Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Igreja

Espaço Aprisco é inaugurado em Parauapebas

O nome Aprisco faz referência ao local onde ovelhas são cuidadas.

Um lugar para jovens e adolescentes serem amados e cuidados. Esse é objetivo do espaço denominado “Aprisco”, um projeto da Juventude da Primeira Igreja Batista em Parauapebas (Jupibapa) que foi inaugurado no sábado, 04 de março, na Rua 10 do bairro União.

O evento contou com a presença da juventude e adultos da igreja local, de outras igrejas e congregações da cidade, pastores, da imprensa, e com a participação musical do cantor Weudonkou e banda.

Durante a programação os participantes, com muita animação, celebraram ao som dos louvores, ouviram a mensagem bíblica e consagraram suas vidas a Deus. “Esse projeto nasceu primeiramente no coração de Deus, que colocou no coração do nosso líder de juventude, o Felipe; nossa igreja abraçou a ideia e vai apoiar. O nome Aprisco é bem apropriado porque temos o Bom Pastor que é Cristo”, disse o Pastor-presidente da Primeira Igreja Batista, José Carlos Lopes.

Adolescentes e jovens aprovaram a ideia. “É uma oportunidade que os jovens têm de estarem perto e vivendo com Deus. A nossa juventude vai ser diferenciada porque ela vai levar mais amor ao próximo”, ressaltou o adolescente Celton Duarte.

Quem também gostou do projeto foi a estudante de 16 anos, Lídia dos Santos. “É bom porque vai comover a sociedade para que ela venha buscar Deus. Com esse movimento que estamos fazendo, vamos ganhar muitas almas para Cristo”, disse ela.

O nome Aprisco faz referência ao local onde ovelhas são cuidadas. “É impossível falar de ovelhas sem falar de pastor. Jesus é o Bom Pastor que deu sua vida pelos pecados da humanidade. O Bom Pastor quer cuidar de você, explica o jovem engenheiro, Felipe Miranda, que deixou sua carreira profissional para se dedicar exclusivamente ao serviço cristão e idealizou o Aprisco.

“Tem muita gente desviada, fora da igreja. Não podemos aceitar isso. Todo dia tem gente partindo para o inferno. As ovelhas precisam ser devolvidas para a igreja”, destacou Felipe. O espaço Aprisco é destinado aos cultos, eventos, como também para o Seminário Bíblico e a Escola de Oração, voltados para o público jovem, além de projetos sociais em que a juventude é amada, cuidada e desafiada a viver um estilo de vida com propósito, aprendendo princípios e valores que transformam vidas.

O espaço Aprisco está localizado nas dependências do prédio ao lado da Primeira Igreja Batista, na Rua 10, nº 229, bairro União. Informações pelo telefone: 3346-2010.

Texto e fotos: Sara Dias

Igreja

Assembleia de Deus vai presentear Belém com oração nos 401 anos

Belém completa amanhã (12) 401 anos de fundação

A Igreja Assembleia de Deus em Belém do Pará, vai presentear a cidade com um grande abraço de oração e gratidão. A ação será no dia 12, no aniversário de Belém, data em que completa 401 anos. Aproximadamente 4 mil membros da igreja evangélica estarão unidos por amor à cidade.

De joelhos e de mãos dadas, e em orações, vão pedir a Deus  proteção para Belém e aos seus governantes.  Os evangélicos vão dar um abraço que vai alcançar a sede da prefeitura e a Praça Dom Pedro II,localizada em frente ao prédio do Executivo Municipal.

A programação está prevista para acontecer às 9h30, com encerramento às 9h45.

O projeto foi iniciado em janeiro de 2015, quando a igreja foi tocada pelo Espírito Santo a orar durante 400 dias pela cidade.

De acordo com o pastor Samuel Câmara, líder da igreja no Pará,  o objetivo é dar um grande abraço de gratidão a Belém e também celebrar os 106 anos do surgimento da Assembleia no Pará e no Brasil, a ser comemorado em junho deste ano.

