovem aprendiz na Vale: “sou muito feliz com essa conquista, minha mãe tem muito orgulho de dizer que a filha trabalha na Vale”.

As inscrições para o Programa Jovem Aprendiz da Vale podem ser feitas pelo site www.vale.com/oportunidades até 16 de novembro.

Pará

Jovens de Parauapebas podem se inscrever no Programa Jovem Aprendiz dos Correios

Jovem aprendiz Correios 2016 ParauapebasTeve início nesta quinta-feira (25) as inscrições para o Processo Seletivo da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) para o Programa Jovem Aprendiz. Parauapebas está entre os dezoito municípios do estado Pará contemplados com as vagas.

A empresa disponibiliza 3.903 vagas no programa para a formação de assistente administrativo. No Pará, serão ofertadas 92 vagas, 45 para os turnos da manhã e tarde e ainda 47 somente no período da tarde.

As vagas serão distribuídas nos municípios: Belém, Ananindeua, Benevides, Castanhal, Marituba, Parauapebas, Paragominas, e Santarém, Abaetetuba, Altamira, Ananindeua, Barcarena, Belém, Bragança, Cametá, Capanema, Igarapé-Miri, Marabá, Moju e Santa Izabel do Pará.

As inscrições seguem abertas até o dia 13 de março de 2016, pelo site dos correios. Pra se inscrever no processo, os candidatos precisam ter idade entre 15 a 22 anos, no ato da contratação, além de cursar no mínimo, o 9º ano do ensino fundamental, ter noções básicas de editores de texto, navegação e pesquisa na internet utilizando em computadores desktop ou notebook, planilhas, entre outros requisitos.

A jornada será de 20 horas semanais. O salário previsto é de R$ 413,33, acrescido de vale transporte compartilhado, vale refeição ou alimentação compartilhado em 5% e uniforme. O processo seletivo tem validade de um ano, valendo a partir da data de homologação, podendo ser prorrogado por uma única vez por igual período.

O processo será realizado em quatro etapas; inscrição,  comprovação de requisitos, exames médicos pré-admissionais e contratação.  O  resultado  final, por município,  turno  e  faixa  etária,  está previsto para até 30 dias após encerrarem as inscrições.

Parauapebas

Jovens de Parauapebas conseguem primeiro emprego por meio do Programa Aprendiz Legal

ctpsO Programa Aprendiz Legal do Governo Federal, criado pela Lei de Aprendizagem (Lei 10.097/2000), exige que empresas de médio e grande porte devem contratar jovens com idade entre 14 e 24 anos como aprendizes, facilitando assim a inserção de quem faz um dos cursos na Sophie Link.

Em Parauapebas, alguns jovens já foram beneficiados com o programa. É o caso de Tamires Galeno, de 17 anos, que há um ano trabalha na empresa Sotreq S.A. “Trabalho no setor de Recursos Humanos e estou aprendendo muito”, garante a ex-aluna do Centro Profissionalizante Sophie Link.

Funcionando há quase 18 anos no município, a instituição, que é mantida pela organização social Obra Kolping, se orgulha de formar profissionais capacitados. “Ano passado, somente dos cursos das áreas administrativas, inserimos mais de 70 alunos no mercado de trabalho”, afirma a diretora da unidade de Parauapebas, Marciania Pinheiro.

Outra aluna do centro a ser contratado por uma empresa local é Daiana Brito, de 19 anos. Depois de fazer o curso de Departamento Pessoal e Gestão Comercial, ela começou a estagiar na empresa Makro Engenharia. “Através dos cursos pudemos aprender como funciona o mundo corporativo”, garante Daiana que após três meses de estágio foi efetivada na empresa.

Educação

Inscrições para Jovem Aprendiz na Vale começam nesta terça-feira (06)

Jovem Aprendiz Vale 2014As inscrições para o Programa Jovem Aprendiz na Vale estarão abertas de 6 a 11 de maio. As vagas disponíveis são para as áreas administrativas e operacionais nos municípios de Parauapebas, Curionópolis, Canaã dos Carajás e Ourilândia do Norte. Os interessados podem se inscrever no www.vale.com/oportunidades

Para participar do Programa, os candidatos devem ter ensino médio completo e idade entre 18 e 22 anos. Não é necessária experiência anterior nestas áreas. O Programa Jovem Aprendiz tem por objetivo preparar jovens para o mercado de trabalho.

O processo seletivo será dividido em seis etapas, todas eliminatórias: análise de documentos, prova online de português e matemática, entrevista coletiva, dinâmica de grupo, avaliação psicológica e exames médicos. As aulas têm início previsto para julho de 2014.

O Programa Jovem Aprendiz é dividido em duas fases: teórica e prática. A primeira terá duração de 5 a 17 meses, de acordo com a formação escolhida, com carga horária de quatro horas por dia. A segunda etapa acontece em áreas operacionais da Vale, como Carajás, Sossego, Salobo, Serra Leste e Onça Puma.

Nesta etapa, os aprendizes têm a oportunidade de aplicar os conteúdos vistos na sala de aula. Os selecionados terão direito a assistência médica, seguro de vida e vale transporte. Além disso, o programa oferece bolsa de auxílio no valor de R$ 462,78 na fase teórica e R$ 791 na fase prática.

error: Conteúdo protegido contra cópia!