Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
Serviço

Expansão Internacional: Azul deve lançar voo sem escalas entre Belém e Estados Unidos

Além do voo para Fort Lauderdale, a Azul deve fortalecer a malha doméstica para reduzir o tempo total de viagem de seus clientes que moram em cidades próximas

Belém está perto de receber mais um voo internacional! Desta vez, o próximo destino é Fort Lauderdale, no estado norte americano da Flórida, que será pela primeira vez conectado ao Norte do Brasil. A rota será operada pela Azul Linhas Aéreas, e ainda aguarda os trâmites burocráticos, mas em breve deverá estar disponível para venda através de todos os canais de venda da companhia.

Quem deverá ser diretamente impactada com o novo voo é a LATAM, que opera sozinha na rota para a Flórida desde 2014 e, até então, pelo seu monopólio, não tinha que se preocupar com a concorrência e a guerra tarifária, apesar das crescentes reclamações que surgiram após o downgrade de equipamento realizado pela empresa no voo entre o Pará e os Estados Unidos.

Além do voo para Fort Lauderdale, a Azul deve fortalecer a malha doméstica para reduzir o tempo total de viagem de seus clientes que moram em cidades próximas que, ao invés de irem até Campinas, farão conexão em Belém antes de seguir para os EUA. Entre as principais cidades atendidas com conexão rápida estarão Macapá, Fortaleza, Recife, São Luís, Manaus, Santarém e Goiânia.

Fort Lauderdale é uma cidade localizada na região metropolitana de Miami, a apenas meia hora de carro, onde os limites entre os dois municípios se confundem. A cidade é famosa pelas suas praias e por ser uma paraíso para compras, atraindo muitos turistas.

Confira os detalhes da nova operação da Azul em Belém, lembrando que poderão ocorrer mudanças nos horários e dias de acordo com autorização das frequências.
Início Previsto: 10/12/2017

Equipamento: Airbus A320neo

Voo AD 8726 – Terças, Quintas, Sábados e Domingos
Horário de Decolagem de Belém: 13h30
Horário de Pouso em Fort Lauderdale: 17:30

Voo AD 8727 – Terças, Quintas, Sábados e Domingos
Horário de Decolagem de Fort Lauderdale: 20h15
Horário de Pouso em Belém: 04h10 do dia seguinte (Quartas, Sextas, Domingos e Segundas)

Aviação

Deputado Beto Salame intervém e Gol pode recuar da decisão de retirar voos de Marabá

Empresa pediu prazo de 15 dias para reavaliar a situação e encontrar saída para a situação

Na manhã desta quarta-feira (4), o deputado federal Beto Salame (PP/PA), que representa os interesses do sul e sudeste do Pará na Câmara Federal, esteve reunido com diretores da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) e representantes das empresas aéreas Gol e Azul, em Brasília (DF), a fim de falar sobre o atendimento aos usuários de Marabá e região.

A reunião se deu mais especificamente para tratar da decisão da Gol Linhas Aéreas, que anunciou para julho próximo fim dos voos no percurso Marabá-Belém-Marabá, deixando desassistidos os marabaenses assim como usuários de mais de uma dezena de municípios vizinhos.

Na ocasião, a Gol, por seus representantes, estipulou o prazo de 15 dias para dar uma resposta baseada numa avaliação técnica, a fim de encontrar maneira de reverter a situação, evitando que os usuários fiquem desassistidos. “Estamos atentos e essa questão e esperamos boas notícias, para que possamos continuar com a operação da Gol em Marabá”, disse Beto Salame pelas redes sociais.

Marabá

Aviação Civil descarta redução de voos no aeroporto de Marabá

Após interpelação do deputado paraense Beto Salame (PP), Aviação Civil desmente redução e aponta para aumento do número de voos e investimentos em infraestrutura em aeroporto.

Informado por diversos usuários que a empresa aérea GOL pretendia reduzir o número de voos que tivessem Marabá como destino ou origem, o deputado federal Beto Salame (PP), tratou de tirar o assunto a limpo. Imediatamente, contactou o ministro da Aviação, Mauro Lopes, titular da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e conseguiu garantias que não haverá qualquer redução.

