Internet de qualidade é WKVE Liga você ao mundo!
polícia

Polícia encontra veículo usado no assalto ao carro-forte da Prosegur na rodovia PA-279

O automóvel foi abandonado no matagal, em uma fazenda, a 12 km de Água Azul

Uma guarnição do 17º BPM (Batalhão de Polícia Militar), de Xinguara, avisada por um fazendeiro da região, localizou, na tarde de ontem (18), em uma propriedade distante 12 quilômetros de Água Azul do Norte, um dos veículos provavelmente empregados no ataque a um carro-forte da transportadora de valores Prosegur, na última quarta-feira (17). É um automóvel Honda, modelo HR/V, vermelho, de placas QGA-0004/Pau dos Ferros (RN), com uma chapa de ferro no lugar do para-brisa traseiro, na qual existem três furos triangulares. Dentro do veículo estavam dois cartuchos de fuzil ponto 50 deflagrados, outros de 556 também deflagrados e um intacto. O carro foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Água Azul, onde passou por perícia.

A guarnição da PM, formada pelos sargentos J. Souza e Leomar, pelo cabo Duarte e pelos soldados Sales e Galdino, acompanhada pelo investigador Ricardo, da Polícia Civil, chegou ao local após ter sido chamada por um homem identificado como Jurandir. Ele relatou que encontrou dentro de suas terras marcas de pneu, mato amassado e uma lanterna traseira, de carro, quebrada. Além disso, o cadeado da porteira estava quebrado.

Jurandir lembrou do assalto do dia anterior, relacionou os dois fatos e, apavorado, se afastou de local correndo e ligou para as polícias Civil e Militar. Após verificarem os vestígios dos quais o fazendeiro falou e encontrarem o veículo, os policiais fizeram varredura num raio de mil metros a partir do local onde estava o carro. Nada mais, porém, foi constatado.

Em seguida, eles tentaram retirar o automóvel do local a fim de lavá-lo para Água Azul, mas, a bateria estava descarregada porque o veículo foi abandonado com a chave no contato e os faróis acesos. Após chamarem um eletricista, a bateria recebeu uma carga e o automóvel foi removido e levado para a DP, onde os peritos já aguardavam.

polícia

PM varre região da PA-279 na busca aos assaltantes de mais um carro forte da Prosegur (Atualizado)

O veículo saiu de Redenção pela manhã e foi alvo de ataque, com explosivos, por volta das 14h30
Por Eleutério Gomes – de Marabá

Guarnições da Polícia Militar de Xinguara estão varrendo as vicinais da região da Rodovia PA-279 na tentativa de encontrar os assaltantes que atacaram um carro-forte da Transportadora de Valores Prosegur, que saiu pela manhã desta quarta-feira (17), da filial da empesa em Redenção. O veículo faria a rota Xinguara, Água Azul do Norte, Ourilândia do Norte e Tucumã, abastecendo vários estabelecimentos bancários. Porém, por volta das 14h30, entre Água Azul e Xinguara, nas proximidades da localidade Chapéu de Palha, sofreu ataque de uma quadrilha formada por aproximadamente 15 assaltantes, conforme informações preliminares.

Os bandidos, que estariam numa camionete vermelha, atacaram o carro-forte com explosivos, reduzindo o veículo a sucata, e conseguiram levar todo o dinheiro que era transportado. Antes do ataque ainda tentaram tomar a camionete de um médico, contra a qual fizeram disparos, mas o condutor conseguiu fugir, levando apenas um tiro de raspão. Dos vigilantes, apenas um saiu ferido, mas sem gravidade.

De Marabá também seguiram guarnições policiais para ajudar nas buscas. É possível, segundo informações do local do ataque, que a quadrilha tenha fugido pela localidade Casa Branca, que dá acesso à várias vicinais.

Atualização às 18h55

O médico atingido por um disparo de arma de fogo quando desobedeceu a ordem de parar dada pelos bandidos que assaltaram o carro-forte passa bem. Dr. Faure Lopes, cirurgião muito conhecido e respeitado em Xinguara e Redenção foi atingido de raspão na cabeça e estilhaços do para-brisa da camionete que conduzia feriram levemente partes do seu corpo, já que os meliantes atiraram várias vezes contra o veículo. Ele recebeu os primeiros socorros no Hospital Municipal de Xinguara.

Educação

Seduc-PA publica portaria que cria Unidade Regional de Educação (URE) de Parauapebas e Xinguara

A criação das novas URE's, desmembradas de Marabá e Conceição do Araguaia, foi um projeto do deputado Gesmar Costa

A secretária estadual de Educação do Pará, Sra. Ana Cláudia Serruya Hage publicou ontem (15) portaria criando mais duas Unidades Regionais de Educação (URE). A criação visa descentralizar a execução e o controle de políticas públicas educacional do Estado do Pará.

