Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!

Produtor rural e empresário Jahyr Seixas se manifesta sobre momento de turbulência política em Tucuruí

Nonagenário e fundador do município, Seixas credita atual cenário de Tucuruí à instabilidade política provocada com a morte do prefeito Jones William
Continua depois da publicidade

Jahyr Seixas, fluminense do Rio de Janeiro, foi um dos pioneiros a desbravar a antiga Alcobaça (hoje Tucuruí) no início dos anos 70. Hoje, aos 94 anos, o Senhor Jahyr – como é conhecido na cidade – encaminhou comentário onde se manifesta publicamente sobre a tempestade política que desestabiliza a cidade de Tucuruí.  De início, Jahyr lamenta sobre o fraco movimento no comércio, capitalizado pela insegurança política que amedronta os empresários, sobretudo  por não saberem como essa crise política terminará.

Além disso, Sr Jahyr reclama que não existem políticas para geração de emprego e renda no município. “Se o prefeito gasta o dinheiro público errado, investe em festas enquanto o povo passa fome, e deixa faltar remédios nos postos de saúde, ele não está se preocupando com a população. Uma coisa que eu admirava no Artur é que ele se preocupava com a saúde e educação, além de ter dado continuidade na implantação do Distrito industrial”.

Sr. Jahyr também acredita que a família Brito foi vítima de um golpe para tirá-los do poder. “Meus 94 anos de vida me ensinaram a diferenciar pessoas boas de ruins. Acredito que a mãe do Artur não tem nada a ver com esse crime. A polícia errou ao prender uma pessoa inocente sem provas. Tão grave quanto o crime contra o Jones foi essa humilhação que a família Brito passou por ter sido acusada inocentemente” assevera Jahyr Seixas, que  concluí reiterando que acredita na Justiça de Deus, principalmente porque a família de Jones Willian merece a verdade.

“O que eu vi até agora é somente briga pelo poder. Aquelas pessoas que antes pediam justiça agora se silenciaram com cargos na prefeitura. A mãe e os filhos de Jones merecem a verdade; Tucuruí merece a verdade. Não podemos nos calar e acreditar em boatos e fofocas,” finaliza o nonagenário tucuruiense.

Operação Looters

Correios: PF desarticula quadrilha de assalto a cargas no PA

De acordo com os levantamentos, o bando foi responsável por mais de seis assaltos a cargas na região de Goianésia e Tucuruí, gerando um prejuízo de mais de R$ 100 mil aos Correios.
Continua depois da publicidade

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (7) a Operação Looters, com o objetivo e desarticular quadrilha especializada em assalto a cargas transportadas por caminhões dos  Correios, notadamente entre os municípios de Goianésia do Pará e Tucuruí, na Rodovia PA-263. Ao todo, foram cumpridos 10 mandados judiciais, todos em Tailândia, sendo quatro mandados de prisão temporária, dois de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão. As ordens judicias foram expedidas pela Justiça Federal do Pará.

As investigações iniciaram em fevereiro de 2017 e avançaram durante o ano, quando a quadrilha praticou uma série de roubos, os quais permitiram concluir que se tratava do mesmo bando de criminosos. Quase sempre à luz do dia e no mesmo local na PA 263, os caminhões eram interceptados, os motoristas rendidos com o uso de armas de fogo e os veículos eram levados para uma vicinal, onde as cargas eram saqueadas. Os assaltantes selecionavam os objetos que iriam subtrair e geralmente levavam bens de valor agregado como telefones celulares, máquinas fotográficas e outros itens que podem ser revendidos facilmente no mercado paralelo.

De acordo com os levantamentos, o bando foi responsável por mais de seis assaltos a cargas na região de Goianésia e Tucuruí, gerando um prejuízo de mais de R$ 100 mil aos Correios.

