Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Justiça Eleitoral

Município paraense de Tomé-Açu faz eleição suplementar para prefeito neste domingo (04)

Outros cinco municípios brasileiros farão novas eleições no próximo domingo: Guaraqueçaba e Moreira Sales, no Paraná; Tacuru, no Mato Grosso do Sul; Cristiano Otoni, em Minas Gerais; e Taguatinga, no Tocantins.
Continua depois da publicidade

Domingo tem eleitor voltando às urnas para escolher o prefeito em seis cidades brasileiras. No Pará haverá nova eleição no município de Tomé-Açu, no Nordeste do Estado.

No pleito do dia 4 de junho, quatro candidatos disputam os votos dos mais de 46 mil eleitores do município paraense: Aurenice Ribeiro, do PMDB é candidata a reeleição; Jonas do Radar, do PSC, que ficou em segundo lugar no pleito de outubro; Bruna Eudes, do PSDB – substituiu o pai na disputa (Eudes foi o mais votado em 2016, mas teve o registro cassado); Amilton Caliman, da Rede, teve o registro de candidatura aprovado, mas a coligação de Aurenice entrou com recurso na justiça eleitoral alegando que Amilton não se desincompatibilizou no prazo legal do cargo de administrador da empresa da qual é um dos proprietários.

A votação ocorrerá das oito da manhã às cinco da tarde, no horário local. Podem votar eleitores regularizados até maio de 2016, ou seja, o mesmo eleitorado do pleito realizado em outubro do ano passado. O voto é obrigatório para pessoas alfabetizadas de 18 a 70 anos e facultativo para analfabetos e eleitores de 16 a 18 anos incompletos ou com mais de 70 anos.

Outros cinco municípios brasileiros farão novas eleições no próximo domingo: Guaraqueçaba e Moreira Sales, no Paraná; Tacuru, no Mato Grosso do Sul; Cristiano Otoni, em Minas Gerais; e Taguatinga, no Tocantins.

Transporte

Governo retoma obras na BR-308 no Pará

Reformas estavam paradas há 40 anos. Ao todo, 115 quilômetros da estrada devem ser asfaltados
Continua depois da publicidade

As obras de pavimentação do trecho da BR-308 que corta o estado do Pará serão retomadas depois de 40 anos de embargo. Cerca de 115 quilômetros de estrada serão asfaltados entre as cidades de Viseu e Bragança. A reforma ainda contempla a reparação de pontes.

Além disso, as obras na rodovia vão encurtar a distância entre as capitais Belém e São Luís em 106 quilômetros. Segundo o ministro Maurício Quintella, a pavimentação da BR-308 beneficiará ainda o escoamento da produção e estimulará o desenvolvimento socioeconômico do nordeste do Pará, favorecendo mais de 200 mil pessoas diretamente.

O investimento total para execução do projeto será de R$ 145 milhões. Para o início da operação, ainda neste ano, foram disponibilizados R$ 39 milhões. Para 2017, R$ 19 milhões já foram empenhados, e outros R$ 20 milhões aguardam a aprovação do Congresso Nacional.

De acordo com o ministro, as obras promovidas no estado do Pará fazem parte da estratégia para integração da malha rodoviária, fundamental para a alternância do escoamento da produção nacional em direção ao Arco Norte.

“Para que o País possa expandir economicamente, precisamos buscar o equilíbrio da distribuição de riqueza. Hoje, 80% são escoadas pela Região Sudeste. Por isso, precisamos passar a utilizar o corredor norte como saída prioritária da produção, nos aproximando mais do mercado internacional”, explicou.

Visita técnica

Acompanhado de técnicos, Quintella visitou as obras promovidas na Instalação Pública de Portos de Pequeno Porte (IP4) de Viseu, onde estão sendo investidos R$ 11 milhões “Em todo o estado, estão previstos os recursos de mais de R$ 65 milhões, para os portos hidroviários no Pará”, informou