Pelo portaria foram criadas as Unidades de Parauapebas e Xinguara. A primeira, que recebeu o número 21 e tem como sede Parauapebas, abrangerá os municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Eldorado do Carajás e Curionópolis. A segunda, com o número 22 e sede em Xinguara, abrangerá os municípios de Xinguara, Rio Maria, Água Azul do Norte, Ourilândia do Norte e Bannach.

As novas URE’s serão subordinadas à Secretaria Adjunta de Ensino e terão a competência de programar, coordenar, orientar, executar, controlar e avaliar as atividades da Secretaria, suas áreas de circunscrição, de acordo com as normas, atribuições e delegações definidas pelo órgão central.

As novas Unidades Regionais de Educação foram desmembradas da Unidade Marabá e Conceição do Araguaia, que detinham o controle de 27 municípios no sul e sudeste paraense. Com o desmembramento, que é uma luta antiga dos profissionais da Educação no Pará, a Unidade Parauapebas absorverá cerca de 20 escolas estaduais.

As criações das URE’s Parauapebas e Xinguara foi uma luta do deputado estadual Gesmar Costa (PSD), que apresentou o Projeto na ALEPA em maio do ano passado e conseguiu sua aprovação. Em conversa com o Blog, Gesmar se diz bastante satisfeito com a aprovação do projeto de sua autoria, o parlamentar afirmou que” a conquista vem ao encontro das aspirações da comunidade de professores e alunos da rede de ensino do Estado, que agora passam a ter uma interlocução mais próxima para resolução dos problemas, além de terem uma gestão mais presente e ágil”.

Atualização

A Procuradoria da SEDUC está preparando uma errada na portaria, que será publicada até amanhã (17), incluindo na 22ª URE (Xinguara), os municípios de Sapucaia, Tucumã e São Félix do Xingu, que ficaram fora da portaria indevidamente.

Evento

Equipe de Masters do Flamengo fará jogo amistoso neste sábado em Xinguara

Algumas das grandes estrelas da equipe carioca se apresentarão aos xinguarenses

Alguns dos principais jogadores da equipe de Masters do Flamengo desembarcaram há pouco no Aeroporto de Parauapebas, em Carajás. Eles seguirão viagem para o município de Xinguara, onde realizarão uma partida amistosa contra a seleção de Masters daquele município no sábado, às 19 horas, no Estádio Jota Santos.

O jogo amistoso tem a organização do empresário xinguarense Sebastião (Vidraçaria e Marmoraria Carajás). O atacante Biju, muito conhecido no futebol amador de Redenção, será o principal reforço para a seleção xinguarense.

O ingresso para o jogo está sendo vendido ao preço de R$20,00 (vinte reais) e quem participar vai concorrer a uma motocicleta  Yamaha Facton 150 cilindradas.

Pelo time do Flamengo estão confirmados: Adriano (goleiro), Andrade, Adílio, Leandro Ávila, Piá, Rondinelli, Carlinhos, Nélio, Júlio César Urigueller, Renato Carioca, Marquinhos, entre outros.

Foto: Wantuê Nascimento

Estiagem

Pará: queimadas no sul do Estado devem provocar queda na oferta de gado para abate

O Sindicato Rural de Redenção já pediu ajuda do Governo do Estado e das prefeituras da região para auxiliar os produtores rurais no combate aos incêndios.

O equilíbrio na relação entre oferta e procura de gado para abate deve ser comprometido nos próximos 30 dias. A causa são as queimadas nas regiões sul e sudeste do Pará. O alerta vem sendo feito pelo Presidente do Sindicato Rural de Redenção, Valteir Gomes Rezende. Ele conta que o fogo descontrolado e ainda de origem desconhecida, tem atingido muitas propriedades rurais,
matando os animais, e queimando as pastagens.

Sem o alimento no pasto, a engorda do boi ficará comprometida e o resultado final será a redução na oferta de gado. “Hoje, muitas propriedades, algumas com até 8 mil alqueires de capim, já queimaram todas. O gado está andando no limpo e a propriedade tem que dar um jeito para fornecer proteinado e torcer para que chova logo. A estiagem, esse ano, está prolongada e o boi vai enxugar. Aquela previsão de abate vai retardar porque não vai chegar a tempo. Acredito que nos próximos 20 ou 30 dias haverá uma redução da oferta”, explicou Rezende.

Na região não chove há 100 dias, mas a previsão é que no fim do mês de setembro ou mais tardar, na primeira quinzena de outubro, o tempo seco vai dar lugar aos dias chuvosos, e a situação começará a normalizar. Mas, ainda segundo Valteir Rezende, a recuperação será lenta. “A chuva chegando, o gado fica em cima da pastagem queimada e aí demora mais para o capim crescer. Fica difícil de fazer manejo dentro do pasto”. Uma situação que atinge a maioria das propriedades do sul do Pará, já que 90% da engorda é a pasto.  Ainda são poucas as propriedades rurais que utilizam o confinamento na região.

