Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Saúde

Ex-prefeito de Marabá toma posse esta semana na Atenção Básica do Ministério da Saúde

Portaria nomeando João Salame foi assinada pelo ministro Eliseu Padilha e publicada hoje no DOU

Por Eleutério Gomes – de Marabá

João Salame Neto (PMDB), ex-prefeito de Marabá, é o novo diretor do Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, conforme portaria assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (15).

Ouvido pelo Blog no início da tarde, ele disse que se trata de um cargo de grande importância, pois coordena todas as ações de atenção básica de saúde no País. “Esperamos fazer um bom trabalho nesse importante departamento e intensificar as ações, não só no País, mas com atenção especial voltada para Marabá e regiões sul e sudeste do Pará”, disse Salame.

Ele afirmou que hoje mesmo apresenta a documentação necessária para que a nomeação seja oficializada, o que deve acontecer ainda esta semana.

As atribuições do departamento que será dirigido agora pelo ex-prefeito de Marabá são de fortalecimento às ações mais básicas de saúde nas estruturas dos Estados e municípios. Apesar das dificuldades orçamentárias ora vividas pelo governo federal, Salame espera tornar mais eficientes as ações da atenção básicas, quando tomar posse e começar a trabalhar.

Política

Nova diretoria do PSC em Parauapebas é apresentada pelo vice-governador

Zequinha Marinho anunciou ainda nova meta do partido para filiações no estado

As lideranças do Partido Social Cristão (PSC) em Parauapebas se reuniram na tarde deste sábado (5), no Plenarinho da Câmara Municipal, para participar de uma palestra com o vice-governador Zequinha Marinho, que também é o presidente estadual do partido. Na ocasião, a nova diretoria do PSC Parauapebas foi apresentada.

O vereador Marcelo Parcerinho foi o escolhido para presidente, o professor Pedro Jacques de Oliveira para vice-presidente, Jeremias Gomes Cavalcante para secretário, Valdivino da Silva Linhares para tesoureiro, e Manoel Messias Alves da Silva, Ronam Gomes Pereira Neto e o empresário Magleano Baesse Carvalho são suplentes.

Atualmente, o PSC tem em torno de 30 mil filiados em todo o estado do Pará; o vice-governador apresentou durante o evento a meta do partido para aumentar esse número, no prazo de um ano. “A população brasileira é simpatizante do nosso partido. Defendemos os valores cristãos, temos condições de alcançar a nossa meta, que é de 200 mil filiados”, afirmou Zequinha Marinho.

Quando questionado sobre a ousadia da meta, uma vez que ela aumenta em quase sete vezes o número atual de filiados, o presidente estadual do partido compartilhou que a estratégia é focar por segmento: “vamos dividir isso por etapa e envolver o nosso pessoal de forma que mulheres atraiam mais mulheres, jovens tragam mais jovens. Cada um trabalhando com o seu segmento”.

Zequinha Marinho destacou a importância da cidade na conquista da meta, “Parauapebas tem 150 mil eleitores, 4% disso dá seis mil filiados. Queremos aqui pelo menos 3 mil homens, 1.500 mulheres e 1.500 jovens; essa é a meta mínima para o município. O Marcelo Parcerinho é jovem, é político, é um vereador maduro, está no segundo mandato, tem tarimba e boa relação em toda a cidade. Tenho certeza que ele à frente vai animar os seus colegas para que isso aconteça”.

“É uma grande felicidade retornar à presidência do partido; a primeira vez foi em 2008. Na última eleição, o PSC tirou mais de oito mil votos. Nossa meta, estabelecida pelo diretório estadual, é alcançar seis mil filiados. Acredito muito que é possível alcançarmos esse desafio”, afirmou Marcelo Parcerinho.

Curionópolis

Curionópolis: Justiça determina retorno de Adonei Aguiar ao cargo de Prefeito

"Vamos voltar ao cargo que o povo nos deu, o cargo em que nós fomos eleitos", afirma o prefeito

Afastado desde o dia 30 de junho, durante a Operação Alçapão do Ministério Público, Adonei Aguiar conquistou na justiça o direito de retornar ao cargo de prefeito de Curionópolis. A decisão foi do desembargador Roberto Gonçalves de Moura, por meio do processo de número 0009216-28.2017.8.14.0000, julgado em segunda instância e publicado nesta terça-feira (18), que anulou a sentença expedida pela juíza Priscilla Mamede Mousinho, na qual afastava o prefeito do cargo.