O grupo responderá pelos crimes de associação criminosa e roubo majorado pelo uso de arma de fogo e pela restrição de liberdade dos motoristas dos caminhões. Ao todo as penas pelos crimes investigados podem alcançar mais de 30 anos. Os presos foram encaminhados para presídios da cidade de Tucuruí, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

O nome da operação é uma alusão aos saqueadores do passado que aterrorizavam pequenas cidades isoladas da Europa. (Fonte: Ascom PF)

Tucuruí

Grupo de Tucuruí faz manifestação em frente ao TJPA

Manifestantes fecharam rodovia em Belém para exigir solução nas investigações do assassinato de Jones William
Continua depois da publicidade

Uma comitiva formada por 40 pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram um protesto nesta segunda-feira (22) em frente a sede do Tribunal de Justiça do Pará, na avenida Almirante Barroso, em Belém. O protesto é liderado por Roquevan Alves da Silva, líder do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que em 2012 foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado pela invasão da usina hidrelétrica de Tucuruí em 2007.

A comitiva está na capital para exigir celeridade no processo que apura a morte do prefeito de Tucuruí, Jones William. A demonstração é composta, em sua maioria, por idosos e crianças.

Em alguns momentos, a avenida foi obstruída pelos manifestantes, mas logo em seguida, a liberaram.

Ainda hoje, por volta das 13h, a comitiva será recebida pela Comissão de Direitos Humanos da OAB; a reunião será para pedir que a Ordem dos Advogados siga acompanhando as investigações do caso.

concurso

Tucuruí: Prefeitura encerra inscrições nesta quarta-feira 17

Seleção é para formação de cadastro reserva para a Secretaria de Educação e Cultura
Continua depois da publicidade

A Prefeitura de Tucuruí divulgou edital de processo seletivo simplificado para a formação de cadastro reserva para a Secretária Municipal de Educação e Cultura. As inscrições são gratuitas.

Baixar edital: EDITAL-001-2018-P.-SELETIVO

Ela esclarece, que todos os candidatos que realizaram o pagamento da taxa de inscrição terão os valores reembolsados a partir do dia 15 de janeiro de 2018, nos locais onde realizaram ou vão realizar as suas inscrições, com a devida apresentação do boleto de pagamento.

Os cargos são: Professor de Educação Geral (Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental), Professor Monitor para Creches, Professor Mediador, Zelador, Merendeira, Mecânico, Eletricista, Carpinteiro, Agente de Serviços Urbanos (Capinador) e Auxiliar Administrativo.

Para participar, o candidato deverá imprimir e preencher o formulário de inscrição disponível no site http://tucurui.pa.gov.br até o dia 17 de janeiro.

As inscrições estão sendo feitas no Centro de Inclusão Digital, Bairro do Getat; Centro de Inclusão Digital, Bairro da Vila Pioneira; e Centro de Convenções, no Cais da Cidade, sempre das 9h às 17h.

comércio

Ideflor-bio vai cadastrar pescadores e compradores do Lago de Tucuruí

O cadastramento faz parte das atribuições prevista na lei de criação da APA Lago de Tucuruí
Continua depois da publicidade

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio) vai realizar o cadastramento do todos os pescadores e compradores de pescado (intermediários) que utilizam os recursos pesqueiros do Mosaico de Unidades de Conservação Lago de Tucuruí.

O cadastro inicia por Tucuruí e Breu Branco a partir do dia 22 e seguindo até o dia 3 de fevereiro. Pescadores e compradores dos municípios de Novo Repartimento, Goianésia do Pará, Jacundá, Itupiranga, Nova Ipixuna e Marabá também deverão realizar o cadastro até o dia 10 de março, prazo final do cadastramento.

Mariana Bogéa, gerente do Mosaico do Lago de Tucuruí, explica que o cadastramento faz parte das atribuições prevista na lei de criação da APA Lago de Tucuruí e será integrado ao Sistema de Monitoramento do Desembarque Pesqueiro e Aquícola do Mosaico Lago de Tucuruí, que irá emitir o documento oficial de identificação dos usuários dos recursos pesqueiro do Mosaico, assim como o comprovante de produção dos pescadores. “O cadastro é gratuito, e os pescadores e comerciários não pagarão nenhuma taxa para efetivar o cadastramento e nem para adquirir a declaração junto às entidades do setor da Pesca”, enfatiza a gerente.

