Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Paragominas

Entidades, clubes, igrejas e empresas se unem em prol de Paragominas

Rede de solidariedade às famílias que perderam tudo não para de crescer. Prefeituras, instituições assistenciais e até clubes rivais estão se unindo em favor dos flagelados

Uma corrente de solidariedade está se formando em vários municípios do Estado, a partir da capital, para ajudar milhares de pessoas que foram surpreendidas com a inundação da cidade de Paragominas, na madrugada de ontem, quinta-feira (12) e perderam tudo. Em Belém, o Hotel Regente, que tem filial na cidade atingida, começou uma grande campanha de arrecadação de roupas, colchões, alimentos e água mineral.

Também na capital, as empresas Belém Trânsito e Amazon Bike, com apoio do Jornal Diário do Pará, estão divulgando vários pontos de coleta de doações a fim de ajudar os flagelados.

Os clubes Remo e Paysandu, que são rivais nos gramados, se deram as mãos e agora estão juntos, promovendo campanhas para socorrer as vítimas das enchentes.

Em Castanhal, a Associação Comercial e Industrial, o Conselho de Jovens Empresários e a prefeitura também estão recolhendo donativos para ajudar as famílias de Paragominas.  Nos municípios de Santa Isabel do Pará, Dom Eliseu e Rondon do Pará entidades se mobilizam para enviar auxílio.

No sul do Pará a Igreja Adventista do 7º Dia, por meio do líder da região, pastor Samuel Bastos, está mobilizando, em vídeo divulgado nos grupos de WhatsApp, os irmãos de Redenção, Santana do Araguaia, Floresta do Araguaia, São Félix do Xingu, Rio Maria, Conceição, Ourilândia, Eldorado, Xinguara, Tucumã, Dom Eliseu e Ulianópolis a doarem alimentos, roupas, água e colchões para as famílias de Paragominas. Um caminhão, com doações de adventistas desses municípios deve sair de Redenção na madrugada de domingo rumo a Paragominas.

Em Paragominas mesmo, o Hotel Regente também está ajudando e recebendo doações, assim como a Subseção da OAB no município. Segundo o advogado Diego Sampaio de Sousa, as doações de alimentos podem ser levadas até aquele órgão que disponibilizou também a conta: Ordem dos Advogados do Brasil Subseção Paragominas, Banco Bradesco, agência 0679, conta corrente 9969-4, para doações em dinheiro.

Por Ulisses Pompeu e Eleuterio Gomes – Correspondentes em Marabá
Paragominas

MP vai apurar rompimento de 5 represas particulares em Paragominas

O resultado do relatório técnico irá subsidiar as ações criminais e cíveis dos proprietários das fazendas em que as represas romperam causando o alagamento na cidade.

O Ministério Público do Estado (MPPA) por meio dos Promotores de Justiça de Paragominas, Reginaldo César Lima Álvares e Carlos Lamark Magno Barbosa, instaurou inquérito civil (0001/2018 1º PJP) na quinta-feira (12) para apurar as circunstâncias que levaram ao alagamento de parte da cidade, deixando desabrigadas mais de 300 famílias, segundo informações oficiais da prefeitura.

O inquérito civil visa responsabilizar civil e criminalmente os responsáveis pela construção de pelo menos 5 represas na cidade e também os órgãos que tenham se omitido na fiscalização a fim de prevenir o rompimento das mesmas. O Ministério Público já conta com uma equipe técnica, disponibilizada imediatamente pelo Procurador-Geral Gilberto Valente Martins, que iniciou nesta sexta-feira (13) um levantamento dos danos causados pelo rompimento das represas.

O resultado do relatório técnico irá subsidiar as ações criminais e cíveis dos proprietários das fazendas em que as represas romperam causando o alagamento na cidade. O Ministério Público também já requisitou, em caráter de urgência, ao Instituto Médico Legal, a realização de perícia nas fazendas a fim de subsidiar as ações. A apuração envolverá tanto a conduta dos fazendeiros quanto a eventual omissão dos órgãos com atribuição para fiscalizar essas construções.

