Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Canaã dos Carajás

Jeová nomeia secretário e controlador, mas se cala sobre intervenção judicial

O motivo do afastamento imediato se deu por conta da contratação da empresa Total Serviços de Limpeza Urbana e Iluminação Pública para a implantação de mil lâmpadas de Led no município de Canaã dos Carajás
Continua depois da publicidade

A notícia sobre o afastamento do Secretário de Obras, o ex vereador Wilson Reis e do Controlador Geral Interno do Município de Canaã dos Carajás, Altair Vieira da Costa, logo se espalhou e o prefeito Jeová Andrade agiu rápido em providenciar os novos substitutos.

Publicado no Diário Oficial dos Municípios na manhã desta terça-feira (10), Edson Sousa Silva é quem assume a SEMOB (Secretaria Municipal de Obras) e Márcio Aguiar Mendonça foi nomeado para a CGIM (Controladoria Geral Interna do Município).

A decisão de afastar os agentes públicos foi do Juiz Lauro Fontes Júnior, titular da 1ª Vara Cível e Empresarial de Canaã dos Carajás, que acatou pedido do Ministério Público.

O motivo do afastamento imediato se deu por conta da contração da empresa Total Serviços de Limpeza Urbana e Iluminação Pública para a implantação de mil lâmpadas de Led no município. Segundo a decisão, o valor previsto no contrato está incompatível com o que é praticado no mercado, indicando um superfaturamento. Além disso, o preço das concorrentes no mercado representa cerca de 1/3 do valor contratado para a realização dos serviços.

A decisão determinou ainda a suspensão dos contratos e o bloqueio de bens dos envolvidos.

Até o momento, a prefeitura municipal que ainda pode recorrer da decisão, não havia se manifestado sobre o assunto.

José Wilson dos Reis, também conhecido como Wilson do Líder, estava a frente da SEMOB desde outubro de 2017, após não conseguir a reeleição para vereador no pleito de 2016 pelo MDB,  ele e Altair Vieira não foram encontrados pela reportagem.

Os novos nomeados não integravam o quadro de servidores das respectivas pastas.

Entenda o caso
Em maio deste ano, a prefeitura de Canaã dos Carajás investiu cerca de R$ 2,7 Milhões (Dois milhões e setecentos mil reais) em iluminação com lâmpadas de Led na cidade. As novas luminárias, segundo o, na época, secretário de obras, Wilson Reis, representaria  mais eficiência na iluminação pública e maior economia no consumo de energia elétrica. A previsão é que em um prazo de 60 dias, mil novas lâmpadas fossem implantadas na cidade, chegou-se ainda a se cumprir cerca de 70% da meta.

A vigência do contrato para a prestação de serviços que se iniciou em 21 de maio seguia até o dia 30 de dezembro de 2018.

O problema, é que de acordo com o Juiz Lauro Fontes, houve superfaturamento nos valores, os preços  da empresa Total Serviços de Limpeza Urbana e Iluminação Pública – EIRELI-EPP, estariam incompatíveis com os praticados no mercado. Sendo que o  preço dos concorrentes no mercado corresponderia a 1/3  da contratação ora realizada, por meio do que se denomina, segundo o magistrado, de carona de licitação.

infraestrutura

Prefeitura investe em obras de infraestrutura na zona rural de Parauapebas

Já foram recuperados 42 quilômetros de estradas na Palmares Sul e 81 quilômetros da PA Rio Branco, que interliga diversas localidades.
Continua depois da publicidade

As melhorias de infraestrutura chegaram às diversas localidades da zona rural de Parauapebas. Desde janeiro deste ano, o governo municipal trabalha para garantir melhorias no tráfego nas estradas vicinais. Na Palmares Sul, já foram recuperados 42 quilômetros de estradas. No total, 69 quilômetros receberão serviços de limpeza, encascalhamento e terraplanagem.

A Secretaria Municipal de Obras (Semob) também está recuperando 81 quilômetros da PA Rio Branco, que interliga diversas localidades. Essa via permite aos agricultores o escoamento de seus produtos com maior rapidez e segurança até a zona urbana.

