Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
esporte

Thiego Marques é convocado para a Seleção Brasileira visando à primeira fase de treinamento em São Paulo

O atleta de judô paralímpico, nascido em Parauapebas, terá uma agenda lotada em 2018. O primeiro desafio é o German Open, em fevereiro
Por Fábio Relvas com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV)

Mais uma vez Thiego Marques, de 18 anos, atleta de judô paralímpico, é destaque nacional. Natural da cidade de Parauapebas, Thiego foi convocado para a primeira fase de treinamento, que acontece entre os dias 20 a 28 de janeiro, na cidade de São Paulo. O parauapebense visa grandes competições em 2018, e foi convocado juntamente com mais 23 judocas pela comissão técnica da Seleção Brasileira.

“Sobre a convocação, apesar de que foi esperada, ela não deixou de ser conquistada com suor. Porque todo ano nós temos que suar um pouco para garantir a medalha, não é só no dia da competição que a gente garante e para ser convocado não é diferente. A gente tem que mostrar esforço, mostrar dedicação para que eles vêm a perceber que a gente é o atleta ideal para representar o Brasil”, afirmou Thiego Marques, judoca paralímpico.

O principal desafio de Thiego e dos demais convocados, será o Campeonato Mundial em Portugal, que será realizado no mês de novembro. Mas antes, os judocas brasileiros terão outras competições durante o ano e a primeira delas será o German Open, na Alemanha, de 07 a 13 de fevereiro. O Brasil já conquistou 30 medalhas em quatro participações nesta competição: 2012, 2013 e 2014 e 2016.

“Graças a Deus dessa vez eu fui convocado para os futuros campeonatos importantes e estou com a melhor esperança possível para essa convocação para a Seleção Brasileira. A expectativa é boa para a primeira fase de treinos em São Paulo e para as próximas competições internacionais. Agora recente tem a da Alemanha e ao longo do ano tem Canadá, Portugal e etc.”, disse Thiego Marques.

O judoca de Parauapebas foi descoberto no projeto Judô Solidário, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), tendo à frente o professor Antônio Sérgio. Nessa primeira convocação do ano, a comissão técnica da Seleção Brasileira, seguiu dando oportunidades para os jovens talentos, que vão se juntar aos grandes nomes do judô paralímpico como: Antônio Tenório, Lúcia Araújo, Karla Cardoso, Alana Maldonado, Wilians Araújo, entre outros.

“Ele foi convocado agora para a primeira fase de treinamentos da Seleção Brasileira que vai acontecer a partir do dia 20 e fica entorno de sete dias lá (em São Paulo) e logo no início de fevereiro, Thiego tem uma competição para a Alemanha. Entre fevereiro e maio, tem uma outra fase de treinamento e ele vai para o Canadá para uma outra competição internacional e novamente fase de treinamento. Depois ele vai para o Japão para uma fase de treinamento internacional em julho, ai vem novamente as fases de treinamento. Quando for em novembro, ele vai para Portugal para o mundial”, frisou Antônio Sérgio, professor que descobriu Thiego para o judô.

Confira a lista dos convocados:

Seleção Feminina

Alana Martins Maldonado (AMEI-SP)

Giulia dos Santos Pereira (CESEC-SP)

Karla Ferreira Cardoso (CEIBC-RJ)

Lúcia da Silva Teixeira Araújo (CESEC-SP)

Luiza Guterres Oliano (ACERGS-RS)

Maria Núbea dos Santos Lins (INS. REAÇÃO-RJ)

Meg Rodrigues Emmerich (IRM-PR)

Rebeca de Souza Silva (APADV-SP)

Rosicleide Silva de Andrade (ADEVIRN-RN)

 Seleção Masculina

Abner Nascimento de Oliveira (ADEVIRN-RN)

Anderson Wassian da Silva (ACERGS-RS)

Antônio Tenório da Silva (CESEC-SP)

Arthur Cavalcante da Silva (ADEVIRN-RN)

Denis Aparecido Rosa (CESEC-SP)

Flávio da Silva Rodrigues (CEIBC-RJ)

Gabriel Nascimento Silva (CEIBC-RJ)

Harlley Damião Pereira Arruda (CESEC-SP)

João Marcos Isaías de Souza (CEIBC-RJ)

Júlio César da Conceição (ADVERJ-RJ)

Luan Simões Pimentel (ISMAC-MS)

