Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

Apenas um dos 19 detentos que fugiram do CRRAMA em Marabá foi recapturado

Detentos dos pavilhões A e B, do pavilhão forte 1 e 2 e marcenaria semiaberto, armados com duas pistolas começaram ontem a confusão, pegando um agente prisional como refém

Por Eleutério Gomes – de Marabá

Somente um dos 19 detentos que fugiram do CRRAMA (Centro Regional de Recuperação Agrícola “Mariano Antunes”), em Marabá, já foi recapturado pela Polícia Militar. Conhecido como “Redenção”, ele foi pego em Itupiranga, por uma equipe do Grupo Tático 3. Até o momento, os outros 18 continuam foragidos, mas, equipes da PM seguem nas buscas, nos arredores da penitenciária, vilas e cidades próximas.

Era por volta das 17 horas do domingo quando começou a rebelião que resultou na fuga. Detentos dos pavilhões A e B, do pavilhão forte 1 e 2 e marcenaria semiaberto, armados com duas pistolas começaram a confusão, pegando um agente prisional como refém, em seguida fugiram em massa.

O Grupamento Tático da PM ainda chegou a ser chamado para debelar o motim, mas os detentos que conseguiram fugir em meio à balbúrdia já estavam longe. Hoje pela manhã, a direção da penitenciária divulgou a lista dos agora considerados foragidos.

Vale ressaltar que o CRRAMA tem capacidade para abrigar 180 detentos, mas até agosto passado custodiava nada menos que 565, conforme a última informação obtida pelo Blog. Segundo a direção da cadeia informou na época, é intenção do Governo do Estado construir outra penitenciária, com maior capacidade e mais segurança, logo no início de 2018.

A velha penitenciária foi construída há 23 anos, para abrigar apenas presos do regime semiaberto, nunca passou por reforma ou ampliação e a edificação já está bastante deteriorada e, em consequência, fragilizada.

Em nota enviada no final da manhã ao Blog, a Susipe (Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado) confirma a fuga de 19 internos do CRRAMA e acrescenta novos detalhes sobre a fuga. “Após o horário de visita, um interno solicitou atendimento médico e foi encaminhado à enfermaria da unidade prisional. No local o detento rendeu os agentes penitenciários com uma pistola e retornou ao bloco carcerário para dar fuga a outros presos”, conta o comunicado.

Durante a situação – segue nota – o inspetor de segurança da casa penal lesionou uma das pernas e foi encaminhado ao hospital do município para atendimento médico. “A Corregedoria Penitenciária da Susipe irá abrir uma sindicância investigativa para apurar a fuga. Quem tiver qualquer informação sobre os fugitivos pode ligar para o disque-denúncia, no 181. O sigilo é garantido”, encerra a nota.

Os fugitivos são:

 – Ari Reinaldo Pinto Batista
– Caio Adriano da Rocha Silva
– Cristoph da Silva Lopes
– Daniel Lopes dos Santos
– Eugilson da Silva Costa
– Fabiano Feitosa Sousa
– Felipe Chagas dos Santos
– Francisco Danilo Pereira dos Reis
– Gabriel Sousa da Silva
– Geovane da Silva Assunção
– Jonata de Sousa
– Melque Henrique Silva
– Paulo Henrique de Freitas Mendes
– Paulo Henrique Pereira de Almeida
– Renan Araújo do Nascimento
– Ronan Aladim Alves
– Ronivon Araújo do Nascimento
– Savio Silva Lima
– Wanderson Ferreira Silva

fuga

Parauapebas: PM e Susipe descobrem túnel cavado por presos na carceragem do Rio Verde e impedem fuga em massa

A fuga estava prevista para a madrugada de terça-feira. Confira as imagens do túnel,

Agentes da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) encontraram um túnel que estava sendo cavado na carceragem do Rio Verde, em Parauapebas, durante a tarde desta segunda-feira (06). Segundo a Susipe, o túnel, que tinha início em uma das celas, já estava praticamente concluído, com a saída na calçada.

Imediatamente o Grupo Tática da PM foi chamado e invadiu o local, impedindo uma fuga em massa.

A Susipe, com a ajuda da Secretaria de Obras de Parauapebas, pretende fechar o túnel ainda hoje. Amanhã pela manhã pelo 10 presos devem ser transferidos para Marabá.

Polícia

Em Parauapebas, cabo PM mata cunhado a tiro após discussão com a esposa, também PM.

O cabo, que é lotado no Batalhão de Polícia Militar de Parauapebas, está foragido.