Ainda dentro da programação, a igreja vai realizar culto de homenagens às 16h, no Templo Central, em Nazaré.

O prefeito Zenaldo Coutinho confirmou presença nos eventos da igreja.

Eventos

Começa a festa de 105 anos da Assembleia de Deus em Belém

Muito louvor, apresentações de cantores evangélicos, inauguração de novos templos na capital paraense, são algumas das atrações  programadas para celebrar a comemoração dos 105 anos de fundação, pelos missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, da Igreja Assembleia de Deus no Brasil, que nasceu em Belém do Pará.  A programação oficial da festa que teve início nesta sexta – feira (17), com encerramento neste sábado (18),  contará com a presença de líderes da Igreja Assembleia de Deus no Pará e de outros estados como Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul,  Amazonas, entre outros, que estarão no Centenário Centro de Convenções, na rodovia Augusto Montenegro, região metropolitana de Belém.

Um dos destaques, será  a reconstituição que acontece neste sábado às 9:00h, com  saída próximo à escadinha (Estação das Docas), no porto de Belém, onde o Líder da Igreja, Pastor Samuel Câmara  vai recepcionar aproximadamente de 40 a 50 mil pessoas vindas de navios e todas vestidas em trajes da época, do século XX, com passagem pela presidente Vargas em direção a Praça da República, local a onde os missionários suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, sentaram – se para descansar. O evento já é uma tradição e será aberto a todos os interessados em conhecer a história da igreja.

Ainda no mesmo dia, às 10h, será inaugurado o Templo do Ver – o – Peso, que  terá funcionamento diferenciado: da meia – noite às 6h, com o objetivo de levar a mensagem de esperança aos milhares de trabalhadores, aos visitantes e àquelas  pessoas viciadas em drogas e alcoolismo que circulam no local durante a madrugada.

Esse será o primeiro templo evangélico no Complexo do Mercado do Ver – o – Peso.

À noite, às 19h, será realizado o culto de encerramento das celebrações, no Centenário Centro de Convenções.  O evento deve reunir cerca de 100 mil pessoas durante os dois dias. A igreja possui mais de 700 mil membros no Pará e 22 milhões no Brasil. No mundo todo são 50 milhões de adeptos.

A Congregação Assembleia de Deus em Belém, é muito mais além do que uma instituição religiosa que evangeliza, leva mensagem de paz e esperança às pessoas,  tem como compromisso seguir o que diz às escrituras sagradas sobre a ajuda ao próximo.  Presta relevantes serviços de assistência social, educacional e de comunicação, como distribuição diária de cestas de alimentos aos mais necessitados, alfabetização de pessoas, ajuda à creche Cordeirinho de Deus em Belém e o programa Desafio Jovem que trabalha a recuperação de dependentes químicos, dentre outras ações. Também é a fundadora da TV e Rádio Boas Novas e de instituição de ensino superior.

HISTÓRIA – No início do século XX, os suecos Daniel Berg e Gunnar Vingren, receberam em profecia a ordem de que tinham que pregar o evangelho num lugar chamado Pará. Ao pesquisarem num mapa, descobriram que era um local distante, localizado na Amazônia. Sem dinheiro e sem entenderem o idioma português, partiram de Nova York rumo a capital paraense. Eles desembarcaram em Belém, no dia 19 de novembro de 1910. Aqui conheceram o casal Henrique e Celina Albuquerque, que cederam sua casa para as reuniões pentecostais.

Depois de muitos encontros, finalmente, no dia 18 de junho de 1911, os dois suecos fundaram em Belém a Missão da Fé Apostólica, que sete anos depois foi registrada como Assembleia de Deus. “Eu diria que ninguém que planejasse algo tão grande escolheria uma cidade tão pequena e tão escondida da Amazônia, a não ser Deus. Isso demonstra o quanto essa cidade é amada por Ele e deve ser amada por todos nós”, ressalta o pastor da Assembleia de Deus em Belém, Samuel Câmara.