“Como sabido, o afastamento cautelar previsto no parágrafo único do art. 20 da Lei de Improbidade (Lei 8.429/92) deve ser visto com temperamentos, principalmente no que se refere aos agentes políticos, sendo necessário, segundo a jurisprudência e a doutrina, um real e efetivo embaraço à instrução processual, não uma hipotética interferência que poderá vir a acontecer em decorrência do exercício do cargo. Assim, a possibilidade de afastamento in limine do agente público do exercício do cargo, emprego ou função, porquanto medida extrema, exige prova incontroversa de que a permanência do Gestor poderá ensejar dano efetivo à instrução processual, o que, na hipótese, não parece ser o caso, máxime porque, in casu, a instrução processual sequer tinha iniciado”, relata trecho da decisão do desembargador.

“Meus amigos e amigas, acabamos de ganhar um agravo em Belém. Vamos voltar ao cargo que o povo nos deu, o cargo em que nós fomos eleitos, para prefeito do município de Curionópolis. Estamos aí, e viva a justiça do Pará, viva o Tribunal de Justiça do Estado do Pará que mais uma vez faz justiça aqui em Curionópolis”, declara Adonei Aguiar, em áudios espalhados em grupos de WhatsApp.

A Operação Alçapão foi iniciada pelo Ministério Público por conta de suspeitas de fraudes em processos licitatórios, entre eles, a contratação de um escritório de advocacia, por um alto valor, e a compra direta de medicamentos em uma farmácia, mesmo tendo outros fornecedores no município.

De acordo com informações apuradas pelo Blog, a defesa argumentou a necessidade da contratação do escritório de advocacia em função de sua expertise em causas como a do resgate de valores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fudeb); a defesa parece ter usado o exemplo de Parauapebas, que contratou anos atrás serviços advocatícios especializados para conseguir o recurso, porém só agora os valores foram liberados.

Sobre a compra direta de medicamentos, conforme repassado por uma fonte ao Blog, a defesa argumentou que a nova gestão recebeu hospital e unidades de saúde sem medicamentos, afirmando que se não tivesse sido realizada compra emergencial de medicamento, vidas poderiam ser colocadas em risco.

A vice-prefeita, Quelia Rosa, que estava em exercício até então, havia exonerado recentemente todo o quadro de secretários do governo de Adonei Aguiar.

Política

Câmara de Parauapebas realiza duas sessões em um dia

Aprovações de emendas, indicações e projetos de lei foram assuntos do dia

O encerramento dos trabalhos legislativos desse primeiro semestre de 2017 foi marcado pela realização de duas sessões nesta terça-feira (27). A primeira tratou de aprovação de emendas, indicações e projetos de lei do Legislativo e do Executivo, e a segunda da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Durante a primeira sessão foi informado que a Câmara recebeu ofícios, do Executivo, especificamente da Secretaria Municipal de Fazenda (Sefaz), tratando dos seguintes assuntos: Relatório de Execução Orçamentária (REO), concernentes ao primeiro e segundo bimestres de 2017; Relatório de Gestão Fiscal (RGF), referente ao primeiro quadrimestre do ano; prestação de contas referente ao primeiro quadrimestre do mesmo ano, da Prefeitura, assim como também dos Fundos Municipais de Meio Ambiente, Cultura, Integração e Protagonismo Juvenil, dos Direitos da Mulher, Habitação de Interesse Social, dos Direitos da Criança e do Adolescente, Assistência Social, Saúde, Educação e FUNDEB.

O presidente da Câmara, Elias Ferreira, apresentou duas Indicações que, segundo ele, podem gerar economia aos cofres públicos municipais. A Indicação 200/2017 solicita ao Executivo que “regulamente em lei a institucionalização do protocolo clínico das diretrizes terapêuticas do programa de alergia à proteína do leite de vaca (aplv) e intolerância à lactose, segundo abordagem multidisciplinar, âmbito do Sistema Único de Saúde do município”, diz parte da proposta do vereador. Em sua justificativa, ele afirma que a entrega de leite para as crianças que carecem do alimento não é feita com os devidos critérios.