Futebol

Águia de Marabá vai até o Barbalhão enfrentar o São Raimundo pela 5ª rodada do Parazão

O time do Azulão torce para que as obras do Zinho Oliveira sejam concluídas para a partida do dia 20 de fevereiro

Por Fábio Relvas, com informações da assessoria de comunicação do Águia

Com quatro pontos, após uma vitória, um empate e duas derrotas dentro da Chave A1, o Águia de Marabá já está em Santarém para o seu próximo compromisso no Campeonato Paraense de 2018. O Azulão entra em campo pela 5ª rodada diante do São Raimundo, às 17h, deste domingo (04), no Estádio Jader Barbalho, o Barbalhão. O técnico João Galvão vai ter todos os jogadores à disposição.

A delegação marabaense viajou nesta sexta-feira de ônibus para a capital Belém, de onde o time pegou um avião rumo ao oeste do estado. Com isso, o Águia percorreu cerca de mil quilômetros visando o seu próximo compromisso no estadual. O técnico João Galvão faz mistério quanto a escalação da onzena titular, preferindo divulgar somente minutos antes da bola rolar.

O time vem de duas derrotas consecutivas no Parazão: quando perdeu para o Clube do Remo, por 2 a 0, no Mangueirão, e na última rodada caiu para o Parauapebas pelo placar de 1 a 0, no Estádio Rosenão. Apesar da sequência negativa, o time não se abateu e vai buscar os três pontos fora de casa diante do Pantera. Galvão conseguiu um tempo maior de preparação para o jogo, tendo como recuperar a condição física de seus atletas. Os jogadores estão confiantes.

“Estamos trabalhando firme e forte para consertar os erros que cometemos nas últimas partidas. Temos feito jogos longe da maioria da nossa torcida e estamos na expectativa pelo jogo do dia 20, quando queremos que a torcida venha nos apoiar, gritar e incentivar, pois motiva bastante os jogadores”, disse o goleiro Bernardo, que vem sendo titular nas últimas partidas.

Os jogadores do Águia e a comissão técnica estão torcendo para que o Estádio Zinho Oliveira fique pronto para o duelo da 7ª rodada, contra o Paragominas. Na tabela, o jogo está marcado para Marabá, mas vai depender das condições do estádio, que segue com as obras a todo vapor: já foram colocadas todas as placas de grama, mas em determinadas partes, o gramado segue morto. As traves já foram recolocadas e o serviço de recuperação dos vestiários já está bem adiantado.

“Sobre o próximo jogo, nossa intenção é fazer um recreativo no Colosso do Tapajós para reconhecimento do campo antes da partida. Nós estamos observando a obra, e na contagem regressiva para o dia 20 de fevereiro, quando nós esperamos que o Águia finalmente jogue em casa, no Estádio Zinho Oliveira. Com o jogo de domingo contra o São Raimundo, serão cinco jogos fora de casa”, afirmou João Galvão, técnico do Águia.

Futebol

Resumo da rodada do Campeonato Paraense 2018

Paysandu vence, Remo perde, Águia e Parauapebas empatam pela 2ª rodada. Papão e Galo Elétrico estão com 100% de aproveitamento

Por Fábio Relvas

A segunda rodada do Campeonato Paraense de 2018 começou no último sábado (20/01) com dois jogos. O Clube do Remo foi até Tucuruí encarar o Independente. Com uma péssima atuação dentro de campo, o Leão Azul foi uma presa fácil para o Galo Elétrico, que sem muita dificuldades domou o adversário, vencendo pelo placar de 2 a 0. O meia Fabrício recebeu um presentão da zaga azulina e abriu o placar, logo aos dois minutos de bola rolando, e o zagueiro Ezequias com um belo gol de cabeça, marcou o segundo, aos 17 minutos da etapa final.

