Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Mistura de álcool e volante manda dois para o hospital e um para a DP

Condutor bêbado diz que nada bebeu antes de dirigir, jura que só bateu no poste e conta história difícil de entender e convencer
Continua depois da publicidade

Muitas doses de bebida alcoólica, um carro, um motorista alcoolizado e uma estrada movimentada. Foram esses os ingredientes da indigesta receita que mandou para o Hospital Geral de Parauapebas, por volta das 9h30 deste sábado (28), o ciclista Milvan Seixas Nunes e o motociclista Cícero Weliton Silva Araújo. Quem fez a mistura foi o condutor Tiago da Silva Lima, 29 anos. Ele jura que não estava bêbado, diz que não ingeriu uma gota de álcool antes do acidente, mas, tanto os policiais que o removeram à Polícia Civil quanto o Repórter do Blog respiravam puro álcool quando ele abria boca para falar.

Tanto Milvan quanto Cícero trafegavam pela Rodovia PA-275, no perímetro urbano de Parauapebas, quando foram atirados fora da pista pelo automóvel Ford Fiesta placas HMY-1870/Parauapebas-PA, dirigido por Tiago Lima, que contou uma história sem o menor sentido para explicar o acidente que ele provocou.

De acordo com o motorista, ele seguia pela rodovia quando surgiram à frente uma carreta e duas bicicletas, das quais ele desviou, mas, logo apareceu à frente outra carreta que fechou uma moto: “Eu tentei tirar das bicicletas e aconteceu a colisão, bati no poste”, contou.

Informado de que duas pessoas foram parar no hospital por terem sido colhidas pelo carro que ele dirigia, Tiago Lima disse que os veículos menores é que se chocaram no carro dele e completou: “Tem várias câmeras ali, pode ver nas imagens se eu bati em alguém, bati foi no poste”.

O sargento F. Menezes e o cabo Gama, ambos da Polícia Militar, contaram que, quando chegaram ao local do acidente, Tiago Lima já havia sido detido pela população, visivelmente embriagado. Ele não reagiu à voz de prisão e se mostrou “bastante tranquilo”.

O sargento Constantino, do Corpo de Bombeiros, que, ao lado do também sargento Gilson e do soldado Eduardo, socorreu as vítimas, relatou que Cícero Araújo foi atirado barranco abaixo e, além de ter fraturado o punho esquerdo, queixava-se de muitas dores na coluna cervical. Ele foi removido pelo Resgate ao hospital, enquanto Milvan Nunes, com várias escoriações e dores pelo corpo, foi socorrido por uma ambulância do Samu. Quanto ao condutor Tiago Lima, até o início desta tarde seguida detido na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Paga o abstêmio pelo bebedor

De acordo com dados do Observatório Nacional de Segurança Viária, divulgados em dezembro de 2017, mensalmente acontecem no Brasil 3.900 mortes em acidentes de trânsito, o que perfaz 46.800 mortes por ano, 21% das quais – 9.828 – causadas por condutores alcoolizados.

O custo, para os cofres públicos, dessas mortes causadas pelo álcool ao volante e também de acidentados que sobrevivem, mas que ficam com sequelas, é de R$ 119,3 bilhões ao ano, segundo levantamento do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada), ANTP (Agência Nacional de Transportes Públicos), Ministério da Saúde e
OMS (Organização Mundial da Saúde). E, como os cofres públicos são abastecidos pelo contribuinte, até quem só toma água paga pela conta de quem dirige alcoolizado.

Reportagem: Ronaldo Modesto

Redenção

População revoltada espanca assaltantes em Redenção

Dos dois elementos, um era menor de idade. Para a Polícia eles são suspeitos de provocar o terror na cidade.
Continua depois da publicidade

No início da tarde do último sábado (21), populares dos setores Planalto II e Aripuanã, por pouco não lincharam dois jovens que estavam praticando assalto em Redenção.
Revoltados com a onda crescentes da violência na região, populares com posse de pedaços de madeiras e ferros resolveram fazer justiça com as próprias mãos.

Segundo a Polícia, no início da tarde de sábado, Jheison Azevedo Jacosk, de 19 anos, na companhia de um menor de idade das iniciais B.W.R.R, de 17 anos, teriam tomado de assalto a motocicleta de uma senhora no setor Planalto I, e naquela ocasião populares perseguiram os assaltantes. Para despistar, os assaltantes se dividiram e adentraram em residências diferentes no setor Planalto II.