Redenção é uma das maiores cidades produtoras de gado do país. Segundo o Sindicato Rural, o sul do Pará é a segunda maior região produtora do Brasil, ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul. O gado é exportado para os estados do Tocantins e Bahia, além da região nordeste. Os frigoríficos também são grandes compradores e, em um raio de 500 km entre Marabá, São Félix do Xingu, Redenção e Santana do Araguaia há, aproximadamente, 15 frigoríficos em funcionamento, dois deles ficam no município de Redenção. Um mercado que tem garantido bons negócios para os produtores do sul do Pará. Um exemplo disso é o preço da arroba do boi. Enquanto no resto do Brasil, o preço sofreu uma queda significativa, na região sul do Pará, os produtores rurais conseguiram melhorar o preço da arroba.

“Nós aqui do sul do Pará ainda não estamos vendo essa queda no mercado. O preço do boi está meio estabilizado. Hoje, o que está sendo praticado pelo Frigorífico JBS aqui em Redenção, é R$135,00 (cento e trinta e cinco Reais) a arroba do boi e R$125,00 (cento e vinte e cinco Reais) a arroba da vaca, com pagamento de 30 dias”.

Mas esse cenário deve mudar com as queimadas avançando nos pastos. “A gente sabe que por mais que os preços permaneçam os melhores já é prejuízo para o produtor. Vai ter perda do quilo, tem muito boi que vai enxugar. Com 15 arrobas deve voltar para 12 ou 13 arrobas”, destaca Rezende.

Para o presidente do sindicato, o ano de 2017 tem sido de muita dificuldade para o produtor rural que começou com a operação “Carne Fraca” da Policia Federal, depois foi a operação “Carne Fria” realizada pelo Ibama, no Pará, que empurrou para baixo o preço da arroba do boi e agora, as queimadas são a mais nova ameaça. O Sindicato Rural de Redenção já pediu ajuda do Governo do Estado e das prefeituras da região para auxiliar os produtores rurais no combate aos incêndios.

Justiça do Trabalho

OAB-PA e TRT8 decidem promover audiência pública para definir abrangência de jurisdição da Vara do Trabalho de São Félix do Xingu

Criada em 2012, a Vara de São Félix do Xingu será instalada em setembro deste ano para atender demanda relacionada a julgamentos de processos cujo objeto seja trabalho escravo e/ou análogo à escravidão.

Em reunião realizada na última quarta-feira, o presidente em exercício da Ordem no Pará, Jader Kahwage, e a desembargadora Suzy Elizabeth Cavalcante Koury, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, definiram que a audiência pública será promovida na primeira semana do próximo mês de julho, no município de Xinguara, com a participação de representantes da subseção local, da subseccional da OAB em Tucumã, de sindicatos patronais e de trabalhadores, além da Justiça do Trabalho.

Criada em 2012, a Vara de São Félix do Xingu será instalada em setembro deste ano para atender demanda relacionada a julgamentos de processos cujo objeto seja trabalho escravo e/ou análogo à escravidão. “Essa audiência será muito importante para discutir e definir qual a melhor jurisdição da Vara, de modo que atenda aos interesses da sociedade local e evite distorções”, observou o presidente em exercício, Jader Kahwage.

Conselheira seccional e presidente da Comissão de Direitos e Defesa da Liberdade e Tecnologia da Informação, Processo Judicial Eletrônico e Informática, Ana Ialis também contribuiu nas discussões que culminaram na definição da data de realização da audiência pública, assim como o conselheiro seccional e presidente da Comissão de Direito Sindical, André Serrão, e o desembargador Francisco Sérgio Rocha, presidente do Comitê Gestor do PJe no TRT8.

Gravações

Os representantes das instituições também debateram uma proposta antiga da OAB-PA e dos magistrados trabalhistas, que é a implementação do registro das audiências no sistema PJe (Processo Judicial Eletrônico) por meio de gravações de áudios e filmagem, mantendo-se as atas de audiências. “É um pleito da OAB-PA e dos magistrados do trabalho que o tribunal encampou e já encaminhou ao Conselho Nacional de Justiça. A OAB-PA vai fazer os esforços necessários para que o CNJ, o mais rápido possível, disponibilize o sistema que permite que as audiências sejam gravadas e filmadas”, explicou Jader Kahwage, ressaltando que o TRT8 será o responsável pela viabilização dos equipamentos técnicos.