“Essa Indicação se faz necessária para que haja critério no seu fornecimento [do leite], consequentemente adequando a aplicação do dinheiro público. Por exemplo, São Luís do Maranhão tem mais de um milhão de habitantes, conforme o IBGE, e gasta, por mês, em torno de R$ 130 mil, com os produtos; já Parauapebas, que possui em torno de 200 mil habitantes, está gastando meio milhão de reais por mês, sinalizando claramente a má utilização dos recursos”, afirmou o presidente da Câmara.

A outra Indicação feita por Elias Ferreira trata da substituição das lâmpadas incandescentes por LED, ação que pode resultar na economia de até 83% de energia, segundo o vereador.

ICMS

Mais uma vez o percentual destinado ao município de Parauapebas referente à Cota Parte do ICMS foi questionado na sessão, desta vez a vereadora Joelma Leite utilizou a tribuna e fez uma apresentação bem didática para explicar as perdas de recurso que o município vem sofrendo, “vieram uns iluminados, de Belém, dizendo que quem fixa o índice é a equipe de Fazenda do governo e não a Constituição. Quem acha que a nossa maior receita é a CFEM está enganado, nossa maior receita é o ICMS e a forma arbitrária com que o governo estadual fez toda essa metodologia nos dá certeza de que estamos em uma situação crítica. Se eles fizessem isso para todos os municípios, tranquilo, seria justo, mas não, fizeram só Parauapebas, aquele município que tem fama de rico e que todo mundo quer tirar uma pontinha. Como os índices são fixos, quando diminui o de um município automaticamente aumenta o de outro, nesse caso, aumentou o índice de Belém. É inadmissível que o governo estadual, além de não governar para Parauapebas, ainda tire o nosso recurso”, afirmou a vereadora.

O vereador Luiz Castilho compartilhou um pouco da atuação da Comissão Especial de Estudo da Cota Parte do ICMS e da viagem que os integrantes fizeram à Brasília. “Essa comissão teve voz no gabinete da presidência. Gostaria de parabenizar a nossa colega relatora, economista, Joelma Leite, com o conhecimento dela e a força política que os demais integrantes da Comissão tem tido, vamos ter êxito. Amanhã falaremos com o governador em exercício, com os dados técnicos que temos e com a força política do Marcelo Parcerinho, que é do mesmo partido dele, tenho certeza que teremos apoio”, afirmou o vereador.

Segunda Sessão

A segunda sessão tratou de assuntos relacionados à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Inclusive, foi aprovada por unanimidade a alteração do percentual de gastos destinados à publicidade, no orçamento de 2018. O percentual atual é de 0,5% para publicidade, com a aprovação da Câmara, o Executivo poderá destinar 1,5% do orçamento total para essa rubrica.

Política

Carta aberta da militância do PT do Pará

Confira a manifestação pública da militância e simpatizantes do PT do Pará contra a possibilidade de composição com partidos "golpistas" nas eleições das mesas da Câmara e do Senado.

A presente carta é uma manifestação pública da militância e simpatizantes do PT do Pará contra a possibilidade de composição com partidos golpistas nas eleições das mesas da câmara e do senado.

A decisão do diretório nacional do PT ocorrida no último dia 20/01 que deliberou que cabe a bancada do PT a decisão final sobre que rumo tomar nas eleições da câmara e do senado, permitindo dessa maneira, que os parlamentares petistas façam aliança com Rodrigo Maia (DEM) e Eunicio Oliveira (PMDB), representa um grande equívoco frente ao momento que estamos enfrentando.

A composição com partidos e lideranças que aplicaram o golpe na presidenta Dilma, no PT e na sociedade, nos coloca contra a nossa base social, nos afasta dos movimentos sociais e nos deixa em descompasso com tudo que estamos defendendo nas ruas e nas lutas contra o golpe e o governo ilegítimo golpista, bem como sua agenda de supressão de direitos sociais e trabalhistas. Qualquer aliança com setores golpistas só irá nos desmoralizar e nos fragilizar enquanto partido de oposição ao governo usurpador de Temer e na denúncia do golpe.