Justiça

Interpol investiga sumiço de paraense convertida ao Islã

A Interpol investiga o desaparecimento de uma estudante de jornalismo da Universidade Federal do Pará (UFPA) que teria deixado o Brasil recrutada por uma organização terrorista.

Karina Ailyn Rayol Barbosa, paraense de 20 anos, convertida ao islamismo, fez contato com a família pela última vez na segunda-feira (04/4).

De acordo com a Polícia Federal, Karina Barbosa deixou o país com passaporte válido, emitido ano passado, em Belém. A jovem estava em um voo que saiu do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na madrugada dessa quarta-feira (06/4). O país de destino não foi informado até o momento. A família de Karina pede apoio pela internet para descobrir o paradeiro da jovem.

Segundo informações da PF, a estudante paraense frequentava o Centro Islâmico Cultural do Pará, no bairro da Campina, em Belém, e estudava a língua árabe.

Em sua página no Facebook, o centro alerta à comunidade islâmica no Estado sobre os malefícios do terrorismo e critica a organização Estado Islâmico. “Todo o cuidado é pouco! EI = Terroristas”, diz uma postagem, que oferece o link de reportagem da BBC sobre a tática de recrutamento do EI.

Informações – Em nota à imprensa, a UFPA lamentou o incidente e informou que Karina Barbosa não esteve matriculada formalmente em nenhum curso de idioma árabe ofertado por seus institutos da área.

No comunicado, a Universidade acrescenta que o professor Saif Mounssif, pesquisador da Faculdade de Engenharia Naval e também imame do Centro Islâmico Cultural do Pará, relatou que a estudante de jornalismo deixou de frequentar o curso no final de 2015. As atividades do centro, reforçou Mounssif, não abordam nenhuma questão voltada ao Estado Islâmico.

Hoje dia 7 se comemora o dia da Liberdade de Cultos

Esta data comemora a liberdade que todos os brasileiros têm de exercer as suas crenças de modo livre e sem qualquer tipo de perseguição religiosa.

O Brasil é um país multicultural e rico em crendices e doutrinas religiosas que enriquecem a cultura do povo brasileiro.

Este direito está previsto de modo bastante claro no artigo 5º da Constituição Federal de 1988:

VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;
(…)
VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;”

Origem do Dia da Liberdade de Cultos

Esta data foi escolhida em homenagem a primeira lei criada no Brasil sobre a liberdade de cultos, em 7 de janeiro de 1890, por iniciativa do gaúcho Demétrio Ribeiro, Ministro da Agricultura naquela época.

Anos mais tarde, em 1946, o celebre escritor baiano e deputado federal de São Paulo, Jorge Amado, propôs uma Carta Magna que reafirmava a importância da liberdade de cultos no país.

Ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa, convicção filosófica ou política”. (Carta Magna 1946, Jorge Amado).

Parauapebas

Cerca de 20 mil fieis são esperados no Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Parauapebas

Círio Parauapebas_Foto_Anderson Souza. [downloaded with 1stBrowser]A comunidade católica de Parauapebas celebra a 11ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré. Diferente de outros municípios paraenses, como Marabá e Belém que realizam a procissão na manhã de domingo, o Círio em Parauapebas acontece no sábado, durante à noite. Segundo a coordenação da festa religiosa, o horário escolhido segue a originalidade da procissão luminosa, além de proporcionar um ambiente mais tranquilo e agradável aos fies que acompanham a romaria.

O Círio acontece neste sábado (31) com início da procissão às 17 horas e saída da paróquia São Francisco de Assis, localizada na Rua JK, bairro Rio Verde, seguindo pelas ruas Ceará, Rua do Comércio, Sol Poente, Santa Maria, Perimetral Sul, Rio Grande, Avenida F, com destino à comunidade Nossa Senhora de Nazaré, no Parque dos Carajás, onde será celebrada missa campal.

Motivados pelo tema “A serviço da paz. Eis aqui a serva do senhor”, os devotos devem caminhar aproximadamente 4,5 quilômetros. Nesta edição, a igreja católica espera reunir mais de 20 mil fieis na maior festa católica do município, tendo em vista, que em 2014, 15 mil pessoas participaram da procissão. 

