Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Úrsula Vidal e Fernando Carneiro estarão em Parauapebas no fim de semana

Pre-candidatos do PSOL participam do I Encontro Nacional do MAM e de Seminário do partido em Parauapebas
Continua depois da publicidade

Úrsula Vidal, pré-candidata ao Senado e Fernando Carneiro, pré-candidato ao Governo do Estado do Pará, ambos do PSOL, estarão em Parauapebas para participar do I Encontro Nacional do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração, que ocorrerá entre os dias 18 e 21 de maio de 2018, no Centro de Formação pastoral São Sebastião, em Parauapebas.

Úrsula Vidal e Fernando Carneiro também participarão, no dia 21 de maio, às 18 horas, no auditório do CEUP – Centro Universitário de Parauapebas, de Seminário organizado pelo Diretório do PSOL em Parauapebas. O seminário, que é aberto ao público, tem o objetivo de debater os problemas que atravancam o desenvolvimento regional e Estadual, bem como pautar propostas e alternativas para enfrentar estes desafios.

Interdição

Integrantes do MAM interditam a Rodovia Faruk Salmen, em Parauapebas

Atualmente o MAM se organiza em nove estados (Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Piauí, São Paulo e Tocantins), mais o Distrito Federal.
Continua depois da publicidade

Integrantes do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração  –  interditam desde às primeiras horas desta quinta-feira a rotatória da Palmares 1 na Rodovia Faruk Salmen, que dá acesso ao projeto Salobo, em Parauapebas. Segundo a direção do movimento, que teve início em 2012, no Pará, eles reivindicam o retorno das discussões das pautas já previamente agendadas com a Prefeitura Municipal de Parauapebas, entre elas:

1° – Frente de trabalho, criada pela gestão pública.

2° – Criação da casa do trabalhador.

3°  – Criação da coordenadora de trabalho emprego e renda no município.

4° – Criação do projeto que debata com os empreendimentos que se instalam no município para contratação de mão de obra local.

5° – Retomada das pautas de negociação de melhorias das comunidades de Palmares Sul e Palmares II.

6° – A contratação de mão de obra local pelas empresas Tabocas.

7° – O MAM – propõe a criação de um fundo através do CFEM, para a criação de novas matrizes econômicas para o município.

Uma longa fila de veículos já se forma no local. Segundo o movimento, não há previsão para que a interdição termine. Atualmente, o MAM se organiza em nove estados (Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Piauí, São Paulo e Tocantins), mais o Distrito Federal.