O PT precisa ter uma posição coerente nas eleições da mesa da Câmara e do Senado. O partido deve construir uma chapa de oposição de esquerda, com partidos que estiveram conosco na defesa da democracia e contra o golpe. Nossa representação na mesa é um direito constitucional e não pode ser garantida mediante a chantagens e alianças com partidos golpistas.

Neste sentindo, conclamamos a toda a militância do PT do Pará a convencer os deputados e senadores do PT, em especial a bancada do PT do Pará, a não votar em golpistas e construir um bloco oposicionista para a eleição da mesa.

Seguiremos firmes na oposição ao governo usurpador de Temer, em defesa da democracia e contra retirada de direitos dos trabalhadores e da sociedade!

Belém, 30 de Janeiro de 2017.

Assinam essa carta:

Antonio Mirail- Presidente do PT de Bagre
Antônio Álvares Rodrigues – Militante do PT de Mosqueiro
Ana Lucia Lima- Executiva Estadual PT do Pará
Ana Julia Carepa – Ex-Governadora do Pará
Ana Paula Rodrigues- Militante do PT de Mosqueiro
Anizio Teixeira- Militante do PT de Parauapebas
André Farias- Professor da Universidade Federal do Pará
Andrea Barbosa – Setorial de Cultura
Amaury da APPD- Vereador de Belém
Aldo Rodrigues – Sindicalista- SINTEPP
Ademir Martins – Executiva do PT de Marabá
Antonia Lopes- Executiva PT Belém
Alessandro Barros- Militante do PT de Santa Izabel
Angelico Aciole- Presidente do PT de Oriximiná
Alcinéia Brabo- Militante do PT de Belém
Agricolo de Farias Miranda – Presidente do PT de Barcarena
Alex Rocha – Membro do Diretório Estadual
Alcir Silva – Professor da rede estadual de ensino.
Ari Loureiro – Professor da Universidade Federal do Pará
Bira Rodrigues – Membro do Diretório Estadual
Bruno Calheiros – Secretário de Cultura PT de Ananindeua
Carlos Marques – Executiva PT Belém
Claudio Elias Marques – Militante do PT de Xinguara
Claudio Puty – Membro do Diretório Nacional
Claudia Fortes – Militante do PT de Belém
Castanheira Silva – Membro do Diretório Estadual
Cassiano da Rocha – Militante do PT de Santarém
Charles Sales – Militante do PT de Belém
Cleumyr Lima Mota – Executiva do PT de Parauapebas
Camila Casseb – Militante do PT de Belém
Cintia Almeida Pinheiro – Executiva do PT de Cametá
Cristina Louchard – Membro da Comissão de Ética do PT do Pará
Dael Cardoso- Membro do Diretório do PT de Cametá
Del Viana – Militante do PT de São Sebastião da Boa Vista
Dr. Pedro – Militante do PT de Santo Antônio do Tuá
Delficastro Gonçalves de Andrade – Militante do PT de São Félix do Xingu
Danilo Araujo – Professor da Universidade Federal do Pará
Danielson Flexa – Militante do PT de Santo Antonio do Tauá
Daniel Tavares- Militante do PT de Belém
Diógenes Brandão – Ativista Social e redator do blog As Falas das Polis
Diva Cássia- Militante do PT de Uruará
Dinho – Presidente do PT de São João da Ponta
Eterlene Castelo Duca – Presidenta do PT de Ananindeua
Estela Figueiredo – Militante do PT do DASAC
Euzébio Rodrigues – Membro do Diretório Estadual
Edilson Moura – Membro do Diretório Estadual
Edson Muniz – Militante do PT DABEN
Eliana Bogéa – Professora da Universidade Federal do Pará
Elias Silva Oliveira – Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Itaituba
Edvar Oliveira – Universidade Federal Rural da Amazônia
Edgar Fernando Cardoso – Professor da Universidade Federal Rural da Amazônia
Ewerton Fonseca de Freitas – Militante do PT de Mosqueiro
Fábio Castro – Professor da Universidade Federal do Pará
Fábio Pessôa – Professor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
Fábio Bessa – Militante do PT de Belém
Francisco Assis – Militante do PT de Belém
Francisco Brasil – Militante do PT de Belém
Fausto Fernandes – Militante do PT de Abaetetuba
Fernando Arthur – Professor da Universidade Federal do Pará
Gersinho dos Santos Portilho – Membro do Diretório do PT de Cametá
Gerson William – Militante do PT de Belém
Gilmar Santos – Diretor do Sindicato dos Bancários do Pará
Helen Ruth Campinas – Militante do PT de Belém
Hélio Jorge Costa- Militante do PT de São Félix do Xingu
Isaldiva Vieira de Castro – Vereadora do PT de Mãe do Rio
Igo Pereira da Silva – Secretário de Juventude do PT de Marabá
Jax Pinto – Professor da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará
Janete Araujo- Militante do PT de Belém
Jair Santos – Militante do PT de Belém
João Cláudio Tupinambá Arroyo – Professor Universitário
Jorge Cruz – Executiva do PT de Belém
Jeferson Duarte dos Santos- Membro do Diretório do PT de Ananindeua
Jorge Amorim – Redator do Blog na Ilharga
Jorge Coutinho – Professor, militante do PT de Belém
José Oeiras – Coordenador do Setorial de Meio Ambiente do PT
José Freitas – Militante do PT do DASAC
João Gonçalves – Presidente do PT de Novo-Repartimento
João Evangelista Fonseca – Membro do Diretório do PT de Monte Alegre
João Corrêa – Militante do PT DASAC
José Carlos Borges – Presidente do PT de Bragança
José Raimundo Trindade – Professor da Universidade Federal do Pará
Jorge Souza – Professor da Universidade Federal Rural da Amazônia
Karol Cavalcante – Executiva do PT do Pará
Leirson Azevedo – Presidente do PT de Mosqueiro
Lene Bastos – Executiva do PT de Belém
Lenir Teixeira – Militante do PT
Léa Serrão – Militante do PT de Belém
Luiza Helena – Executiva do PT de Belém
Lourenço Marcos – Militante do PT
Luis Cavalcante – Professor, militante do PT de Belém
Luis Carlos Oliveira Barbosa – Executiva do PT de Jacundá
Luciléia Laurentino – Executiva do PT de Ananindeua
Márcia Silva – Militante do PT de Belém
Marquinho Silva – Militante do PT de Belém
Maria Elisabeth – Presidenta do PT de Maracanã
Maria José – Membro da Comissão de Ética do PT do Pará
Mara Rita Duarte – Professora da Universidade Federal do Pará
Maria Odilene da Silva – Professora SEDUC
Maria Aparecida – Secretária de Mulheres do PT de Belém
Maria do Socorro Almada dos Santos – Presidenta do STTR de Itaituba
Maria Inez Raiol – Militante do PT de Mosqueiro
Mário Sérgio – Militante do PT Belém
Mara Silva – Militante do PT Belém
Marcos Alexandre Ribeiro – Professor da Universidade Estadual do Pará
Marcelo Martins – Membro do Diretório Municipal de Belém
Marcia Souza – Militante do PT de Belém
Marcelino Silva – Professor da Universidade Federal do Pará
Maneko Aragão – Professor, militante do PT de Ananindeua
Manoel Pinheiro (Manduca) – Presidente do PT de Marapanim
Nilton Cezar da Silva Junior – Associação dos Estudantes Secundaristas de Itaituba
Nonato Souza – Membro do Diretório Estadual
Nacor Abraão – Militante do PT de Belém
Odilene Santos – FBP de Ananindeua
Odilene Silva – Militante do PT de Belém
Otavio Pinheiro- Sindicalista- Urbanitário
Oliviomar Sousa Barros – Advogado e militante do PT de Ananindeua
Osimar Barros – Militante do PT de Santa Izabel
Paulo José – Militante do PT de Belém
Paulo – Executiva do PT de Ananindeua
Pere Petit Pena – Executiva do PT de Belém
Parazinho Carneiro – Presidente do PT de Parauapebas
Pedro Santana – Militante do PT
Professor Ribamar – Militante do PT de Belém
Paulo Afonso – Presidente do PT do DASAC
Regina Barata – Membro do Diretório Estadual
Raoni Raiol – Membro do Diretório do PT de Ananindeua
Rosa Maria de Azevedo – Secretária de Mulheres do PT de Ananindeua
Rosangela Freitas – Militante do PT do DASAC
Raimundo Menezes de Saraiva Neto – Militante do PT de Itaituba
Raimundo Favacho – Professor, militante do PT de Ananindeua
Rivelino Lacerda Cardoso – Militante do PT de Santarém
Rui Moreno – Presidente do PT do DAGUA
Rosi Soares – Militante do PT de Bujaru
Rocha Netto – Vereador do PT de Salinas
Ronaldo Fagundes – Executiva do PT de Barcarena
Rolando Noronha – Militante do PT de Belém
Rosalina Amorim – Presidenta do Sindicato dos Bancários
Rosimalia Silva Santos – Membro do Diretório do PT de Jacundá
Ronaldo Campelo – Militante do PT de Belém
Renato Sampaio – Secretário Estadual de Cultura do PT
Renato Frances – Professor da Universidade Federal do Pará
Salete Gomes – Militante do PT de Belém
Sandro Batista – Presidente do PT do DABEL
Sharles Rodrigues Peixoto – Militante do PT de Conceição do Araguaia
Stefani Henrique – Membro do Diretório Estadual
Smile Golobovante – Secretário de Juventude do PT Belém
Socorro Coelho – Professora da Universidade Federal do Pará
Sueli Sousa – Sindicalista, militante do PT de Itaituba
Telma Saraiva – Setorial de Cultura
Valderez Carrera – Militante do PT DAOUT
Waldir Nascimento – Sindicato dos Urbanitários
Zely Corrêa – Ação da Cidadania do Pará- PT Águas Lindas