Fonte: OAB-PA – Foto: Yan Fernandes

Tucumã

Governo Federal libera R$ 6 milhões para ampliação e recuperação da PA-279

Investimentos vão fortalecer a integração logística paraense e estimular o desenvolvimento regional.

No último sábado (10), o Ministério da Integração Nacional  autorizou a liberação de R$ 6 milhões para a recuperação e ampliação da PA-279, no município de Tucumã, sul do Pará. A rodovia é uma das mais importantes para o escoamento da produção agrícola e pecuária da região e atende uma população de aproximadamente 36 mil habitantes.

Com recursos do Ministério da Integração Nacional, cerca de R$ 6 milhões serão investidos nas obras de desenvolvimento regional. A ação beneficiará diretamente todo o ciclo produtivo rural da região, facilitando o fluxo de mercadorias (ração animal, insumos agrícolas), produtos in natura (como o cacau), industrializados (leite pasteurizado, queijo, manteiga), melhorando não só a acessibilidade dos produtores rurais, como o próprio tráfego urbano.

Arco Norte – O esforço do Governo Federal para melhorar a infraestrutura rodoviária na região é mais uma das medidas que têm sido adotadas no estado para impulsionar o desenvolvimento. No último mês, um antigo anseio da população paraense se tornou realidade: a duplicação de mais uma etapa da BR-316 na região nordeste do estado.

Cerca de R$ 109 milhões foram investidos para fortalecer o escoamento da produção, estimular a economia e o desenvolvimento regional, além de garantir mais segurança à população na rodovia que possui um dos maiores fluxos rodoviários da Amazônia. O recurso, proveniente de emenda da bancada federal do Pará, será aplicado pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. As obras contemplarão o trecho que vai do município de Castanhal até o trevo de Salinópolis, entre os quilômetros 67 a 112, totalizando 46 quilômetros.

Outra importante ação do Governo Federal são as obras de asfaltamento e reparação de pontes e de acessos às cidades que margeiam a BR-308, também no nordeste paraense. O investimento federal é de R$ 145 milhões e os serviços foram incluídos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) em 2016.

PA-279 é uma rodovia estadual do Pará que liga os municípios de Água Azul do Norte, Tucumã Ourilândia do Norte e São Félix do Xingu, até a BR-155 em Xinguara. Ela está localizada na região sudeste do estado.

Educação

URE de Parauapebas é aprovada na ALEPA. Gesmar garante sua implantação imediata

Com a criação da nova Unidade Regional de Ensino, Parauapebas, Canaã dos Carajás e Curionópolis serão atendidos em Parauapebas, minimizando tempo e custo.

Após mais de uma década de luta, Parauapebas terá a sua Unidade Regional de Ensino (URE). Na sessão ordinária do último dia 05, foi aprovado o projeto nº 09, de autoria do deputado Gesmar Costa (PSD), que dispõe sobre a criação das UREs de Parauapebas, Xinguara e Uruará.

A medida representa um grande avanço no projeto educacional da região, que se ressentia de uma solução definitiva. A 20ª URE de Parauapebas será desmembrada da 4ª URE de Marabá que atualmente recebe a demanda de 17 municípios e já não tinha como suportar a imensa responsabilidade de acompanhar de perto os problemas desses municípios, que agora serão beneficiados. “O objetivo do projeto é descentralizar o serviço na área de educação, a 4ª URE atende municípios que são muito distantes e as ações estavam muito engessadas. E o mesmo ocorre nas URE’s de Conceição do Araguaia e de Santarém, que atendem entre 15 e 17 municípios respectivamente. Não como continuar dessa forma. Por isso, nós vamos reunir com o governador para pedir que ele sancione imediatamente o projeto para que elas comecem logo a funcionar”, defendeu o deputado. O projeto foi aprovado em turno único e redação final.

No novo formato, Parauapebas deixará de integrar a URE de Marabá e passará a atender Curionópolis, Eldorado e Canaã dos Carajás, que integravam a mesma unidade.

Já o município de Xinguara, que estava vinculado à URE de Conceição do Araguaia passará a ter uma URE no município, que, por sua vez, atenderá a outros oito municípios que também integravam aquela unidade.

O município de Uruará, que integrava a URE de Santarém também terá uma URE em seu território que atenderá a oito municípios da região, que também integravam aquela unidade.

Bastante satisfeito com a aprovação do projeto de sua autoria, o parlamentar afirmou que a conquista vem ao encontro das aspirações da comunidade de professores e alunos da rede de ensino do Estado, que agora passam a ter uma interlocução mais próxima para resolução dos problemas, além de terem uma gestão mais presente e ágil. “O mesmo vai acontecer com Xinguara e Uruará”, finalizou.

Fonte: Assessoria de imprensa do deputado Gesmar Costa

error: Conteúdo protegido contra cópia!