Após alguns minutos da ação dos criminosos, moradores conseguiram encontrar o primeiro assaltante, um menor de idade. A população começou a espancá-lo, mas por sorte a Polícia conteve o início de linchamento. Para sua segurança ele foi levado para a Delegacia.

A população, não satisfeita, começou a “caçada” pelo segundo assaltante, que foi encontrado 30 minutos depois. Jheison Azevedo, estava dentro de uma residência no setor Planalto II. Do lado de fora havia uma grande aglomeração, cerca de 250 pessoas gritavam a todo o momento as seguintes palavras: “Sai pra fora seu safado; Tu merece é morrer seu ladrãozinho”.

João Lucas, um dos moradores do setor Planalto, falou com a equipe do blog e disse: “O safado é tão sortudo que o encontramos na hora que a viatura da Polícia chegou e não deixou a gente bater. Ah, ladrãozinho de sorte. Nós queremos só que a Polícia libere somente um pouquinho para nos conversarmos com ele e ensiná-lo como se invade os setores alheios, finalizou João Lucas.

Para conter a ação da população a Polícia teve que usar spray de pimenta para resguardar a vida do preso. Foi necessário o reforço de oito Policiais Militares, alguns do Grupo Tático Operacional (GTO).

Parauapebas

Tatuador executado com seis tiros e menor baleado no Liberdade I

O crime aconteceu pouco antes da meia noite de ontem e foi executado por um indivíduo que chegou em uma moto Fan, preta
Continua depois da publicidade

O crime aconteceu pouco antes da meia noite de ontem e foi executado por um indivíduo que chegou em uma moto Fan, preta O tatuador Wemerson Rodrigues de Albuquerque, 20 anos, foi executado com seis tiros de pistola por volta das 23h40 de ontem, sexta-feira (13), na casa em que morava, na Rua Tocantins, Bairro Liberdade I. Na mesma ocasião o adolescente Fabrício do Carmo Portilho Franco, de 17 anos, também foi ferido a bala, mas sobreviveu e foi removido ao Hospital Municipal, onde passou por cirurgia.

O motivo dos dois crimes ainda é desconhecido para a Polícia Civil. Até o início da tarde deste sábado (14), nenhum parente de Wemerson ou de Fabrício, havia se dirigido à 23ª Seccional Urbana para registrar Boletim de Ocorrência.

Segundo a investigadora Fátima Marques, que esteve no local do crime, o atirador chegou em uma moto Fan, preta, em companhia de uma mulher, deixou a acompanhante na rua e entrou na casa, pertencente a uma senhora conhecida como Neta, dona do imóvel, que aluga os quartos. Foi direto para o quarto de Wemerson e disparou contra o rapaz, que não tinha a perna esquerda, matando-o. Em seguida, ainda de arma em punho, entrou em outro cômodo onde estava o adolescente, atirando contra ele também. Em seguida, saiu e tomou rumo ignorado.

Fátima Marques afirma que no local foram encontradas nove capsulas e, ainda segundo ela, Wemerson já havia morado em Parauapebas, porém, após se meter em confusão, mudou-se para Canaã dos Carajás, de onde havia retornado recentemente.

Reportagem: Ronaldo Modesto

Parauapebas

Motoqueiro executa esposa do Secretário de Desenvolvimento de Parauapebas na porta de igreja (atualizada)

Mais uma vítima da violência em Parauapebas
Continua depois da publicidade

É com profundo pesar que comunico o falecimento de Sindicléia de Carvalho Vieira Santos, 39 anos, esposa do secretário Municipal de Desenvolvimento de Parauapebas, Isaías Queiroz de França. Ela foi assassinada quando saía de um culto na Igreja Assembleia de Deus do bairro Vila Rica, em Parauapebas, no início da madrugada deste sábado (31).

Segundo as primeiras informações, um motoqueiro se aproximou dela quando ainda estava entrando em seu carro, na porta da igreja, a puxou pelo braço e atirou na cabeça da vítima. Ela ainda foi socorrida por amigos e encaminhada ao Hospital Geral de Parauapebas, mas não resistiu.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Parauapebas.

Mais informações em instantes.

NOTA DE PESAR

A Prefeitura de Parauapebas lamenta profundamente o brutal assassinato de Cidicleia Carvalho Vieira França, esposa de Isaías França de Queiroz, secretário municipal de Desenvolvimento. Cidicleia foi covardemente assassinada às primeiras horas deste sábado, depois de participar de uma vigília na Igreja Assembleia de Deus Mãe, no bairro Altamira.