Mayco de Souza Rodrigues (ADVEG-GO)

Thiego Marques da Silva (AEPA-PA)

Vinícius Ferreira Soares (CEIBC-RJ)

Wilians Silva Araújo (CEIBC-RJ)

Comissão Técnica

Alexandre de Almeida Garcia – Técnico

Caio Ricardo Lopes Paolillo – Auxiliar Técnico

Carolina de Campos – Psicóloga

Cícero Alves Pereira – Apoio

Jaime Roberto Bragança – Técnico

João Paulo Anselmo Almeida – Nutricionista

João Paulo Borin – Coordenador

Marcos Augusto da Costa Vitullo – Fisioterapeuta

Roger Alves da Fonseca – Preparador Físico

Thiago Claudino Gomes Righeto – Médico

Esporte

Judoca parauapebense conquista a etapa final do Grand Prix Infraero de Judô Paralímpico

Thiego Marques venceu as quatro lutas que disputou em Porto Alegre (RS)

Por Fábio Relvas

Thiego Marques, de 18 anos, atleta de judô paralímpico, segue conquistando resultados expressivos em sua carreira e representando muito bem a cidade de Parauapebas, sudeste do estado do Pará. Neste sábado (21), na cidade de Porto Alegre (RS), Thiego foi campeão da etapa final do Grand Prix Infraero de Judô para Cegos na categoria ligeiro até 60 kg, onde realizou quatro lutas e venceu todas.

Com o resultado, o atleta continua sendo o número um em sua categoria no ranking nacional e segue firme na Seleção Brasileira Paralímpica. O Grand Prix Infraero de Judô reuniu a elite, com grandes judocas, e contando com a participação de 250 atletas de 17 estados, mais o Distrito Federal. Os atletas subiram no tatame do ginásio Tesourinha. O evento foi uma realização da Confederação Brasileira de Desporto para Deficientes Visuais (CBDV).

“O Grand Prix Infraero de Judô é disputado em duas etapas: a primeira etapa é sempre em março e agora essa etapa, no segundo semestre, é sempre em outubro. A primeira etapa é o Grand Prix Internacional, onde esse ano participaram 15 países e o Thiego ficou na segunda colocação; e agora, nessa segunda etapa, ele foi campeão, fez quatro lutas e venceu todas. Lutou muito bem e foi campeão. O Thiego vem em uma crescente”, afirmou Antônio Sérgio, professor e chefe da delegação brasileira em grandes competições e descobridor de Thiego.

Thiego Marques foi descoberto em Parauapebas no projeto Judô Solidário, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), tendo à frente o professor Antônio Sérgio. O judoca pratica o esporte desde os seus 10 anos de idade e tem como principal objetivo chegar as Paralimpíadas de Tóquio em 2020. Se continuar obtendo pontos e seguir firme na frente no ranking, Thiego provavelmente vai alcançar seu sonho.

“Estamos muito contentes para que o Thiego continue nessa crescente, o trabalho está sendo feito para isso. Nós estivemos recentemente lá no Uzbequistão, ele como atleta na categoria 60 kg e eu como chefe de delegação. Não foi muito bem: ganhou uma luta com um sul-africano, perdeu uma para o Uzbequistão e outra para o Japão, mas continuou pontuando para o ranking mundial. Então esse foi um grande feito para esse ano fecharmos o nosso planejamento com chave de ouro”, disse Antônio Sérgio.

O calendário desde ano terminou com a segunda etapa do Grand Prix Infraero, agora é seguir a preparação para 2018. O atleta tem uma rotina pesada de treinamentos, mas tudo muito bem acompanhado por especialistas. Geralmente Thiego segue pesado no judô pela parte da manhã, à tarde aprimora o jiu-jitsu – que acaba sendo uma técnica para o judô, uma espécie de complemento na sua arte marcial – e ainda vai para academia à noite.

“Os treinamentos continuam. A preparação técnica, física, nutricional é toda feita em Parauapebas. Para o ano começar o calendário será lá para o final de janeiro e fevereiro. Serão 10 fases de treinamentos: além dessa competição internacional, tem a primeira fase do Grand Prix Infraero e também haverão algumas competições fora do Brasil, como no Japão, Canadá e provavelmente uma na Inglaterra, que será o mundial”, finalizou Sérgio.

error: Conteúdo protegido contra cópia!