“Fui informado pelo ministro Mauro Lopes que a empresa em questão não manifestou qualquer intenção em reduzir a oferta de voos ligando Marabá a Brasília e a outros destinos”, disse Beto Salame, ao sair da reunião realizada na última terça-feira (22), na SAC, em Brasília.
Servida por quatro modais de transporte – rodoviário, ferroviário, aquaviário e aéreo, Marabá tem a vocação natural para ser uma espécie de entroncamento para onde convergem cargas e passageiros de todas as partes do País que tenham por destino a maioria das 39 cidades da região do Carajás. A redução do número de voos para a cidade causaria forte impacto, principalmente no momento em que, depois de alguns anos em marcha lenta, a economia da região retoma o dinamismo.
“Olha, tive a oportunidade de lembrar ao ministro que Marabá passa por um processo de retomada do crescimento com investimentos importantes feitos pelo prefeito João Salame Neto em  asfaltamento, saneamento, educação e saúde, enquanto se prepara para receber obras como a conclusão da hidrovia Araguaia-Tocantins, a implantação da Aços do Pará, do Grupo Cevital, além de grandes empresas comerciais e prestadoras de serviços. Com isso tanto a oferta quanto a infraestrutura de transporte aéreo precisam ser mantidas e brevemente ampliadas. Saio satisfeito por saber que são infundados os boatos de redução do número de voos da Gol, pela atenção que recebi do ministro Mauro e por ver que melhorar cada vez mais o transporte em Marabá e região é também a preocupação da Secretaria de Aviação”, disse Beto.
Segundo documento enviado por Mauro Lopes, diariamente o aeroporto de Marabá é destino ou origem de 15 voos, ligando a cidade a Belo Horizonte, Belém e Brasília e às demais cidades através de conexões. Lopes informou ainda que Marabá junta-se a outras 270 cidades de médio porte que recebem obras de melhoria da infraestrutura física e novos equipamentos em seus aeroportos através do Programa de Desenvolvimento de Logística.
Para incentivar a oferta de voos em cidades de médio porte, a Secretaria de Aviação finaliza a regulamentação do Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR), que vai subsidiar as operações de empresas que incluam as cidades da Amazônia Legal entre seus destinos.
“Com a regulamentação do PDAR, tenho certeza que as companhias aéreas em breve vão oferecer um número ainda maior de voos, aproximando Marabá – e a região do Carajás – do Brasil e do mundo”, concluiu Beto Salame. (WR)
Marabá

TAM confirma cancelamento da rota Marabá – Belém. Preços das passagens para a capital estão até 500% mais altos

Aeroporto de Marabá_Foto InfraeroPara quem viaja a Belém com certa frequência pela empresa TAM Linhas Aéreas, com saída do aeroporto de Marabá João Correa da Rocha, uma desagradável surpresa: a empresa confirmou oficialmente, na semana passada, o cancelamento do voo direto para a capital paraense. A TAM alega que o motivo da suspensão foi o  remanejamento pontual da malha aérea da companhia após uma avaliação da demanda do mercado local.

Com a mudança, a passagem para a rota Marabá – Belém, que era adquirida por valores acessíveis (R$ 250,00; R$ 500,00), teve crescimento de até 500%. O Blog fez uma simulação de compra no site da empresa. Para este sábado, 22 de agosto, a passagem somente de ida de Marabá para Belém custa R$ 2.500, com conexão em Brasília e tempo de duração de viagem de mais de sete horas. Mesmo fazendo simulação para os próximos quatro meses, o valor da passagem não sai por menos de R$ 2.000.

IDA SIMULAÇÃO_DIA 22 DE AGOSTO

Contatada pelo Blog, a Assessoria de Imprensa da empresa informou que “O cancelamento da rota Marabá-Belém não tem nenhuma relação com o processo já anunciado de adequação gradual de suas operações domésticas, que deve ocorrer até o fim de 2015. O cancelamento da rota Marabá-Belém foi devidamente comunicado às autoridades em maio deste ano. A suspensão desta rota decorreu do remanejamento pontual da malha aérea da empresa, que avaliou a demanda do mercado local e optou por melhorias para o passageiro da região se conectar com mais agilidade a uma rede maior de destinos da TAM no Brasil e no exterior. Os investimentos da TAM no Pará incluíram a adoção da aeronave Airbus A321 na rota Belém-São Paulo/Guarulhos, o que aumentou o conforto e a oferta de assentos em 26%. Além disso, a manutenção da rota Marabá-Brasília, o lançamento do voo direto de Santarém a Brasília (a partir de abril) e a ampliação de 3 para 4 frequências diárias na rota Belém-Brasília (a partir de setembro).

