Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Parauapebas

Thiego Marques estará com a Seleção Brasileira de Judô Paralímpico no Canadá

Campeonato das Américas, em Calgary, no Canadá, será no dia 20 de maio, e vai contar pontos para o ranking mundial
Continua depois da publicidade

Nem bem participou de uma competição importante, que foi a Copa do Mundo IBSA de Judô Paralímpico, realizada na última segunda-feira (23), em Antalya, na Turquia, a delegação brasileira de judô paralímpico, já visa um próximo desafio, o Campeonato das Américas, em Calgary, no Canadá, no dia 20 de maio.

Desta vez, a Seleção Brasileira vai mais forte com 13 judocas, entre eles novamente Thiego Marques, de Parauapebas, que vai lutar na categoria ligeiro até 60kg. Além de maior número de atletas, a comissão técnica também será maior, com sete integrantes e o professor Antônio Sérgio Soares, descobridor do talentoso Thiego, vai seguir como chefe de delegação.

Na Turquia, a seleção conquistou três medalhas, mas o parauapebense, Thiego Marques, não conseguiu medalhar e ficou em nono lugar de 23 atletas em sua categoria, mas nada que tire a confiança do judoca, que pretende chegar firme no Canadá, subir ao pódio e pontuar, já que vai valer pontos para o ranking mundial visando sua classificação para os Jogos Paralímpicos deTóquio 2020.

“Na Turquia eu perdi, mas daqui há três semanas praticamente, vai ter o Campeonato das Américas, no Canadá. Na Turquia foi um grande aprendizado com diversos treinamentos, com diversas pessoas de outros países, inclusive os japoneses e agora é ir para o Canadá. Muita concentração e pensar em fazer o melhor lá, e conto com o apoio de todos para buscar meus objetivos”, disse Thiego Marques.

O professor Antônio Sérgio, desta vez, vai integrar a comissão técnica como chefe de delegação. A CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais) acredita muito na seleção que irá ao Canadá e a responsabilidade do professor é enorme, em conduzir a delegação junto com os técnicos Alexandre Garcia e Jaime Bragança. O grupo que vai ao Canadá é considerado o melhor do nosso país no Judô Paralímpico.

“Estava aguardando com muita ansiedade essa convocação. É a terceira vez que sou convocado como chefe de delegação. Fui ao Campeonato das Américas ano passado, que foi aqui no Brasil, depois na Copa do Mundo no Uzbequistão, também em 2017. Dessa vez, o compromisso é no Canadá. As expectativas são as melhores possíveis, é a principal competição continental. Nós, de Parauapebas, estamos na vanguarda dessa modalidade, já que temos um atleta buscando essa pontuação, e eu agora como profissional de educação física, estando à frente do Judô do município, através da SEMEL e da AEPA”, afirmou Antônio Sérgio.

Thiego Marques e Antônio Sérgio irão seguir para o Canadá com a delegação brasileira no dia 16 de maio. Antes do embarque, os judocas irão se concentrar em São Paulo no período de 28 de abril a 06 de maio, onde passarão pela III fase de treinamento.

Confira a convocação completa para o Campeonato das Américas IBSA de Judô Paralímpico

Seleção Feminina

Ligeiro – 48kg – Luiza Guterres Oliano (GNU-RS)

Meio-Leve – 52kg – Karla Ferreira Cardoso (CEIBC-RJ)

Leve – 57kg – Maria Nubea dos Santos Lins (Instituto Reação-RJ)

Meio-Médio – 63kg – Lúcia da Silva Teixeira Araújo (CESEC-SP)

Médio – 70kg  – Alana Martins Maldonado (AMEI-SP)

Pesado – acima de 70kg – Meg Rodrigues Vitorino Emmerich (IRM-PR) e Rebeca de Souza Silva (APADV-SP)

Seleção Masculina

Ligeiro – 60kg – Thiego Marques da Silva (AEPA-PA)

Leve – 73kg – Luan Simões Pimentel (ISMAC-MS)

Meio-Médio – 81kg – Harlley Damião Pereira Arruda (CESEC-SP)

Médio – 90kg – Arthur Cavalcante da Silva (ADEVIRN-RN)

Meio-Pesado – 100kg – Antônio Tenório da Silva (CESEC-SP)

Pesado – acima de 100kg – Wilians Silva Araújo (CEIBC-RJ)