Na outra partida de sábado, Paragominas e Águia se enfrentaram no estádio Arena do Município Verde de portões fechados, devido à falta de laudos de liberação, que é gerido pela prefeitura municipal de Paragominas. A partida terminou em um 1 a 1. O zagueiro Cristóvam abriu o placar para o Jacaré do Norte, aos 26 minutos do segundo tempo, enquanto que o atacante Guga, destaque do Azulão marabaense, empatou aos 34.

A rodada seguiu no domingo (21/01). Também de portões fechados para o torcedor em razão de laudos técnicos, Cametá e Parauapebas fizeram o duelo no estádio Parque do Bacurau. O time do técnico Léo Goiano teve uma postura diferente da estreia e foi para buscar o resultado. O meio-campo Evandro, aos sete minutos da etapa inicial, abriu o placar. O Marapá não desistiu e foi em busca do empate com Aldair, cobrando pênalti, aos 44 minutos da etapa derradeira. Com o empate em 1 a 1, o PFC somou seu primeiro ponto na competição.

O Bragantino, atual tricampeão da Segundinha, encarou o São Raimundo de Santarém, no estádio Olímpico São Benedito, o Diogão. Melhor para o time de Bragança, que venceu por 2 a 1. Os gols saíram somente no segundo tempo de jogo. O Pantera santareno abriu o placar com Luiz Carlos Imperador, aos 10 minutos. Com o apoio da torcida, o Tubarão foi para cima e virou a partida. O atacante Marcelo Maciel deixou sua marca aos 17, e Mauro Ajuruteua decretou a vitória, aos 48. Os torcedores vibraram muito com o primeiro triunfo da equipe no Parazão.

A partida mais movimentada da rodada aconteceu na vitória do Paysandu diante do Castanhal no estádio Maximino Porpino, o Modelão. O Papão venceu, por 4 a 2, e se mantém com 100% de aproveitamento, já o Japiim da Estrada segue sem pontuar. O time bicolor chegou a abriu 4 a 0 no marcador, com gols assinalados por Nando Carandina, aos 43 minutos do 1º tempo, Cassiano, aos 12, Magno Ribeiro, aos 31 e Pedro Carmona, aos 34 da segunda etapa. O time aurinegro descontou com dois gols do volante Dedeco, aos 38 e 43.

Resultados da 2ª rodada do Parazão 2018

Independente 2 x 0 Remo (Estádio Navegantão)
Paragominas 1 x 1 Águia (Estádio Arena Verde)
Cametá 1 x 1 Parauapebas (Estádio Parque do Bacurau)
Castanhal 2 x 4 Paysandu (Estádio Maximino Porpino)
Bragantino 2 x 1 São Raimundo (Estádio Diogão)

Próximos jogos valendo pela 3ª rodada do Parazão 2018

Remo x Águia – terça-feira (23/01), às 20h30, no Estádio Mangueirão
Parauapebas x Independente – quarta-feira (24/01), às 20h30, no Estádio Rosenão
Paragominas x Bragantino – quarta-feira (24/01), às 20h30, no Estádio Arena Verde
Castanhal x Cametá – quarta-feira (24/01), às 20h30, no Estádio Maximino Porpino
Paysandu x São Raimundo – quarta-feira (24/01), às 20h30, no Estádio da Curuzu

Classificação do Parazão 2018

Chave A1
1º Paysandu: 6 pontos
2º Independente: 6 pontos
3º Águia: 4 pontos
4º Bragantino: 3 pontos
5º Cametá: 1 ponto

Chave A2
1º Remo: 3 pontos
2º São Raimundo: 3 pontos
3º Paragominas: 1 ponto
3º Parauapebas: 1 ponto
5º Castanhal: 0 ponto

Futebol

Águia de Marabá já está em Paragominas, onde tentará chegar aos seis pontos na tabela do Parazão 2018

Nessa partida, que acontecerá com portões fechados, João Galvão já vai poder contar com Felipinho, Marquinho e Bernardo

A delegação do Águia de Marabá Futebol Clube, que às 20 horas deste sábado (20), enfrenta o time que leva o nome da cidade, no Estádio Arena Verde está em Paragominas desde a noite desta sexta-feira (19). Segundo a direção do Águia, a chegada antecipada é para garantir que os atletas tenham tempo de descansar e de fazer um treino de reconhecimento do gramado na Arena Verde.