A Prefeitura de Parauapebas se solidariza ao secretário Isaías de Queiroz, aos filhos e a toda família de Cidicleia neste momento de imensa dor e tristeza, quando tantas perguntas são feitas sobre a motivação para tamanha crueldade numa semana em que o mundo relembra a morte e a ressurreição de Jesus Cristo.

Companheira e amiga, Cidicleia gostava de estender as mãos aos mais humildes e distribuía alimentos em bairros carentes. Contava com apenas 42 anos de idade e teve a vida interrompida, o que deixará muitas saudades naqueles que a amavam.

A Prefeitura de Parauapebas acredita no trabalho da Polícia, para que a justiça seja feita.

O velório de Cidicleia Vieira França será a partir das 10 horas deste sábado, 31, na Igreja Mãe da Assembleia de Deus, no bairro Altamira.

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP

 

Parauapebas

Polícia Militar apreende maconha pronta para ser comercializada em Parauapebas

O traficante, que é reincidente, fugiu antes que a polícia chegasse
Continua depois da publicidade

A apreensão de 3,5 kg de maconha prensada e já sendo preparada para circular no mercado do tráfico em Parauapebas se deu por  volta das 15 horas de ontem, quarta-feira (14), quando uma guarnição da Polícia Militar flagrou um menor de 14 anos portando uma pequena porção de maconha. Os policiais indagaram, então, onde o menor havia comprado a droga e ele deu o endereço, no Bairro União.

A guarnição, comandada pelo tenente Freitas, se dirigiu ao endereço indicado, mas, ao chegar, não encontrou o responsável pela boca de fumo. Na casa, foram encontrados tabletes da droga, balança de precisão, material para embalagem a Carteira de Identidade do dono da boca, Romário da Silva de Sousa, 21 anos, que, na pressa para escapar de ser preso, deixou até o documento para trás.

Segundo o tenente Freitas, Romário já foi preso pelo mesmo crime, mas acabou ganhando liberdade e já é conhecido da polícia. “Vamos continuar as buscas, porém, e assim que ele for localizado será preso novamente”, disse o oficial.

A equipe que fez a apreensão da droga é formada ainda pelo sargento Pinto, cabo Batalha e soldado Décio.

Reportagem: Ronaldo Modesto

Canaã dos Carajás

Supermercado Diamante é assaltado mais uma vez em Canaã dos Carajás

Criminosos levaram dinheiro e o carro do gerente da filial localizada nas Casas Populares. Câmeras de vigilância flagraram a ação dos bandidos
Continua depois da publicidade

Há pouco mais de um ano, a filial do Supermercado Diamante das Casas Populares, em Canaã dos Carajás, foi inaugurada e os moradores da localidade aplaudiram a novidade comercial. No entanto, a clientela fixa e a distância para o Centro da cidade acabaram chamando a atenção de quem não devia: os bandidos. No ano passado, um assalto no mês de maio foi noticiado em toda a cidade. Três meses depois, em uma ronda cotidiana, os autores do crimes foram presos em uma motocicleta roubada.

Na noite desta quarta-feira (14), mais uma vez, funcionários e clientes viveram momentos de terror. Dois homens invadiram o supermercado e renderam os caixas, outros trabalhadores e o gerente. Um dos homens estava armado e pediu que os profissionais esvaziassem as gavetas de dinheiro. Sem esboçarem reação, os trabalhadores fizeram o ordenado e puseram o dinheiro em sacolas.

Veja o vídeo abaixo:

Para a fuga, os dois criminosos usaram o carro do gerente da unidade. O veículo era um Volkswagen Gol de cor prata. Os bandidos partiram em disparada. Em entrevista, o gerente falou sobre o ocorrido: “Tudo aconteceu por volta das 19:30. Estávamos no mercado e os dois elementos chegaram. Eles conseguiram levar mais ou menos R$ 700,00. Depois que recolheu o dinheiro que estava nos caixas, eles vieram até mim. Eu estava na mesa e eles procuraram dinheiro. Como eu não tinha, eles pegaram a chave do meu carro. Até o momento não tive mais notícias do meu veículo.”

O gerente ainda explicou que um amigo passou pelo local instantes depois do crime. Também de carro, os dois acompanharam os bandidos até a saída da cidade. Ao perceberem que estavam sendo seguidos, eles pararam o carro e deram dois tiros para cima. O ato acabou assustando o gerente e o amigo e eles se afastaram do local. Na última vez em que foram vistos, os bandidos estavam próximos da ocupação dos sem-terra na entrada da cidade.