Comissão Técnica
Alexandre de Almeida Garcia – Técnico
Jaime Roberto Bragança – Técnico
Roger Alves da Fonseca – Preparador Físico
Thiago Claudino Gomes Righetto – Médico
Antônio Sérgio Soares – Chefe de Delegação

Por Fábio Relvas

esporte

Thiego Marques é convocado para a Seleção Brasileira visando à primeira fase de treinamento em São Paulo

O atleta de judô paralímpico, nascido em Parauapebas, terá uma agenda lotada em 2018. O primeiro desafio é o German Open, em fevereiro
Continua depois da publicidade
Por Fábio Relvas com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV)

Mais uma vez Thiego Marques, de 18 anos, atleta de judô paralímpico, é destaque nacional. Natural da cidade de Parauapebas, Thiego foi convocado para a primeira fase de treinamento, que acontece entre os dias 20 a 28 de janeiro, na cidade de São Paulo. O parauapebense visa grandes competições em 2018, e foi convocado juntamente com mais 23 judocas pela comissão técnica da Seleção Brasileira.

“Sobre a convocação, apesar de que foi esperada, ela não deixou de ser conquistada com suor. Porque todo ano nós temos que suar um pouco para garantir a medalha, não é só no dia da competição que a gente garante e para ser convocado não é diferente. A gente tem que mostrar esforço, mostrar dedicação para que eles vêm a perceber que a gente é o atleta ideal para representar o Brasil”, afirmou Thiego Marques, judoca paralímpico.

O principal desafio de Thiego e dos demais convocados, será o Campeonato Mundial em Portugal, que será realizado no mês de novembro. Mas antes, os judocas brasileiros terão outras competições durante o ano e a primeira delas será o German Open, na Alemanha, de 07 a 13 de fevereiro. O Brasil já conquistou 30 medalhas em quatro participações nesta competição: 2012, 2013 e 2014 e 2016.

“Graças a Deus dessa vez eu fui convocado para os futuros campeonatos importantes e estou com a melhor esperança possível para essa convocação para a Seleção Brasileira. A expectativa é boa para a primeira fase de treinos em São Paulo e para as próximas competições internacionais. Agora recente tem a da Alemanha e ao longo do ano tem Canadá, Portugal e etc.”, disse Thiego Marques.

O judoca de Parauapebas foi descoberto no projeto Judô Solidário, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), tendo à frente o professor Antônio Sérgio. Nessa primeira convocação do ano, a comissão técnica da Seleção Brasileira, seguiu dando oportunidades para os jovens talentos, que vão se juntar aos grandes nomes do judô paralímpico como: Antônio Tenório, Lúcia Araújo, Karla Cardoso, Alana Maldonado, Wilians Araújo, entre outros.

“Ele foi convocado agora para a primeira fase de treinamentos da Seleção Brasileira que vai acontecer a partir do dia 20 e fica entorno de sete dias lá (em São Paulo) e logo no início de fevereiro, Thiego tem uma competição para a Alemanha. Entre fevereiro e maio, tem uma outra fase de treinamento e ele vai para o Canadá para uma outra competição internacional e novamente fase de treinamento. Depois ele vai para o Japão para uma fase de treinamento internacional em julho, ai vem novamente as fases de treinamento. Quando for em novembro, ele vai para Portugal para o mundial”, frisou Antônio Sérgio, professor que descobriu Thiego para o judô.

Confira a lista dos convocados:

Seleção Feminina

Alana Martins Maldonado (AMEI-SP)

Giulia dos Santos Pereira (CESEC-SP)

Karla Ferreira Cardoso (CEIBC-RJ)

Lúcia da Silva Teixeira Araújo (CESEC-SP)

Luiza Guterres Oliano (ACERGS-RS)

Maria Núbea dos Santos Lins (INS. REAÇÃO-RJ)

Meg Rodrigues Emmerich (IRM-PR)

Rebeca de Souza Silva (APADV-SP)

Rosicleide Silva de Andrade (ADEVIRN-RN)

 Seleção Masculina

Abner Nascimento de Oliveira (ADEVIRN-RN)

Anderson Wassian da Silva (ACERGS-RS)

Antônio Tenório da Silva (CESEC-SP)

Arthur Cavalcante da Silva (ADEVIRN-RN)

Denis Aparecido Rosa (CESEC-SP)

Flávio da Silva Rodrigues (CEIBC-RJ)

Gabriel Nascimento Silva (CEIBC-RJ)