Outra localidade que está recebendo obras é a Vila Paulo Fonteles. As vicinais Esperança, VS11 e dos Placas que estavam intrafegáveis, segundo os moradores, agora começam a mudar. “Essas estradas estavam sem condições de tráfego, principalmente nas rotas do transporte escolar. Eu ando todos os dias nessas vicinais e agora já começo a ver mudanças com essas obras”, diz Moacir Souza, morador da Vila Paulo Fonteles. Somente na região, a prefeitura vai recuperar 34 quilômetros de estradas.

Como tem sido praxe, a secretária de Obras, Silvana Faria, acompanha de perto os serviços. “Estamos com maquinários em vários pontos da zona rural. Já recuperamos mais 800 quilômetros de estradas. Estamos melhorando o acesso às comunidades mais distantes”, afirma ela.

Silvana Faria informa que as obras devem continuar. Um novo contrato já permite a colocação de aduelas, e em breve serão realizadas a reforma e a construção de pontes, vistoriadas pela secretária. “Para 2018, novas obras estão sendo estudadas para melhorar ainda mais a infraestrutura do município”.

A notícia foi bem recebida pelo motorista Francisco Nóia, 65 anos, morador da zona rural. “Nossa região já está recebendo serviços e melhorou 50% nas ladeiras e vicinais. Acredito que pode melhorar mais, com novas obras”, comenta ele.

As regiões Palmares II, Cedere, APA do Gelado, Vila Sanção, Valentim Serra, área do eixo Itacaiúnas e Beiradão também receberam os serviços da Semob.

Texto: Liliane Diniz
Fotos: Piedade Ferreira
Assessoria de Comunicação – Ascom | PMP

Inclusão

Buraco no chão ameaça estrutura do prédio da Sorri Parauapebas

A Sorri Parauapebas funciona desde 1995 na cidade, atendendo prioritariamente o público de pessoas com deficiência, promovendo capacitação e qualificação profissional
Continua depois da publicidade

A presidente da Sorri Parauapebas, Lurdes Câmara gravou um vídeo sobre um grave problema de infraestrutura na sede da instituição. De acordo com o relato um grande buraco se abriu no pátio, em decorrência da chuva, e a situação piorou com o rompimento de bueiros que ficam na parte subterrânea do prédio.

“Não sabíamos que embaixo do nosso prédio passava um bueiro que traz esgoto e água da rua. Esse bueiro estourou e o buraco aumentou, por isso um pedaço do nosso prédio acabou cedendo”, afirmou Lurdes Câmara, que disse ter gravado o vídeo com o objetivo de sensibilizar a Prefeitura quanto a situação.

“Queremos divulgar e pedir para a Prefeitura que agilize o processo. Já marcamos várias reuniões mas não foi possível o comparecimento da Prefeitura, e nós queríamos sensibilizar e pedir que o problema esteja sendo resolvido porque enquanto o buraco estiver aqui, debaixo do nosso prédio, a instituição não pode funcionar, e assim as pessoas com deficiência vão deixar de ser atendidas”, informou no vídeo a presidente da Sorri.

O Blog entrou em contato com a presidente da Sorri e ela informou que o pessoal da Semob já esteve por lá verificando a situação.Porém, ainda não foram tomadas providências para solução do problema de infraestrutura. Ainda de acordo com Lurdes Câmara, a instituição atende mais de 100 pessoas com cursos de qualificação profissional para inclusão desse público no mercado de trabalho.  “Não estamos fazendo acusações contra a Prefeitura, estamos apenas pedindo que agilize”, afirmou Lurdes Câmara.

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura solicitando uma nota sobre o caso, que responda se terá como atuar na resolução do problema de infraestrutura do prédio da Sorri Parauapebas, tendo em vista que é uma instituição que desenvolve reconhecido trabalho social, mas até o fechamento desta edição não tivemos retorno.

Sorri Parauapebas

A Sorri Parauapebas funciona desde 1995 na cidade, atendendo prioritariamente o público de pessoas com deficiência, promovendo capacitação e qualificação profissional, assim como inserção no mercado de trabalho. A instituição está instalada à Avenida Beira Rio, nas proximidades da Escola Municipal Paulo Fonteles de Lima, no Rio Verde. A estrutura foi doada pela Prefeitura em 1996.