O gestor do supermercado falou sobre a perda do veículo: “O que fica é um sentimento muito ruim. É um bem que a gente trabalha tanto tempo para adquirir e é para a minha necessidade, pois tenho uma esposa grávida, outro filho maior… A gente fica meio frustrado, pois está trabalhando e o cara chega para levar os bens da gente, sem a gente poder reagir a nada.”

A ação dos bandidos foi flagrada pelas câmeras de vigilância do supermercado. Um deles estava usando capacete e o outro apenas um boné. Em posse das imagens na manhã desta quinta-feira (15), a Polícia Civil já havia começado as investigações, mas até o fechamento desta matéria não havia sinal dos bandidos e nem do carro roubado.

Canaã dos Carajás

Em Canaã dos Carajás, furto no Banco do Brasil, estupro de vulnerável e assaltantes presos deram o tom do final de semana

Saiba tudo que ocorreu no plantão policial deste fim de semana na cidade
Continua depois da publicidade

Da tranquilidade ao longo das últimas semanas a um final de semana com muitas casos de polícia em Canaã dos Carajás. Na manhã desta segunda-feira (12), a Delegacia de Polícia Civil ficou lotada de parentes dos presos, advogados e vítimas. Entre os casos que mais chamaram a atenção, o arrombamento e furto ao Banco do Brasil, o estupro de uma criança de três anos e uma dupla de assaltantes presa.

De acordo com o delegado Thiago Carneiro, as investigações sobre o ocorrido com o banco já tiveram início: “O furto na agência foi um fato completamente atípico no município. A Polícia Civil já instaurou inquérito policial para apurar as circunstâncias do crime e também identificar os autores. Já fizemos os primeiros levantamentos e ouvimos algumas testemunhas para poder ter êxito nessa missão. A investigação está em fase inicial e algumas informações são sigilosas, justamente para não atrapalhar, no entanto acreditamos que o valor não foi muito alto. Vamos continuar verificando a fundo essa questão.”

Na madrugada de sábado (10), alguns criminosos fizeram um buraco no fundo da agência, entraram no local e levaram o conteúdo de alguns cofres. O banco amanheceu fechado nesta segunda-feira e ainda não há previsão de funcionamento.

O delegado Thiago também explicou o chocante caso de estupro de vulnerável: “O trabalho da Polícia Militar acontece de forma diuturna. Um senhor de aproximadamente 70 anos de idade praticou ato libidinoso com uma criança de três anos. Ele foi enquadrado em flagrante de delito por estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do código penal.”

Já na madrugada de segunda-feira, uma dupla roubou o celular de duas senhoras que transitavam em uma via da cidade. Sem querer se identificar, uma das vítimas concedeu entrevista: “Vínhamos andando pela rua, eles nos pararam e já foram gritando ‘perdeu, perdeu’. Eles mandaram que nós deitássemos no chão e levaram nossos celulares. Isso é muito ruim! Você trabalha para conseguir as coisas e um celular custa tão caro hoje.”

A Polícia Militar conseguiu fazer a prisão dos dois: “Esse assalto aconteceu na Avenida dos Pioneiros. Um maior e um menor agiram com violência e subtraíram os pertences de uma vítima. A PM teve êxito nessa captura e eles já estão presos.” O menor, J.W.A.S., e o maior Cledis Bahia Mota seguem presos e aguardam agora decisão judicial. Além deles, o senhor acusado de estupro também está preso aguardando decisão da justiça.

Tucuruí

Grupo de Tucuruí faz manifestação em frente ao TJPA

Manifestantes fecharam rodovia em Belém para exigir solução nas investigações do assassinato de Jones William
Continua depois da publicidade

Uma comitiva formada por 40 pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram um protesto nesta segunda-feira (22) em frente a sede do Tribunal de Justiça do Pará, na avenida Almirante Barroso, em Belém. O protesto é liderado por Roquevan Alves da Silva, líder do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que em 2012 foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado pela invasão da usina hidrelétrica de Tucuruí em 2007.

A comitiva está na capital para exigir celeridade no processo que apura a morte do prefeito de Tucuruí, Jones William. A demonstração é composta, em sua maioria, por idosos e crianças.

Em alguns momentos, a avenida foi obstruída pelos manifestantes, mas logo em seguida, a liberaram.

Ainda hoje, por volta das 13h, a comitiva será recebida pela Comissão de Direitos Humanos da OAB; a reunião será para pedir que a Ordem dos Advogados siga acompanhando as investigações do caso.