Harlley Damião Pereira Arruda (CESEC-SP)

João Marcos Isaías de Souza (CEIBC-RJ)

Júlio César da Conceição (ADVERJ-RJ)

Luan Simões Pimentel (ISMAC-MS)

Mayco de Souza Rodrigues (ADVEG-GO)

Thiego Marques da Silva (AEPA-PA)

Vinícius Ferreira Soares (CEIBC-RJ)

Wilians Silva Araújo (CEIBC-RJ)

Comissão Técnica

Alexandre de Almeida Garcia – Técnico

Caio Ricardo Lopes Paolillo – Auxiliar Técnico

Carolina de Campos – Psicóloga

Cícero Alves Pereira – Apoio

Jaime Roberto Bragança – Técnico

João Paulo Anselmo Almeida – Nutricionista

João Paulo Borin – Coordenador

Marcos Augusto da Costa Vitullo – Fisioterapeuta

Roger Alves da Fonseca – Preparador Físico

Thiago Claudino Gomes Righeto – Médico

Esporte

Atleta paralímpico de Parauapebas fará parte da Seleção Brasileira de Judô na Copa do Mundo no Uzbequistão

A Copa do Mundo da Federação Internacional de Esportes Para Cegos (IBSA) vai ser realizada, de 05 a 12 de outubro, em Tashkent, no Uzbequistão
Continua depois da publicidade

A Seleção Brasileira de Judô Paralímpico foi convocada para a Copa do Mundo da Federação Internacional de Esportes Para Cegos (IBSA) que vai ser realizada, de 05 a 12 de outubro, em Tashkent, no Uzbequistão. Entre os 13 atletas brasileiros selecionados pela comissão técnica está o estudante de Parauapebas Thiego Marques da Silva, de 18 anos. O único representante da região norte do país.

A Copa do Mundo IBSA é a última competição do ano fora do país, e valerá pontos para ranking mundial que também serve de parâmetro para os atletas que buscam classificação para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020. Thiego Marques irá disputar na categoria ligeiro até 60kg. Ele vai estar acompanhado do seu técnico, Antônio Sérgio Oliveira Soares, que também é de Parauapebas, e foi selecionado para ser o chefe de delegação brasileira de judô.

Thiego que é deficiente visual, devido ao albinismo, pratica judô desde os 10 anos de idade. Ele foi descoberto pelo professor Antônio Sergio, nas ruas de Parauapebas e depois de muito treino, iniciou uma caminhada de conquistas. Participou das paralimpíadas escolares, onde foi campeão quatro vezes. Foi vice-campeão mundial estudantil em 2013, nos Estados Unidos e no mês passado, em São Paulo, foi bronze no Parapan. “É o nosso município mostrando a força do judô, já que somos os dois os únicos da região norte que iremos defender o nosso país, na Copa do Mundo de Judô Paralimpico, que será do outro lado do mundo”, disse Antônio Sérgio que está confiante na classificação.

O talento no esporte deu a Thiego a oportunidade de continuar os estudos. Ele ganhou uma bolsa integral da condição de atleta divulgador e esse ano, iniciou o curso de bacharelado em Educação Física na Fadesa – Faculdade para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia.

Equipe Brasileira

Alana Martins Maldonado (Amei-SP)

Antônio Tenório da Silva (Cesec-SP)

Arthur Cavalcante da Silva (Adevirn-RN)

Denis Aparecido Rosa (Cesec-SP)

Gabriel Nascimento Silva (Ceibc-RJ)

Giulia dos Santos Pereira (Cesec-SP)

Harlley Damião Pereira de Arruda (Cesec-SP)

Luan Simões Pimentel (Ismac-MS)

Lúcia da Silva Teixeira Araújo (Cesec-SP)

Maria Núbea dos Santos Lins (Reação-RJ)

Rebeca de Souza Silva (Apadv-SP)

Thiego Marques da Silva (Aepa-PA)

Wilians Silva Araújo (Ceibc-RJ)

Comissão Técnica

Alexandre de Almeida Garcia – Técnico

Antônio Sérgio Oliveira Soares – Chefe de Delegação

Caio Ricardo Lopes Paolillo – Auxiliar Técnico

Jaime Roberto Bragança – Técnico

Thiago Claudiano Gomes Righetto – Médico

Seleção brasileira de handebol feminino chega nesta quinta-feira em Belém

Continua depois da publicidade

 

O evento vai abrir oficialmente o calendário da seleção brasileira após os Jogos Olímpicos Rio 2016. Após chegar até as quartas de final nas Olimpíadas, o Brasil se renovou com jogadoras que atuam em países como França, Hungria, Alemanha e Polônia, além de atletas de São Paulo e Santa Catarina. O técnico Morten Souback vai testar a nova formação do time neste II Torneio Quatro Nações.