De acordo com o padre Hudson Rodrigues da Silva, coordenador do Círio, ao longo do percurso vários carros de som e trios elétricos vão retransmitir cantos religiosos, além das muitas homenagens que serão realizadas durante o trajeto. A programação geral da festa em homenagem a Nossa Senhora iniciou no último dia 12, com o Círio das Crianças e as peregrinações nas comunidades.

No próximo dia 7 de novembro, às 17 horas, acontecerá o Recírio. A carreata sairá da comunidade São Sebastião, bairro Cidade Nova, finalizando na comunidade Nossa Senhora de Nazaré, no Parque dos Carajás.

Marabá

Diocese de Marabá realiza 35ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré

Com uma programação que abrange missas, procissões nas ruas e no rio Tocantins, o Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Marabá, no sudeste paraense ocorrerá nos dias 17 e 18 de outubro.  Esse ano, a temática é ‘Maria ensine-nos a servir’, tema escolhido pela igreja católica baseando-se nos temas propostos pela Campanha da Fraternidade.

12074854_936590196389012_4225026438336563643_n

A 35ª edição do Círio de Nossa Senhora de Nazaré inicia-se no sábado (17), às 8h, com o Círio Rodoviário, saindo da Paróquia São Francisco, no bairro Cidade Nova, e segue em direção ao Santuário de Nossa Senhora de Nazaré. No domingo (18) acontece a missa campal e a caminhada de 7 km da Catedral ao Santuário.

O Círio de Nazaré de Marabá é considerado pela igreja católica um grande evento eclesial que possibilita um novo impulso missionário. A cada ano cresce o número de devotos que prestam homenagens à padroeira dos paraenses no município.

“O Círio de Marabá é conhecido tanto no nosso estado quanto em outros próximos, por exemplo, no sul do Maranhão e também na região sul de Tocantins”, afirma o Padre Ademir Gramelick, coordenador do Círio em Marabá. O Círio no município acontece sempre no terceiro domingo do outubro.

Tradicional no Círio de Nossa Senhora de Nazaré em Belém, a corda também faz parte do Círio de Marabá. A corda confeccionada no Nordeste reúne muitos romeiros na procissão que acreditam que essa é uma como forma de pagar promessas e de agradecimento pelas graças alcançadas.

Eventos

Parauapebas recebe 4ª edição da Marcha Para Jesus

12046904_546535768836569_7254881253140808258_nNeste sábado, 10 de outubro, às 16h, será realizada a Marcha Para Jesus em Parauapebas. Idealizado pelo Conselho de Ministros Evangélicos de Parauapebas (Comep), o evento chega à sua quarta edição em 2015 e espera superar o número de participantes dos anos anteriores. Ano passado, de acordo com a organização, mais de 15 mil pessoas participaram da marcha.

Criada em 1987 em Londres, Inglaterra, o movimento logo se espalhou para outros continentes, chegando a mais de 200 países em todo o mundo. No Brasil, a primeira marcha foi organizada pelo Pastor João Gonçalves em 1993. Em 2012, na primeira edição ocorrida em Parauapebas, cerca de 900 pessoas estiveram presentes.

Embora seja organizada pelas igrejas evangélicas, é comum a participação de católicos na marcha, comenta o presidente do Comep, José Gerardo Teixeira, o pastor Gerardo. “É um evento aberto para todos que quiserem participar e com certeza teremos muitos católicos presentes na marcha”, garante.

A concentração ocorrerá atrás do Mercado Municipal do Rio Verde. Em seguida, seguirá pela Rua Araguaia, Do Comércio, Rio de Janeiro, PA-275, até à Praça de Eventos. Ainda é possível encontrar a camiseta oficial da marcha nas lojas Nativa, Karibe, O Retalhão e Casa da Bíblia, no entanto, não é obrigatório adquiri-la para participar do evento.