Política

Segurança pública e educação serão prioridades neste primeiro momento do mandato do deputado estadual Gesmar Costa

Gesmar Costa afirmou estar à disposição do atual governo de Parauapebas para colaborar por Parauapebas

Nesta sexta-feira (13) o deputado estadual Gesmar Costa concedeu uma coletiva de imprensa para apresentar as prioridades do seu mandato e sua forma de atuação. Em seguida foi realizada uma confraternização com os parceiros de campanha pela conquista da cadeira da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa).

Muito contundente e objetivo nas respostas, Gesmar Costa disse que priorizará neste primeiro momento ações em busca de melhorias na segurança pública e na educação de nível médio, responsabilidades exclusivas do Estado. “Há disponibilidade do governo estadual para licitar a construção de uma delegacia no bairro Cidade Jardim. Falta só os processos burocráticos. Temos que aproveitar esse momento, pois em breve novos servidores da Polícia Civil serão convocados e teremos condições de ter um bom quadro aqui na cidade. Em relação à educação, na próxima terça-feira (17) teremos reunião para tratar das pautas dessa área com integrantes do governo estadual”, informou o deputado.

Com relação aos problemas nas áreas da saúde enfrentados no município de Parauapebas, que arca com serviços onerosos de alta complexidade, responsabilidade do governo estadual, o deputado informou que também será atuante, porém, precisa primeiramente conversar com o atual prefeito para entender qual será a dinâmica de trabalho no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), se há interesse de regionalizar os serviços, para então poder contribuir com as articulações necessárias neste sentido.

Quando questionado sobre como será sua relação com o atual gestor de Parauapebas, Gesmar Costa disse que o mandato estará à disposição do governo municipal para que melhorias sejam realizadas no município. Destacou, por exemplo, que irá atuar no resgate de incrementos de receita a partir do ICMS.

“Por conta de mudanças realizadas pelo governo estadual nas alíquotas do ICMS, Parauapebas perdeu muito na receita de ICMS. O ex-prefeito Valmir Mariano ajuizou uma ação contra o Estado e por meio dela o município deverá receber R$ 270 milhões referentes às perdas desse imposto. Estamos acompanhando de perto esse processo e em conversa com o governador sobre o assunto”, adiantou Gesmar Costa.

Ao finalizar a coletiva, Gesmar Costa falou sobre a necessidade que o PSD tem de repaginação e o fortalecimento do partido nas últimas eleições. “Nós quase fizemos o prefeito aqui em Parauapebas e conseguimos eleger dois vereadores. Sem dúvida saímos fortalecidos das eleições. Em breve faremos uma visita aos 15 municípios dessa região para verificar como estão os serviços do estado nessas localidades e também como está a atuação do PSD. Creio que o nosso partido será um dos mais fortes da região”, concluiu o deputado.