A secretária da Seel, Renilce Nicodemos, pede por um grande envolvimento de estudantes no evento. Para ela, o handebol é uma modalidade de natureza escolar e de fácil adaptação por parte dos alunos. “Queremos mostrar para os nossos estudantes que por meio do esporte é possível construir um novo momento em suas vidas. As jogadoras brasileiras serão as porta-vozes desse momento. O Brasil vive um momento muito importante, de renovação da equipe depois dos jogos olímpicos do Rio, por isso, nós queremos fazer uma festa linda, com muito carinho e hospitalidade”, disse a titular da Seel.

A arena Guilherme Paraense está recebendo os preparativos para o torneio. O piso especial já foi montado e os assentos estão sendo numerados. Os serviços de limpeza e manutenção seguem normalmente, conforme informações da diretora Cláudia Moura, que também está finalizando os preparativos de transporte, segurança, hospedagem e acomodações especiais às Seleções do Brasil e do exterior. “A marca paraense é da alegria, da hospitalidade, então, vamos receber a seleção com muito carinho”, disse.

Para o técnico da seleção brasileira, Morten Soubak, o torneio e o período de treino em Belém, a partir do dia 24 de novembro, serão bem aproveitados para a preparação do grupo, renovado após as Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016: “O nosso trabalho será um recomeço. Temos que renovar em vários aspectos, não somente porque várias atletas de alto nível não estão mais disponíveis para a Seleção. Temos que pensar no estilo que estávamos jogando e nos aprofundarmos nas novas regras que foram implantadas para os Jogos do Rio e que devem permanecer”, disse o treinador ao site da CBHb. Ele pretende avaliar os novos rumos da equipe: “Vamos dar chance para algumas atletas jovens e outras que fizeram parte do trabalho, mas que não ficaram na equipe para as Olimpíadas. Vamos pensar muito nas características de cada uma e, possivelmente, criar outro jeito de jogar, de acordo com esse perfil, pois o anterior era muito baseado nas atletas que estavam”, afirmou Morten.

Felipão é o novo técnico da seleção brasileira

Continua depois da publicidade

Anúncio oficial deve ser feito amanhã pelo presidente da CBF José Maria Marin. Empecilho para o acerto do técnico com a seleção foi solucionado: um nome de peso na coordenação

Empecilho para o acerto do técnico com a seleção foi solucionado: um nome de peso na coordenação - Werther Santana/AELuiz Antônio Prósperi – O estado de S. Paulo

A seleção brasileira já tem um substituto para Mano Menezes. Luiz Felipe Scolari será o treinador do Brasil na Copa das Confederações de 2013 e na Copa do Mundo de 2014. Felipão acerta apenas os últimos detalhes nesta quarta-feira com o presidente da CBF, José Maria Marin, para o anúncio oficial na quinta-feira, confirmando o que disse o dirigente durante evento no Itaquerão.

O último empecilho para o ex-treinador do Palmeiras aceitar o convite para voltar à seleção era a contratação de um nome de peso para ser coordenador da CBF. Carlos Alberto Parreira e José Carlos Brunoro são os cotados para o cargo depois da saída de Andrés Sanchez e da extinção da função de diretor de seleções.

Mano Menezes não é mais o técnico da seleção brasileira de futebol. Substituto será anunciado em janeiro

Continua depois da publicidade

Treino da Seleção Brasileira

Mesmo após o título do Superclássico das Américas conquistado na última quarta-feira, diante da Argentina, em Buenos Aires, o técnico Mano Menezes foi demitido do comando da seleção brasileira. A informação foi confirmada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por meio de uma nota oficial na tarde desta sexta-feira. 

“Achava que o Mano vinha bem e assumi isso publicamente, mas entendo os critérios [do presidente da CBF] e entendo a hierarquia. Ele está sendo corajoso, quer novos projetos e novos métodos para a próxima temporada. O novo técnico será anunciado em janeiro”, afirmou o diretor de seleções da confederação, Andrés Sanchez, em entrevista coletiva.