Após ter vencido o Castanhal, no último domingo (14), por 1 a 0, em Parauapebas, o Azulão de Marabá tentará chegar aos seis pontos na tabela. Desta feita já contando com os atletas Felipinho, Marquinhos e o goleiro Bernardo, este já regularizado.

Durante a semana, o time fez um treino técnico-tático, sob o comando de João Galvão, em Itupiranga. Já o preparador físico Gesiel Passiani conduziu outros momentos de preparação física dos jogadores.

Em virtude da não apresentação dos laudos dos Bombeiros, o jogo será de portões fechados. Alguns ingressos já haviam sido vendidos e o Paragominas fará a devolução dos valores aos que compraram antecipadamente. O estádio Arena Verde está em excelente condições mas não houve tempo hábil para a regularização.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Futebol

Clube do Remo fica no empate diante do Castanhal em Santa Maria do Pará

A partida terminou empatada, em 1 a 1, no Estádio Rabelão

Por Fábio Relvas

Faltando quinze dias para a bola rolar valendo o Campeonato Paraense 2018, as equipes seguem se preparando firme. Na tarde deste sábado (30/12), quatro equipes entraram em campo para jogos amistosos. O Clube do Remo foi até a cidade de Santa Maria do Pará, a 105 km da capital, para encarar o Castanhal no Estádio Rabelão em jogo comemorativo dos 56 anos da emancipação política do município e que terminou em 1 a 1.

Em outro amistoso, a equipe do Bragantino, que conquistou o tricampeonato da Segundinha do Parazão, enfrentou o Paragominas no Estádio São Benedito, o Diogão, em Bragança. O encontro serviu para a entrega de faixa para o campeão estadual da segunda divisão. A torcida que compareceu ao estádio teve que se contentar com o placar de 0 a 0.

Remo x Castanhal

O Leão Azul colocou pressão em cima do adversário e se manteve com muito mais posse de bola que o Japiim da Estrada. Mas o Castanhal foi mais eficiente, abrindo o placar aos 14 minutos do primeiro tempo. Júnior Rato (jogador da base remista) fez grande jogada pela direita e cruzou na medida para o atacante Val Barreto (ex-Remo), que não perdoou o seu antigo time e mandou para o fundo do barbante do goleiro Vinicius, 1 a 0 Castanhal.

Depois que sofreu o gol, o técnico Ney da Matta passou a alterar o time titular do Leão e mexeu logo em três posições. As mudanças surtiram efeito e o Remo teve algumas chances de empatar, mas parava no goleiro Roger Kath, que salvou o time aurinegro. No primeiro minuto da etapa derradeira, o Leão quase chegou ao empate, mas o gol saiu somente aos 29 minutos do segundo tempo, com um chutaço do atacante Jayme, 1 a 1, explodindo a nação azulina no Rabelão. O placar terminou no empate.

O Clube do Remo e Castanhal voltam a se enfrentar em amistoso no próximo domingo (07/01), às 16h, no Estádio Maximino Porpino, em Castanhal.

Bragantino x Paragominas

Com um primeiro tempo disputado, as duas equipes não conseguiram marcar. Alguns cartões foram mostrados por jogadas mais fortes. Os técnicos mexeram bastante nas equipes, mas apesar das mudanças, o jogo não evoluiu e a partida festiva terminou com o placar em branco. O que valeu mesmo foi toda a festa para o Tubarão do Caeté, que recebeu a faixa de tricampeão da Segundinha.

comércio

Veto que proibia bebidas alcoólicas nos estádios de futebol foi derrubado na Câmara Municipal de Belém

A lei precisa ser sancionada pelo prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), e vai valer somente para os estádios da capital
Por Fábio Relvas

Os vereadores de Belém aprovaram nesta quarta-feira (13/12), o Projeto de Lei que libera a comercialização de venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol da capital, derrubando o veto que proibia. A votação final teve 18 parlamentares sendo a favor e 12 contra. No entanto, a lei precisa ser sancionada pelo prefeito Zenaldo Coutinho (PSDB), e vai valer somente para os estádios de Belém, que terão jogos na temporada. Em relação as partidas nas praças esportivas do interior, cabe as câmaras municipais de cada cidade fazer seu projeto e passar pela aprovação do prefeito.