 

Perfil

Conheça quem são os gestores de Parauapebas (parte 5)

Saiba quem são Edmar Cruz (Semurb), Maria Silvana (Semob), Michael Jackson (Semsi) e Evaldo Cantanhede (Cooter).
Continua depois da publicidade

Nesta quinta matéria de apresentação dos perfis dos gestores municipais, o Blog leva ao leitor um pouco mais de informações sobre os titulares da Semurb, Semob, Semsi e Coordenadoria de Terras.

Semurb

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semurb) está sob a condução do experiente engenheiro civil e gestor ambiental, Edmar Cruz Lima, que atua no serviço público há 22 anos. Casado, pai de dois filhos, 46 anos, natural de Colinas, no Maranhão, o novo titular da Semurb reside há 31 anos em Parauapebas.

Em seu currículo constam passagens pela própria secretaria de urbanismo, na época do prefeito Chico das Cortinas, Saaep, durante a gestão da Bel Mesquita, além de atuações nas secretarias de planejamento e de obras. Edmar Cruz participou diretamente da formatação do processo de coleta de lixo que substituiu as carroças, meio de transporte utilizado na década de 90 no município para coleta de lixo doméstico, por caminhões compactadores.

A coleta de lixo doméstico e sua correta destinação integram as principais atividades de responsabilidade da Semurb, assim como manutenção da iluminação pública, aplicação do código de postura do município, gerenciamento do CAP e Mercado Municipal. Destas principais atividades o novo gestor aponta a iluminação pública como o seu maior desafio à frente da pasta já que a demanda pelos serviços é enorme, são muitas ruas escuras na cidade.

Edmar Cruz informou que as equipes de manutenção da iluminação pública já estão nas ruas, atendendo as principais demandas, e que está levantando a situação relacionada ao repasse da Celpa referente aos valores da taxa de iluminação pública, paga pelo cidadão na conta de Luz. Sobre o retorno da ocupação de imediações na Praça dos Metais, o secretário foi enfático ao dizer que os ambulantes não permanecerão lá, e que o governo não vai permitir retrocesso com ocupações irregulares naquela localidade. Com relação à coleta de lixo, continua sendo realizada pelo consórcio Paracanãs.

Semob

A mineira Maria Silvana de Faria Sousa é uma das pioneiras de Parauapebas, chegou à cidade há 34 anos para trabalhar com um comércio na Mina de N5, em Carajás. Casada, mãe de três filhos e avó de dois netos, com 59 anos, ela assume o que considera o maior desafio da sua vida, gerir a Secretaria Municipal de Obras (Semob), pasta estratégica em qualquer governo. Ela é a primeira mulher a assumir esta secretaria na história do município.

Formada em Técnico em Administração, a nova gestora da Semob aposta em sua experiência de gestão, acumulada durante vários anos de atividades empreendedoras e ao longo do período em que atuou como diretora técnica da antiga Fasc – Fundação de Assistência Social. Para encarar o desafio de fazer obras de relevância para o município, Maria Silvana diz que contará com a excelente equipe técnica de servidores efetivos da Semob.

Filiada ao PROS, Maria Silvana teve o seu nome ventilado como candidata ao cargo de vice-prefeita. Trabalhou firme na campanha e acredita que o maior peso para a escolha do seu nome foi a confiança que o prefeito Darci Lermen tem em sua pessoa. Com um dos orçamentos mais gordos da Prefeitura para 2017, R$ 202 milhões, Maria Silvana terá o desafio de fazer obras com qualidade, iguais ou superiores às realizadas na gestão passada, que teve como sua principal marca de governo o grande volume de obras com estruturas de qualidade.

Semsi

Michael Jackson Correa Gomes, de 32 anos, foi o escolhido para assumir a Secretaria Municipal de Segurança Institucional e Defesa do Cidadão (Semsi). Natural de Monção, no Maranhão, é solteiro, tem dois filhos e reside em Parauapebas há 18 anos. Formado em Teologia, o novo gestor da Semsi tem pós-graduação em gestão de segurança pública.