Marabá

Tião Miranda revoga renúncia ao cargo de prefeito e diz que assume logo mais a prefeitura de Marabá

Câmara já tem o "Plano B" caso Tião apareça para tomar posse

Por Ulisses Pompeu – de Marabá

A volta dos que não foram. Assim poderia ser definido o novo capítulo da conturbada posse do prefeito de Marabá. “O Leão vai descer a montanha”. Essa frase foi dita por Tião Miranda a alguns amigos na noite deste sábado, na virada do ano, e era o prenúncio de que o deputado estadual Sebastião Miranda Filho voltou atrás e “desistiu de desistir” da renúncia do cargo de prefeito. Ele havia protocolado um dia antes, na sexta-feira, dia 30, uma carta desistindo do cargo para o qual tinha sido eleito em 2 de outubro último.

Ainda na noite de sábado, Tião chamou um grupo de correligionários e anunciou que vai assumir, sim, o cargo. Em seguida, chegou à sua residência, na Rua Cuiabá, número 95, Bairro Belo Horizonte, o vice-prefeito Toni Cunha, que não gostou nada do posicionamento de Miranda e chegou a ameaçar deixar o mandato de vice, caso Tião assuma. Isso porque Toni já havia, naquele mesmo dia, tentado acalmar a população através de uma entrevista coletiva e dialogado como futuro prefeito com um grupo de vereadores eleitos. Mas logo chegou a turma do “deixa disso” e depois os ânimos se acalmaram.

A história começou a circular na manhã deste domingo nas redes sociais. A um aliado de primeira hora, Tião disse que “tenho até 16 horas para definir se assumo ou não”. Para esse interlocutor de Miranda, essa é uma demonstração do que a depressão está fazendo com ele. “Como político, desejo muito que Tião assuma, mas como amigo pessoal dele, eu não quero isso e acho que ele não deveria assumir”, afirmou.

Diante do novo posicionamento de Tião Miranda, o presidente da Câmara Miguel Gomes Filho, determinou que o Cerimonial faça um roteiro paralelo, para caso Tião Miranda apareça e decida assumir o cargo. O conteúdo do texto acessório ficou pronto por volta de 11 horas deste domingo.

A notícia da possibilidade da posse de Tião no cargo de prefeito está se alastrando pelas redes sociais, com posicionamentos mais controversos possíveis.

VELOSO NA COLA
A renúncia de Tião Miranda dominou os bastidores políticos desde quinta-feira, dia 29 de dezembro de 2016. O segundo colocado nas eleições de 2 de outubro para prefeito, o médico Manoel Veloso, considerou a decisão de Miranda injusto para o processo eleitoral. Procurado pela Reportagem do blog neste sábado, ele disse que “estou ouvindo juristas e em contato com o partido (DEM). Este fato da renúncia sugere fortemente uma manipulação eleitoral. Acredito que vamos provocar a justiça para uma investigação sobre uma possível fraude

Parauapebas

Secretariado de Darci Lermen é apresentado durante coletiva de imprensa

Apenas três mulheres farão parte do primeiro escalão do futuro governo de Darci Lermen

O nome dos secretários que vão inicialmente compor o governo de Darci Lermen foi anunciado oficialmente nesta quinta-feira (29), durante uma coletiva de imprensa realizada no auditório do Instituto Federal do Pará (IFPA). A maior parte dos nomes apresentados consta na lista divulgada por este blog anteriormente.

Durante o seu discurso o prefeito eleito disse que não abrirá mão de ser o líder e que não permitirá que os secretários atuem de acordo como bem entenderem. “Com as experiências do passado posso afirmar que estamos preparados para encarar esse desafio com muita tranqüilidade e humildade. Não permitirei que existam várias prefeituras, somos um governo só”, afirmou.

Ainda de acordo com o prefeito eleito, a escolha dos nomes foi acordada com os partidos políticos que apoiaram o projeto da campanha. “Não terei medo de mudar secretário. Aqueles que não apresentarem os resultados esperados serão trocados e faremos isso em conversa com os partidos”, afirmou Darci Lermen.

“Toda a cidade está esperando muito dessa gestão e não há tempo para erros”, enfatizou o vice-prefeito eleito, Sérgio Balduíno.