O Sistema de Monitoramento tem o apoio da Justiça Federal, Ministério Público Federal e da Polícia Federal, com o objetivo de auxiliar nas práticas adotadas por esses órgãos para coibir os ilícitos que envolvem o setor da pesca.

Os convocados deverão comparecer aos locais indicados no Chamado Público publicado no Diário Oficial do Estado do Pará n° 33527, de posse dos documentos pessoais e de específicos como o original e cópia da carteira de Pescador Profissional Artesanal (RGP); carteira da entidade de classe a qual é filiado; declaração da entidade representante de classe preenchida e assinada pelo representante legal da entidade; documento de comprovação de propriedade de embarcação, quando houver.

Mais informações:

Sede das colônias de Pescadores dos municípios envolvidos.

Sede do Ideflor-bio em Belém (AV. João Paulo II, s/n. Curió-Utinga) ou em Tucuruí (Rua Groelândia, n°01. Vila Marabá), de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.

Ou por meio do e-mail: grtuc.ideflorbio@gmail.com

Os cadastramentos serão realizados nos seguintes períodos e locais:

Período

Público

Local de cadastramento

Horário

22/01/2018 à 03/02/2018

Pescadores e Compradores dos municípios de Tucuruí e Breu Branco

Sede do Mosaico Lago de Tucuruí (Rua Groelência, n°01. Vila Marabá-Tucuruí)

08:00 às 12:00 e de 14:00 às 18:00 horas.

05/02 à 10/02/2018

Pescadores e Compradores do Município de Novo Repartimento

Barracão da Colônia de Pescadores Z-78 Novo Repartimento – Polo Pesqueiro.

12/02 à 17/02/2018

Pescadores e Compradores do município de Goianésia do Pará

Sede da Colônia de Pescadores Z-61 Goianésia do Pará, na Vila São Pedro.

19/02 à 24/02/2018

Pescadores e Compradores do município de Jacundá

Sede da Colônia de Pescadores Z-43 de Jacundá.

26/02 à 03/03/2018

Pescadores e Compradores do município de Itupiranga e Nova Ipixuna

Sede da Colônia de Pescadores Z-44 Itupiranga.

05/03 à 10/03/2018

Pescadores e Compradores do município de Marabá

Sede da Colônia de Pescadores Z-30 de Marabá.

justiça

Parecer manda anular toda a investigação sobre a morte do prefeito Jones William

Sub-procurador geral da república, Rodrigo Janott, recomenda a anulação de todos os atos processuais do juiz de Tucuruí, José Leonardo Vasconcelos
Continua depois da publicidade

O sub-procurador geral da república, Rodrigo Janott, emitiu nesta segunda-feira (8) um parecer recomendando a anulação de todos os atos processuais do juiz de Tucuruí, José Leonardo Vasconcelos, na investigação da Polícia Civil do Pará sobre a morte do prefeito de Tucurui, Jones William, ocorrida em julho do ano passado.

O procurador acatou a tese do advogado Roberto Lauria, que sustenta que toda a investigação é nula, uma vez que o juiz da comarca de Tucuruí, José Leonardo Frota de Vasconcelos, não teria competência para atuar no processo, uma vez que a causa envolve o prefeito Artur Brito, que tem foro privilegiado, só cabendo ao Tribunal de Justiça do Pará a competência para julgar o mesmo.

Em seu parecer, Rodrigo Janot, relata que o juiz de Tucuruí decretou diversas medidas cautelares, dentre as quais a prisão temporária de Josenilde Brito, mãe do prefeito. Ao assim agir, usurpou a competência do TJPA, ao qual deveria o inquérito original ter sido remetido imediatamente após o surgimento de indícios da participação, no delito, de pessoa com foro por prerrogativa de função no Tribunal, para que membro desta, ao ser designado Relator, decidisse acerca de eventual cisão das apurações.

Segundo Janot, o juiz de Tucuruí errou propositalmente, pois ao decretar a prisão de Josenilde Brito, já sabia que a mesma era mãe do prefeito, que possui foro privilegiado.