Na área pública, Michael Jackson já atuou nas secretarias de Produção Rural e Educação, porém nunca trabalhou diretamente na gestão de uma pasta. Já no setor privado, teve experiência no segmento de segurança patrimonial. Ele acredita que o maior desafio da Semsi é contribuir para melhorar o sentimento de segurança da sociedade.

Dentre as principais ações já realizadas neste início de governo, está a retomada do funcionamento das 55 câmeras de videomonitoramento, de um total de 83, e as conversas com representantes de órgãos de segurança, o que gerou como encaminhamento a retomada do GGIM – Gabinete de Gestão Integrada Municipal, a partir de fevereiro.

O aparelhamento da Guarda Municipal, tanto no aspecto logístico quanto de armamento, para melhor contribuição na segurança pública do município, também é apontado pelo gestor como um dos grandes desafios à frente da pasta.

Cooter

O professor de ciências Evaldo Melo Catanhede, do PCdoB, foi o escolhido para assumir da Coordenadoria Municipal de Terras (Cooter). Maranhense, divorciado, sem filhos, o novo titular do setor tem 40 anos e também é presidente da Associação de Produtores Rurais do Assentamento Santa Maria do Itacaiúnas (ASTSAMI).

A regularização fundiária é o maior desafio do setor, que é vinculado à Semob. Para ajudar a gestão municipal a avançar nesta área, um projeto de georreferenciamento da cidade deverá ser contratado. As conversas para o seu financiamento já foram iniciadas junto à Caixa Econômica de Marabá.

Na Cooter são emitidas Certidões de Uso de Solo, Laudo de Alinhamento (para conferir tamanho real da área) e Título Definitivo de lotes. De acordo com Evaldo Catanhede, algumas ações para regularização fundiária já foram iniciadas e o bairro Novo Brasil deverá ser o primeiro a ser contemplado com a entrega de títulos definitivos dos lotes.

Leia também:

Conheça quem são os gestores de Parauapebas (parte 1)

Conheça quem são os gestores de Parauapebas (parte 2)

Conheça quem são os gestores de Parauapebas (parte 3)

Conheça quem são os gestores de Parauapebas (parte 4)

Parauapebas

Prefeitura adia licitação para manutenção de estradas da zona rural de Parauapebas

Continua depois da publicidade

estradazona rual de parauapebasA Prefeitura Municipal de Parauapebas adiou a sessão pública de recebimento e abertura de envelopes da licitação cujo objetivo é a contratação de empresa para realizar a manutenção das estradas da zona rural do município. Os interessados em participar têm um mês para preparar a documentação que será apresentada no dia 25 de fevereiro, quinta-feira.

A nova data da sessão referente à concorrência nº 3/2015-003, que irá atender à Secretaria Municipal de Obras (Semob), foi publicada pelo presidente da Comissão de Licitação, Rodrigues Gonçalves Ribeiro, no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira, 25.

A concorrência, do tipo menor preço em empreitada por preço global, tem como objeto serviços de drenagem e terraplenagem para manutenção das estradas vicinais, além da pavimentação asfáltica na zona rural de Parauapebas. O edital da licitação, seus aditivos e anexos estão à disposição dos interessados na Coordenadoria de Licitações e Contratos da prefeitura.

A coordenadoria está localizada no Centro Administrativo da Prefeitura Municipal de Parauapebas, no Morro dos Ventos, S/Nº, Bairro Beira Rio II, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Parauapebas

Semob realiza serviços de infraestrutura em vários bairros

Continua depois da publicidade

Rua Buriti, Bairro Novo Brasil prestes a ser pavimentada

Todos os dias, diversas ruas, avenidas e vias de Parauapebas são atendidas pelas equipes do Departamento de Infraestrutura da Secretaria Municipal de Obras (Semob). As equipes tentam dar prioridade a áreas de grande fluxo de veículos e vias de acesso a escolas, hospitais e clínicas. A recuperação asfáltica tem sido trabalho constante e cerca de mil toneladas de material para o trabalho são gastos por mês na cidade.