Carajás

Aeroporto de Parauapebas, em Carajás, pode ter novos voos

Logo após o anúncio de que a Gol voltaria a operar no aeroporto de Carajás, em Parauapebas, a Azul anunciou que terá outro voo para Confins. Tomara que toda essa concorrência traga algum ganho para os passageiros com a diminuição dos preços. Confira como ficará os voos que passam por Carajás:

image

Os novos voos da Azul aguardam deliberação do órgão deliberador.

Carajás

Gol já está vendendo passagens em seu site para as rotas em Carajás e Altamira. Voo inaugural será em 1º de outubro

A Gol iniciou a venda das passagens para os voos nas cidades de Carajás e Altamira, no Pará.  Com as novas rotas a companhia a acirra a disputa pelos voos com a Azul. Carajás terá ligações diretas com Confins as segundas, quartas, sextas e domingos. O primeiro voo nesta rota será no dia 1º de outubro, uma quarta-feira.

As passagens na Gol estão sendo vendidas por R$ 532,90. Na Azul você vai pagar R$ 591,90 para viagem em outubro de Confins para Carajás. Os voos de Altamira serão diretos para Belém.  O primeiro voo será no dia 2 de outubro, uma quinta-feira. As passagens estão sendo vendidas por R$ 229,90 no site da Gol. Os voos diretos serão as terças, quintas e sábados.

A Azul oferece quatro voos em cada sentido entre a capital paraense e Belém. As passagens para viagem em outubro custam R$ 255,90. As taxas de embarques não estão incluídas nos preços citados. Altamira possui voos diretos para Belém da MAP Linhas Aéreas, companhia com sede em Manaus. Quem for viajar em outubro, quando começam os voos da Gol, vai encontrar passagens por R$ 278  na ida e ou na volta. A MAP usa em suas rotas o ATR-72 com 70 lugares.

Pará

Secretaria de Turismo do Pará confirma que voos TAM para Miami começam em dezembro

O secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, confirmou que os voos da TAM ligando Belém a Miami terão início no dia 15 de dezembro. “Inicialmente serão duas frequências semanais, as quartas e domingo e dependendo do movimento de passageiros isso pode mudar”, explicou Góes, afirmando ainda que o projeto com a TAM faz parte da estratégia do Plano de Turismo de transformar o Pará numa referência da região amazônica junto aos mercados doméstico e internacional. “Temos todo um planejamento executado em parceria com a Paratur para o desenvolvimento de macro programas cujo objetivo é transformar o nosso estado numa referência”, lembrou.

O dirigente também destacou a realização do Círio de Nazaré, que acontece na primeira quinzena de outubro. “Sem dúvida com a realização da JMJ o turismo religioso ganhou um novo impulso no estado”, finalizou Adenauer Góes.

Parauapebas

A partir de hoje Azul terá linha aérea diária entre Parauapebas e Belém

image

Teve início hoje (23) a nova linha da Azul Linhas Aéreas no trecho Belém/Parauapebas/Belém. A empresa disponibiliza  vagas de segunda a sexta-feira em um Turbo-Hélice ATR (foto) ao preço médio de R$190,00 (cento e noventa reais), sujeito a alteração.

A Azul Linhas Aéreas é a terceira maior companhia aérea brasileira, tendo sido considerada pela ANAC uma das empresas que mais cresceu em 2010. Hoje a Azul oferece voos diários em 40 destinos de norte a sul do Brasil.

Horário

Voo Origem Destino Saída Chegada
5400 Belém Parauapebas 8:35 10:15
5401 Parauapebas Belém 10:40 12:20