“Se der tudo certo, o Campeonato Paraense de 2018, no dia 13 de janeiro e for o jogo em Belém, já terá com bebidas. Em relação ao interior como: Bragança, Santarém, Parauapebas, Paragominas, Tucuruí, lá as câmaras municipais tem que fazer a mesma coisa que Belém, fazer o projeto, aprovar na Câmara Municipal, ai sim, o prefeito municipal homologando estará autorizado bebidas nos estádios de futebol nos municípios”, afirmou Maurício Bororó, vice-presidente da FPF.

O encontro na Câmara Municipal de Belém (CMB) reuniu representantes de clubes, Federação Paraense de Futebol (FPF), Polícia Militar (PM) e os vereadores que participaram do último dia de sessões ordinárias de 2017, com uma pauta importante, tendo votação em questão. A autoria do projeto que derrubou o veto é de Mauro Freitas (PSDC), presidente da CMB e vereador. Apesar de maioria ser a favor da liberação, houve questionamentos quanto a aprovação.

“Está mais do que provado que a diminuição da ingestão de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol, tanto na capital como no interior, ela acompanha a diminuição do índice de criminalidade. Não criminalidade em si, mas a questão da hostilidade, aquela violência que leva a hostilizar, causando brigas entre os torcedores rivais alterados pelo consumo de bebidas nas praças esportivas”, disse Antônio Cavalcante, tenente coronel da Polícia Militar.

Desde 2008, a venda e consumo de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol no estado do Pará, é proibida devido a Resolução 1/2008 da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), e a Lei 12.999/2010, dentro do Estatuto do Torcedor em seu artigo 13 que diz: “A está vetada a entrada e a permanência nas praças esportivas com bebidas ou substâncias proibidas ou suscetíveis de gerar ou possibilitar a práticas de atos de violência”.

OAB

VII Conferência da Advocacia do Estado do Pará terá eventos também no interior

A Conferência este ano conta com uma novidade, ela será estendida ao interior do Estado pela primeira vez, com eventos nos municípios de Redenção, Paragominas, Marabá e Santarém.

A OAB através da Escola Superior de Advocacia (ESA) estará realizando a VII CONFERÊNCIA DA ADVOCACIA DO ESTADO DO PARÁ, evento que acontece de dois em dois anos e é o mais representativo da classe, congregando além dos advogados paraenses, autoridades de todo o Brasil, representantes, acadêmicos e de outros segmentos do meio jurídico.

Sob o tema central A REAFIRMAÇÃO DOS COMPROMISSOS DA ADVOCACIA COM A SOCIEDADE CIVIL E O ESTADO DE DIREITO, a Conferência este ano conta com uma novidade, ela será estendida ao interior do Estado pela primeira vez. Antes do Evento final em Belém nos dias 20, 21 e 22 de setembro haverá conferências nos municípios de Redenção, Paragominas, Marabá e Santarém no período de 09 à 30 de Agosto, e em cada Conferência regional o tema central será debatido por meio dos subtemas:

Redenção “A Advocacia e a Observância da Ética, dos Deveres e Prerrogativas Profissional.”

Paragominas “A Advocacia e a Defesa da Constituição, da Ordem Jurídica do Estado Democrático e dos Direitos Humanos.”

Marabá “A Advocacia e a Defesa da Justiça Social, da Boa Aplicação das Leis e da Rápida Administração da Justiça.”

Santarém “A Advocacia e o Aperfeiçoamento da Cultura e das Instituições Jurídicas.”