Nesta quarta-feira (13) foi a vez das ruas Amazonas, no Bairro Bela Vista, e C-01, no Tropical, receberem os serviços da Operação Tapa-Buraco. Já a Avenida Bom Jardim, no Bairro Guanabara, o canteiro central está sendo estreitado e recebendo concreto. Dessa forma, as duas vias ao lado do canteiro ganharão mais 60 cm cada, facilitando assim o fluxo de veículos.

Rua C-01 no Bairro Tropical com novo asfalto

Atualmente, a Semob está executando serviços de terraplanagem nas ruas Amapá e Buriti, em breve os moradores poderão contar com asfalto na porta de suas casas, motivo que tem deixado satisfeitos os moradores beneficiados. Esse é o caso de Maria Rodrigues, proprietária de um estabelecimento comercial na Rua Amapá. “Isso é muito bom pra nós que moramos aqui. Não vai ter mais poeira em nossas casas”.

Operação Tapa-Buraco no Bairro Tropical

De acordo com o secretário de Obras, Plácido Faria, “semanalmente, com base em demandas enviadas pela Ouvidoria Municipal, por meio dos números 0800-033-0202 e 33256-0772, ou feitas diretamente pela comunidade à Semob, as equipes montam um cronograma de atendimento”. Uma equipe técnica vistoria o local, verifica quais serão os serviços a serem realizados e encaminha o grupo de reparos.

Fonte: Ascom

Parauapebas

Semob tem novo gestor

Continua depois da publicidade


Na última quinta-feira, 29, o prefeito Valmir Mariano exonerou, a pedido, Raimundo Honório Queiroga, que estava à frente da Secretaria Municipal de Obras (Semob) desde novembro de 2013. O prefeito agradeceu a dedicação e o trabalho de Queiroga e nomeou o engenheiro civil Plácido Alves Teixeira de Farias, antes secretário adjunto, como gestor interino da pasta. qureerig

Parauapebas

Semob faz balanço das ações em Parauapebas

Continua depois da publicidade

O governo Valmir Queiroz Mariano está prestes a completar 850 dias. Nesse período, segundo a assessoria de comunicação da Semob, foram concluídas 108 obras no município, sendo assim discriminadas: Assistência Social (11), Educação (19), Infraestrutura (33), Saúde (18), Próprios Públicos (27).

Assistência Social

image

Educação

image

Com as 19 obras na educação foram criadas 6.000 novas vagas para o ensino infantil, 7.780 vagas para o ensino fundamental, e 1.400 vagas nas aldeias indígenas.

Infraestrutura

image

Saúde

image

Próprios Públicos

image

Em andamento

Segundo o secretário de obras de Parauapebas, Raimundo Queiroga, existem , ainda, 37 obras em andamento no munício, sendo: Assistência Social (01), Habitação (05), Educação (16), Infraestrutura (06), Saúde (05), Próprios Público (04) .

Entre as obras estão a construção de 10 novas escolas e a reforma de mais seis, o que proporcionará a oferta de 18.540 novas vagas nos ensinos infantil e fundamental. 

Na saúde, estão sendo construídas duas UPA’s,  o Centro de Zoonoses, e reformando o Hospital Municipal Teófilo Soares, além de ampliação e conclusão do novo Hospital Municipal.

Na Habitação, estão sendo construídas 3.550 novas unidades habitacionais (Residencial Nova Carajás IX, Residencial Vale do Sol, Residencial Vila Nova e Residencial Alto Bonito / Morro do Chapéu).

Segundo o secretário Queiroga, o município conta ainda om constante serviço de tapa buracos e conservação das vias públicas, os serviços de pavimentação estão em andamento, além das obras de duplicação das PA’s 275, 160 e Avenida Faruk Salmen, que melhorarão muito a trafegabilidade no município. 

Raimundo Queiroga afirmou ao Blog que algumas outras obras estão em fase final de projeto e outras em licitação. O secretário disse que nos próximos dias serão iniciadas as construções de 6 novas escolas, duas escolas em tempo integral. O município receberá, ainda, um Campus da UEPA, cujo o processo encontra-se na fase final de projetos e assinaturas de convênios.