A Polícia Civil de Parauapebas investiga a morte de Francisco Graciano Junior, 24 anos de idade, que faleceu no Hospital Geral de Parauapebas nesta madrugada após dar entrada na emergência com ferimento à bala na cabeça.

Segundo apurado, o baleamento aconteceu por volta das 22 horas deste domingo na residência do cabo PM André Luiz, lotado no Batalhão de Polícia Militar de Parauapebas, e foi motivado por uma briga de casal. André Luiz, que é casado com uma cabo PM, discutia com a esposa e a vítima teria entrado no meio da conversa para impedir a briga. Nesse momento o cabo André teria efetuado um disparo com sua arma funcional que atingiu Francisco, cunhado de seu algoz, na cabeça

Momentos depois uma guarnição da PM compareceu ao local, e após prestar socorro à vítima se dirigiu à 20ª Seccional de Polícia Civil para comunicar o caso, apresentando a arma do PM usada no fato delituoso

O cabo Andre Luiz, logo após o fato, evadiu-se do local e até o momento ninguém sabe informar seu paradeiro.

A esposa de André esteve na Depol no início da madrugada para prestar depoimento e informou não saber do paradeiro do marido.

A PM provavelmente está apurando os fatos e deverá emitir uma nota mais tarde para esclarecer as circunstâncias do crime envolvendo dois de seus pares. O cabo André Luiz tem sete anos de farda.

O delegado José Aquino, responsável pelo inquérito aberto da Depol para investigar os fatos, já encaminhou ao IML uma solicitação de perícia na arma usada pelo PM. Segundo o delegado, um ofício será encaminhado ao comando da Polícia Militar em Parauapebas para que este apresente o cabo na 20ª Seccional de Polícia Civil.

polícia

Homem não passa nem 24 horas em liberdade e retorna para delegacia de Parauapebas acusado de furtar botijão de gás

Linchado pelos moradores, o furto aconteceu no Residencial Alto Bonito

Técio da Silva Botelho, de 24 anos, saiu da prisão ontem acusado de realizar assaltos a mão armada e hoje (28) já estava novamente na delegacia suspeito de furtar o botijão de gás do vizinho. Muito machucado, depois de ser linchado pela população, ele explicou que foi surpreendido por Diego Miranda com uma faca tomando satisfações de um furto no apartamento dele. “Ele me agrediu com uma faca, me acusando, mas eu não roubei nada”, disse o morador do Residencial Alto Bonito, prédio apelidado de “Céu Azul”, referência ao antigo bairro dos moradores.

A vítima, também morador no prédio do Céu Azul, afirmou que virou rotina os roubos no residencial. “De madrugada, por volta das 3 horas, esse morador, que saiu ontem da cadeia e é acostumado a roubar por lá, já até roubou a minha mãe, inclusive bateu nela, pegou meu botijão de gás e quando fui tomar satisfação ele me deu uma facada. E a polícia o prendeu. Vim até a delegacia porque me disseram que a PM estava me procurando, quis prestar satisfação, e até agora não encontrei meu botijão”, contou Diego Miranda.

Canaã dos Carajás

Canteiro do S11D, da Vale, será transformado em Distrito Industrial e Polo Educacional de Canaã

O local também servirá de alojamento para os servidores do Batalhão de Choque da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Trânsito e Transportes

A Vale realizou ontem (25), a doação à Prefeitura de Canaã da área onde foi realizada a pré-montagem da usina (módulos) do projeto Ferro Carajás S11D. Por meio do protocolo de intenções assinado nesta tarde, o Governo Municipal dará nova movimentação ao local, com a implantação de um Distrito Industrial e de um polo educacional. O objetivo é, principalmente, impulsionar novas matrizes econômicas no município, que favoreçam a geração de oportunidades de trabalho, renda e desenvolvimento local.

O local também servirá de alojamento para os servidores do Batalhão de Choque da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran), que, a partir de hoje, ocupam a área.

O espaço, localizado no início da VS-40, conta com infraestrutura elétrica, hidráulica, sanitária e pavimentação. Para o Gerente Executivo de Relações com Comunidade da Vale, João Coral, a doação reflete a importância da mineração. “Por meio desta parceria institucional será possível multiplicar os efeitos positivos da mineração na economia local. É mais um investimento em desenvolvimento que a implantação do S11D deixa como legado para a cidade”.