O sub-procurador recomenda ainda no parecer, que todos os atos do juiz José Leonardo, sejam considerados provas ilícitas, como determina a Lei em vigor. “Como é cediço, o desmembramento deve ser pautado por critérios de conveniência e oportunidade, estabelecidos pelo Juízo da causa, no caso, o de maior graduação, ou seja, o Tribunal de Justiça, o que não se verificou na hipótese. Registre-se, por fim, que a ação penal se encontra em trâmite perante o Tribunal de Justiça. Manifesta, portanto, a incompetência do Magistrado que deferiu a medida cautelar de quebra do sigilo bancário, devendo ser considerada, pois, prova ilícita”. Asseverou Rodrigo Janot recomendando a nulidade de todos os atos do juiz de Tucuruí.

Tucuruí

Prefeito em exercício de Tucuruí também está ameaçado de morte

Denuncia vem em forma de áudio do Secretário de Apoio à Segurança que tem circulado pelo Whatsapp
Continua depois da publicidade

Em áudio que circula por diversos grupos de Whatsapp, o Secretário de Apoio à Segurança, Coronel Pedro Paulo Barata, denunciou que o grupo político que assumiu o poder municipal, logo após o assassinato de Jones William, se reuniu na casa do prefeito afastado, Artur Brito, onde teria sido planejado “bater” no prefeito em exercício.

O Coronel Barata também afirma que outro grupo menor faz ameaça de morte ao atual prefeito, Benedito Joaquim Campos Couto, o Bena Navegantes (PROS), que assumiu a prefeitura após o afastamento de Artur Brito.

Artur Brito está afastado pela justiça após pedido feito pelo Ministério Público e pela Câmara Municipal, que investiga diversas denúncias contra Artur em uma CPI, cujo relatório será apresentado ainda essa semana e pode culminar na cassação de Artur Brito.

O Secretário ainda não se pronunciou sobre o teor do áudio veiculado nas redes sociais.

Ouça o áudio em questão:

Futebol

Águia se prepara para amistoso contra o Independente de Tucuruí

Com boa preparação física e tática, o Azulão fará seu primeiro teste para esta temporada
Continua depois da publicidade

Com 24 atletas confirmados, o Águia de Marabá se prepara para seu primeiro amistoso de 2018. O jogo será contra o Independente de Tucuruí, no próximo sábado, dia 6, naquela cidade. A preparação dos atletas está acontecendo diariamente, tanto na parte física quanto tática. De acordo com Gesiel Pasiani, preparador físico da equipe, todos os atletas foram avaliados individualmente e foram traçados planos de preparação específicos para cada jogador.

“Já estamos na segunda etapa do trabalho de força, não forçando demais, para que cheguemos com um potencial bom no início da competição. Um ponto forte é que essa é uma equipe muito jovem, tem muita vontade e respondem bem. Acredito que com o continuar dos treinamentos e dos jogos teremos uma boa evolução”, explicou.

Entre os atletas está o goleiro Bernardo. O jogador mineiro se profissionalizou nas categorias de base do Corinthians, com passagem ainda pelo Santos e pelo Cruzeiro. “Eu já tinha ouvido falar do Águia e confirmei que tem uma estrutura boa, com equipe técnica de profissionais capacitados e atualizados e que estão nos deixando bem preparados para o campeonato,” disse ele, confirmando ainda estar ansioso pela sua estreia no amistoso: “A impressão que eu tenho é de que será um time muito competitivo, apesar da pouca idade, e vamos dar trabalho aos outros times”.

Outro que está satisfeito no Águia é o zagueiro Léo Azevedo, que veio da Tuna. Bem integrado com os demais jogadores, o atleta já vem participando dos treinamentos com bola, realizados em Marabá e em Itupiranga. “Tivemos um pouco de dificuldade pela falta de entrosamento nos primeiros dias, mas, no decorrer do trabalho, isso está sendo sanado”, declarou. Ele disse ainda que a expectativa é boa para a partida contra o Independente: “O Independente é um bom time e será um bom treinamento”.

O Águia viaja amanhã, 5, para Tucuruí, a 262 km de Marabá, para enfrentar o Independente no Estádio Municipal “Antônio Dias”, o Navegantão.

Fonte: Ascom Águia