Mano dirigiu a equipe principal em 33 jogos desde 2010, quando assumiu a seleção após o fracasso de Dunga da Copa do Mundo na África do Sul. Neste período foram 21 vitórias, com seis derrotas e outros seis empates – aproveitamento de 69,7% dos pontos.

Pela seleção olímpica foram seis partidas nos Jogos de Londres, com cinco vitórias e apenas uma derrota, justamente na final contra o México, que custou a inédita medalha de ouro para o País.

O mais cotado para assumir o Brasil é Luiz Felipe Scolari, pentacampeão do mundo em 2002 e que foi demitido do Palmeiras neste ano. Além dele, Muricy Ramalho, do Santos, e Tite, do Corinthians, são outros nomes fortes. Porém, a nova comissão só deve ser anunciada no começo de janeiro de 2013.

Confira abaixo a nota da CBF:
O presidente da CBF, José Maria Marin, nesta tarde, após reunião com o diretor de Seleções, Andrés Sanchez, resolveu dissolver toda a comissão técnica da Seleção Brasileira de Futebol.

A nova comissão técnica será anunciada no mês de janeiro.

Emerson Ávila continua como técnico da Seleção Sub-20. O novo técnico da Seleção Feminina de futebol será o senhor Márcio Oliveira.

Fonte: Último Segundo – Foto – Antônio Cícero

Brasil x Argentina em Belém: FPF divulga local de entrega dos ingressos comprados via internet

Continua depois da publicidade

A Federação paraense de futebol anunciou hoje em seu site oficial que a entrega de ingressos de gratuidade, ingressos comprados pela internet e para menores de 12 anos do jogo entre Brasil e Argentina que será realizado em Belém no próximo dia 28 serão entregues no dia 22 de setembro das 9:00 às 16:00 horas na sede da Federação Paraense de Futebol, na Rua Paes de Souza, 424, no bairro Guamá, em  Belém.

A venda para o torcedor paraense, no Mangueirão, começou ontem (12.09), segunda-feira, a partir das 09:00 horas, sendo disponibilizados 23 guichês do Setor A-1, com acesso pelo Avenida Augusto Montenegro. As vendas se estenderão diariamente até ás 16:00 horas.

A Arquibancada custará R$90,00 Arquibancada Meia R$45,00 e as Cadeiras (A e B) R$190,00 e Meia Cadeira R$95,00.  Os pontos físicos serão abertos no dia 12, 13 e 14 no MANGUEIRÃO. Serão vendidas até (06) seis unidades por CPF.

Meia entrada
Para os ingressos de meia-entrada (estudantes, portadores de necessidades especiais e maiores de 65 anos) o torcedor precisa estar com todos os documentos que comprovem o direito, dentro da validade para comprar e entrada no estádio

Pacote Vip Experience ( Camarotes )
Pelo site www.zetks.com também existe a possibilidade de adquirir o pacote Brasil Vip Experience (Camarote)  ao preço de R$ 400,00. Nele está incluso serviço de Buffet.

Governo do Pará quer rodeio para popularizar palco de Brasil e Argentina

Continua depois da publicidade

Após vistoria, o Mangueirão está liberado para receber 42 mil torcedores no domingo. Foto: Antonio Cícero/vc repórter

Estádio do Mangueirão, em Belém, será palco do jogo entre Brasil e Argentina, pela Copa Rocca

Os organizadores do rodeio de Barretos, em São Paulo, foram convidados pelo Secretário de Esportes do Pará, Marcos Eiró, para realizarem um evento semelhante a maior festa de peão do país no Estádio do Mangueirão, palco do amistoso entre Brasil e Argentina, válido pela Copa Rocca. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a ideia do governo estadual é revitalizar a popularização do local, que perdeu importância esportiva nos últimos anos devido a queda de clubes de massa como Pará, Remo e Tusa Luso.

Outra medida tomada pelo governo do Pará é uma reforma emergencial do Mangueirão. O local terá uma injeção de R$ 2 milhões para sediar o jogo contra a Argentina, marcado para o dia 28 de setembro. O palco, inaugurado em 1978 e reformado em 2002, será pintado, terá o seu entorno asfaltado, a área de aquecimento receberá grama sintética, e o banco de reservas, revestimento de couro. Lembrando que, em 2011, o estádio recebeu apenas seis partidas, e a partida da Copa Rocca deverá ser a última este ano.