O prefeito de Canaã, Jeová Andrade reforçou o compromisso do Executivo com o desenvolvimento do município. “É um passo importante que damos para a diversificação do nosso município, para assegurar o crescimento da cidade de forma sustentável, planejada. Vamos aumentar nosso potencial de empregabilidade, gerando mais renda e outros benefícios para toda a sociedade a longo prazo. Nossos estudantes terão maior conforto, e a cidade poderá ampliar a oferta de mão de obra especializada”.

A criação do Distrito deverá favorecer a atração de novas indústrias ou de empresas prestadoras de serviços. Irá permitir também o fortalecimento de um polo de micro e pequenas empresas, associações, cooperativas industriais e de empresas voltadas para o reaproveitamento de resíduos no município.

Conflito Agrário

Movimentos sociais que lutam pela Reforma Agrária interditam BR-155 após baleamento de membro do grupo em Eldorado dos Carajás

Homem estava dentro da Fazenda Surubim quando foi atingido por dois tiros.

A BR-155 está interditada por Movimentos Sociais desde o início da manhã desta segunda-feira em local próximo ao Acampamento Osmir Venuto, entre a Vila Gogó da Onça e Eldorado do Carajás.

Segundo informações da Polícia Militar do Pará, por volta das 10 horas a GU da PM recebeu uma ligação informando um possível assalto nas proximidades da Fazenda Surubim, mas que, quando chegou ao local se tratava da interdição da BR-155 por parte de pessoas ligadas ao Movimento Feminino Popular – MFP – e Liga dos Camponeses Pobres – LCP.

O motivo da interdição, segundo a PM, seria em virtude do baleamento de Denizart Alves de Souza, 54 anos, ligado aos movimentos, que ocorreu hoje pela manhã. Segundo os manifestantes, a vítima estava próximo a uma represa, nas proximidades do acampamento, quando foi surpreendida por um indivíduos não identificados que efetuaram dois disparos de arma de fogo nas costas da vítima.

Ainda segundo a PM, os manifestantes irão manter interditada a estrada até a chegada de agentes da   Delegacia Especializada em Conflitos Agrários – DECA – no local.

Cerca de 150 manifestantes estão no local nesse momento interditando a BR-155, que liga os municípios de Redenção e Marabá. Um grande congestionamento já se forma no local.

Denizart Alves de Sousa foi encaminhado ao Hospital Municipal de Eldorado do Carajás e passa bem.

O Blog não conseguiu contato com os representantes da Fazenda Surubim.

Violência

Polícia Civil vai interrogar preso acusado de matar o cabo PM Santarém em Parauapebas

O delegado Guilherme Macedo, da Divisão de Homicídios de Belém, responsável pelo inquérito, irá interrogar o suspeito.

A Polícia Civil do Pará vai interrogar, nesta semana, o preso Eduardo Araújo Barbosa, 20 anos, acusado de envolvimento no assassinato do cabo PM Raimundo Nonato Oliveira de Souza, que era conhecido como Santarém, e que foi morto após ser torturado em casa, em Parauapebas, no dia 11 de setembro passado.

Ele foi preso na madrugada de sexta-feira por policiais militares, após recebimento de informação sobre o endereço onde o acusado estava escondido no município. O preso tem mandado de prisão temporária requisitada pelo delegado Guilherme Macedo, da Divisão de Homicídios de Belém, responsável pelo inquérito.

Após passar por exame de corpo de delito, o preso foi recolhido na Unidade de Superintendência do Sistema Penitenciário em Parauapebas. O delegado vai seguir de Belém até Parauapebas para interrogar o preso dentro do inquérito do caso.

Polícia

Parauapebas: Polícia Militar apresenta primeiro envolvido na morte do Cabo PM Santarém

Foi apresentado nesta sexta-feira (13), pela Polícia Militar do Pará, na 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas o nacional Eduardo Araújo Barbosa, de 20 anos. Ele é um dos suspeitos da morte do Cabo PM Santarém, ocorrido em Parauapebas no dia 11 de setembro passado.

Barbosa, a princípio, quando de sua prisão, não fez nenhuma declaração na Seccional, resguardando seu direito previsto em Lei.

A delegada Yanna Kaline Wanderley de Azevedo, diretora da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, não pormenorizou sobre a prisão de Barbosa, adiantando apenas que ele foi preso em Parauapebas, pela PM, e que novas diligências estão sendo feitas no sentido de prender todos os envolvidos na morte do militar e colocá-los à disposição da justiça.

Cabo Santarém
error: Conteúdo protegido contra cópia!