Dentre os nomes apresentados chama a atenção dos jovens Dion Leno dos Santos Alves, de 22 anos, técnico de meio ambiente, que assumirá a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), e Rafael Ribeiro, de 23 anos, que assumirá a Coordenadoria Municipal de Juventude (CMJ). Os dois nasceram em Parauapebas.

O prefeito eleito foi questionado sobre o porquê de colocar Eurival Martins de Carvalho, conhecido como Totô, um dos líderes do MST, para assumir a Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempror), já que seu histórico de relacionamento com a Vale não é dos melhores. Darci respondeu que acredita na competência técnica do futuro gestor da pasta e que “o momento é de paz e não de guerra”.

O professor e advogado Raimundo Oliveira Neto, de reconhecida competência durante a sua atuação como secretário de educação nos dois mandatos de Darci Lermen, volta ao cargo. Os demais apresentados foram:

  • Chefe de Gabinete:
    Luiz Bonetti
    – engenheiro agrônomo, catarinense
  • Secretaria Municipal de Finanças (Sefaz) :
    Keniston Braga
    – contador, paraense.
  • Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan) :
    João José Corrêa
    – pedagogo, mineiro.
  • Secretaria Municipal de Administração (Semad) :
    Cássio André de Oliveira (Cássio Flausino)
    – empresário e produtor rural, goiano.
  • Procuradoria Geral do Município (PGM) :
    Cláudio Gonçalves Moraes
    – advogado, paraense.
  • Controladoria:
    Cristiano César Souza
    – contador, mineiro.
  • Secretaria Municipal de Saúde (Semsa):
    Francisco Cordeiro Leite
    – médico, carioca.
  • Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb):
    Edmar Cruz Lima
    – engenheiro civil, maranhense.
  • Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep):
    Claudenir Rocha
    – gestora empresarial, maranhense.
  • Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden):
    Isaías Queiros de França
    – empresário, paraense.
  • Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas):
    Jorge Antônio Benício, conhecido como Pastor Guerreiro
    – pastor evangélico, paulista.
  • Ouvidor Municipal:
    Josemir Santos Silva
    – corretor imobiliário, maranhense.
  • Controladoria de Treinamento de Recursos Humanos (CTRH):
    José Roberto Marques
    – administrador e sindicalista, paraense.
  • Assessoria de Comunicação (Ascom):
    Laércio de Castro
    – radialista, maranhense.
  • Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel):
    Laoreci Diniz Faleiro
    – filósofo, gaúcho.
  • Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi):
    Michael Júnior Correa Gomes
    – teólogo, maranhense.
  • Secretaria Municipal de Cultura (Secul):
    Wandeilson Santos da Costa (Popó)
    – jornalista, maranhense.
  • Secretaria Municipal de Obras (Semob):
    Maria Silvana de Faria Souza
    – empresária e produtora rural, mineira.
  • Secretaria Municipal de Mineração, Ciência e Tecnologia (Semect):
    Flávio Veras Ribeiro
    – empresário, paraense.
  • Secretaria Municipal da Mulher (Semmu):
    Ângela Pereira
    – técnica de enfermagem, maranhense.
  • Secretaria Municipal de Habitação (Sehab):
    Maria Vani Caetano Alves
    – gestora empresarial.

As posses do prefeito, vice, e vereadores serão realizadas no domingo (1º), às 10 horas, no Plenário da Câmara Municipal de Vereadores.

Já a posse dos secretários, assim como a divulgação do segundo escalão de governo ocorrerá na segunda-feira (2), às 10 horas, no auditório do Centro Administrativo da Prefeitura.

Darci prestigiou os partidos políticos que o ajudaram a se eleger. Senão, vejamos:

Dion Leno é filho do presidente do PV, Joel,

Ângela Massud é presidente do PTB.

Cassio Flausino é presidente do PMDB.

Dr. Francisco é presidente do PSDC.

Jorge Guerreiro é presidente do PRB.

Isaías é presidente do PEN.

Popó Costa é presidente do REDE Sustentabilidade.

Flávio Veras é presidente do PRP.

Kenniston Braga é vice-presidente do Rede Sustentabilidade.

E, ainda, José Roberto (CTRH) é presidente do Sindicato Sinssepar.

error: Conteúdo protegido contra cópia!